Concurso Previsto da Polícia Federal em 2018


Concurso foi autorizado e deverá ofertar 1.758 vagas distribuídas entre os cargos de delegado, perito, agente e escrivão.

Está na expectativa do edital da Polícia Federal (PF)? Então, permaneça focado nos estudos: o pedido com 1.758 vagas encontra-se em análise pelo Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão (MPDF), por isso, o documento deve ser divulgado em breve.

A necessidade de servidores no órgão é alta, devido às aposentadorias. De acordo com a federação, um total de 258 aposentadorias já foram concedidas, sendo 167 para agente, 29 para delegado, 46 para escrivão e 11 para perito.


Sobre o concurso da PF

O concurso para a PF já está autorizado e a expectativa é que tenha oportunidades para as carreiras de delegado, perito, agente e escrivão. O esperado é que o certame tenha 1.758 vagas, sendo divididas da seguinte maneira: 491 para delegado, 67 para perito, e 1.200 vagas serão distribuídas entre as carreiras de agente e escrivão.

Que tal começar a focar nos seus estudos?

Sobre os cargos da PF

O concurso da PF é um dos mais disputados. Para concorrer ao cargo de delegado, o interessado deve ter formação em Direito e experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. Outro requisito para o cargo é a carteira de habilitação de, pelo menos, categoria B.

Para concorrer ao cargo de perito, é necessária formação específica nas seguintes áreas: física, química industrial, geologia, farmácia, química, engenharia elétrica, engenharia ambiental, ciências contábeis, ciências biológicas, engenharia civil, engenharia de redes e comunicação, engenharia agronômica, engenharia mecatrônica, engenharia mecânica, engenharia química, ciências da computação, medicina veterinária, engenharia florestal, engenharia cartográfica, engenharia de minas, medicina veterinária, sistema de informação, processamento de dados, análise de sistema, informática, biomedicina, engenharia de telecomunicação, engenharia de computação, ciências econômicas, odontologia e medicina. Além da formação, também é fundamental ter carteira nacional de habilitação de categoria B.



Com os reajustes salariais aprovados, a remuneração em 2018 para o cargo de delegado será de R$ 23.130,48 e R$ 24.150,74. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Em relação ao cargo de escrivão da PF, é necessário ter nível superior completo em qualquer área de formação e com o reajuste a remuneração inicial para a carreira é de R$ 12.441,26 e para agente da PF o requisito é nível médio.

Último concurso da PF

O último concurso da Polícia Federal, para o cargo de agente, ocorreu em 2014 e no total foram registrados 98.101 inscritos, para 600 vagas. Em relação ao cargo de escrivão, o último certame foi em 2012 e contou com 350 vagas e 83.619 candidatos. No mesmo ano, também teve seleção para perito com 35.800 inscritos, para 100 vagas, e para a carreira de delegado foram 150 vagas e 46.633 inscritos.

A organizadora do último concurso para as carreiras foi a Cespe/Unb e a expectativa é que a banca seja a mesma do próximo certame, que já está autorizado e previsto para o ano que vem. Por exemplo, os interessados em concorrer ao cargo de perito fizeram provas objetivas, discursivas, teste de aptidão físico, análise de títulos e também avaliação psicológica.

No caso, a primeira etapa (prova objetiva) contou com 120 itens, que foram divididos em conhecimentos básicos (50 questões) e específicos (70).

Ficou com vontade de estuar para o concurso da PF? Não perca tempo e prepare um planejamento com as disciplinas que foram cobradas no último concurso. Organize o seu cotidiano e mantenha a disciplina, além do foco, para alcançar o seu objetivo. Como o edital deve sair só em 2018. Este é o melhor momento para iniciar a sua preparação.

Estude por meio de apostilas atualizadas e de acordo com o edital. Faça resumos, revisão e a resolução de muitos exercícios, sobretudo da banca Cespe/Unb.

Bons estudos!

Por Babi

Deixe o seu comentário