Concurso segue com as inscrições abertas até o dia 24 de dezembro de 2018.

Algumas seleções de emprego estão marcadas para acontecer no primeiro trimestre de 2019. Visto que diferentes instituições estão anunciando concursos públicos para esse período. E dentre as que confirmaram esse tipo de processo seletivo está o Conselho Regional dos Representantes Comerciais de Pernambuco, o CORE-PE. Segundo as informações dispostas no edital, o COPE abriu 38 novos postos de trabalho. Algumas dessas vagas são para ocupação imediata e outras não. Para saber mais detalhes desse certame confira o texto abaixo.

A respeito do novo certame organizado pelo Conselho Regional dos Representantes Comerciais do estado de Pernambuco para 2019

Como mencionado no parágrafo de introdução, a CORE-PE abriu 38 novas vagas. Essas oportunidades são para dois níveis distintos de escolaridade: o médio e o superior. E a exemplo de outras instituições, alguns cargos são para a contratação direta e outros para a formação de cadastro reserva. No caso desse certame, vão ser 8 vagas para incorporação direta. Confira abaixo a relação dos cargos e outras informações importantes:

– Nível Médio:

04 vagas para auxiliar administrativo. Sendo uma oportunidade para candidato negro. Local: Recife.

01 vaga para auxiliar administrativo. Local: Caruaru.

01 vaga para fiscal.

– Nível Superior:

01 vaga para assistente jurídico.

01 vaga para contador.

Todas as vagas são para Recife. Já a respeito do salário, para as funções de auxiliar e fiscal o salário é de R$ 1.879,12. E para contador e assistente jurídico é de R$ 5.100,47, para todos os cargos a carga horária é de 40 horas por semana. No edital, é possível consultar o número de vagas destinadas para formar o cadastro reserva. Caso, o candidato tenha interesse de saber essa informação, ele pode acessar o seguinte link: http://paconcursos.com.br/v1/produto/core-pe/#1457971168097-8ff24330-c0a3. Esses dados se encontram na segunda página, no item “2. DOS CARGOS E DAS VAGAS”. Esse site é o da banca organizadora do certame que é a Pan Concursos.

As avaliações de acordo com o nível de escolaridade que vão ser aplicadas no certame do CORE-PE

Segundo o que está presente no edital, vão se ter testes diferentes para os dois níveis de escolaridade. Inicialmente, todos os inscritos vão participar de uma avaliação de múltipla escolha. Mas, a quantidade de perguntas e os eixos temáticos tendem a variar, confira abaixo:

– Nível Médio:

Uma prova com o total de 40 perguntas sendo:

05 perguntas sobre Raciocínio Lógico.

05 perguntas sobre Informática.

10 perguntas sobre Língua Portuguesa.

20 perguntas sobre Conhecimentos Específicos.

– Nível Superior:

Um teste com 50 questões sobre:

10 perguntas sobre Informática.

10 perguntas sobre Língua Portuguesa.

50 perguntas sobre Conhecimentos Específicos.

Essa primeira avaliação está marcada para a data de 24 de fevereiro de 2019, em Recife. E para conferir o conteúdo programático de cada um dos eixos temáticos, os interessados devem acessar o edital. Esses dados estão dispostos em “ANEXO II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO” a partir da página 25. A primeira etapa tem caráter eliminatório e classificatório.

As pessoas que se inscreveram para as funções de contador ou de assistente jurídico ainda vão ter que participar um teste discursivo. Essa avaliação específica também ocorre no dia 24 de fevereiro de 2019, e ela também vai ter caráter eliminatório e classificatório. Esses participantes também vão ter enviar documentos referentes à prova de títulos, os documentos devem ser enviados entre os dias 24 a 25 de abril de 2019. As informações sobre a terceira etapa, ou seja, a prova de títulos está na página 16 em “12. DA 3ª ETAPA – PROVA DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR”. O local das provas vai ser divulgado alguns dias antes, mais precisamente em 12 de fevereiro de 2018.

Sobre as inscrições e resultado oficial

As inscrições já foram iniciadas e devem ser feitas até a data de 24 de dezembro de 2018, pelo site: http://paconcursos.com.br/v1. As taxas são de R$ 16,00 (nível superior) e R$ 15,00 (nível médio). O resultado oficial, ou seja, a convocação final dos candidatos acontece em 07 de junho de 2018. Boa sorte!

Por Isabela Castro

Concurso


O edital prevê que sejam contratados 77 profissionais para os cargos de analista técnico, técnico em informática e agente administrativo.

Aqui você pode saber sobre uma boa notícia do mundo dos concursos. No estado da Bahia, a Defensoria Pública (DPE BA) lançou edital para o seu próximo concurso, o qual visa prover vagas para funções de nível de escolaridade superior, médio e técnico. O documento que regulamenta o concurso público da DPE BA foi publicado no diário oficial na quinta-feira, 22 de novembro. As inscrições vão até o dia 16 de dezembro (domingo). Aproveite essa chance e conquiste uma das 77 vagas anunciadas pela DPE da Bahia, o salário pode chegar a R$ 2,6 mil.

As inscrições no certame da DPE BA só podem ser realizadas pela internet

O prazo para os candidatos efetuarem suas inscrições teve início em 30 de novembro (sexta-feira) e terminará no domingo, 16 de dezembro. Não deixe essa oportunidade passar. Acesse o site, preencha o formulário de cadastro, imprima o boleto bancário e realize o pagamento a fim de efetivar sua inscrição no concurso da DPE BA. Confira os valores das taxas: R$ 50 para cargos de nível técnico e superior e R$ 70 para os de nível superior.

Veja quem pode solicitar isenção do pagamento: quem tiver seu nome registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) e quem pertencer à família de baixa renda.

A banca responsável por organizar o processo seletivo é a Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Quais são as oportunidades anunciadas na DPE da Bahia?

O edital prevê que sejam contratados 77 profissionais para os cargos de analista técnico, técnico em informática e agente administrativo. Para ocupar o primeiro posto de trabalho, você deve ter graduação completa nas seguintes áreas: secretariado executivo, produção audiovisual, ciências contábeis, direito, análise e desenvolvimento de sistemas, rede de computadores, administração, arquitetura, engenharia elétrica, pedagogia, comunicação social – jornalismo, engenharia civil e design.

Já para o cargo de agente, é necessário ter concluído o ensino médio. Se você terminou o curso na área de informática, poderá se candidatar ao posto de técnico.

O salário inicial para quem ingressar nessas carreira varia entre R$ 1.543,99 e R$ 2.614,65. Além disso, os candidatos aprovados poderão ter direito aos seguintes benefícios, como por exemplo, auxílio transporte e vale-alimentação.

São oferecidas vagas para os seguintes territórios: Sudoeste Baiano, Vale do Jiquiriçá, Metropolitano de Salvador, Bacia do Jacuípe, Chapada Diamantina e Bacia do Paramirim.

Há vagas reservadas para pessoas com deficiência (PCD). Quem concorrer nessa condição deverá enviar laudo médico. Outras oportunidades são exclusivas para quem se autodeclarar preto ou pardo.

Sobre os requisitos para investir no cargo público da DPE BA

Para ingressar na DPE BA você deve ser aprovado no certame e apresentar comprovante de escolaridade referente àquela exigida para exercer o cargo de seu interesse. Além disso, para tomar posse, é necessário estar em dia com as exigências do serviço militar, ser brasileiro, não ter pendências junto à justiça eleitoral, ter aptidão física e mental, estar em gozo dos direitos políticos e civis, possuir no mínimo 18 anos de idade, entre outros requisitos.

Os candidatos serão avaliados em duas fases do certame da DPE BA

O concurso público da Defensoria Pública do Estado da Bahia será composto de duas etapas:

1) prova de múltipla escolha – prevista para ocorrer no domingo, 27 de janeiro de 2019. Essa etapa cobrará dos concorrentes conhecimentos gerais, sobre legislação e específicos;

2) exames pré-admissionais.

Na parte de conhecimentos gerais da prova objetiva serão cobradas as seguintes matérias: matemática, português, raciocínio lógico e informática.

Mais informações sobre o concurso da DPE da Bahia

O certame será válido por 2 anos e, caso a Defensoria da Bahia, tenha interesse, poderá prorrogar a validade por igual tempo, uma única vez, a contar de quando ocorrer a homologação.

Confira mais detalhes do processo seletivo da DPE BA no site da UNEB selecao.uneb.br/dpe/index.php.

Por Melisse V.

Concurso


Edital de concurso público da SEDESTMIDH conta com 1.884 vagas de emprego.

A Sedest, atual SEDESTMIDH, divulgou na terça-feira, 27 de novembro de 2018, no Diário oficial do Distrito Federal um novo edital de concurso público. No documento consta a oferta de 1.884 vagas para cargos de nível médio e superior. Sendo que 314 são para provimento imediato e 1.570, para cadastro reserva. Além disso, foi estabelecida uma reserva de vagas para candidatos com deficiência.

As Vagas

Segundo o edital, a remuneração para os cargos de nível superior é de R$ 3.599,70; já para cargo de nível médio é de R$ 2.600,00. Sendo que as oportunidades são para os seguintes cargos:

Cargos de Técnico em Assistência Social (nível médio)

Agente Social 100 + 500 de Cadastro de reserva

Cuidador Social 10 + 50 de Cadastro de reserva

Técnico em Serviço Social 17 + 85 de Cadastro de reserva

Cargos de Especialista em Assistência Social (nível superior)

Educador Social 18 + 90 de Cadastro de reserva

Direito e Legislação 10 + 50 de Cadastro de reserva

Pedagogia 8 + 40 de Cadastro de reserva

Psicologia 49 + 245 de Cadastro de reserva

Serviço Social 83 + 415 de Cadastro de reserva

Administração 3 + 15 de Cadastro de reserva

Ciências Contábeis 3 + 15 de Cadastro de reserva

Comunicação Social 2 + 10 de Cadastro de reserva

Economia 3 + 15 de Cadastro de reserva

Estatística 3 + 15 de Cadastro de reserva

Nutrição 5 + 25 de Cadastro de reserva

O Concurso

A inscrição deve ser feita no site oficial da banca organizadora, que é a IBRAE (www.ibrae.com.br/portal), entre os dias 22 de dezembro de 2018 até o dia 24 de janeiro de 2019. A taxa de inscrição é de R$ 85,00 para Nível Médio e R$ 115,00 para o Nível Superior.

Segundo o edital, a seleção ocorrerá em quatro etapas, sendo as seguintes: prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos (eliminatório e classificatório); prova discursiva, somente para os cargos de nível superior (eliminatório e classificatório); avaliação psicológica (de caráter unicamente eliminatório); sindicância de vida pregressa e investigação social (de caráter unicamente eliminatório).

Os cargos de Agente Social, Cuidador Social e Especialista em Assistência Social nas especialidades de Educador Social, Direito e Legislação, Pedagogia, Psicologia, Serviço Social, terão uma segunda etapa. Essa consistirá de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório e classificatório.

A Prova

As provas objetivas e discursivas estão marcadas para o dia 10 de março de 2019. A duração será de 4,5 horas, sendo que serão aplicas nos turnos da manhã e da tarde, o horário depende do cargo desejado.

As provas objetivas serão compostas de 50 questões, sendo que valerão dois pontos cada uma, totalizando 100 pontos. A prova estará dividida da seguinte forma:

Conhecimentos gerais

– 20 questões de Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Assistência social e Atualidades.

Totalizando 40 pontos

Conhecimentos específicos

– 30 questões

Totalizando 60 pontos

Na prova discursiva avaliará a uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa, capacidade de expressão na modalidade escrita, clareza, precisão, consistência e concisão do texto produzido.

Sobre a SEDESTMIDH

A secretaria foi criada em 2015, sendo um dos órgãos que compõem a gestão da administração pública do Governo do Distrito Federal. A Sedestmidh é responsável pelas seguintes instituições:

· 27 CRAS – Centro de Referência da Assistência Social

· 09 CREAS – Centro de Referência Especializada de Assistência Social

· 17 COSES – Centro de Orientação Socioeducativa

· 02 Centros POP – Centro de Referência Especializada para População em Situação de Rua

· 14 Restaurantes Comunitários

· 03 Unidades de Acolhimento para Adultos e Famílias, Mulheres e Idosos

· 01 Central de Vagas e Acolhimento Emergencial

· 01 Centro da Diversidade

· 01 CEU das Artes – Centro de Artes e Esportes Unificados

· 02 Unidades de Acolhimento para Crianças e Adolescentes, pelo Programa Bolsa Família

· 01 Casa da Mulher Brasileira

· 09 Núcleos de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica (Nafavds)

· 01 Casa Abrigo

· 04 Centros de Atendimento à Mulher (CEAM)

· 02 Agências do Microcrédito

· 17 Agências do Trabalhador

· 01 Fábrica Social

· 01 Agência do Trabalhador para pessoas com deficiência

· 01 Central de Atendimento ao Cego

· 01 Central de Libras

· 02 Unidades de Atendimento Móvel da Mulher do Campo e do Cerrado (Ônibus da Mulher).

· 01 Centro de Economia Popular e Solidária

Por Gabriel Felipe Silva Bem

Concurso


Certame da PRF oferta 500 vagas que serão distribuídas entre diversos Estados do país.

Divulgado o edital do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com 500 vagas. O certame será organizado pelo Cespe e para concorrer é necessário ter nível superior. A remuneração inicial é de quase R$ 10 mil. Já pensou em aproveitar a chance?

Concurso PRF: inscrições

As inscrições para o concurso PRF serão abertas no dia 3 de dezembro e o prazo permanece apenas até o dia 18 do mesmo mês. O valor é de R$ 150,00. O certame será organizado pela banca Cespe/Unb.

Os interessados poderão fazer a inscrição por meio do link: http://www.cespe.unb.br/concursos/PRF_18.

Vagas do concurso PRF

O concurso PRF terá 500 vagas, que serão distribuídas entre diversos estados. O candidato deve escolher a lotação no momento da inscrição. O certame oferece as seguintes oportunidades:

· 17 vagas para o Acre

· 28 para o Amapá

· 23 para Amazonas

· 17 para Bahia

· 27 para Goiás

· 18 para Maranhão

· 57 para Mato Grosso

· 35 para Mato Grosso do Sul

· 9 para Minas Gerais

· 81 para Pará

· 22 para Piauí

· 10 para Rio de Janeiro

· 23 para Rio Grande do Sul

· 74 para Rondônia

· 15 para Roraima

· 19 para São Paulo

· 25 para Tocantins

Para concorrer, é necessário ter nível superior em qualquer graduação, além de:

· Idade entre 18 e 65 anos

· Carteira nacional de habilitação de, no mínimo, categoria B ou superior.

· Quite com as obrigações eleitorais e militares

· Aptidão física e mental

A remuneração inicial para o cargo é de R$ 9.473,57.

Provas do concurso PRF

As provas objetivas e discursivas estão previstas para serem aplicadas no dia 03 de fevereiro, no turno da tarde. De acordo, com o edital as provas terão a duração de 4 horas e 30 minutos, e serão compostas por 120 questões, que serão avaliadas na modalidade certo e errado.

Serão cobradas as disciplinas de português, informática, raciocínio lógico, física, ética no serviço público, geopolítica brasileira, história da PRF, legislação de trânsito, direito penal, legislação especial, direito administrativo, processo penal, direitos humanos e cidadania.

Além da prova objetiva, o concurso PRF terá exame de capacidade física, avaliação de saúde, psicológica, avaliação de título, investigação social e curso de formação.

Dicas de estudo para o concurso PRF

Com edital publicado, o interessado deve manter o foco total nos estudos. Este é um dos certames mais aguardados, por isso, é fundamental estudar com qualidade.

Invista em materiais específicos e que sejam de acordo com o edital divulgado. Invista em apostilas que sejam focadas no conteúdo cobrado e cuidado com materiais desatualizados ou diferente do edital.

Durante os seus estudos, mantenha a concentração e fique longe de celular, redes sociais ou qualquer aplicativo que possa atrapalhar.

Lembre-se de que você ficará lotado no lugar que escolher no momento da inscrição. Por isso, analise com cuidado o número de vagas, as redações que serão corrigidas, entre outros critérios.

Uma das etapas do concurso PRF é o teste físico. Por isso, não deixe para se preparar após a prova objetiva: comece o quanto antes, sobretudo se você está sedentário ou tem muito tempo que não treina. Além disso, a prática esportiva ajuda na memorização e no controle da ansiedade.

Não abra mão de uma boa noite de sono. O sono é essencial para ajudar na produtividade dos seus estudos.

Ao estudar não fique se comparando com outras pessoas, pelo contrário: dê o seu melhor durante a sua preparação. Viva cada dia de uma vez e faça a sua parte com força de vontade e acreditando no seu potencial.

Acredite que você poderá conquistar uma das vagas do concurso PRF e não desista até chegar aonde realmente deseja.

Vai aproveitar a chance? Compartilhe o conteúdo nas suas mídias sociais e muito sucesso nos seus estudos!

Por Babi

Concurso


Certame da Marinha do Brasil oferta 553 vagas de emprego para o Serviço Militar Voluntário.

Entre tantas oportunidades de emprego sendo abertas neste fim de ano, as quais se distribuem em concursos públicos, em programas de estágio ou programas de trainee, está sendo aberto novo período de recrutamento para cargo público.

Trata-se do processo seletivo da Marinha do Brasil, cuja abertura do prazo para as inscrições do novo edital já iniciou. Este recrutamento visa ao preenchimento de 553 postos de trabalho no próprio Serviço Militar Voluntário. Conforme as informações angariadas dos documentos publicados, estes mesmos postos de trabalho serão destinados aos candidatos de ambos os sexos, com formação acadêmica em quase todos os níveis de escolaridade, ou seja, no ensino fundamental e no ensino médio e/ou técnico.

O valor da remuneração está entre R$ 2.320 e R$ 3.388, respectivamente. Junto a esses salários, todos os recrutas contarão com os seguintes benefícios: vale-alimentação ou refeição local; auxílio para a aquisição de uniformes; a devida assistência médico-hospitalar; assistência religiosa; assistência psicológica, entre outras garantias constitucionais.

Todas as oportunidades estão devidamente publicadas para as convocações referentes ao 1º Distrito Naval; ao 2º Distrito Naval; ao 4º Distrito Naval; ao 5º Distrito Naval; ao 7º Distrito Naval e ao 9º Distrito Naval. Todas as pessoas interessadas deverão estar em idade entre 18 e 44 anos até a data da incorporação.

As lotações dos cargos seguem os seguintes padrões:

Para o 1º Distrito, os cargos reservados se destinam às áreas Industrial e Administrativa; ao passo que para o 2º Distrito os cargos reservados se destinam às áreas no setor Industrial e de Saúde. Para o 4º Distrito Naval, os cargos previamente reservados se destinam aos concorrentes com nível médio, para a área Industrial, de Saúde e de Apoio, sendo que para os concorrentes com nível fundamental, os mesmos serão lotados na área Administrativa. Para o 5º Distrito, os cargos previamente reservados se destinam aos concorrentes com nível médio, para as áreas da Saúde, em Administração Hospitalar, em Enfermagem, em Higiene Dental, em Nutrição e em Dietética, em Patologia Clínica e em Radiologia Medica. Para o 7º Distrito, os cargos previamente reservados se destinam aos concorrentes para as áreas: Industrial e da Saúde, e, para o 9º Distrito Naval, os cargos previamente reservados se destinam aos profissionais de nível médio, para as áreas: Industrial, da Saúde e de Apoio; sendo que para os concorrentes de nível fundamental as vagas se destinam à área Industrial.

Todos os postos de trabalho se destinam às seguintes áreas:

No setor de administração; no setor de contabilidade; no setor de edificações; no setor de estruturas navais; no setor de eletrônica; no setor de eletrotécnica; no setor de enfermagem; no setor de farmácia; no setor de higiene dental; no setor de marcenaria; no setor de mecânica; no setor de metalurgia; no setor de motores; no setor de motorista, para as viaturas administrativas; no setor de nutrição e dietética; no setor de patologia clínica; no setor de processamento de dados; no setor de prótese dentária; no setor de química; no setor de radiologia médica; no setor de telecomunicações, entre outros departamentos.

Assim, todas as pessoas interessadas em participar deste processo de seleção, para concorrer a um dos postos, poderão cadastrar inscrições entre o dia 27 de novembro e o dia 11 de dezembro de 2018, por meio do seguinte endereço eletrônico oficial: https://www.marinha.mil.br. O valor da taxa de inscrição está estipulado em 75 reais. Cada futuro candidato deverá acessar o site de seu respectivo distrito, todos distribuídos conforme o mapa da página, fonte deste artigo.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso Marinha


Concurso oferta 53 novas vagas de emprego para os cargos de Analista Contábil e Técnico de Controle Interno.

Novas oportunidades de cargos estáveis estão prestes a ser oferecidas por meio de concurso público, neste fim de ano. Novo processo seletivo está aberto.

Trata-se, neste caso, do novo concurso para provimento de cargos na Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte, ou CONTROL-RN, de 2018, que fez anunciar oficialmente a abertura do novo certame público do CGE RN. Este novo edital de nº 01/2018 tem meta principal de promover a admissão de 53 novos servidores nos cargos do setor que exigem nível superior de formação.

Os postos de trabalho se destinam aos cargos de Analista Contábil e de Técnico de Controle Interno. Com relação ao primeiro cargo, será exigido formação em curso superior na área de Ciências Contábeis, ao passo que para o segundo cargo será exigido formação em superior nas mais diversas áreas.

O valor da remuneração inicial paga aos concorrentes aprovados, nomeados e contratados, será de 4.295,63 mil reais, que é composta do salário base e mais a gratificação devida ao desempenho, sendo que este é um regime de trabalho para o cumprimento de carga horária de 40 horas semanais.

Todos os estudantes e profissionais interessados poderão participar. O período de inscrições iniciou no dia 14 de novembro e se estenderá até o dia 16 de dezembro deste mesmo ano de 2018. O cadastro deverá ser efetuado somente por meio do endereço eletrônico da própria empresa contratada como banca organizadora deste concurso, o IBFC: www.ibfc.org.br.

O valor da taxa de inscrição está estipulado em 90 reais.

Sobre as fases que compõem este processo de seleção, seguem as informações:

O itinerário abrangerá a realizado dos testes divididos em etapas, iniciando com a prova objetiva, seguida da realização da prova discursiva (redação) e finaliza com a devida avaliação dos títulos e diploma. Todos os cadernos da prova objetiva serão distribuídos para resolução conforme o que está programado no calendário do certame, ou seja, ou seja, será ministrada no dia 20, de janeiro de 2019, exclusivamente cidade de Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte.

Sumarizando as fases deste concurso, seguem:

Todos os concorrentes serão submetidos a avaliações distribuídas em três etapas específicas, estão organizadas deste modo:

A realização da prova objetiva, que será de caráter eliminatório e classificatório; a realização da prova dissertativa, também de caráter eliminatório e classificatório; e, por fim a realização da avaliação dos títulos e certificados, somente de caráter classificatório.

Repetindo: a primeira etapa será ministrada no dia 20 do mês de janeiro de 2019. Todos os candidatos terão um prazo máximo de quatro horas para efetuar todas as 80 questões que compõem os cadernos de provas, versando sobre o seguinte conteúdo programático:

Sobre matéria de Geografia do Brasil e do Estado do Rio Grande do Norte; sobre as Noções de Direito; sobre matéria de Língua Portuguesa; em Matemática e demais Conhecimentos Específicos.

O resultado definitivo deste concurso público será divulgado por meio do seguinte endereço eletrônico, da banca organizadora, o IBFC: www.ibfc.org.br. Também será possível conferir o resultado por meio do site da CONTROL: www.control.rn.gov.br.

Este concurso público terá um prazo de validade de dois anos oficialmente, entretanto, será permitida a sua prorrogação por mais até mais dois anos, a serem contados a partir da data de sua homologação, ou de seu resultado definitivo.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Inscrições vão até o dia 25 de novembro de 2019.

Em decorrência da saída dos médicos cubanos, o Ministério da Saúde abriu o processo seletivo para o preenchimento de cerca de 8.517 vagas para os médicos de todo país que desejam se inscrever.

O valor sugerido para o Programa Mais Médicos é de cerca R$11.865,60 com apenas um requisito: ter registro no Conselho Regional dos Médicos.

As inscrições, porém, vão até o próximo domingo (25), pela internet, entretanto, a seleção será feita pela análise curricular. Os selecionados serão divulgados a partir do dia 26 e seu início já começa no dia 3 ao dia 7 para os locais escolhidos.

Ponto Problema

Muitos dos médicos têm um certo problema devido as regiões mais afastadas dos grandes centros urbanos, por isso, evitam a saída dos mesmos para evitar problemas maiores.

Apesar de todo esforço de colocar nas regiões mais remotas do país, a resistência, porém, é um ponto a ser considerado, mas essa nova solicitação pode ser que preencha melhor este quadro de funcionários, beneficiando as populações assim as regiões mais carentes do país.

Disposição das vagas em cada estado

Para o preenchimento das vagas deixadas pelos cubanos, serão disponibilizadas oportunidades de acordo com as necessidades, estruturas e capacidade de cada estado, sendo partidas da seguinte forma.

São Paulo no total de 1.394 vagas, logo em seguida Bahia 822, Rio Grande do Sul 617, Minas Gerais 596, Pará 537, Maranhão 457, Paraná 452, Ceará 429, Pernambuco 414, Amazonas 292, Santa Catarina 253, Espírito Santo 210, Rondônia e Roraima com 152 vagas, Rio Grande do Norte 139, Alagoas 131, Mato Grosso 131, Acre 102, Sergipe 94, Tocantins 92 e Distrito Federal com apenas 20 vagas.

Neste edital as populações mais carentes é que são as maiores beneficiadas, enquanto as que possuem uma estrutura melhor, tem o número de vagas bem pequeno, como é o caso do Distrito Federal, Sergipe e Tocantins.

Cuba

País que é referência no quesito de saúde, Cuba tem sérios problemas em sua estrutura político-administrativa e com isso a maior parte do salário é destinada para o país de origem e não para os funcionários, impossibilitando seu uso para outros fins.

O profissional deveria receber aquilo que faz e não ser subordinado a um governo que fica com a maior parte dos tributos e consequentemente torna-se um ‘escravo-assalariado’ de outros.

Será que serão preenchidos em sua totalidade?

Outro ponto a ser discutido é baixa oportunidade que os próprios brasileiros possuíam quanto ao Programa Mais Médicos. Mesmo com essa nova solicitação, o interessante por boa parte dos médicos ainda é uma questão bastante polêmica.

A sua totalidade mesmo nas regiões mais afastadas é preciso compreender os desafios, cultura, línguas e estrutura que receba adequadamente a relação médico x paciente. O apoio deve ser dado a toda base para aguentar o tranco de possíveis problemas que possam surgir durante todo período de contrato que ficará à disposição.

É válido recordar que não é qualquer informação que se deve acreditar, já que nesse período de transição de governo, os hackers buscam os pontos frágeis e divulgam informações erradas, comprometendo todo andamento do processo de seleção.

Este é o momento que muitas pessoas ao se candidatarem não conseguem finalizar suas inscrições devido a este pequeno desvio cometido pelos mal-intencionados que estão dentro e fora do país.

Diante disso, resta a dica de ter paciência e ter a sorte grande de ser selecionado para o Programa Mais Médicos, além da estabilidade e salários.

Thalles Cakan


Certame tem previsão de ofertar 367 oportunidades.

O DNIT – Departamento de Infraestrutura de Transportes – possui um concurso que se encontra em análise. O pedido que autoriza a realização do processo de seleção já foi protocolado diante do MPOG, Ministério do Planejamento, Orçamento, Gestão. O objetivo é realizar a publicação do extrato de edital do certame do DNIT o mais rápido possível.

No ano passado foi quando ocorreu a última tratativa referente ao processo seletivo, quando o referido pedido teve seu nível alterado na questão de acesso, onde era geral e passou a ser restrito aos órgãos que são responsáveis pelo concurso. É esperado que antes do final deste ano a instituição reforce este pedido para a realização da seletiva.

O concurso do órgão teve uma solicitação efetivada para 367 oportunidades, as quais estão distribuídas em vagas que exigem nível médio ou ensino superior e os aprovados farão jus a remunerações mensais que vão de R$4.829,56 a R$10.826,82. A instituição possui a intenção de fazer a divulgação da abertura do certame assim que o Ministério do Planejamento fizer a concessão. O número de oportunidades oferecidas está abaixo do último pedido realizado, o qual pedia 1.386 chances.

O certame do DNIT 2018

O certame DNIT foi exigido para que pudesse preencher cargos que se encontram vagos, sendo Técnico Administrativo, com 18 oportunidades, Técnico de Suporte – Infraestrutura de Transporte, com 119 chances, os quais irão exigir diploma de nível médio. As oportunidades que irão exigir diploma de nível superior serão a de Analista Administrativo oferecendo 116 chances e Analista em Infraestrutura de Transporte.

O solicitado foi de 367 vagas, uma quantidade bem abaixo do que 1.386 vagas que eram esperadas inicialmente. Um fator que está muito a favor desta seletiva é o fato de existir uma forte carência de colaboradores na instituição em questão, que inclusive foi apresentada pelo Tribunal de Contas da União.

Sobre as atribuições das oportunidades

As vagas destinadas a função de Analista em Infraestrutura de Transporte contarão com as atividades de gerenciamento, planejamento, estudos e pesquisas, além da elaboração de projetos, fiscalização de convênios e contratos, acompanhamento de operações e obras, realizar a engenharia de tráfego, operação, manutenção e também restauração da infraestrutura destinada ao transporte federal, ferroviária, rodoviária, hidroviária e também portuária.

Enquanto o cargo de Analista Administrativo exigirá que o selecionado efetue funções logísticas e administrativas de exigência de nível superior referentes a execução das atribuições do órgão realizar deste certame, onde deverá utilizar todos os recursos e equipamentos que se encontram disponíveis para que essas atividades sejam concluídas.

Já o cargo Técnico de Suporte – Infraestrutura de Transportes terá como dever realizar o apoio e também o suporte técnico para a execução das atividades de gerenciamento, planejamento, estudos e também pesquisas, além de incluir o acompanhamento de obras, fiscalização de convênios e contratos, elaboração de projetos, engenharia e operação de tráfego, realizando vistas nas restaurações, construções, manutenções e também operações da infraestrutura federal de transportes ferroviária, rodoviária, hidroviária e também portuária.

Para finalizar, a oportunidade para Técnico Administrativo exigirá do candidato a realização de atividades logísticas e administrativas compatíveis com intermediário referentes ao exercício de suas atribuições na instituição, utilizando todos os recursos e equipamentos que se encontram disponíveis para que essas atividades sejam concluídas da melhor maneira possível.

Necessidade da seletiva

De acordo com relatório publicado pelo TCU, verificou-se que a quantidade de servidores é insuficiente nas atividades que envolvem o setor hidroviário. Sendo assim, o DNIT respondeu frisando que não é somente o setor citado acima que necessita de colabores, mas sim o órgão como um todo está deficiente de efetivo, assim como foi apresentado no documento elaborado.

Por Filipe Silva

Concurso


Certame do CAU SP recebe inscrições dos interessados até o dia 18 de novembro de 2018.

Antes do segundo semestre de 2018 terminar, mais um processo de seleção de caráter público está oficialmente aberto.

Trata-se do certame promovido pelo órgão do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de São Paulo, CAU-SP. Foi publicado o novo edital n° 01/2018 para o concurso público, cuja meta principal está no preenchimento de postos de trabalho efetivos em cargos públicos, como também para a formação do cadastro de reserva de profissionais com nível médio e nível superior de formação acadêmica. A companhia CKM Serviços foi escalada como a responsável pela função de banca organizadora do concurso CAU – SP.

Sobre as vagas ofertadas neste certame as informações são as seguintes:

O processo seletivo está abrindo postos destinados às seguintes funções: no setor de Assistente Técnico Administrativo, em São Paulo, com7 vagas; no setor de Assistente Técnico Administrativo, na cidade de Sorocaba, com uma vaga; e no setor de Analista Técnico Jurídico, cargo de Advogado, com uma vaga, na capital São Paulo. A jornada de trabalho oficial é de 40 horas por semana, e o valor dos salários está entre R$ 2.582,08 e R$ 6.321,59.

Sobre o procedimento de inscrição as informações são as seguintes:

O cadastro de inscrição deverá ser realizado exclusivamente por meio da internet, e o prazo se estenderá até o dia 18 de novembro de 2018, acessando o seguinte endereço eletrônico: www.ckmservicos.selecao.net.br.

Sobre o valor estipulado para as duas taxas de inscrição, as informações são as seguintes:

Serão 45 reais para os concorrentes a cargos de nível médio e 55 reais para os concorrentes cargos de nível superior.

Observação importante: muito poderão recorrer à solicitação de isenção da taxa de inscrição. Neste caso, o candidato deverá comprovar sua inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico e comprar que é membro de uma família de baixa renda.

Sobre o itinerário do processo de seleção, as informações são as seguintes:

Todos os concorrentes inscritos serão submetidos a avaliações organizadas nas seguintes etapas:

Inicia com a Prova Objetiva, que será de caráter eliminatório e classificatório, ministrada para candidatos a todas as funções;

Em seguida, será realizada a Prova de Redação, também de caráter eliminatório e classificatório, ministrada aos candidatos concorrentes à função de Assistente Técnico Administrativo, por meio da qual será avaliada a ortografia; a capacidade análise da fonologia; a morfologia e a sintaxe; será avaliada a pertinência do tema e a organização, a estrutura e a criatividade na resolução do teste;

Em seguida será realizado, também, um estudo de caso, estruturado em caráter eliminatório e classificatório, consistindo em um teste para os concorrentes à função de Analista Técnico Jurídico, posto de Advogado, ministrada com a finalidade de analisar a capacidade do concorrente em saber produzir um texto dissertativo, bem organizado na sua ordenação, coerente dentro da imprescindível norma culta e com base no tema ou caso a ser proposto.

A Prova Objetiva consistirá em um caderno contendo 40 questões de tipo múltipla escolha, versando sobre a Língua Portuguesa; sobre Raciocínio Lógico; sobre Conhecimentos Comuns; sobre Conhecimentos Específicos e em Informática. A realização está agendada para o dia 09 de dezembro de 2018, embora os locais e os horários ainda não tenham sido comunicados.

Este processo de seleção ou concurso CAU – SP terá validade oficial de um ano, computado a partir da data de sua homologação, com possibilidade de prorrogação por um período equivalente, de acordo com o critério da instituição que o promove.

Este é um dos concursos mais aguardados deste ano.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Certame oferta vagas para os cargos de Assistente Legislativo, Procurador e Analista Legislativo.

Quem sonha em trabalhar no Poder Legislativo pode conferir nessa matéria uma boa oportunidade. A Assembleia Legislativa de Goiás (ALE GO) publicou 3 editais no diário oficial do estado no dia 25 de outubro (quinta-feira). São oferecidas vagas para contratação imediata em diversas áreas e também para formar cadastro reserva. As chances são para profissionais de nível médio, superior e técnico.

A remuneração para quem iniciar na carreira vai de R$ 5,7 mil e pode chegar a R$ 29,1 mil. Saiba mais detalhes sobre o concurso da Assembleia de Goiás a seguir.

Inscrições do certame da ALE GO começarão em novembro

Caso você esteja interessado em fazer parte da equipe de trabalho da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás deve se inscrever no site do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) www.iades.com.br/inscricao, que é a banca que vai organizar o processo seletivo.

O prazo de cadastro terá início a partir do dia 18 de novembro (domingo) e terminará em 27 de dezembro (quinta-feira).

Quando você realizar seu cadastro, preenchendo a ficha de inscrição, lembre-se de imprimir e pagar o boleto bancário até a sexta-feira, dia 28 de dezembro.

Confira os valores das taxas: R$ 80, para as funções de nível médio e técnico, R$ 100 para os cargos de nível superior e R$ 150 para o posto de procurador.

Quem é membro de família de baixa renda ou doador de sangue ou de medula óssea pode solicitar isenção de pagamento.

Vagas oferecidas na Assembleia de Goiás contemplam todos os níveis de escolaridade

Os editais da ALE GO ofertam vagas para os seguintes cargos: assistente legislativo (36), procurador (2) e analista legislativo (36).

Para as funções de nível médio e técnico, o salário inicial é de R$ 5.789,37. Confira quais são os postos de trabalho: técnico em segurança do trabalho, tradutor intérprete em libras, policial legislativo e técnico em enfermagem do trabalho.

Já as especialidades do analista legislativo são: assistente social, fisioterapeuta, arquiteto, dentista, contador, enfermeiro do trabalho, comunicador social, arquivologista, psicólogo, segurança da informação, engenheiro – eletricista, civil e do trabalho, revisor ortográfico e médico – clínico, ginecologista, cardiologista, psiquiatra, do trabalho e ortopedista. Quem for aprovado para essas funções pode receber ganhos de R$ 7.931,53.

Para o cargo de procurador de segunda classe, o vencimento inicial é de R$ 29.114,95.

A jornada de trabalho para todos os cargos na Assembleia de Goiás é de 6 horas por dia.

Além desse total de vagas, será formado um cadastro reserva a fim de preencher outras que venham surgir no período de validade do concurso da Assembleia Legislativa, que corresponde a 2 anos. Tal prazo poderá ser prorrogado pela instituição do Poder Legislativo, uma única vez, contando da data em que houver a homologação.

Sobre as etapas do concurso público da ALE de Goiás

Os concorrentes serão avaliados nas seguintes fases do certame: 1) prova objetiva – sobre conhecimentos básicos e específicos e aplicável para todos os cargos, 2) prova discursiva – que deve conter entre 20 e 30 linhas, 3) prova prática – apenas para os postos de revisor ortográfico e tradutor, 4) avaliação de títulos para o cargo de procurador – na qual os candidatos devem apresentar comprovante de mestrado, doutorado ou de especialização, 5) teste de aptidão física e 6) avaliação psicológica. As etapas 5 e 6 serão apenas para os concorrentes à função de policial legislativo.

Confira as datas das provas da primeira etapa: 20 de janeiro (domingo) para analista legislativo e procurador e 27 de janeiro para assistente legislativo.

Veja quais disciplinas são cobradas na prova de múltipla escolha dessa última função: português, legislação, informática, conhecimentos específicos e realidade ética.

Para saber mais informações dos editais, acesse o site do IADES www.iades.com.br/inscricao.

Por Melisse V.

Concurso


Certame prevê a contratação de 123 profissionais em diferentes cargos.

Se você estava aguardando o lançamento do edital do certame da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL BA) e, enquanto isso, estudava para se preparar para o concurso, pode conferir aqui uma ótima notícia. Na sexta-feira, 26 de outubro, a instituição publicou no diário oficial o documento que regulamenta seu próximo processo seletivo, o qual visa ocupar mais de 120 vagas distribuídas em vários cargos de nível técnico, médio e superior. A remuneração para quem ingressar na AL BA pode chegar até R$ 4,8 mil. Saiba outros detalhes sobre a seleção na matéria a seguir.

Sobre as inscrições do concurso público da Assembleia da Bahia

Quem quer concorrer às vagas de trabalho na AL BA deve acessar o portal eletrônico da Fundação Getúlio Vargas (FGV) – fgvprojetos.fgv.br/concursos/alba2018, que é a banca organizadora da seleção, a partir da segunda-feira, 29 de outubro, para se cadastrar no processo seletivo. Você deve ainda imprimir e quitar o boleto para efetivar a sua inscrição. Os valores são de R$ 66 para os postos de trabalho de nível técnico e médio e R$ 77 para os de nível superior.

A data final para você se inscrever e pagar é 16 de novembro (sexta-feira).

Aqueles que forem registrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou que pertencerem à família de baixa renda podem ficar isentos do pagamento da taxa. Para isso, devem solicitar isenção no site até o dia 31 de outubro (quarta-feira).

Oportunidades disponíveis na Assembleia Legislativa da Bahia

O edital anuncia 123 vagas ao total, das quais, 31 são para profissionais com diploma de nível superior, 89 para funções de nível médio e 3 para técnico legislativo – da especialidade de odontologia.

O salário varia entre R$ 4,1 mil e R$ 4,8 mil. Há oportunidades exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE).

Confira as áreas oferecidas para nível médio: administrativa e agente de polícia legislativa masculina e feminina.

Para nível superior, há chances para analista legislativo, auditor legislativo e procurador. O principal requisito para exercer essas funções é possuir diploma de graduação. Além disso, é necessário ter Para o primeiro cargo, as especialidades disponíveis são: taquigrafia, analista de sistemas, administração, enfermagem, jornalismo, medicina do trabalho, nutrição, redação e revisão legislativa.

Saiba os requisitos exigidos para ingressar na Assembleia da Bahia

Para tomar posse na AL da Bahia, além de ser aprovado no certame e possuir comprovante de escolaridade compatível com o cargo de seu interesse, você precisa atender às seguintes exigências: possuir idade mínima de 18 anos de idade, estar em dia com as obrigações militares, se for do sexo masculino, estar quite com as exigências da justiça eleitoral, ser brasileiro, possuir aptidão mental e física, estar em pleno gozo dos direitos políticos, entre outros requisitos.

Sobre as provas do certame da AL BA

Os candidatos serão avaliados em 2 fases. Na primeira, os concorrentes responderão a 70 quesitos, se for de nível médio e 80 questões, se for de nível superior, de múltipla escolha. Já na segunda fase, que corresponde a uma prova discursiva, exclusivamente para o posto de procurador, é necessário responder a análises de 2 caso e 1 peça processual.

A data prevista para realização das provas é no domingo, 16 de dezembro.

A prova objetiva ocorrerá no turno da manhã e a discursiva a partir das 15 horas até as 19 horas.

Confira as disciplinas cobradas na prova de técnico legislativo: raciocínio lógico, português, informática, legislação e conhecimentos específicos.

As matérias exigidas para a função de auditor legislativo são: estatística, matemática financeira, português, direito tributário, legislação específica, direito administrativo, constitucional, contabilidade, administração, economia e auditoria.

Mais detalhes sobre o concurso AL BA

O certame da assembleia será válido por 2 anos e pode ser prorrogado por mais 2, caso seja do interesse do órgão do Poder Legislativo Estadual da Bahia.

Acesse mais informações do edital no site da FGV fgvprojetos.fgv.br/concursos/alba2018.

Por Melisse V.


Oportunidade é disponibilizada para profissionais com nível superior. Edital devera ser publicado em breve.

O concurso público para Auditor Fiscal da Prefeitura de Curitiba, no estado do Paraná, está em fase de definição da banca. Segundo informações, o prefeito Rafael Greca garantiu que o edital será divulgado em breve. Vale lembrar que o mesmo já autorizou a realização do certame.

Para verificar essas e outras informações, basta o interessado acessar o portal eletrônico da prefeitura. O concurso público ISS Curitiba 2018 pretende recrutar profissionais do cargo Auditor Fiscal, que exige do candidato o nível superior. Saiba mais!

Concurso público para Auditor Fiscal 2018

O cargo de auditor exige alguns requisitos, segundo o concurso da prefeitura de Curitiba. Entre eles estão o nível superior completo nas áreas de Administração, Tecnólogo em Gestão Financeira, Direito, Tecnólogo em Gestão Tributária, Ciências Contábeis e Tecnólogo em Gestão Pública.

O profissional também deve ser registrado no conselho regional e deve ter CNH. De acordo com o certame, a carteira de habilitação deve corresponder ao modelo de veículo a ser conduzido. O aprovado terá remuneração de acordo com o mercado e ótimos benefícios.

O novo contratado da Prefeitura deverá, claro, cumprir a jornada de trabalho, de 40 horas semanais. A remuneração, que está de acordo com a tabela do ano passado, pode variar: o valor inicial é de R$ 8.619,01, podendo chegar a R$ 22.657,74.

Auditor Fiscal

A função de auditor fiscal requer do profissional a realização de vistorias, fiscalização dos registros contábeis e efetuar estudos socioeconômicos, que tem como intuito a execução de pesquisas no mercado. Além das exigências, o cargo ainda tem como missão supervisionar as atividades que envolvem tributos municipais.

Último concurso

Em 2011 ocorreu o último concurso publico para auditor fiscal da Prefeitura de Curitiba onde ofertou 10 vagas. O certame contou com exame médico admissional, avaliação psicológica e prova objetiva – que contou com 40 perguntas de múltipla escolha.

Só para recordar: a prova englobou conhecimentos de direito tributário, direito administrativo, direito constitucional, contabilidade geral, leis e decretos, legislação tributária e direito civil. Veja alguns assuntos abordados:

  • Direito administrativo: Tributos de Competência dos Municípios; Competência Tributária; Domicílio Tributário; Solidariedade; Aplicação da Legislação Tributária; Limitações Constitucionais do Poder de Tributar; Conceito e Classificação dos Tributos; Crédito Tributário; Fiscalização; Dívida Ativa.
  • Direito constitucional: Hierarquia das leis; Constituição: conceito; Organização do Estado; Administração pública; Poder Executivo; Atribuições e responsabilidades do Sistema tributário nacional.
  • Contabilidade geral: objetivos, conceito e usuários da informação contábil; Livros contábeis obrigatórios e documentação contábil; Princípios e Normas Brasileiras de Contabilidade; documentação contábil; Apuração dos resultados; Regimes de apuração.
  • Leis e decretos: Decreto nº 622/2010, de 25 de maio de 2010; Decreto nº 1261, de 8 de outubro de 2009; Decreto n° 230/2010, de 4 de março de 2010; Decreto nº 615, de 17 de março de 2011; Decreto nº 1363, de 15 de dezembro de 2008; Decreto nº 1442, de 17 de dezembro de 2007.
  • Legislação tributária: Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis por Atos Intervivos; Lei Complementar nº 40, de 18 de dezembro de 2001; Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana; Lei nº9806, de 03 de janeiro de 2000; Lei Complementar nº 10, de 14 de dezembro de 1994; Lei Complementar nº 55, de 31 de março de 2005.
  • Direito civil: Da prescrição e decadência; Das pessoas naturais e jurídicas; Escrituração; Sociedade; Empresário; Da empresa individual (EIRELI); Do domicílio; Da transmissão das obrigações; Dos atos jurídicos lícitos e ilícitos.

Para mais informações, fique de olho no site oficial do órgão, já que será por lá que os detalhes sobre a banca organizadora serão publicados. Vale ressaltar que o número de vagas, taxa de inscrição e a data da matrícula ainda serão definidos. Então fique atento!

Fábio Santos


Concurso oferta 500 vagas sendo 465 destinadas ao ingresso no Curso de Formação de Soldados Bombeiros Militar e as demais 35 vagas destinadas ao Quadro de Praças Especialistas.

O mês de outubro de 2018 está chegando ao fim e alguns processos seletivos ainda estão dentro do prazo de inscrição.

Entre eles está o edital do novo concurso promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais, ou seja, o Edital de Concurso Bombeiros-MG de 2018. Conforme o que está registrado no documento já publicado, estão sendo disponibilizados em torno de 500 postos de trabalho, dos quais são 465 vagas destinadas ao ingresso no Curso de Formação de Soldados Bombeiros Militar ou QP-BM; sendo as demais 35 vagas destinadas ao Quadro de Praças Especialistas, ou QPEBM. Este certame conta com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa, Fundep, na função de banca organizadora do mesmo, a qual mantém o prazo de inscrição para os interessados até o dia 27 de novembro de 2018.

Deste quantitativo de postos de trabalho destinados ao cargo de Soldado, 418 estão voltados para os concorrentes do sexo masculino e os demais 47 destinam-se às concorrentes do sexo feminino. Deste modo, com relação ao Quadro de Praças Especialistas, os postos serão distribuídos entre as várias áreas existentes:

Setor de Motomecanização, com 4 vagas para a função de Mecânica Leve, 4 vagas para a função de Mecânica de Motor à Diesel e mais 2 para a função de Eletricista de Autos; no setor de Saúde, com 14 vagas para a função de Técnico em Enfermagem e mais 6 vagas para a função de Técnico em Saúde Bucal; no setor de Comunicações com 3 vagas para a função de Técnico em Informática, em Rede de Comutadores e mais 2 vagas para a função de Técnico em Telecomunicações, de acordo com o que está disposto no edital.

Sobre os vencimentos as informações são as seguintes:

A fase de ingresso de cada candidato aprovado para as vagas a serem preenchidas neste edital, e a sua convocação, serão realizadas por meio da graduação de Soldado em 2ª Classe, cuja remuneração inicial está no valor de 3.506,40 reais, que consiste em um valor vigente desde a data de publicação do edital atual.

Com relação ao cargo de Soldado em 1ª Classe BM, o valor da remuneração básica na atualidade está em 4.098,42 reais, que consiste em um valor também vigente desde a data de publicação do atual edital.

Sobre os benefícios as informações são as seguintes:

O cargo de Bombeiro Militar garante, por lei, a remuneração já citada; o abono fardamento; a assistência médico-hospitalar; a assistência psicológica e também odontológica.

Sobre o procedimento para cadastro de inscrição no Concurso Bombeiros-MG de 2018, as informações são as seguintes:

O período de inscrições para o concurso Bombeiros-MG de 2018 iniciou a partir das 9h do dia 1º de outubro e estender-se-á até às 19h do dia 27 de novembro de 2018, e o cadastro deverá ser efetuado por meio do site oficial da própria banca organizadora: www.gestaodeconcursos.com.br. O valor da taxa de inscrição está estipulado em 81,96 reais.

Sumarizando as informações essenciais:

Este é o Concurso do órgão de Bombeiros do Estado de Minas Gerais; a banca organizadora é a FUNDEP de Gestão de Concursos; o grau de escolaridade exigido é de nível médio e médio-técnico; a quantidade de vagas é em número de 500; o valor da remuneração chega a 4.098,42 mil reais; o período de inscrições se dará entre 1º de outubro e 27 de novembro de 2018; o valor da taxa de inscrição é de 81,96 reais e as provas serão realizadas no dia 20 de janeiro de 2019.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul oferta 11 novas vagas em seu Concurso Público 2018.

O Brasil é um dos países que fazem parte da lista das nações que mais produzem gás para diferentes usos. Devido a isso, em território nacional se tem diferentes empresas responsáveis pelo comércio desse material. Essas companhias precisam contar com um número suficiente de servidores para atender a população distribuída pelos estados brasileiros. Com isso, essas organizações, de tempos em tempos, abrem novas vagas de emprego e é justamente nesta situação que se encontra a Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul, Sulgás, que está com um edital aberto para a realização de um novo concurso público. Para saber os principais dados confira o texto abaixo.

A respeito das novas vagas de empregos abertas através do concurso da Sulgás

De acordo com as informações que foram apresentadas no documento oficial, neste processo seletivo vão ser oferecidas 11 vagas para profissionais com formação para nível médio, técnico e superior. Uma segunda informação importante é a respeito da banca organizadora. No caso deste certame, a escolhida foi a Fundatec. Veja agora quais cargos estão disponíveis, a quantidade de vagas e outras informações a respeito de cada uma das oportunidades:

– Nível Médio:

05 vagas para Assistente de Serviços Administrativos. Sendo 01 oportunidade para portador de necessidade especial e 01 para atender a cota racial de pessoa negra ou parda. Remuneração: R$ 2.464,70.

– Nível Técnico:

01 vaga para Técnico em Gás. Para esta função o interessado precisa ter conhecimentos em uma dessas áreas: soldagem, petróleo e gás, instrumentação industrial, automação industrial, dentre outras. Além disso, é imprescindível que ele tenha habilitação para dirigir automóvel. Remuneração: R$ 3.122,20.

– Nível Superior:

01 vaga para Advogado. Necessário registro na OAB. Remuneração: R$ 5.639,05.

04 vagas para Engenheiro de Gás. Sendo 01 vaga para pessoa especial e 01 para atender cota racial. Formação em: Engenharia (Produção, Civil, Química, Elétrica ou Mecânica). Além disso, é necessário registro no CREA. Para esta função também é necessário que o interessado tenha habilitação para veículos. Remuneração: R$ 8.281,13.

Os novos funcionários da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul vão ter direito a benefícios como: participação nos lucros da empresa, plano de previdência privada, auxílio para atividades físicas, vale-refeição, benefício para ensino fundamental, auxílio-creche, plano odontológico, assistência médica, vale-rancho, auxílio-educação e vale-transporte. Os contratados vão ser alocados para Porto Alegre, Caxias do Sul ou Canos. Por fim, o contrato de trabalho vai ter duração de dois anos e pode ser prorrogado por mais 24 meses.

Sobre as etapas avaliativas que foram escolhidas para este processo seletivo

Os responsáveis pelo setor de admissão da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul definiram com a Fundatec que as avaliações vão ser aplicadas de acordo com o nível de escolaridade e também alguns exames vão ser aplicados para todos. A primeira etapa consiste em um teste de múltipla escolha que será para todos os candidatos. Esta avaliação está marcada para a data de 09 de dezembro de 2018. A prova vai contar ao todo com 50 questões dos seguintes eixos temáticos:

– 05 perguntas sobre Raciocínio Lógico.

– 05 perguntas sobre Informática.

– 05 perguntas sobre Legislação.

– 15 perguntas sobre Língua Portuguesa.

– 20 perguntas sobre Conhecimentos Específicos.

Apenas as questões de conhecimentos específicos vão ser de caráter classificatório e eliminatório. O restante foi classificado apenas como classificatória. O conteúdo programático está disponível no edital que foi publicado em: https://www.fundatec.org.br/portal/concursos/index_concursos.php?concurso=481. Essas informações estão dispostas a partir da página 37.

As provas que correspondem a primeira etapa acontecem em horários distintos. No período da manhã vão realizar essa avaliação as pessoas que concorrem aos cargos de nível técnico e médio. Os indivíduos inscritos para as funções de nível superior, a prova à tarde. O local e o horário da primeira fase vão ser divulgados em 30 de novembro de 2017. Já a segunda etapa é uma prova de títulos, apenas para quem possui graduação, os candidatos vão ter que enviar todos os documentos que estão descritos no edital, cujo link de acesso foi disponibilizado no parágrafo anterior. Esses dados estão em “6. DA AVALIAÇÃO DOS TÍTULOS” página 16. Os documentos devem ser enviados entre 03 a 07 de janeiro de 2018. Por fim, todos os inscritos ainda vão ser uma avaliação psicológica marcada para 26 de janeiro de 2018.

Inscrições para o concurso da Sulgás

As inscrições vão ser encerradas em 06 de novembro de 2018, os interessados devem realizar todo o processo para a participação por meio do seguinte link: http://www.fundatec.org.br. As taxas de inscrição estão fixadas em R$ 82,36 (médio e técnico) e R$ 187,87 (superior). A taxa deve ser paga até 07 de novembro de 2018.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Concursos


Seleção deverá ofertar 500 vagas. Edital pode ser publicado nas próximas semanas.

Atenção concurseiros de plantão de todo o Brasil. Finalmente foi confirmado a realização de um concurso público até então muito aguardado. Estamos falando do Concurso da Polícia Rodoviária Federal. Se você é uma das pessoas que estava na expectativa por novas notícias sobre este certame, saiba de todas as informações na continuação deste texto.

A recomendação inicial é de que os interessados em prestar o concurso público da PRF já deem início aos estudos preparatórios, pois já foi confirmado que o concurso realmente irá ser realizado. E as remunerações passam de 9 mil reais. Uma oportunidade imperdível, principalmente neste momento em que a economia brasileira se encontra em um quadro de instabilidade e existe um grande número de pessoas em situação de desemprego no país.

Dessa forma, a PRF, que é a Polícia Rodoviária Federal, na última sexta-feira, dia 19 do mês de outubro, publicou no Diário Oficial um documento em que é dispensado a realização de um processo licitatório para a contratação de uma empresa para organizar e executar o certame. Além desta informação, no documento já consta o nome da empresa escolhida, sendo ela o Cebraspe.

Feito isto, o passo seguinte na organização do concurso é a assinatura entre as partes do contrato, que está prevista para acontecer nas próximas semanas. Somente após a formalização do contrato que o edital estará disponível para ser publicado.

Como o edital de abertura do certame ainda não foi pubicado com todas as informações necesárias aos candidatos, alguns detalhes deste concurso já foram confirmados. Por exemplo, o quantitativo de vagas a serem disponibilizadas para a concorrência. Pois bem, de acordo com o projeto original serão ofertadas um total de 500 vagas, sendo que todas elas são para o cargo de Policial Rodoviário Federal.

Na realidade este quantitativo é bem mais baixo que o esperado. Este concurso recebeu autorização no dia 27 do mês de julho. No documento em que o MPDG o autorizava havia uma data limite para a publicação do edital, em que foi estipulado um prazo de no máximo seis meses, sendo esta data o dia 27 do mês de janeiro.

Contudo, favorecendo a quem aguardava por este concurso, a PRF conseguiu se organizar e adiantar o processo. Na realidade a expectativa inicial era de que este edital já pudesse ser publicado no mês de junho, mas em decorrência do fato de ainda não haver um contrato com uma banca organizadora ele teve que ser adiado.

Mas agora já está tudo certo, até o início do mês de novembro o edital já estará disponível e as inscrições também devem começar.

Os interessados em entrar na concorrência de uma das 500 vagas para o posto de policial rodoviário federal precisa atender a alguns requisitos. Entre eles está possuir graduação de nível superior em qualquer área do conhecimento. Possuir carteira de motorista com categoria "B" no mínimo. Ser maior de idade, entre outros.

Um policial desta categoria possui uma carga horária semanal de 40 horas.

Em termos de remuneração, o candidato efetivado em seu cargo poderá contar com um salário de R$ 9.931,57. Valor este em que já está incluído o vale-alimentação no valor de R$ 458.

Para o ano que vem já está previsto um reajuste em que o salário passará para o valor de R$10.357. Este reajuste foi dado pelo presidente Temer em concordância com uma lei que foi sancionada pelo presidente e que passará a valer no ano de 2019.

A Polícia Rodoviária Federal possui na atualidade uma grande defasagem de servidores. Essa 500 novas vagas ainda não serão suficientes para cobrir esse desfalque na corporação, visto que até o final deste ano 2 mil policiais devem deixar a PRF em razão de aposentadorias. Por isso, existe a expectativa de que ano que vem novos concursos sejam realizados para resolver esta situação.

Nesse sentido, se você tem interesse em fazer este concurso, prepare-se para as provas e aguarde pelo edital que será publicado em breve.

Ana Paula


Edital deve ser divulgado muito em breve.

Muitas pessoas planejam conseguir um cargo público por conta da instabilidade e dos benefícios que os servidores podem ter. Por conta disso, há pessoas que investem muito tempo em preparo para realizar esse sonho.

Com a crise econômica instaurada no Brasil nos últimos anos, muitas entidades públicas deixaram de fazer novos concursos e enfrentam graves problemas com a falta de profissionais especializados para atender a população. A Secretaria Estadual do meio Ambiente do Mato Grosso, por exemplo, há 13 anos não realizava uma nova seleção.

A demora para abertura de concursos, no entanto, pode não ser algo tão ruim assim. Isso porque quanto mais o tempo passa, a carência de pessoal aumenta, fazendo com que a oferta de vagas aumente também, pois a cada ano os órgãos públicos comunicam ao Ministério do Planejamento centenas de aposentadorias, afastamentos e licenças dos servidores.

Por outro lado, quando não há seleção para preencher essas lacunas, o atendimento ao público fica muito prejudicado e, muitas vezes, a justiça precisa determinar que novos concursos sejam realizados urgentemente.

No caso do SEMA-MT, o concurso já estava sendo muito aguardado e o anúncio da banca que organizará o concurso pode ser feito logo. Confira conosco as principais informações sobre o concurso que já tem comissão formada e está em fase de finalização de processos e lançamento de edital.

Comissão tem prazo determinado para entrega de projeto.

Com a comissão estabelecida desde o dia 11 de setembro, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Mato Grosso (Sema/MT) deve lançar edital do novo concurso em breve. O novo concurso está em fase de confirmação da banca e o nome dos componentes dos organizadores devem ser anunciados nos próximos dias.

A comissão é composta por Alessandra Lu Wojcik Borges e Nílma de Oliveira Faria, que são analistas de meio ambiente; pela coordenadora de gestão de pessoas Maíra Carla Rodrigues; Edson Iwasaki – gerente de provimento e manutenção; Elton Antônio Silveira- superintendente de mudanças climáticas e por Rita de Cássia de Souza- gerente de capacitação.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente precisa concluir os estudos que deverão indicar as necessidades do órgão, bem como a quantidade de vagas que deverão ser ofertadas e quais os cargos serão disponibilizados no novo Certame.

Sem realizar concurso desde 2005, ocasião em que houve abertura de 150 vagas na instituição, o órgão recebeu determinação para apresentar um projeto básico no prazo de 30 dias. Os interessados podem, portanto, esperar o lançamento do edital em breve.

Último Certame

Em 2005, como já foi dito, foram oferecidas 150 vagas para cargos que exigiam curso técnico e ensino superior. Os candidatos foram submetidos à prova objetiva contendo 70 questões, dividas entre conhecimentos de língua portuguesa, conhecimentos específicos e conhecimentos gerais.

Ainda não dá para saber todas as informações a respeito do novo concurso Sema/MT, mas há como prever alguns detalhes a partir do último edital, como por exemplo, o modelo das questões e o conteúdo programático delas. A partir disso, os futuros candidatos já podem começar a montar uma grade de estudos para se sair bem na prova.

Quanto antes os interessados começarem a estudar, mais chances haverão de conseguir uma vaga. Apesar de ser um número considerável de vagas, concursos públicos são sempre muito concorridos. Por isso, a rotina de preparação deve ser iniciada o quanto antes.

É aconselhável que interessados em participar do novo concurso da Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Mato Grosso acompanhem as novidades acerca do certame diariamente. Como faltam apenas alguns ajustes, o edital pode sair a qualquer momento.

Boa sorte.

Por Nanny Cunha


Concurso oferta 26 vagas para os cargos de Adjunto e Professor Assistente.

Se você reside no Rio Grande do Sul e está de olho nas oportunidades em concursos públicos, nós temos uma boa notícia para você. Trata-se do certame da Universidade Federal de Pelotas, a UFPEL, que lançou recentemente o seu edital de número 27/2018.

No total, são ofertadas 26 oportunidades para os cargos de Adjunto e de Professor Assistente, estando abertas as inscrições para a seleção por títulos e provas.

Ficou interessado e quer mais informações sobre o concurso? Então fique ligado que nós te damos todas as dicas para não ficar de fora. Mas atenção, as inscrições já estão em fase final.

Quais os pré-requisitos para participar?

Quem quiser se inscrever para um dos cargos ofertados precisa atender a alguns pré-requisitos importantes e exigidos pela instituição. Sendo assim, a primeira exigência é a de graduação em sua área de atuação, bem como mestrado em caso de concorrer à especialidade de Professor Assistente. Para a função de Adjunto, é necessário Doutorado.

Sobre as vagas

As vagas são para as seguintes áreas: Percepção Musical, Canto, Práticas Artístico-Pedagógicas no setor de danças afro brasileiras, Geotecnologias, Circuitos Eletrônicos, Práticas Artístico-Pedagógicas no setor de danças urbanas, Hidráulica, Energização Rural, Saneamento Básico, Estruturas, Engenharia de Petróleo, Saneamento Ambiental, Relações Internacionais, Hotelaria, Português, Bilaterais e Multilaterais, Dança, Turismo, Ritmo e Movimento, Construções Rurais e Ambiência, Ginecologia e Obstetrícia, Construção Civil ou de Estruturas, Psicoterapia, Psicologia Médica e Psiquiatria, Medicina de Animais Exóticos e Silvestres, Meteorologia, Matemática e Ensino de Geografia.

Os ganhos dos professores variam conforme o cargo pretendido, podendo partir de R$ 2.236,31 até R$ 9.500,92.

Como faço para me inscrever?

Para se inscrever é muito simples. Essas ocorrem somente pela internet, no endereço eletrônico http://ces.ufpel.edu.br/conectecadmed0027_2018.

Vale lembrar que para efetivar as inscrições, é preciso realizar o pagamento de uma taxa simbólica em valores que variam de acordo com a especialidade pretendida. Os valores partem de R$ 131,75 e chegam a até R$ 191,40. O pagamento é via boleto.

E para não perder o prazo, muita atenção. As inscrições somente vão até o dia 23 de outubro de 2018. O horário final é às 23h59 (horário de Brasília).

Sobre o processo de seleção da UFPEL

O processo de seleção do concurso público da UFPEL contará com diversas etapas. São elas: prova didática, prova com títulos, exame para defesa de memorial descritivo e, por fim, plano de atividades no âmbito acadêmico.

As provas serão realizadas no período entre 28 de novembro e 14 de dezembro de 2018. Ainda não há informações oficiais sobre os locais e a data para cada fase, sendo essas confirmadas futuramente no portal da instituição organizadora.

A validade do concurso da Universidade Federal de Pelotas é de um ano, contando essa a partir da data de publicação referente ao edital para homologação de resultados finais, que acontece no Diário da União. Feito isso, é possível prorrogar o prazo pelo mesmo período, ou seja, por mais um ano. Essa atitude fica a critério da própria UFPEL.

Sobre a UFPEL

A UFPEL está localizada na cidade de Pelotas e foi criada no ano de 1969. Sua trajetória leva à Universidade Rural do Sul, a URS, fundada em 1960 e resultado dos esforços que foram movidos por docentes da Escola de Agronomia Eliseu Maciel.

Em 1967, um decreto federalizou a URS, sendo essa transferida para o Ministério de Educação e Cultura. Assim, a mesma passou a se denominar Universidade Federal Rural do Estado do Rio Grande do Sul, a UFRRS. Ainda, suas unidades passaram de meros cursos para faculdades.

Como forma de reestruturar a universidade, em 1968 foi criada por acadêmicos e professores uma comissão que se destinou a estudar e propor mudanças na instituição. Assim, no dia de 8 de agosto de 1969, o então Presidente assinou um decreto que transformou a UFRRS em UFPEL.

Essa era composta da: Faculdade de Direito, Faculdade de Ciências Domésticas, Faculdade de Odontologia, Faculdade de Veterinária, Faculdade de Agronomia e o Instituto de Sociologia e de Política. Após, outras instituições particulares também se agregaram à UFPEL, como é o caso do Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça, Curso de Medicina (Ipesse), Conservatório de Música de Pelotas e Escola de Belas Artes.

Para mais detalhes sobre a instituição, basta acessar o portal http://portal.ufpel.edu.br.

Por Kellen Kunz


Interessados devem se inscrever até o dia 5 de novembro de 2018.

O segundo semestre de 2018 está chegando ao fim de seu quarto mês e mais um concurso público com ampla abrangência de cargos e vagas está oficialmente aberto.

Trata-se do certame promovido pela Universidade de Brasília, UnB, cujo período de inscrições iniciou às 10 horas desta sexta-feira, dia 19 de outubro. Este mesmo concurso público está destinado ao preenchimento de 157 postos de trabalho, junto da formação do cadastro reserva de pessoas. Todos os candidatos contratados terão chance de atuar em qualquer um dos campi desta instituição, ou seja, no Plano Piloto, na Ceilândia, na Gama ou em Planaltina.

Sobre as vagas e a escolaridade exigida, as informações são as seguintes:

Para os concorrentes com certificado de ensino médio e com certificado de formação técnica, as vagas disponíveis se destinam às seguintes áreas: setor de assistente em administração, com 120 postos; setor de revisor de textos braile, com uma vaga; cargo de tradutor e intérprete da linguagem de sinais, com uma vaga e no cargo de técnico nas áreas de anatomia e de necropsia, com uma vaga; no setor de audiovisual, com uma vaga; no setor de contabilidade, com uma vaga; no setor de ótica, com uma vaga; no setor de segurança do trabalho, com uma vaga; no setor de tecnologia da informação, com 6 vagas; em laboratório e setor industrial com uma vaga e em laboratório e setor de análises clínicas, com uma vaga. O salário-base está no valor de 2.446,96 reais.

Para os candidatos com certificado de curso superior as vagas se destinam às seguintes áreas: setor de administrador, com 4 vagas; setor de assistente social, com uma vaga; setor de economista, com uma vaga; setor de editor de publicações, com uma vaga; setor de engenheiro elétrico, com uma vaga; setor de engenheiro de produção, com uma vaga; setor de engenheiro de segurança do trabalho, com uma vaga; setor de nutricionista, com uma vaga; setor de técnico desportivo, com uma vaga e no setor de técnico em assuntos educacionais, com 10 vagas. O valor da remuneração inicial está em 4.180,66 reais.

O prazo para inscrições finaliza às 18 horas do dia 5 de novembro de 2018, sendo que as mesmas deverão ser realizadas por meio do site: http://www.cespe.unb.br/concursos/fub_18. Os valores das taxas estão estipulados em 61 reais para nível médio e em 104 reais para nível superior.

Sobre as fases de que se compõe este concurso para cargos na UnB, as informações são as seguintes:

Serão ministradas provas objetivas para todos os cargos e mais uma discursiva, destinada ao cargo de assistente em administração; de técnico em contabilidade e para os candidatos às vagas de nível superior, as quais estão previamente agendadas para o dia 16 de dezembro de 2018. Sobre os locais de sua realização, as informações serão divulgadas a partir do dia 4 do mês de dezembro.

Este processo seletivo abrange o seguinte:

Uma avaliação em cima do desempenho, teórico e prático para o cargo de revisor de textos braile; para técnico em ótica; para o cargo de tradutor e de intérprete de linguagem dos sinais; para o cargo de técnico em anatomia e em necropsia; para o cargo de técnico no setor de laboratório nas especialidades industrial e em análises clínicas.

Este mesmo concurso para cargos na Universidade de Brasília,UnB, terá validade oficial de dois anos, computados a partir da data de sua homologação de resultado. Este mesmo prazo tem chance de ser prorrogado uma vez, por um período de tempo equivalente, conforme o critério estabelecido na universidade e dentro do previsto no edital.

Paulo Henrique dos Santos


SESI e SENAI ofertam diversas vagas de emprego em novos processos seletivos.

Conseguir uma colocação no mercado de trabalho está a cada dia mais difícil no Brasil. Essa situação se deve ao fato de que há atualmente uma grande oferta de mão de obra disponível e não há vagas suficientes para todos. Dessa forma, os concursos públicos se tornaram boas opções para quem pretende arrumar uma boa colocação e garantir assim segurança e estabilidade, que estão cada vez mais em falta no país em razão da forte crise que atingiu a economia brasileira. Diante deste quadro, se você está buscando por uma oportunidade de prestar um concurso público e assim conseguir uma vaga em uma instituição renomada, acabam de surgir excelentes oportunidades.

É isso mesmo, estamos falando de oportunidades que devem agradar a muitos concurseiros de plantão. De acordo com informações recentes, muitos concursos estão com editais abertos, somente o SESI e o SENAI estão com treze editais em aberto. Oportunidades é o que não irá faltar. Os salários podem chegar até quase R$ 10 mil, dependendo do cargo. Já pensou que guinada na vida? Então não perca essa chance. Conheça abaixo um pouco do trabalho dessas instituições de renome no país e as oportunidades que elas oferecem.

O SESI que é o Serviço Social da Indústria possui desafio o desenvolvimento de um sistema de educação que possua excelência e que esteja voltada para o setor do trabalho para contribuir assim para o aumento da produtividade das indústrias, contribuindo para a promoção da saúde e da segurança do trabalhador. O SESI trabalha para oferecer soluções inteligentes para empresas industriais do nosso país através de uma rede integrada, o que engloba atividades na área da educação, saúde do trabalho, segurança e promoção da saúde.

O SENAI, que é o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, encontra-se entre os cinco maiores complexos que atuam na promoção da educação profissional de todo o mundo, além de ser o maior complexo da América Latina que atua nesse segmento. Oferece cursos que formam profissionais para atuarem em 28 áreas da indústria. Seus cursos são de todas as modalidades, da iniciação profissional, passando pela graduação, além de pós-graduação tecnológica. Em todo o país já se formaram no Senai mais de 73 milhões de brasileiros, desde que a instituição foi fundada no ano de 1942.

Então, já pensou em se tornar um profissional do SESI ou SENAI? Veja alguns dos editais abaixo:

– Edital 01 – SENAI: As vagas disponíveis são para os cargos de Assistente de Laboratório. O candidato precisa possuir formação na área de Mecânica ou em Automação. São 40 horas por semana e uma remuneração de R$ 1.881,73, além de vários benefícios. As inscrições devem ser feitas até o dia 21 do mês de setembro.

– Edital 02 – SENAI: As vagas disponíveis são para o cargo de Assistente de Serviços II. O candidato precisa possuir formação nas áreas de Eletricidade/ Eletrônica, Mecânica /Hidráulica ou Pneumática. São 40 horas por semana e uma remuneração no valor de R$ 1.881,73, além de benefícios. As inscrições devem ser feitas até o dia 21 do mês de outubro.

– Edital 03 – SENAI: As vagas são para o cargo de Analista de Serviços Tecnológicos. O candidato precisa possuir formação de nível superior em cursos de Engenharia Industrial, Mecânica, de Produção, Administração de Empresas, Tecnólogo em Gestão da Produção Industrial ou Tecnólogo em Logística. São 40 horas por semana e uma remuneração de R$ 6.742,59, além de benefícios. Inscrições até o dia 21 de outubro;

– Edital 04 – SENAI: As vagas são para o cargo de Auxiliar de Serviços. O candidato precisa possuir ensino fundamental incompleto. São 20 horas por semana e uma remuneração de R$ 558,82, além dos benefícios.

– Edital 05 – SENAI: A s vagas são para o cargo de Assistente Técnico I. O candidato precisa possuir formação de nível técnico nas áreas de Eletricidade/ Eletrônica, Mecânica/Hidráulica ou Pneumática. São 20 horas por semana e uma remuneração no valor de R$ 1.306,76, além de benefícios. Inscrições até o dia 21 de outubro.

– Edital 06 – SENAI: As vagas são para o cargo de Assistente Técnico I. O candidato precisa possuir Ensino Médio Completo. São 40 horas por semana e um salário no valor de R$ 1.568,13, além de benefícios. Inscrições até o dia 21 de outubro.

Se você se interessou por uma das vagas anunciadas pelo Senai e pelo SESI e gostaria de saber mais informações, além de conhecer todos os editais, acesse os sites: www.senai.com.br e www.sesi.com.br e tenha acesso a todas as informações. As inscrições serão realizadas somente pela internet. Não perca estas excelentes oportunidades.

Por Sirlene Montes


As inscrições para o concurso vão até o dia 08 de novembro no site da banca FGV.

O município de Niterói é um dos mais importantes no estado do Rio de Janeiro. Empresas e órgãos que atuam em diferentes setores estão presentes na região. Com isso, a oferta de empregos é grande para diferentes níveis de escolaridade. E se você reside na cidade ou no estado do Rio de Janeiro está em busca de uma nova colocação no mercado de trabalho, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Niterói (SASDH) abriu um edital para a realização de um novo concurso público. São mais de 100 novas vagas de emprego. Veja agora os principais detalhes deste certame.

A respeito das colocações que estão sendo oferecidas pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Niterói

A SASDH, por meio do edital deste concurso público, informou que as oportunidades de emprego são para a contratação imediata e também para a formação de um banco de dados com o nome de futuros servidores. Com isso, o número correto de incorporações imediatas é de 107 novos postos de trabalho. Confira agora os cargos que estão sendo oferecidos e a quantidade de vagas para cada um:

– Nível Médio:

10 vagas para auxiliar administrativo. Sendo 09 oportunidades para ampla concorrência e 01 para portador de necessidade especial. Remuneração dividida por: R$ 708,92 (salário) e R$ 245,08 (complemento). Total de: R$ 954,00.

– Nível Superior:

02 vagas para pedagogo.

30 vagas para psicólogo. Desse número, 27 para ampla concorrência e 03 destinadas a candidatos com deficiência.

65 vagas para assistente social. 59 oportunidades para ampla concorrência e 06 para pessoas especiais. Remuneração dividida por: R$ 708,92 (vencimentos) e R$ 1.216,93 (complemento). Total: R$1.925,85.

A jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas por semana. Os interessados precisam ter a formação necessária e reconhecida pelo Ministério da Educação para ocupar um dos cargos que exigem formação superior. Uma informação extremamente relevante em qualquer concurso público é a respeito da banca organizadora, neste caso, é a Fundação Getúlio Vargas, a FGV.

As provas que vão ser aplicadas para cada um dos níveis de escolaridade neste concurso

Segundo o que foi definido pelos responsáveis por este concurso público e que está presente no edital, as avaliações serão distintas para os níveis de formação dos candidatos. Dessa forma, para quem deseja concorrer a uma vaga para a função de auxiliar administrativo, ou seja, tenha a formação a nível médio vão realizar um teste de múltipla escolha contendo 60 perguntas referentes aos seguintes conteúdos:

– Módulo I:

20 perguntas sobre Língua Portuguesa.

– Módulo II:

20 perguntas sobre Matemática.

20 perguntas sobre Noções de Informática.

Já os candidatos a cargos que pedem nível superior inicialmente, vão realizar uma prova com 70 questões abordando os seguintes temas:

– Módulo I:

10 perguntas sobre Noções de Direito Público.

20 perguntas sobre Língua Portuguesa.

– Módulo II:

40 perguntas sobre conhecimentos específicos.

Além disso, as pessoas com diploma universitário também vão passar por uma prova de títulos. Para conferir a divisão de pontos para este quesito, confira o edital que está disponível em: https://fgvprojetos.fgv.br/concursos. Essas informações foram apresentadas a partir da página 17, no item “10. DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS”.

Todos os participantes vão realizar a avaliação na data de 16 de dezembro de 2018. Para os inscritos para o nível médio, a prova acontece no horário de 08h até as 12h. Já a avaliação para o nível superior está marcada para 14h30 às 19h30. Os testes vão acontecer na cidade de Niterói e também do Rio de Janeiro. Os locais ainda vão ser divulgados.

Processo para a participação no certame da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Niterói

O período de inscrição vai ser encerrado na data de 08 de novembro de 2018. E as taxas variam entre R$ 48,00 (nível médio) e R$ 58,00 (nível superior). A inscrição deve ser feita pelo seguinte endereço eletrônico: https://fgvprojetos.fgv.br/home.

Boa sorte!

Por Isabela Castro


Concurso oferta 107 vagas em diversos cargos.

Se você é da Região Sudeste ou sonha em morar lá e quer conquistar estabilidade laboral, saiba aqui a respeito de uma boa oportunidade de trabalho na área pública. No estado de Rio de Janeiro, a Prefeitura de Niterói informa que está aberto o prazo de inscrição no seu concurso público. Há vagas para nível superior e médio.

Aproveite essa chance de se tornar um servidor público municipal.

As inscrições do certame de Niterói terminarão em novembro O candidato que tem interesse em concorrer a uma das 107 vagas na Prefeitura de Niterói deve acessar o site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que é a banca selecionada pela administração do município para ser a organizadora do processo seletivo, preencher a ficha de inscrição e efetuar o pagamento da taxa cujo valor varia entre R$ 48 e R$ 58. O prazo começou desde o dia 10 de outubro (quarta-feira) e terminará em 8 de novembro (quinta-feira). A última data para pagamento do boleto é na sexta-feira, dia 9 de novembro. Aquelas pessoas que tiverem o nome registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e forem de família de baixa renda podem solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Quem desejar concorrer na condição de cotista por ser portador de necessidade especial (PNE) deve selecionar essa opção já no ato de inscrição. Lembre-se também de enviar o laudo médico que ateste a sua deficiência para o seguinte endereço: Caixa Postal nº 205 – cidade de Muriaé no estado de Minas Gerais – CEP: 36.880-970.

O envio pode ser por carta registrada com aviso de recebimento ou, se preferir, por SEDEX. Não se esqueça de especificar no envelope o nome do concurso, o cargo e a especialidade para a qual deseja concorrer.

As vagas são para nível médio e superior

Os cargos disponíveis na Prefeitura de Niterói são para quem tem graduação completa e também para aqueles profissionais que concluíram o ensino médio. Veja quais são as especialidades: auxiliar administrativo, pedagogo, assistente social e psicólogo. A jornada de trabalho é de 40 horas por semana. O valor da remuneração varia entre R$ 954 a R$ 1.925,85. Do total das 107 vagas, 10 são para quem é de nível médio e outras 10 são reservadas para pessoas com deficiência (PCD).

Confira quais são os requisitos

Além de ter sido aprovado no concurso e de comprovar escolaridade compatível com o cargo, para tomar posse na administração do município, é importante que você tenha nascido no Brasil, possuir idade mínima de 18 anos, estar em dia com as exigências do serviço militar, se for do sexo masculino, e da justiça eleitoral, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, não possuir antecedentes criminais, entre outros requisitos.

Sobre as provas do concurso da Prefeitura de Niterói

O certame será composto das seguintes fases: 1) prova objetiva – de caráter eliminatório e classificatório, que será prova de múltipla escolha com 70 quesitos, para os cargos de nível superior e 60 questões para o posto de trabalho de nível médio; 2) prova de títulos – exclusivamente para quem concorrer às funções de nível superior.

A data programada para a realização das provas é no dia 16 de dezembro (domingo), no turno da manhã para auxiliar administrativo e à tarde para os demais. Os locais de aplicação de prova serão na cidade de Niterói e também na capital do estado do Rio de Janeiro.

Veja quais são as disciplinas cobradas: português, para todos os cargos, matemática e informática para os de nível médio e noções de direito público e conhecimentos específicos para os que exigem graduação completa.

Saiba mais detalhes do edital aqui: https://fgvprojetos.fgv.br/concursos/sasdh.

Por Melisse V.


Certame oferta vagas para Oficial Temporário de 2° Classe da Reserva da Marinha.

Se você está à procura de uma oportunidade de emprego, já deve saber que não está nada fácil conseguir. Afinal, em decorrência da forte crise que se instalou na economia do país muitas empresas também entraram em crise e tiveram que reduzir o número de novas contratações. Diante deste quadro de instabilidade muitas pessoas buscam por concursos públicos e processos seletivos em geral. E se você se encontra nesta situação, acaba de surgir uma excelente oportunidade.

Estamos falando da Marinha do Brasil que irá realizar mais um concurso. As inscrições já terão início e as provas serão realizadas no primeiro trimestre do ano de 2019. Saiba de todas as informações sobre esta nova oportunidade de concurso, continuando a ler este artigo.

Quem se encontra na expectativa de novas informações sobre um novo concurso público da Marinha já pode começar a se preparar, pois o concurso já está confirmado.
Dois editais de abertura foram publicados e de acordo com as informações disponíveis nos documentos haverá disponibilidade de vagas para profissionais formados nas áreas de Apoio à saúde, Medicina, áreas de saúde, Técnica magistério e Engenharia. São várias as especialidades e as vagas são para o posto de RM2, que é Oficial Temporário de 2° Classe da Reserva da Marinha.

As vagas serão distribuídas por alguns dos Distritos Navais que a Marinha possui pelo país.

Recentemente, foi publicado no Diário Oficial da União o documento que traz todas as informações sobre este novo certame da Marinha. Vale ressaltar que de acordo com este documento as vagas são para trabalho temporário como RM2.

Quem estiver interessado em entrar para a concorrência precisa atender a alguns requisitos. É claro que estes requisitos podem variara de acordo com as especialidades das vagas, mas alguns deles valem para todos.

Desse modo, os interessados precisam ter idade superior a 18 anos, ter atuado como voluntário e possuir formação de nível superior completa, seja Bacharelado ou Licenciatura. Podem se inscrever na concorrência mulheres e homens, desde que atendam aos requisitos dos cargos.

Aqueles candidatos que conseguirem ser aprovados em todas as etapas do processo de seleção serão distribuídos pelos distritos navais de 2ª e da 8ª região.

Para os interessados no certame um Oficial da Marinha deve receber inicialmente R$11 mil. Além do salário, o profissional neste cargo ainda poderá contar com diversos benefícios. Entre eles estão vale-alimentação, assistências odontológica, médica, psicológica, religiosa e social. Não só os profissionais poderão contar com todos estes benefícios, como todos os seus dependentes.

Quem estiver interessado em entrar para a concorrência da Marinha 2018 poderá realizar a sua inscrição no processo a partir do dia 16 do mês de outubro de 2018. Já o prazo final para a realização das inscrições é o dia 13 do mês de novembro de 2018.

As inscrições serão realizadas somente por meio da internet, a partir do preenchimento de uma ficha cadastral e com o pagamento de uma taxa de inscrição cujo valor é de R$ 127. Embora as inscrições sejam encerradas no dia 13 de novembro, data limite para o pagamento da taxa de inscrição.

Embora tenham sido publicados dois editais de abertura, as datas para realização das inscrições e pagamento da taxa de participação são a mesma, independente do cargo. De igual forma acontece com a data para realização das provas, que está inicialmente prevista para o dia 10 do mês de fevereiro de 2019.

O processo de seleção dos novos Oficiais da Marinha será realizado por meio de etapas, sendo elas as seguintes:

– 1ª: Realização da Prova Objetiva: possui caráter eliminatório e classificatório;

– 2ª: Verificação dos dados biográficos e verificação da documentação: possui caráter eliminatório;

– 3ª: Avaliação do estado de saúde: possui caráter eliminatório;

– 4ª: Avaliação de Capacitação Física: possui caráter eliminatório;

– 5ª: Avaliação de Títulos: possui caráter classificatório;

– 6ª: Designação;

– 7ª: Incorporação dos aprovados.

Por Sirlene Montes


Foi solicitado junto ao MPOG o concurso do Ministério do Trabalho e Emprego para mais de 1,5 mil vagas em diversos cargos.

Já foi solicitado ao Ministério Público do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG) o concurso do Ministério do Trabalho e Emprego. (MTE). No pedido, consta a solicitação de 1.307 vagas para o cargo de Agente Administrativo, em que para concorrer é necessário ter ensino médio.

Que tal aproveitar a oportunidade e iniciar a sua preparação para o concurso MTE?

Concurso MTE: vagas esperadas!

A boa notícia para o concurso do MTE é que a solicitação para o certame já foi protocolada e já tiveram algumas movimentações internas. O pedido para 1.307 vagas para Agente Administrativo já foi feito e, além disso, também há solicitação para 32 vagas para o cargo de Arquivista, 93 para Administrador, 58 para Contador, 2 para Bibliotecário, 5 para Estatístico, 5 para Engenheiro, 26 para Psicólogo, 4 para Sociólogo, 10 para Técnico em Comunicação Social, 10 para Técnicos em Assuntos Educacionais e 12 para Economista.

Para essas oportunidades a remuneração inicial é de R$ 5.494,09. A expectativa é que o concurso seja autorizado pelo MPOG e o edital do concurso MTE ocorra em 2019.

Concurso MTE: sobre o último certame!

O último concurso MTE ocorreu em 2014 e ofereceu oportunidades para o cargo Agente Administrativo. Organizado pelo Cespe/Unb, o certame contou com provas de conhecimentos básicos e específicos.

Na parte de conhecimentos básicos, os conteúdos cobrados foram de informática, português, administrativo, atualidades, administração financeira e orçamentária e também ética no serviço público.

Em relação a conhecimentos específicos, foram cobrados conteúdos de gestão de pessoas na organização, legislação específica, arquivologia, administração de recurso material e também conhecimentos sobre noção de gestão e fiscalização de contrato e convênio.

Concurso MTE: como começar a estudar?

– Como o edital ainda não está publicado, o candidato terá um bom tempo para construir o seu conhecimento e estudar as disciplinas com calma, sobretudo se estiver iniciando a sua preparação agora.

– O primeiro passo é ler o edital do último concurso MTE com calma e fazer um planejamento de estudo com base no último documento. Para isso, é só acessar: http://www.cespe.unb.br/concursos/MTE_14_NM_NS/arquivos/EDITAL_N___1___ABERTURA.PDF.

– A banca do último concurso foi a Cespe/Unb, que é uma das organizadoras consideradas mais difíceis. Para entender o perfil da banca, compreender o estilo de cobrança e os tipos de assuntos mais cobrados é fundamental fazer exercício.

– No seu planejamento, inclua resolução exaustiva de exercício. Isso vai ajudar você não só a entender o perfil de cobrança do Cespe/Unb, mas a manter o conteúdo fixo na sua memória.

– O seu planejamento deve ser dividido em teoria, revisão e exercício. A revisão pode ser feita por questões, por exemplo.

– Se este é o seu primeiro concurso ou você ainda não tem muita base, faça um curso presencial ou on-line. Isso ajudará você a manter o foco e conhecer os assuntos mais cobrados. Além disso, dará um direcionamento.

– Compre materiais e apostilas que sejam atualizados de acordo com o concurso público do MTE. Cuidado e pesquise antes de comprar qualquer tipo de material, pois existem muitos que estão desatualizados.

– Descubra o seu método de estudo e foque nele. Para isso, teste vários e veja o qual combina com você.

– Durante a sua preparação, procure fazer outras provas que tenham conteúdo parecido com o concurso MTE. Aproveite a oportunidade para testar os seus conhecimentos, saber quais conteúdos está bom ou não e no que você precisa melhorar.

– Separe um dia na semana para você fazer simulado. Simule como se, realmente, fosse o local da sua prova. Por meio do simulado, você saberá em que conteúdo está bom e no qual precisa revisar ou reforçar o conhecimento.

– Dê o seu melhor para colher os resultados que espera e acredite no seu potencial.

Bons estudos e muito sucesso!

Por Babi


Concurso da DPU prevê a criação de 2.751 vagas em diversos cargos.

Está em movimentação na Câmara dos Deputados o projeto de lei número 7922/2014 para a criação de um total de 2.751 cargos para a Defensoria Pública da União, a DPU. O concurso recebeu em seu último avanço um importante registro que indica que o relator da proposta em Comissão de Constituição, de Justiça e de Cidadania, o deputado André Moura do PSC/PE, já encaminhou à presidência da Câmara de Deputados o requerimento para avaliação dos méritos da proposta pela comissão.

Tramitando como prioridade, o pleito pretende criar diversos cargos no órgão, seja em nível médio, como técnicos, ou em nível superior, como analistas.

Uma vez aprovada, a proposta também deverá passar por diversas outras comissões. Recebendo o aval de todas elas, o projeto passará por votação em plenário.

Sabe-se, todavia, que o processo levará um certo tempo até ser analisado pelas comissões. Porém, uma vez que o projeto já tem tramitado com nível de urgência, a expectativa é grande para que, muito em breve, o mesmo chegue até o plenário.

Quadro de Pessoal

A urgência para a aprovação do projeto se dá pelo motivo de que a Defensoria Pública não possui quadro próprio de pessoas. Uma luta que vem desde a data de 29 de agosto de 2014, quando Haman de Moraes e Córdova, então defensor público-geral, encaminhou o projeto.

Nos dias de hoje, são no total 1.163 servidores. Desses, 820 foram cedidos por outros órgãos, enquanto outros 343 são servidores que foram nomeados no primeiro concurso da DPU, voltado para a área administrativa e realizado em 2010.

Sobre o Projeto de Lei

O concurso público da DPU possui como projeto de lei a criação de 1.092 oportunidades em cargo técnico e 1.659 para analista. Para o primeiro, é necessário ter nível médio completo. O salário inicial é de R$ 4.363,94, podendo esse chegar a até R$ 6.633,12 no decorrer da carreira.

Para analista, é necessário ter o nível superior completo. A remuneração é de R$ 7.323,60, podendo essa chegar a até R$ 10.883,07.

Ainda são previstos adicionais para os servidores, conforme o projeto de criação dos cargos da DPU. Sendo assim, para quem possui um título de doutorado, é considerado um aumento de 12,5%; para mestrado de 10%; para especialização de 7,5%; e para diploma em curso superior de 5%, desde que vá além daquilo que é exigido para o cargo. Ainda, para o servidor que possui um conjunto de ações de treinamento que totalize 120 horas, o aumento é de 2,5%, com um limite em 5%.

Sobre o último concurso da DPU

Em 2010, foi realizado o último concurso da Defensoria Pública da União, sendo esse para a área administrativa. Foram, no total, 311 vagas para formação em nível médio e superior.

A organização do certame foi feita pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e em Seleção, bem como na Promoção de Eventos (Cebraspe-CESPE).

As oportunidades para Técnico foram destinadas para o cargo de Agente Administrativo, com um total de 70 vagas. O salário divulgado era de R$ 2.299,42.

Já para Analista, os cargos foram: Arquivista (10 vagas), Analista Técnico Administrativo (88), Assistente Social (20), Contador (18), Bibliotecário (10), Psicólogo (5), Economista (20), Sociólogo (20), Técnico em Comunicação Social na área de Jornalismo (2), Técnico em Assuntos Educacionais (30), Técnico em Comunicação Social na área de Publicidade e Propaganda (17) e Técnico em Comunicação Social na área de Relações Públicas (1). O salário dessas chegou a até R$ 3.532,95.

A avaliação dos candidatos foi realizada por meio de provas objetivas, sendo elas de caráter eliminatório e classificatório. As questões foram de múltipla escolha, com um total de cinco opções e uma resposta certa.

O valor das provas foi de 80 pontos, abrangendo conhecimentos em língua portuguesa, legislação relacionada à Defensoria Pública, noções de informática, direito administrativo e direito constitucional. Já na parte específica designada para os cargos de analista, foram abordados diversos temas que são relacionados à área do candidato.

A lotação das oportunidades do concurso foi destinada para os seguintes Estados: Alagoas, Acre, Amazonas, Bahia, Amapá, Ceará, Goiás, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Distrito Federal e Tocantins.

Por Kellen Kunz


Concurso do TJ SP 2018 oferta 34 vagas para cargos que exigem o Nível Superior de escolaridade dos interessados.

A notícia que muitos aguardavam finalmente saiu, que foi a publicação do edital do concurso do TJ SP 2018. Esse é um dos concursos mais aguardados do ano e, por isso, ele será muito disputado. Se baseando nessas informações, é certo dizer que todos os inscritos precisam estudar muito para conseguir umas das vagas. O fato negativo desse concurso é apenas a quantidade de vagas, que são apenas 34. Mas esse detalhe serve também como estímulo para quem realmente deseja passar no concurso TJ SP 2018.

Concurso possui cargos com salários bem atrativos

Um dos fatores que tornam esse concurso muito disputado, é o alto nível dos salários dos cargos oferecidos. Muitas pessoas que vão realizar esse concurso, é exclusivamente por uma mudança na vida financeira, assim como a estabilidade na área profissional. Principalmente em um momento tão complicado do país. Os salários vão de 6 mil a 8,5 mil, que é um ótimo valor nos dias atuais.

Nível de dificuldade desse concurso

Esse concurso possui um nível alto de dificuldade, e não adianta querer se enganar. Quem realmente quer conquistar uma dessas vagas, precisa muito de uma rotina de estudo. Ter planejamento é uma das melhoras escolhas que um candidato pode tomar. Para passar nesse concurso, os candidatos precisam estudar muitas horas por dia, e de preferência montar um cronograma de estudo dividido pelo nível de dificuldade do candidato. O ideal é começar as rotinas de estudo o quanto antes, e se for possível o candidato deve escolher um curso preparatório de sua confiança.

Banca organizadora

A banca organizadora desse concurso é a Vunesp. Ela já é bem conhecida por quem já está na luta por realizar diversos concursos. Essa banca é especialista em formular provas com questões bem complexas ou que precisam de muita atenção dos candidatos. Então já posso afirmar que pode surgir algum tipo de pegadinha nessa prova. O ideal é ficar muito atento na hora de responder as questões.

Divisão das vagas do concurso TJ SP 2018

Como foi dito anteriormente, esse concurso não terá muitas vagas. São apenas 34 vagas e elas estão divididas da seguinte maneira:

– Médico: 2 vagas

– Enfermeiro: 7 vagas

– Contador: 20 vagas

– Administrador: 5 vagas

Agora é só escolher sua vaga e se estudar bastante para ter mais chances de aprovação.

Informações sobre a inscrição desse concurso

As inscrições vão começar no dia 15 de outubro e vão até o dia 13 de novembro. É muito importante que todos os candidatos preencham a ficha de inscrição com muito cuidado. A taxa de inscrição é no valor de R$85,00 e todos os cargos são a para quem tem o nível superior.

Cargos e seus requisitos

O concurso TJ SP 2018 possui 4 cargos disponíveis. Todos eles possuem requisitos diferenciados. Veja agora essas informações logo abaixo:

Cargo de Médico Judiciário – Para concorrer a esse cargo, o candidato precisa ter o Ensino Superior em Medicina, que precisa ter Registro do Conselho Regional e ser registrado pelo órgão competente. É exigido o diploma original de formação no curso. O aprovado e convocado vai ter que trabalhar 30 horas semanais e o salário inicial desse cargo é de R$ 8.723,57.

Cargo de Enfermeiro Judiciário – Para esse cargo é exigido o Nível Superior em Enfermagem. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais e o salário inicial é de R$ 8.100,44. É exigido o diploma original de formação no curso.

Cargo de Contador Judiciário – Quem desejar concorrer a essa vaga, é preciso ter formação Superior em Ciências Contábeis. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário inicial é de R$ 7.027,51. É exigido o diploma original de conclusão do curso.

Cargo de Administrador Judiciário – Para concorrer a essa vaga é preciso ter formação superior no curso de Administração de Empresas. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário inicial é de R$ 6.432,43. É exigido o diploma original de conclusão do curso.

Todas as demais informações sobre o concurso do TJ SP 2018 estão em seu edital. Vale lembrar que a data da prova é em 03/02/2019.

Boa sorte a todos os candidatos!

Por Cristiane Amaral


Inscrições para o concurso podem ser realizadas entre os dias 15 de outubro e 5 de novembro.

Quem sonha em ser defensor público pode conferir aqui uma boa informação sobre uma grande chance no Nordeste do país. A Defensoria Pública Estadual do Maranhão (DPE MA) divulgou o edital do próximo concurso que visa prover vagas para novos servidores. O prazo de inscrições será iniciado em 15 de outubro (segunda-feira). A remuneração ofertada é de R$ 26 mil.

As provas serão realizadas em dezembro. Inicie já a sua preparação para o certame. Saiba mais detalhes sobre o processo seletivo da DPE do Maranhão na matéria que segue abaixo.

Como posso me inscrever no concurso?

O edital prevê que as inscrições vão começar em 15 de outubro (segunda-feira) e terminarão em 5 de novembro (segunda-feira). O cadastro será efetuado exclusivamente pela internet. Para se inscrever, siga o procedimento: entrar no site da banca responsável pela seleção (www.concursosfcc.com.br/concursoAndamento.html), a Fundação Carlos Chagas (FCC), preencher o formulário de cadastro, imprimir o boleto e quitá-lo até o dia 5 de novembro. O valor é de R$ 229.

Quem é doador de medula óssea ou de sangue, quem é de família com baixa renda per capita ou o eleitor que trabalhou na justiça eleitoral do estado pode solicitar isenção do pagamento da taxa até o dia 19 de outubro (sexta-feira).

Detalhes da vaga da DPE MA

O concurso visa preencher 8 vagas para o cargo de Defensor Público de 1ª Classe. Desse total, 1 chance é para pessoa com deficiência (PCD) e 2 para quem pertence à população negra.

A remuneração para quem ingressar nessa carreira é de R$ 26.125,15.

Para concorrer você precisa atender aos seguintes requisitos: estar em pleno gozo dos direitos políticos, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações do serviço militar, para quem é do sexo masculino, ter formação em Ciências Jurídicas, com diploma emitido por instituição regular junto ao Ministério da Educação (MEC), ter boa saúde física e mental, ter no mínimo 18 anos, não possuir pendência junto à justiça eleitoral, ter no mínimo 3 anos comprovados de atividade jurídica, ter registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre outras exigências.

Quais são as etapas do processo seletivo?

O certame da DPE do Maranhão conterá as seguintes etapas: 1) prova objetiva, 2) prova discursiva, 3) prova oral, 4) prova de títulos.

A data programada para realização da primeira fase é no sábado, 15 de dezembro, à tarde, com duração de 5 horas. Nela conterá 100 questões para serem respondidas. Os assuntos cobrados se referem às seguintes matérias: direito da criança e do adolescente, constitucional, processual penal, direito humanos, difusos e coletivo, direito civil, agrário e comercial, penal, processual civil, administrativo, direito de execução penal, do consumidor, legislação referente à defensoria pública e formação humanística. Já a discursiva ocorrerá no dia seguinte, 16 de dezembro (domingo) no turno da manhã. Essa etapa terá 4 horas de duração e o candidato deve responder a duas peças processuais e a 2 quesitos discursivos.

A comissão do concurso ainda divulgará a data de realização da prova oral.

Veja o que será considerado para pontuação na avaliação de títulos: diploma de mestrado ou doutorado, certificado de especialização, curso de aperfeiçoamento na área jurídica, exercício de magistério superior, publicação de livro, estágio em ciências jurídicas, aprovação em concurso público e exercício do cargo de Defensor Público.

Mais informações sobre o processo seletivo da Defensoria Pública Estadual do Maranhão

O certame da DPE do Maranhão será válido por 2 anos, a contar de quando for publicada a homologação. Mas caso a instituição pública julgue necessário, poderá prorrogar esse prazo por uma única vez.

Aproveite essa chance de conquistar uma vaga no serviço público com ótima remuneração.

Acesse o endereço eletrônico da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursoAndamento.html) para saber mais detalhes do edital da seleção da DPE MA.

Por Melisse V.


Concurso do Ministério Público do Estado do Paraná oferta 10 vagas de emprego para o cargo de Promotor Substituto.

Neste segundo semestre de 2018 diversos concursos públicos estão sendo abertos, em diversas regiões do país. Até o fim do ano, muitos certames serão definitivamente oficializados. Entre os concursos inaugurados, está o novo processo seletivo promovido pelo órgão do Ministério Público do Estado do Paraná, o MP-PR de 2018.

Portanto, foi publicado um recente comunicado a todos os estudantes e profissionais interessados a respeito da abertura do novo concurso público, cujo objetivo está no preenchimento de 10 postos de trabalho para cargos na função de Promotor Substituto. Destas vagas disponíveis, uma está previamente reservada para os candidatos com deficiência e uma se destina aos candidatos enquadrados como afrodescendentes.

Este mesmo cargo possui exigência de graduação em nível superior na área de Direito, cursado em instituição oficial ou reconhecida pelo MEC, Ministério da Educação e da Cultura; outro requisito está na comprovação de, pelo menos, três anos no exercício da função jurídica, dentro do padrão de idoneidade moral e na ausência de registro de antecedentes criminais na ficha pessoal, entre outras exigências. O vencimento inicial está no valor de 24.818,90 reais.

O procedimento de cadastro de inscrição deverá ser efetuado exclusivamente por meio da internet, no seguinte site: www.mppr.mp.br. O período oficial de inscrições iniciou no dia 08 do mês de outubro e se estenderá até o dia 06 do mês de novembro de 2018. O valor da taxa de inscrição está estipulado em 220 reais.

Este concurso está estruturado dentro do seguinte itinerário de fases:

Inicia com a realização da chamada prova preambular, seguida das provas escritas, concluindo em um total de cinco testes, todos divididos por grupos; depois serão realizados os exames de constatação de sanidade física e mental; a devida sindicância; a realização da prova oral e a análise de títulos, ou prova de títulos. Todas provas serão ministradas em dia, em hora e em local cuja divulgação não foram divulgadas até o momento.

Sobre prova preambular, a sua formulação em grupos de disciplinas e sobre o número de questões nelas contidas, as informações são as seguintes:

A – O Grupo de 1 a 17 questões versando em Direito Penal; 3 sobre Direito Eleitoral e mais 3 sobre Legislação do Ministério Público;

B – O Grupo de 2 a 14 questões versando sobre Direito Constitucional; 5 sobre Direito Administrativo. 2 sobre Direito Tributário, uma questão versando sobre Filosofia do Direito, uma questão versando sobre Sociologia Jurídica e mais uma sobre o Direito Previdenciário;

C – O Grupo de 3 a 10 questões sobre matéria de Direito Civil, 2 sobre Direito Empresarial e mais 12 sobre a matéria de Direito Processual Civil;

D – O Grupo de 4 a 14 questões versando sobre Direito Processual Penal; 3 sobre a matéria de Execução Penal; uma questão sobre Medicina Legal, 3 questões sobre a matéria de Direito do Consumidor e mais 3 versando sobre Direito Sanitário;

E – O Grupo de 5 a 6 questões versando sobre Direito da Infância e Direito da Juventude ou sobre matéria de Direito à Educação; 6 questões versando sobre Direito de Proteção destinado ao Patrimônio Público; 5 questões sobre Direito Ambiental, Habitação e Urbanismo; 5 questões versando sobre Ação Civil Pública, sobre as Ações Coletivas ou sobre os procedimentos extrajudiciais da atribuição do Ministério Público – o chamado Inquérito Civil, o Procedimento Preparatório, o Procedimento Administrativo e a Notícia do Fato; 2 questões versando sobre matéria de Direitos da Pessoa com Deficiência; 2 questões versando sobre os Direitos do Idoso e mais 4 questões versando sobre os Direitos Humanos.

Por Paulo Henrique dos Santos


Concurso do CRQ SP tem 520 vagas abertas em diversos cargos.

Confira nessa matéria uma boa informação do mundo dos concursos públicos, se você almeja se tornar um servidor. No estado de São Paulo, o Conselho Regional de Química da 4ª Região (CRQ SP) publicou o edital do seu certame. A expectativa é que sejam nomeados 520 novos profissionais para nível superior e médio e ainda haverá cadastro reserva. O prazo de inscrição terminará em 12 de novembro.

Saiba mais a seguir.

Inscrições no concurso do CRQ de São Paulo

Para você participar do processo seletivo é necessário que realize seu cadastro seguindo o procedimento: 1) acessar o portal do Instituto Quadrix – que é a banca organizadora – até o dia 12 de novembro (segunda-feira); 2) preencher o cadastro; 3) imprimir o boleto de pagamento; 4) realizar o pagamento da taxa, a qual custa entre R$ 60, R$ 65 e R$ 75. A data final para quitação do boleto a fim de efetivar a inscrição no concurso público do Conselho é 13 de novembro (terça-feira).

Quem é doador de medula óssea ou tem nome no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) pode solicitar isenção do pagamento.

Pessoas com deficiência (PCD) e quem se autodeclarar preto ou pardo podem concorrer às vagas como cotistas.

CRQ de São Paulo oferece vagas para diversos cargos

O edital anuncia 520 oportunidades para funções de nível superior e médio. Veja quais são as áreas oferecidas: Serviços Técnicos Administrativos, Hidráulica, Pintura, Atividades de Suporte, Atividades Estratégicas, Suporte Técnico, Teleatendimento, Manutenção Predial, Analista de Sistemas, Advogado, Jornalista, Fiscal, Bibliotecário.

O salário varia entre R$2,9 mil, R$ 3,6 mil, R$ 5,6 mil e R$ 8,6 mil. Além disso, quem for convocado para assumir o cargo para o qual foi aprovado no processo seletivo, terá direito a perceber os seguintes benefícios: plano de saúde, vale-refeição, vale-transporte, plano odontológico, vale alimentação e também há plano de cargos e salários para valorização da carreira.

A carga horária de trabalho corresponde a 40 horas semanais. Quem passar no certame será contratado pela CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas.

Confira quais são as cidades de lotação: Presidente Prudente, Araçatuba, Santos, Campinas, São José do Rio Preto, Araraquara, Piracicaba, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Sorocaba e, inclusive, a capital do estado.

Sobre os requisitos para ser contratado pelo CRQ SP

Se você for aprovado dentro do número de vagas, será convocado para trabalhar no Conselho Regional de Química de São Paulo, que é a 4ª Região. Para assumir o posto você deve ser brasileiro, apresentar documento que comprove quitação eleitoral e militar, no caso de candidato homem, na data da posse, ter mais de 18 anos, não possuir quaisquer restrições quanto ao gozo dos direitos políticos, entre outras exigências.

Sobre as fases do concurso público do Conselho de Química da 4ª Região

O processo seletivo vai avaliar os concorrentes em três etapas: 1) prova de múltipla escolha sobre conhecimentos básicos (40), específicos (50) e complementares (30). Todas essas provas têm peso 1 e são de caráter eliminatório e classificatório; 2) prova discursiva – de 15 linhas a 30 linhas no máximo; 3) prova prática – apenas para os candidatos ao posto de trabalho de jornalista.

A segunda fase será ponderada pelos seguintes critérios: aspectos técnicos, o qual vale 10 pontos e formais e textuais, também vale 10 na pontuação.

A data prevista para aplicação das etapas 1 e 2 é no domingo, 9 de dezembro, à tarde. Os candidatos devem responder aos quesitos e marcarem o cartão de resposta no tempo máximo de 4 horas.

A prova prática ocorrerá na cidade de São Paulo nos dias 16 e 17 de fevereiro de 2019, respectivamente, sábado e domingo.

Saiba mais aqui www.quadrix.org.br.

Por Melisse V.


Certame do CRECI GO oferta vagas para cargos de nível médio e superior de ensino.

Aqui você pode conferir uma boa oportunidade de trabalho. No estado de Goiás, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 5ª Região (CRECI GO) oferece vagas para cargos de nível médio e superior. O edital do concurso foi publicado em 26 de setembro (quarta-feira) e retificado em 3 de outubro (quarta-feira). As inscrições já estão abertas. Saiba mais aqui.

Prazo de inscrição termina em novembro

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet. Para se cadastrar no processo seletivo do CRECI GO acesse o site www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/crecigo.aspx, preencha seus dados no formulário, imprima e pague o boleto bancário.

O prazo começou desde o dia 26 de setembro e será encerrado em 7 de novembro (quarta-feira).

A taxa tem o valor de R$ 50 para cargo de nível médio e R$ 58 para nível superior. Você poderá quitar o pagamento da sua inscrição no certame até a quinta-feira, dia 8 de novembro.

Quem tem inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único), for doador de medula óssea ou pertença à família com baixa renda pode solicitar isenção do pagamento.

A banca escolhida para organizar o certame é o Instituto Quadrix.

Sobre as vagas oferecidas no CRECI da 5ª Região

As oportunidades anunciadas no edital do concurso público são para os seguintes cargos: Profissional de Suporte Administrativo, para o qual é necessário possuir escolaridade de nível médio completo, e Profissional de Suporte Técnico. Para essa função você deve ter diploma de graduação emitido por instituição de ensino credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC). As áreas disponíveis são: Fiscalização, Ciências Jurídicas, Recursos Humanos, Ciências Contábeis e Tecnologia da Informação (TI).

A carga horária é de 40 horas e a remuneração varia entre R$ 1,2 mil e R$ 1,9 mil. Além disso, quem for aprovado e assumir o posto de trabalho terá direito a benefícios, dentre eles: vale-transporte, auxílio alimentação, plano de saúde e ainda há plano de cargos e salários.

O regime de contratação é segundo as normas da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

Há chances reservadas para quem é pessoa com deficiência (PCD) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

No total, são 50 vagas para nível médio e 140 para nível superior.

Todos serão lotados na capital do estado, Goiânia.

Quais são os requisitos?

Os requisitos mínimos a serem atendidos pelos concorrentes para que possam tomar ser contratados no CRECI GO são: ser aprovado no processo seletivo, comprovar que possui escolaridade compatível com o cargo de seu interesse, ter idade mínima de 18 anos, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral, ter nascido no Brasil, estar em dia com o serviço militar, nesse caso, se for homem, ser considerado apto mental e fisicamente, entre outros requisitos.

Sobre as etapas da seleção do CRECI de Goiás

Os candidatos serão avaliados no certame do CRECI da 5ª Região nas seguintes etapas:

1) prova de múltipla escolha – com 120 questões no estilo certo ou errado sobre conhecimentos básicos (30), específicos (60) e complementares (30);

2) prova discursiva – de até 30 linhas;

3) prova de títulos – apenas para quem concorrer ao cargo de profissional de fiscalização e de suporte técnico.

A data provável de realização das duas primeiras fases é 9 de dezembro (domingo).

Para a avaliação de títulos, os concorrentes devem apresentar diploma de doutorado ou mestrado ou certificado de pós-graduação lato sensu.

Atribuições dos cargos no CRECI GO

Quem for do suporte administrativo deve atender o público, elaborar memorandos e ofícios, organizar o cadastro dos corretores de imóveis, entre outras tarefas.

O profissional de fiscalização deve lavrar autos, recolher informações para a lavratura, adquirir provas documentais, entre outras atividades.

Mais detalhes do concurso CRECI GO

Obtenha outras informações do edital do concurso do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de Goiás no site do Instituto Quadrix www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/crecigo.aspx.

A validade do concurso é de 2 anos.

Por Melisse V.


Prefeitura de Caruaru, em Pernambuco, oferta vagas de emprego em seu novo Concurso Público.

Se você sonha em morar na Região Nordeste, tendo estabilidade financeira pode saber nessa matéria sobre uma grande oportunidade de trabalho. A Prefeitura da cidade de Caruaru, situada no agreste pernambucano, lançou o edital do seu concurso público para a Procuradoria Municipal.

O salário inicial é de R$ 4 mil. As inscrições já começaram. Não perca essa chance. Saiba mais informações abaixo.

Quero participar. Como faço minha inscrição?

A banca responsável por organizar o certame da Procuradoria de Caruaru é a Fundação Carlos Chagas (FCC). Como as inscrições serão realizadas apenas via internet, você deve acessar o endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br/concursos/pmcar118/index.html, preencher a ficha de cadastro no concurso, imprimir o boleto e quitá-lo até o dia 19 de outubro (sexta-feira).

O prazo de inscrição já começou desde a sexta-feira, dia 21 de setembro. Você não pode perder mais tempo.

A taxa de inscrição é de R$ 136. Mas quem é do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou membro de família de baixa renda pode solicitar isenção do pagamento.

Informações sobre as vagas oferecidas no concurso da Procuradoria de Caruaru

O edital prevê que sejam contratados 10 candidatos aprovados no certame para o cargo de procurador do município. Desse total, 5% são reservados para quem é pessoa com deficiência (PCD).

A remuneração a ser percebida no início da carreira é de R$ 4 mil.

Para concorrer na condição de cotista PCD você deve enviar o laudo médico.

Requisitos para ser procurador em Caruaru

Saiba quais são os requisitos exigidos para se candidatar ao posto de trabalho na Prefeitura de Caruaru: ter formação de nível superior na área de Ciências Jurídicas, possuir registro ativo na ordem dos advogados do Brasil (OAB), comprovar vivência na advocacia por no mínimo 2 anos, possuir aptidão mental e física, ser brasileiro, estar em dia com as exigências do serviço militar e da justiça eleitoral, não possuir antecedentes criminais, entre outros.

Quais são as atribuições do cargo de procurador em Caruaru?

O procurador tem como responsabilidade: interpor recursos e sentenças judiciais, atender com presteza, zelar pelos dados a ele confiados, representar sobre irregularidades entre outras tarefas de defesa dos interesses da prefeitura de Caruaru contra outras partes em processos judiciais.

Sobre as provas do concurso público da Procuradoria Municipal de Caruaru

O certame contará com as seguintes fases: 1) prova de múltipla escolha, 2) prova discursiva e 3) avaliação de títulos.

Na primeira etapa, os candidatos devem responder a 100 questões em 5 horas e devem ainda preencher o cartão de respostas. Os assuntos cobrados serão sobre as seguintes disciplinas: direito civil, constitucional, administrativo, penal, processual penal, financeiro, tributário, trabalhista, processual do trabalho, processual civil, ambiental, agrário, e difusos e coletivos.

A previsão para a prova objetiva é em 18 de novembro (domingo).

Já na segunda fase, com duração de 4 horas, é necessário elaborar uma peça processual que valerá 6 pontos e responder a dois quesitos discursivos sobre direito tributário, administrativo e constitucional, valendo 2 pontos cada. A data programada para aplicação dessa prova é 3 de fevereiro de 2019 (domingo).

Para a avaliação de títulos, o candidato deve apresentar diploma de mestrado ou doutorado ou certificado de especialização, juntamente com o histórico escolar.

O prazo para apresentação dos documentos comprobatórios dos títulos é a partir de 11 de fevereiro (segunda-feira) até a sexta-feira, dia 15 de fevereiro de 2019.

A data de divulgação do resultado final prevista no edital é 17 de maio (sexta-feira).

Para saber outras informações do edital do processo seletivo da Procuradoria Municipal de Caruaru, consulte o site da FCC www.concursosfcc.com.br/concursos/pmcar118/index.html.

O prazo de validade do certame será de 2 anos, contando da data de sua homologação. Caso a administração municipal julgue pertinente, poderá prorrogar esse período, uma só vez, por mesmo tempo.

Por Melisse V.


Certame oferta 140 vagas de emprego. Inscrições podem ser realizadas até o dia 8 de novembro de 2018.

Aqui vai uma ótima informação para quem é da Região Nordeste e estuda para concursos. O Governo do Estado de Pernambuco, por meio de sua Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), publicou o edital para o próximo certame da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) no diário oficial no dia 22 de setembro (sábado).

No total, há 140 vagas e a remuneração pode chegar a R$ 4,8 mil. Participe do processo seletivo, há oportunidades para quem tem escolaridade de nível técnico e superior.

Veja mais detalhes a seguir.

Informações sobre as inscrições no processo seletivo da Adagro

O cadastro na seleção da Adagro será realizado apenas pela internet. Para efetivar sua inscrição você acessa o link www.upenet.com.br para ser direcionado à página eletrônica do Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (IAUPE), que é a banca responsável pela organização do concurso. O prazo começou em 30 de setembro (domingo) e terminará em 8 de novembro (quinta-feira).

Você deve informar seus dados pessoais no formulário do site, imprimir e pagar o boleto até o dia 9 de novembro (sexta-feira). Os valores das taxas são R$ 50 e R$ 64, dependendo do cargo.

Quem é membro de família de baixa renda ou for cadastrado no Cad Único – Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal pode solicitar isenção do pagamento.

Vagas ofertadas no edital do certame da Adagro

O edital prevê a contratação de 140 novos profissionais. Desse montante, há 90 chances para o cargo de nível técnico de Assistente de Defesa Agropecuária e 50 para as funções que exigem diploma de graduação, sendo 10 para Fiscal Estadual Agropecuário da especialidade de agronomia e 40 para a área de médico veterinário.

A jornada corresponde a uma carga horária de 40 horas por semana para todos os postos de trabalho.

A remuneração é de R$ 2.601,93 para assistente e R$ 4.860,21 para fiscal agropecuário.

A Adagro quer preencher cargos vagos nos seguintes municípios: Serra Talhada, Ouricuri, Petrolina, Sanharó, Garanhuns, Surubim, Caruaru, Salgueiro, Palmares, Sertânia e na capital do estado, Recife.

Há vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCD).

Requisitos a serem atendidos para ser servidor na Adagro

O concorrente deve atender a alguns requisitos para tomar posse: ser aprovado no certame, apresentar comprovante de escolaridade exigida para o cargo, possuir registro ativo no conselho de classe, para as funções de nível superior, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) atual e de categoria B, ter idade mínima de 18 anos, estar quite com as obrigações militares e eleitorais, estar em pleno gozo dos direitos políticos e civis, ter aptidão física e mental, entre outros.

Etapas do processo seletivo da Adagro

O concurso conta com apenas uma etapa de avaliação dos candidatos: prova objetiva – de caráter classificatório e eliminatório. A prova de múltipla escolha terá 50 questões com 5 alternativas, sendo somente 1 a correta.

A data prevista para realização dessa etapa é no dia 3 de fevereiro de 2019 (domingo). Você será informado sobre a localidade da prova no portal do IAUPE.

As disciplinas cobradas são: português, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

A previsão de divulgação do resultado final, segundo o edital, é no dia 26 de fevereiro de 2019 (terça-feira).

Mais informações

Você pode conferir mais detalhes do edital do certame no endereço eletrônico do IAUPE (www.upenet.com.br). Aproveite e realize logo sua inscrição. Não perca essa chance de se tornar um servidor público estadual em Pernambuco.

O concurso será válido por 2 anos, podendo ser prorrogada por mesmo período, por mais uma vez, contando da data em que for homologado. Desde que a administração pública entenda que é conveniente e oportuno.

Por Melisse V.


A banca organizadora que cuidará do Concurso da Polícia Rodoviária Federal de 2018 está prestes a ser definida e será revelada em breve.

Novo processo de seleção está próximo de sua definitiva publicação. O departamento da Polícia Rodoviária Federal está prestes a fazer o anúncio, na próxima semana, da banca organizadora que atuará no processo de seleção, para o edital deste concurso público, ou seja, o Concurso PRF de 2018, cuja meta está no preenchimento de 500 postos de trabalho para o cargo de Policial Rodoviário Federal.

Recentemente, uma notícia animadora foi publicada, que consiste em uma nota emitida por meio do setor de Advocacia-Geral da União, cujo parecer é favorável à liberação de verbas para contratação da banca organizadora determinada pela corporação. Entretanto, nenhum nome de instituição que se enquadre no processo foi revelado até o presente momento, pelo órgão da PRF.

De acordo com os dados angariados da própria Assessoria de Imprensa, está prevista para a próxima semana a devida publicação dos documentos para a dispensa da licitação de contrato com a nova banca organizadora do certame. Até o presente momento a data precisa da publicação deste edital não foi divulgada, porém, existe grande chance de o edital ser publicado neste mesmo mês de outubro de 2018.

Depois de enviada a solicitação às autoridades competentes, foi divulgada a informação de que o mesmo documento que promove a autorização já estava publicado no Diário Oficial da União, indicando o edital para o certame público da PRF de 2018, que deverá ser definitivamente efetivado, conforme estipula a lei, dentro de um prazo máximo de até seis meses, a partir da data de publicação de sua portaria.

Portanto, o mesmo órgão fez encaminhar uma solicitação, para elaboração de um edital, ao Ministério do Planejamento, do Orçamento e de Gestão, o MPOG, destinado a solicitar nada menos que 2.778 postos de trabalho efetivos, de acordo com o que foi informado pela própria Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, a Fena-PRF. Mesmo assim, o governo federal autorizou, até agora, somente 500 oportunidades de vagas.

Com relação aos vencimentos pagos ao cargo oferecido neste Concurso da PRF, seguem as seguintes informações:

Os salários sofreram reajuste previamente aprovado pela Câmara dos Deputados, por meio do projeto de lei 5865 de 2016, o qual prevê os aumentos progressivos dentro desta categoria. Garantido este aumento, o valor da remuneração inicial atingirá a escala de 9.501,98 reais, nesse projeto de 2018, ou chegarão a 9.931,57 reais. Para o ano de 2019, que configurará o último ano de aumento, os valores poderão chegar a até 10.357,88 reais. Em todos estes reajustes estão incluídos os valores do auxílio-alimentação, estipulado em 458 reais.

Sobre os pré-requisitos para participar do certame, as informações são as seguintes:

Todos os estudantes interessados em ingressar na carreira de Policial Rodoviário Federal, deverão comprovar, necessariamente, a posse de diploma de nível superior, em quaisquer áreas profissionais, além da posse da carteira nacional de habilitação, a CNH, dentro da categoria B. Todos os candidatos provavelmente serão avaliados, tal como no concurso anterior, por meio de uma prova objetiva versando sobre os conhecimentos específicos; uma prova discursiva; em seguida, os exames de aferição de capacidade física; de avaliação da saúde; de avaliação psicológica; a devida investigação social sobre a vida pregressa do concorrente; a avaliação sobre os títulos e finaliza com o curso para formação profissional.

Este será um dos concursos mais aguardados do ano. O salário é atraente, o cargo é efetivo e com possibilidade de carreira, os exames não são muito exigentes, já que são apenas dois requisitos fundamentais. É muito importante que todos os interessados se mantenham atualizados.

Por Paulo Henrique dos Santos


O prazo para realizar as inscrições começou no dia 3 de outubro e terminará em 4 de novembro de 2018.

Se você possui graduação completa pode se informar aqui a respeito de uma ótima chance de ingressar no serviço público federal.

No diário oficial da terça-feira, dia 2 de outubro, a AGU – Advocacia Geral da União fez o lançamento do edital que regulamenta o seu mais novo certame.

Há chances para várias áreas de formação e a remuneração, já inclusos o vencimento e as gratificações, é na faixa de R$ 6,2 mil.

Saiba mais detalhes do concurso público da AGU na matéria que segue abaixo.

O prazo de inscrições já iniciou

Quem almeja ser um servidor público da esfera federal da AGU deve acessar o link www.idecan.org.br/getConc.aspx?key=px7eQ76pPfA= para ser direcionado à página de inscrição, pois as inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet. Lá você deve clicar em "faça aqui sua inscrição" e preencher o formulário para se cadastrar na seleção.

O prazo começou na quarta-feira, dia 3 de outubro e terminará em 4 de novembro (domingo).

A fim de completar sua inscrição, imprima a Guia de Recolhimento da União (GRU) e efetue o pagamento no valor de R$ 95 até a segunda-feira, dia 5 de novembro.

Caso você tenha hipossuficiência financeira para pagar a inscrição ou é doador de medula óssea, aqui vai uma boa notícia: você pode ser isento do pagamento. Para isso, faça a solicitação até a sexta-feira, dia 5 de outubro.

A AGU contratou o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) para organizar o certame.

AGU oferta 100 vagas para diversas graduações

Os candidatos devem possuir diploma que comprove a escolaridade de nível superior completo. As 100 vagas são para as seguintes áreas: arquivologia, biblioteconomia, administração, ciências contábeis e comunicação social – com habilitação em jornalismo. Você pode ainda concorrer a funções que não exigem formação específica como analista técnico administrativo e técnico em assuntos educacionais.

Para todos os postos de trabalho a remuneração no começo da carreira é de R$ 6.203,34 e a jonada da semana de trabalho é de 40 horas.

Alguns cargos exigem além do diploma emitido por faculdade em condição regular junto ao Ministério da Educação (MEC), o registro ativo no conselho de classe.

Do total das vagas, há aquelas que são reservadas para quem se autodeclara negro e também para pessoas com necessidades especiais (PNE). Quem se candidatar ao concurso nessa última condição deve lembrar de enviar o laudo médico que ateste qual é a sua deficiência.

Quais são os outros requisitos para assumir o cargo na AGU?

Para que você tome posse em algum cargo dentro da Advocacia Geral da União você deve, primeiramente, ser aprovado no certame. Além disso, é importante atender às seguintes exigências: ser maior de 18 anos, estar quite com o serviço militar, no caso de candidato do sexo masculino, ter nacionalidade brasileira, estar em dia com a justiça eleitoral, ter aptidão mental e física, entre outros requisitos.

Etapas do concurso público da AGU

Os candidatos devem ser avaliados em duas fases do certame da AGU: 1) prova objetiva e 2) prova discursiva. A data programada para aplicação dessas avaliações é no domingo, dia 9 de dezembro.

Na primeira fase você deve responder a 60 questões: 30 sobre conhecimentos básicos – português, informática, conhecimentos gerais e raciocínio lógico – e 30 sobre assuntos específicos para cada cargo.

Já na segunda etapa, os candidatos devem elaborar um texto dissertativo entre 30 linhas e 60 linhas.

Informações adicionais sobre o certame da AGU

O edital está disponível no site do Idecan – www.idecan.org.br/getConc.aspx?key=px7eQ76pPfA=. Lá você pode obter mais detalhes da seleção. Aproveite para fazer sua inscrição.

O concurso terá validade de 1 ano e pode haver prorrogação pelo mesmo prazo, uma única vez, a contar da homologação e a depender da Advocacia Geral da União.

Por Melisse V.


CORE de São Paulo recebe inscrições até o dia 15 de outubro de 2018 para seu novo Concurso Público.

Se você está focado na sua preparação para ser aprovado em concurso e busca uma boa oportunidade de ser um servidor público para garantir estabilidade laboral e financeira pode conferir aqui uma boa chance.

O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo (CORE SP) anuncia que as inscrições estão abertas para seu processo seletivo que visa preencher vagas de nível fundamental, médio e superior. O edital foi publicado em 31 de agosto (sexta-feira) e as inscrições vão até o dia 15 de outubro (segunda-feira). Participe do processo seletivo do CORE SP.

Para saber mais informações sobre o certame, leia a matéria a seguir.

Como posso me inscrever no concurso do CORE de São Paulo?

Os interessados devem entrar no portal eletrônico paconcursos.com.br/v1/?product=core-sp-2, pois as inscrições serão realizadas apenas pela internet. O candidato deve preencher o formulário de cadastro, imprimir e pagar o boleto bancário.

As inscrições começam no dia 3 de setembro e serão encerradas em 15 de outubro (segunda-feira). Você pode quitar o boleto até o dia seguinte, na terça-feira, dia 16 de outubro.

Os valores das taxas variam entre R$ 9 e R$ 9,20, a depender do nível de escolaridade do cargo pretendido.

Aqueles candidatos cujos nomes estejam inclusos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou que forem de baixa renda puderam solicitar isenção do pagamento.

A banca contratada para ser a responsável pelo certame é Inaz do Pará.

Sobre as oportunidades anunciadas no CORE SP

As funções disponíveis no conselho são: fiscal, analista de tecnologia da informação, assistente jurídico, assistente administrativo, copeiro, operador de teleatendimento, office boy, motorista, telefonista, técnico de tecnologia da informação e contador.

As chances são para as seguintes cidades: Campinas, Bauru, Santos, Presidente Prudente, Araraquara, Sorocaba, Ribeirão Preto, além da capital São Paulo. No total, são 33 vagas para contratação imediata e 114 para formação de cadastro reserva. Há oportunidades exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

A carga horária laboral corresponde a 30 horas por semana e pode chegar a 40 horas, conforme o posto de trabalho.

A remuneração para nível fundamental é de R$ 1.429,09. Quem tem ensino médio completo vai receber entre R$ 2.571,36 e R$ 3.438,03. E para quem possuir diploma de graduação emitido por instituição de ensino devidamente credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC) vai receber R$5.382,85.

Quais são requisitos para os candidatos aprovados tomarem posse?

A principal exigência para tomar posse é que você passe no certame dentro das vagas. Em segundo lugar, você deve ter escolaridade compatível com a função de seu interesse. Para assumir o cargo você deve inclusive, ter nascido no Brasil, não ter quaisquer pendências com o serviço militar, caso seja homem, possuir no mínimo 18 anos, ter aptidão mental e física, estar quite com a justiça eleitoral, entre outros requisitos.

Quais são as etapas do certame do CORE de São Paulo?

O concurso do CORE SP conterá 3 avaliações: 1) prova de múltipla escolha – com 50 questões para os cargos de nível superior e com 40 questões para os demais; 2) prova discursiva – com no mínimo 20 linhas e no máximo 30 linhas e 3) prova de títulos. As duas últimas etapas são apenas para os postos de trabalho que exigem graduação completa.

Na avaliação da redação os candidatos serão avaliados quanto aos seguintes critérios: coesão, coerência, argumentação, gramática e adequação ao gênero e à proposta.

Já na etapa de títulos serão pontuados quem tiver certificado de especialização, mestrado ou doutorado e exercício da profissão, tanto na administração pública, quanto na esfera privada.

A prova de múltipla escolha e a dissertativa serão aplicadas na data provável de 20 de janeiro de 2019 (domingo).

Sobre mais informações do processo seletivo

Para conferir detalhes do edital, clique aqui paconcursos.com.br/v1/?product=core-sp-2.

Boa prova!

Por Melisse V.


Cerca de 5 mil vagas foram solicitadas para os cargos de Analista e Auditor da Receita Federal.

Uma das maiores expectativas para quem se prepara para concursos já há algum tempo é o tão sonhado cargo de auditor ou analista da Receita Federal. Considerado como uma das seleções mais difíceis no país, a aprovação neste concurso é o desejo de muita gente que busca uma das melhores carreiras na administração pública, sem contar com o atrativo salário.

Pois bem, este sonho acalentado pelos milhares de estudantes espalhados por todo o Brasil voltou a ser tema de discussão nesta última semana de setembro.

Tudo isso por que o assunto foi o tema principal entre representantes do sindicato nacional dos auditores e analistas do órgão e os agentes públicos que fazem parte do atual quadro do Ministério do Planejamento.

A reunião que foi realizada em Brasília, a porta fechada, discutiu sumariamente a necessidade urgente de um concurso público para a criação de novas vagas para estes cargos, com a finalidade de suprir as necessidades de pessoal em um futuro bem próximo.

Apesar de já ter sido um tema bastante discutido ao longo destes últimos anos, a grande novidade é que, nesta nova discussão com os representantes do governo federal, a demanda de vagas exigidas pelos representantes da categoria passou das 2.150 para cerca de 5.000.

De acordo com os representantes da categoria, o aumento do número de vagas surge com uma necessidade de preencher uma lacuna no órgão que vem as acumulando ao longo do tempo e que não está sendo satisfeita pelo governo federal. Há muito tempo que a realização de concurso para auditores fiscais e analistas da Receita Federal vem sendo sistematicamente adiada.

De acordo com o representante do Ministério do Planejamento e diretor do DERET (Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público), Paulo de Tarso, as necessidades de novas vagas para a Receita Federal já estão sendo acolhida há algum tempo.

Segundo o diretor, apesar dos estudos e das sistemáticas representações protocoladas pelos representantes das categorias de servidores da Receita, o Ministério é obrigado a acatar a determinação advinda do próprio governo em manter uma suspensão temporária na realização de novos concursos públicos.

Ele afirmou ainda que todos os pedidos de novas vagas feitas pelos diversos setores da administração pública federal são objeto de estudos e de análises detalhadas para se averiguar as reais necessidades de novas vagas em todos os setores. Paulo de Tarso afirmou que com a Receita Federal não vai ser diferente e prometeu que novas vagas deverão ser liberadas à medida que as reais necessidade do órgão forem sendo confirmadas.

A expectativa é que este novo concurso a ser realizado possa ter características semelhantes ao último feito em 2009.

As vagas deverão ser destinadas para candidatos portadores de diploma de nível superior em qualquer área e as remunerações poderão chegar a cerca de R$ 11.000,00 e R$ 19.670,00 para os cargos de analista e de auditor, respectivamente. Estes valores já são acrescidos de valor do auxílio alimentação no valor de R$ 460,00.

Com estes valores de remunerações bastante significativos e com a possiblidade de ingressar numa carreira que garante uma boa estabilidade, fazem deste tipo de seleção um dos mais aguardados e mais concorridos do Brasil.

Portanto, se você pensa em ingressar neste órgão ou já vem estudando já há um bom tempo, é bom ir se preparando ou então busque intensificar ainda mais os seus estudos, pois poderemos ter boas novidades até o final de 2018 e início de 2019.

Além disso, sabe-se que o órgão costuma selecionar um número de candidatos acima do publicado em edital. Foi assim no seu último concurso em 2009. Portanto, uma chance a mais para quem conseguir ficar em uma boa colocação durante a realização das provas.

Por Emmanoel Gomes


Inscrições podem ser feitas até o dia 9 de outubro de 2018.

Já está em aberto o período de recebimento das inscrições para o novo concurso público do Ministério Público do Estado de Goiás (MP/GO). De acordo com as informações divulgadas ate o momento, a oferta total é de duas vagas. Ambas estão sendo direcionadas para a função de secretário auxiliar.

Conforme consta no edital, a lotação dos aprovados será feita nas unidades de promotorias em Goiás e na cidade de Cristalina.

Os candidatos interessados em aproveitar essa chance precisam contar com certificado de conclusão do nível fundamental. Com relação aos salários oferecidos, a informação é de que os valores partem de R$3.118,89. A jornada de trabalho será composta de 40 horas por semana.

É importante destacar que, além da remuneração, os contratados também farão jus ao auxílio-alimentação, auxílio creche e auxílio-transporte.

Os candidatos que se encaixarem dentro dos requisitos exigidos poderão garantir suas inscrições preenchendo o formulário via internet por meio do endereço eletrônico http://www2.mp.go.gov.br/coliseu. As inscrições serão recebidas até o dia 09 de outubro para o caso da vaga em Goiás e até o dia 24 de outubro para a vaga oferecida para Cristalina.

Para validar a candidatura é preciso que o interessado efetue o pagamento de uma taxa de participação no valor de R$62,02. O pagamento poderá ser feito até o próximo dia útil após as inscrições serem encerradas.

Com relação às provas, a informação é de que ela contará com etapas de provas objetivas, redação e prova discursiva. Os exames acontecerão no dia 25 de novembro em Cristalina e no dia 11 em Goiás. Por fim, os aprovados serão submetidos a uma avaliação de títulos.

As provas objetivas terão 50 questões sendo de múltipla escolha. As matérias cobradas são geografia, história do Brasil, matemática e português. Também teremos questões relacionadas ao funcionamento do Ministério Público e informática.

As questões discursivas terão como foco atribuições próprias do cargo. A redação terá o tema definido pela banca organizadora do certame e deverá ter entre 15 e 30 linhas no máximo.

Atribuições da função de secretário auxiliar

As atribuições de um secretário auxiliar do MP GO são muito diversificadas. Entre elas, podemos destacar sua participação no planejamento, programas, pesquisas e projetos da administração. Ele também é responsável por cuidar das correspondências e realizar atividades de organização de agendas, contatos e reuniões.

O que faz o Ministério Público

O Ministério Público trata-se de uma instituição que tem como principal dever cuidar da ordem jurídica no país. Ele também atua como órgão fiscalizador do poder público em suas várias esferas de manifestação.

A título de curiosidade, ele já existia antes do surgimento da Constituição de 1988. Entretanto, somente com o advento da Carta Magna é que as suas atribuições foram melhor definidas. Além disso, as intervenções do MP em processos relacionados à justiça brasileira dão ao órgão um caráter jurisdicional. Isso quer dizer que ele contribui com o importante papel de formação e administração da Justiça.

Por fim, temos que ressaltar que o Ministério Público não participa de todas as ações da justiça brasileira. Isso apenas ocorre quando existem partes envolvidas que lhe cabem defender.

Dica de concurseiro

É muito recorrente ouvirmos pessoas que dizem que se dedicar e estudar para concursos públicos é uma tarefa muito complicada. Outros dizem que é um trabalho cansativo para no final não ser aprovado. São pensamentos assim que faz com muitos desistam. Porém, o caminho pode ser difícil. Mas não é impossível para quem sabe como ou por onde começar.

Todo o processo envolvendo concursos públicos é melhor planejado e estruturado quando o candidato concentra seus esforços em algumas etapas simples:

  • Pesquisas sobre o concurso e a área.
  • Ambiente de estudos;
  • Organização para os estudos;
  • Técnicas de estudo;
  • Motivação.

Considerando esses pontos você conseguirá montar seu plano de estudos e ser aprovado em uma futura oportunidade.

Gostou? Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais preferidas!

Denisson A. Soares


Edital do certame deverá ser divulgado no próximo mês.

Muitos vinham se preparando para o concurso SEFAZ-DF 2018/2019, até porque, ele já era esperado desde 2014. São 120 vagas sendo oferecidas, sendo que 40 são para início imediato e as outras 80 vagas serão para cadastro de reserva. O salário oferecido é de R$ 12,2 mil. Muita gente se interessou pela oportunidade e há meses estão se preparando para este momento, mas agora terão que esperar por mais tempo.

O comunicado foi feito pela própria Secretaria da Fazenda do Distrito Federal, que divulgou uma publicação no diário oficial nesta última quarta-feira, dia 26 de setembro. Com isso, fica adiado o começo do processo licitatório que definirá qual será a banca organizadora deste concurso público, para a vaga de Auditor Fiscal. No aviso divulgado em 12 de setembro, da licitação, a escolha da banca organizadora será realizada através do método de pregão eletrônico e o mesmo seria realizado no último dia 25, terça-feira. Agora, com esta mudança, tudo indica que as propostas só poderão ser apresentadas no dia 10 do mês que vem.

E por causa disso, todo cronograma do certame sofrerá alterações, por exemplo, a previsão é de que o edital de abertura para inscrições seria dia 4 de outubro, o que não é mais possível, já que no dia 10 deste mês é que começarão a analisar as propostas das empresas candidatas. A data anterior já tinha inclusive sido divulgada no diário oficial pela Secretaria Estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, a Seplag/DF, e isto aconteceu no dia 4 de abril deste ano. A partir desta data, os interessados intensificaram ainda mais os estudos, certos de que nos próximos dias estariam prestes a se inscreverem. De acordo com o documento publicado, o prazo para liberação do documento seria de até 180 dias.

Mas apesar desta prorrogação, nem tudo é notícia ruim para os futuros candidatos, pois com esta remarcação eles já sabem como serão estruturadas as provas e com isso poderão estudar de forma mais eficiente. Nos meses anteriores, os estudos eram feitos de forma quase aleatória, tomando como base o último concurso realizado, mas agora é possível ter mais foco e com isso se preparar melhor para as provas. Outro dado importante é que pelo documento fica determinado que o cronograma preliminar para seleção, fica estabelecido que o edital referente ao início das inscrições acontece no prazo de 30 dias, já contando com a data em que o contrato com a banca será assinado.

No caso das provas, elas serão aplicadas em 90 dias após a publicação do edital e o resultado da prova objetiva mais a convocação para a segundo etapa será 20 dias depois que o exame for realizado. A etapa seguinte é 10 dias depois da divulgação dos nomes dos aprovados na primeira fase e a lista final com todos que foram aprovados será revelada 30 dias após a 2ª etapa.

Este atraso no concurso é ruim porque deixa os futuros candidatos ainda mais ansiosos e isto pode prejudicar os estudos, mas tem o lado bom que é ter uma noção melhor de como se preparar para este concurso. Certamente o número de candidatos será grande e muitos estão se preparando há bem mais tempo para este momento, então agora é o momento de intensificar os estudos e manter-se focado no que realmente deverá ser cobrado na prova.

Só podem se inscrever aqueles que já concluíram o nível superior em qualquer área de formação e a remuneração inicial é de R$ 12.296, mas pode chegar a R$ 19.173 para os servidores veteranos, o que ocorre após 15 anos de atividade.

Os interessados agora sabem que esta é a reta final para revisar as matérias, tirar as últimas duas e ficar realmente preparado para enfrentar a grande concorrência.

Por Russel


Seleção irá disponibilizar vagas para profissionais de nível médio e superior.

O segundo semestre de 2018 já está chegando ao seu quarto mês e novas oportunidades de concursos públicos estão prestes a serem oficializadas. Entre os processos seletivos em fase de elaboração está aquele que ainda tramita em análise, por meio de uma solicitação oficial de abertura, ou seja, o concurso público para o provimento de cargos na Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, cujo objetivo é o preenchimento de 148 postos de trabalho efetivos, dentro do quadro de pessoal do órgão. A mesma solicitação tem por meta a apresentação de alguns avanços recentemente registrados, o que pode aumentar a expectativa de que seja concedida esta autorização para a realização do evento em breve.

O conjunto total das oportunidades que fazem parte do pedido é de 78 cadeiras destinadas à carreira na função de técnico administrativo; são 39 vagas destinadas à função de analista administrativo e mais 31 vagas destinadas ao cargo de especialista em regulação de serviços públicos de energia. Os valores das remunerações iniciais pagas para cada departamento, pelo órgão em questão, correspondem a 6.147,52 reais; a 11.529,29 reais e a 12.432,49 reais, respectivamente, todos devidamente acrescidos do auxílio-alimentação no valor de 458 reais.

Para concorrer à função de técnico administrativo o candidato terá o dever de apresentar seu certificado de conclusão de ensino médio, que tenha sido, de preferência, conferido por uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e da cultura, o MEC, enquanto que para as demais funções serão aceitos candidatos que possuam a graduação em nível superior nas mais diversas áreas de atuação.

De acordo com o que foi anteriormente divulgado pelo setor de comunicação deste órgão, a notícia é a de que tais oportunidades previamente requeridas se destinam à quantidade de postos atualmente vagos na Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel. Portanto, neste momento o seu quadro, que compreende cerca de 765 servidores, está com apenas 615 cadeiras preenchidas, ou seja, são150 vagas em aberto.

Assim, daqui para frente, a realização deste novo concurso público para o provimento de cargos na Aneel, de 2018, vai depender inteiramente do aval do órgão do Ministério do Planejamento. Então, existe a expectativa de que o ministro realize a devida análise deste documento e sancione a liberação para o preenchimento das vagas disponíveis, no sentido de que não aumente a defasagem de pessoal já registrada no órgão. Atualmente o número de reclamações sobre a eficiência dos serviços públicos aumentou. Deste modo, o tempo urge e uma nova geração precisa assumir estes postos.

O histórico registrado no último concurso para cargos na Aneel informa o seguinte:

O processo de seleção anterior para cargos no órgão da Aneel, realizado no ano de 2010, ou seja, há oito anos, constituiu uma ocasião em que foram abertas 186 oportunidades de vagas a serem distribuídas entre todos os cargos já referidos e devidamente solicitados para aquele ano. O processo seletivo de 2010, portanto, foi bem sucedido e é muito provável que o de 2018 também o seja.

A banca organizadora, naquela ocasião, estava sob a direção do Cespe/UnB, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos, órgão que integra a Fundação Universidade de Brasília. Aquela triagem de participantes ocorreu por meio das provas objetivas e dos devidos testes objetivos cujo conteúdo programático estava perfeitamente delimitado no edital.

Todas as pessoas interessadas deverão manter-se atualizadas, sobretudo nas próximas semanas, em que mais informações serão publicadas, quem sabe no próximo mês o edital seja oficialmente publicado. Vale a pena conferir. A quantidade de vagas é encorajadora.

Paulo Henrique dos Santos


Interessados poderão realizar as inscrições até o dia 26 de outubro de 2018.

Se você estuda para concursos pode saber nessa matéria sobre uma ótima oportunidade que foi lançada há pouco.

O edital do concurso do Ministério Público do estado de Pernambuco (MP PE) foi publicado na data de 26 de setembro (quarta-feira).

São oferecidas 23 vagas no total e ainda haverá formação de cadastro reserva para cargos que exigem nível de escolaridade superior e médio.

Não fique de fora dessa grande chance de ingressar no serviço público estadual e garantir uma boa remuneração e ainda a estabilidade do emprego.

Veja outras informações a seguir.

Qual o procedimento para me cadastrar no concurso do MP PE?

Os interessados em ingressar no Ministério Público de Pernambuco devem entrar no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), que é a banca contratada pela instituição para organizar o certame e preencher a ficha de cadastro.

O prazo contará a partir do dia 1º de outubro (segunda-feira) e terminará em 26 de outubro (sexta-feira).

A fim de efetivar a sua inscrição, lembre-se de imprimir e de pagar o boleto no banco.

O custo da inscrição é de R$ 75 para nível médio e de R$ 110 para nível superior.

Quem é inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou que faça parte de família com renda baixa, pode solicitar isenção do pagamento até a data de 5 de outubro (sexta-feira).

Quais são as chances oferecidas no concurso do MP PE?

O edital anuncia 23 vagas, sendo 13 para o cargo de técnico ministerial da área administrativa e 10 para analista ministerial.

As especialidades para a função de analista disponíveis no MP de Pernambuco são: documentação, auditoria, jurídica, serviço social, biblioteconomia, medicina, arquitetura, comunicação social – jornalismo, engenharia civil, pedagogia e informática.

Aqueles que ingressarem na carreira de técnico terão ganhos de R$ 3.171,52. Já para analista ministerial a remuneração oferecida é de R$ 4.809,54.

Quem desejar concorrer na condição de cotista como preto ou pardo ou ainda como pessoa com necessidade especial (PNE) será avaliado em perícia específica.

Haverá também cadastro de reserva a ser formado a fim de preencher outras vagas que venham surgir no período de validade do certame, que é de 2 anos.

Vale destacar que esse prazo pode ser prorrogado por mesmo período, uma vez, a contar de quando for homologado e a critério da administração pública ministerial do estado.

Quais são os requisitos exigidos?

O edital prevê que as condições para a investidura no cargo são: ter 18 anos no mínimo, na data da posse, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, possuir aptidão mental e física para exercer as atribuições do cargo, ser aprovado no certame, estar quite com o serviço militar, possuir escolaridade compatível com o cargo pretendido, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, entre outras.

Sobre as etapas do concurso do MP PE

O processo seletivo é composto pelas seguintes etapas: 1) prova objetiva – com 50 quesitos, sendo 20 sobre conhecimentos básicos e 30 sobre conhecimentos específicos; 2) prova discursiva – com 20 linhas a 30 linhas no máximo; 3) avaliação de títulos – apenas para os cargos de nível superior.

A primeira e a segunda etapa serão aplicadas na data prevista de 2 de dezembro (domingo), na capital do estado. No turno da manhã, serão as provas de técnico ministerial, e à tarde, as de analista ministerial de todas as áreas.

A prova de redação será avaliada segundo os seguintes critérios: conteúdo, expressão e estrutura.

Os candidatos devem apresentar certificado de especialização de carga horária mínima de 360 horas, diploma de doutorado ou mestrado, juntamente com o histórico escolar.

Confira mais informações do edital do concurso do MP PE no site da FCC.

Melisse V.


Oportunidades serão para profissionais de nível médio e superior.

O governador do estado do Espírito Santo, Paulo Hartung, concedeu autorização para o lançamento de um novo concurso, que deverá preencher 94 oportunidades no Detran, por profissionais com segundo grau e graduados do superior.

O anúncio agradou aos candidatos que há tempos aguardam pela promessa do novo concurso do Detran/ES.

Das 94 vagas oferecidas , 80 serão destinadas aos candidatos com nível médio, tornando a conquista de uma oportunidade mais acessível para quem ainda não tem diploma universitário. As outras 14 oportunidades serão distribuídas entre candidatos que possuam ensino superior.

O Detran é uma das instituições que tem grande peso no Brasil. Ele realiza serviços indispensáveis em diversos postos de atendimento no país. É de competência do Detran, todos os assuntos direcionados ao trânsito e as leis que regulam seu funcionamento, além de proporcionar campanhas educativas e prestação de serviço de emissão de diversos documentos aos cidadãos.

Assim como muitos órgãos públicos, atualmente, o Detran necessita aumentar seu efetivo para garantir a qualidade no atendimento ao público, e para substituir os profissionais que tiveram suas aposentadorias registradas.

Detalhes das vagas e atribuições do cargo

Para ocupar as 80 vagas de assistente de trânsito, os candidatos precisam ter segundo grau completo e o salário é de R$ 2.409,75. O assistente de trânsito executa tarefas técnico-administrativas supervisionadas e auxilia o estímulo e a divulgação de projetos educativos.

Para as vagas de analista é necessário possuir ensino superior. O rendimento inicial é de R$ 5.179,94. As atribuições pertinentes ao cargo de analista estão diretamente ligadas aos setores de locomoção e infraestrutura do Detran, mas dependem muito da sua área de atuação. Geralmente a formação exigida para a vaga de analista é a graduação nas áreas de análise de sistemas, administração, arquitetura, ciências da comunicação, psicologia, serviço social e economia.

Apesar de o certame ter sido autorizado pelo governador, o próximo passo é aguardar a publicação em diário oficial para que possa ser escolhida a banca que irá organizar. Ainda assim, há muita expectativa em torno do anúncio e é possível que o edital seja lançado ainda nesse semestre.

O certo é que a autorização por parte do governador Paulo Hartung é um grande começo. É confirmação de que o edital será lançado e as inscrições abertas a qualquer instante.

Enquanto isso não ocorre, o mais importante é começar a rotina de estudos imediatamente, pois há poucas vagas em relação ao número de interessados, se tomarmos como exemplo os últimos concursos, sempre muito disputados.

Última edição

Em 2010, o Detran/ES ofertou 50 oportunidades. Na época , os concorrentes foram submetidos à prova objetiva que contava com 120 questões, divididas entre os conhecimentos básicos e específicos. Os candidatos de nível superior ainda tiveram duas questões discursivas para responder.

Na ocasião, a instituição escolhida para organização do certame foi a Cespe/UnB.

Desfalque

Muitos órgãos públicos pediram autorização para realizar concurso nos últimos anos. Mesmo em meio a situação econômica atual que estamos enfrentando, essas instituições precisam solucionar, urgentemente, a carência no quadro de funcionários.

A falta de profissionais prejudica o atendimento e o bom funcionamento dessas entidades e a população é afetada pelo mau funcionamento desses órgãos.

O problema aumenta quando um enorme número de aposentadorias são confirmadas, sem que haja novas contratações. Além disso, centenas de profissionais pedem afastamento todos os anos, por diversos motivos.

Por todo o país, a precariedade nos serviços públicos só aumenta e o emprego de novos profissionais consiste em uma das soluções para o caos instaurado.

Para quem busca a estabilidade financeira, esse pode ser um bom momento para se dedicar na conquista do cargo público. São muitos concursos previstos e o número de concursos abertos só deve crescer.

Kátia Elaini Pereira da Silva


Ministério Público do Estado de Pernambuco oferta 23 vagas em seu novo Concurso Público.

Aqui vai uma boa notícia para aqueles concurseiros que estavam à espera do lançamento do edital do certame do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MP PE).

Na data de 26 de setembro, quarta-feira, o documento foi publicado.

Há oportunidades para quem tem formação de nível superior e médio.

Saiba mais detalhes do processo seletivo na matéria abaixo.

Sobre as inscrições

Quem está interessado em conquistar uma vaga no MP de Pernambuco deve garantir logo sua inscrição no primeiro dia, a partir de 1° de outubro (segunda-feira).

Para isso é necessário acessar o site www.concursosfcc.com.br/concursoNovo.html e preencher o formulário.

O prazo para você se cadastrar será encerrado em 26 de outubro (sexta-feira).

A banca escolhida para organizar o certame é a Fundação Carlos Chagas (FCC).

O valor da taxa varia entre R$ 75 e R$ 110, dependendo do nível de escolaridade do cargo do seu interesse.

Quem é registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou pertença à família de baixa renda pode solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Sobre as vagas oferecidas no MP PE

O edital prevê que sejam contratados 23 profissionais tanto com ensino médio completo e tanto com diploma de graduação.

Além disso, será formado cadastro reserva.

As chances disponíveis são para os seguintes postos de trabalho: técnico ministerial da área administrativa e analista ministerial.

As especialidades anunciadas no edital para a função de analista são: comunicação social – jornalismo, pedagogia, informática, auditoria, medicina, jurídica, biblioteconomia, documentação, arquitetura, engenharia civil e serviço social.

A remuneração para os iniciantes na carreira de técnico é de R$ 3,1 mil e para quem começar como analista os ganhos são de R$ 4,8 mil.

Há cotas para pessoas com deficiência (PCD) e também há oportunidades exclusivas para pretos e pardos que assim se declarem.

Os candidatos que concorrerem nessas condições serão avaliados em perícia e aqueles que sejam PCD devem apresentar laudo médico.

Sobre os requisitos

Uma vez aprovado no concurso público do MP de Pernambuco e comprovando que possui escolaridade compatível com a função para a qual você concorrer, é necessário ainda atender a alguns requisitos para tomar posse, dentre eles estão: possuir 18 anos, no mínimo, ter aptidão física e mental para exercer as atribuições do cargo, ter nacionalidade brasileira, não ter antecedentes criminais, estar quite com as obrigações do serviço militar e da justiça eleitoral, entre outros.

Sobre as etapas de avaliação do concurso do MP PE

O processo seletivo será composto pelas seguintes fases: 1) prova de múltipla escolha sobre conhecimentos específicos e básicos, 2) prova dissertativa e 3) avaliação de títulos.

A previsão de aplicação da prova objetiva e da discursiva é no domingo, dia 2 de dezembro.

No turno da manhã será para os concorrentes ao cargo de técnico ministerial e à tarde para analista.

A redação deve possuir 20 linhas no mínimo e 30 linhas no máximo.

Na prova de títulos serão considerados para pontuação: mestrado, doutorado e especialização.

Na prova objetiva as disciplinas cobradas em conhecimentos básicos são: português, matemática e raciocínio lógico, informática e legislação específica.

Dicas de preparação

Uma estratégia que você pode usar nos estudos para ser aprovado no certame do MP de Pernambuco é fazer questões de provas anteriores e recentes da banca naquelas matérias que você já tem domínio.

Para as que são inéditas, você pode conciliar teoria com exercícios.

Lembre-se de fazer um cronograma e incluir as revisões. Assim, você vai reforçar cada assunto e conquistará vantagens perante os concorrentes.

Mais detalhes sobre o concurso do Ministério Público do estado de Pernambuco

Se você está interessado inicie já sua preparação.

O concurso será válido por 2 anos. Caso o órgão julgue necessário, pode prorrogar esse prazo por igual período, uma única vez, contando da data em que for homologado.

Veja mais informações no portal da FCC www.concursosfcc.com.br/concursoNovo.html.

Por Melisse V.


Seleção será organizada pelo Instituto AOCP.

Novas oportunidades de concursos públicos estão sendo preparadas neste segundo semestre de 2018. Entre os departamentos públicos prestes a lançar novos processos seletivos está o órgão da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, a PM-SC, cujo novo certame está em processo de oficialização, no sentido de fazer realizar o evento que abrirá uma série de oportunidades empregatícias para o ingresso de estudantes profissionais no curso de formação de oficiais. Assim, o mesmo órgão já determinou a banca responsável pela organização deste processo de seleção.

Por meio do recurso da dispensa de licitação, a empresa encarregada da organização será o Instituto AOCP. A assinatura que firmou definitivamente o contrato para a prestação do serviço foi efetivada no mês passado, agosto de 2018.

Entretanto, ainda não foi divulgada a quantidade oficial de postos de trabalho que serão contemplados neste novo concurso público, que visa ao provimento de cargos na PM-SC. Portanto, existe a grande expectativa de que este mesmo edital venha a ser publicado após o período das eleições.

Observação importante: em caso de esse próximo certame consistir na mesma estrutura do concurso anterior, todos os concorrentes deverão comprovar, por meio de certificado, a posse de graduação em nível superior na área de direito; estar em idade de no máximo 30 anos até o último dia do cadastro da inscrição e possuir altura mínima de 1,65m para os candidatos homens e 1,60m para as candidatas mulheres.

O histórico registrado no último concurso para o mesmo cargo, na Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, abrange as seguintes informações:

A mesma seleção terminou sendo suspensa no mês setembro de 2017, devido a fato de ter sido levantada uma suspeita de fraude. Dado isso, na totalidade haviam sido disponibilizadas 70 ofertas de vagas, das quais 65 se destinavam ao sexo masculino e cinco destinadas para o feminino.

Naquela ocasião a remuneração estava no valor de 4.764,24 reais, para o primeiro período de formação. Após a aprovação no estágio probatório e da chegada ao posto oficial de 2º tenente QOPM, os salários mensais subiriam para o valor de 12.882,69 reais.

Naquela ocasião toda a triagem ocorreria em oito fases, iniciando pela inscrição; seguida da prova escrita; da avaliação sobre a saúde; da avaliação da condição física; da avaliação psicológica; a devida investigação social; a entrega do exame toxicológico e da documentação destinada à comprovação dos requisitos; da inclusão e da matrícula no imprescindível curso de formação de oficiais.

A prova escrita consistiu em um exame objetivo, o qual apresentou um caderno com 80 questões versando sobre a matéria de direito constitucional; matéria de direito administrativo; matéria de direito penal comum; na matéria de direito penal militar; em matéria de direito processual e direito penal comum; em matéria de direito processual e penal militar; em matéria de direito civil; em matéria de legislação institucional; em matéria de língua portuguesa; em matéria de língua inglesa e em matéria de informática.

Entre as atribuições do cargo estão:

Atuar no comando, na chefia e na direção de organizações policiais militares; na coordenação do policiamento ostensivo e sistemático, de forma reservada e velada; no assessoramento do comando; no gerenciamento dos recursos humanos e recursos logísticos; na participação de planejamentos e de execução sobre as ações preventivas e nas operações policiais; no desenvolvimento de processos e de procedimentos administrativos; na atuação e na coordenação das comunicações sociais; na promoção de estudos técnicos e na capacitação profissional; nas pautas de ações sobre os preceitos éticos, técnicos e legais, entre outras tarefas imprescindíveis ao andamento da ordem pública e institucional.

Paulo Henrique dos Santos


Edital deverá ser divulgado nos próximos dias.

Se você gostaria de prestar um concurso público e aguarda por novas informações sobre um novo concurso do Iamspe, as notícias que chegam são bastante positivas. É que as últimas informações apontam que no mais breve possível o nome da empresa organizadora do certame será oficialmente anunciado. Continue lendo este texto e saiba tudo sobrea as notícias mais recentes sobre este concurso.

O Iamspe, que é o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo, irá realizar um novo concurso.

O concurso que já vem sendo aguardado há um bom tempo recebeu autorização de Márcio França, que é o atual governador do estado no dia 28 do mês de agosto.

Nesta ocasião o governador deu autorização para a realização de um processo de seleção que de acordo com o documento original irá disponibilizar um total de 377 oportunidades.

De acordo com as informações do documento, desse total de vagas 158 são para convocação dos remanescentes de outros concursos que ainda estão em validade.Já as outras 219 vagas são para novos servidores.

As vagas serão disponibilizadas em vários cargos, todos com exigência de formação de nível superior. Os salários inicialmente são de R$14.386,50.

O Instituto dentro de poucos dias irá confirmar o nome da empresa contratada para organização e execução do certame.

Dessa forma, após a banca organizadora for contratada, dentro de poucos dias o edital de abertura do certame será publicado, assim como será aberto o período para a realização das inscrições. Se tudo ocorrer conforme o previsto a publicação do edital deve acontecer ainda este ano de 2018.

Do total de vagas novas, 54 oportunidades são para a função de agente técnico de assistência, 2 vagas são para o cargo de cirurgião dentista e 163 vagas são para o cargo de médico I.

Em relação ao cargo de agente técnico de assistência à saúde, o salário inicial é no valor de R$ 1.996,53, enquanto que para o cargo de cirurgião dentista o salário inicial é no valor de R$ 2.658,14. Já o profissional no cargo de médico possui um salário inicial no valor de R$ 3.726 para o cumprimento de uma jornada de trabalho de 12 horas por semana. R$ 6.210 para uma jornada semanal de 20 horas, R$ 7.452 para uma jornada semanal de 24 horas e R$ 14.386,50 para uma jornada semanal de trabalho de 40 horas. Na autorização de realização do concurso, não existe determinação para a jornada de trabalho, uma vez que esta questão ficará para determinação da instituição.

Já em relação à convocação dos remanescentes, 1 vaga será para o cargo de analista administrativo, 5 para o cargo de executivo público, 30 para o cargo de oficial administrativo, 14 para o cargo de agente de saúde, 25 para o cargo de agente técnico de assistência à saúde, 2 para o cargo de auxiliar de saúde, 21para o cargo de enfermeiro, 2 para o cargo de médico, 50 para o cargo de técnico de enfermagem, 5 para o cargo de técnico de laboratório e 3 vagas para o cargo de técnico de radiologia.

O último concurso realizado pela instituição aconteceu no mês de abril, quando foram disponibilizadas um total de 93 vagas para o posto de técnico de enfermagem. Desse modo, as 50 vagas que estão autorizadas para o preenchimento através de convocação dos remanescentes devem ser voltadas para os aprovados no concurso em questão. Para a organização e execução deste concurso a banca organizadora contratada na ocasião, foi a empresa conhecida como Instituto Nosso Rumo.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, fique atento às novas informações que devem ser disponibilizadas no site do Iamspe.

Sirlene Montes


Certame do Banco do Nordeste tem 700 vagas de emprego abertas para cargos de Especialista Técnico – Analista de Sistemas e Analista Bancário.

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) publicou o edital do seu próximo processo seletivo, o qual oferece vagas para quem tem ensino médio completo e também para aqueles que já concluíram a graduação na área de tecnologia da informação (TI).

Foram anunciadas 700 vagas para contratação imediata e, inclusive, para formação de cadastro reserva. Para quem ingressar na carreira, o salário pode chegar a R$ 4,9 mil. Veja outros detalhes do edital do BNB a seguir.

Sobre as inscrições no certame do BNB

Os interessados devem se cadastrar no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE) www.cespe.unb.br/concursos/BANCO_DO_NORDESTE_18/, que é a instituição escolhida para ser responsável por organizar o concurso do BNB. Você deve preencher o formulário eletrônico, imprimir e pagar o boleto até o dia 5 de novembro (segunda-feira).

O prazo para você se inscrever começará em 24 de setembro (segunda-feira) e terminará em 15 de outubro (segunda-feira).

Lembre-se de enviar uma foto nítida e recente no ato da inscrição.

O valor da taxa custa R$ 59 para o cargo de nível médio e R$ 67 para a função que exige nível superior completo.

Se você for doador de medula óssea, integre família de baixa renda, ou seja, registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderá solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Quais são as oportunidades disponíveis no Banco do Nordeste?

O BNB pretende contratar 700 profissionais, sendo 6 de modo imediato e os demais farão parte do cadastro reserva.

No total, há 200 chances para a função de Especialista Técnico – Analista de Sistemas e 500 para Analista Bancário.

Para ser analista de sistemas você deve ter diploma de curso da área de tecnologia da informação emitido por instituição de ensino superior que seja credenciada no Ministério da Educação (MEC).

Já para ser analista bancário, o candidato deve ter certificado de conclusão do ensino médio.

A jornada semanal de trabalho é de 30 horas. A remuneração varia entre R$ 2.854,68 e R$ 4.941,17.

Quem quiser concorrer na condição de pessoa com deficiência (PCD) deverá enviar laudo médico e também passará por perícia médica. Há ainda vagas exclusivas para pretos e pardos (PPP).

Quais são os requisitos exigidos?

Além de ser aprovado no concurso e ter escolaridade compatível com o cargo pretendido, você deve atender aos seguintes requisitos para tomar posse: ser brasileiro, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, ter idade mínima de 18 anos, estar em dia com as exigências do serviço militar, no caso de candidato homem, estar em pleno gozo dos direitos políticos e civis, ter aptidão mental e física, entre outros.

Para o posto de trabalho de analista de sistema, são aceitos os seguintes cursos de graduação: Ciência da Computação, Sistemas de Informações, Engenharia da Computação, Segurança da Informação, Processamento de Dados, Informática e Engenharia da Informação.

Quais são as fases do concurso público do Banco do Nordeste do Brasil?

O processo seletivo vai contar com as seguintes etapas: 1) prova objetiva com 120 questões no estilo certo ou errado, conhecido padrão do CEBRASPE; 2) prova discursiva – com até 30 linhas e exclusivamente para os candidatos ao cargo de nível médio.

Os concorrentes farão essas avaliações na data provável de 25 de novembro (domingo). Em todas as capitais dos estados do Brasil haverá aplicação das provas.

Mais detalhes do concurso do BNB

O concurso do BNB será válido por 2 anos, podendo ser prorrogado uma só vez, a contar da data da homologação e a critério da instituição. Para saber outras informações do edital acesse o portal do CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/BANCO_DO_NORDESTE_18).

Por Melisse V.


Banco do Nordeste do Brasil oferta 700 vagas para cargos de Analista e Técnico.

Se você quer trabalhar na área bancária, ter estabilidade laboral e financeira, fique sabendo aqui sobre uma ótima oportunidade.

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) publicou o edital do seu próximo certame que visa preencher 700 cargos em diversos estados do país. Há chances para funções de Analista e Técnico. O salário oferecido para quem ingressar na carreira pode chegar a R$ 4,9 mil.

Confira mais detalhes do processo seletivo a seguir.

Como se inscrever no certame do BNB

Para participar do concurso público do Banco do Nordeste você deve acessar o endereço eletrônico (www.cespe.unb.br/concursos/BANCO_DO_NORDESTE_18) e preencher o formulário de cadastro. Nesse momento, é necessário enviar uma foto recente e nítida.

Você deve ainda imprimir e realizar o pagamento do boleto, cujo valor vai de R$ 59 a R$ 67.

O prazo das inscrições estará aberto a partir do dia 24 de setembro (segunda-feira) e se estenderá até o dia 15 de outubro (segunda-feira).

O boleto pode ser quitado até o dia 5 de novembro (segunda-feira).

Quem é membro de família de baixa renda, doador de medula óssea ou esteja registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) pode solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

A banca escolhida para organizar o processo seletivo do BNB é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE).

Sobre as vagas oferecidas no BNB

O edital anuncia, no total, 700 vagas, sendo 200 para o cargo de especialista técnico – analista de sistemas, das quais 3 são para contratação imediata e as demais para formação de cadastro reserva; e 500 para analista bancário, sendo 3 para contratação imediata.

Há vagas reservadas para pessoas com necessidades especiais (PNE) e também para pessoas que se autodeclaram pretos e pardos. Haverá perícia médica para quem for cotista deficiente.

A jornada de trabalho é de 30 horas por semana.

A remuneração oferecida para o analista de sistemas é de R$ 4.941,17 e para o analista bancário é de R$ 2.854,68.

Sobre os requisitos exigidos para trabalhar no Banco do Nordeste

Para ser analista bancário, é necessário que você tenha ensino médio completo. Já para ser especialista técnico da área de sistemas, é necessário ter diploma de graduação no ramo da Tecnologia da Informação, como nos seguintes cursos: Engenharia da Computação, Segurança da Informação, Informática, Ciência da Computação, Sistemas de Informações, Processamento de Dados ou Engenharia da Informação.

Para tomar posse você deve, além de possuir escolaridade compatível com o cargo, ser aprovado no concurso público. Confira mais requisitos exigidos: possuir idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, estar em dia com as obrigações militares, caso o candidato seja do sexo masculino, possuir aptidão mental e física, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral, entre outros.

Sobre as atribuições

O analista de sistemas é responsável por implementar programas, propor soluções de tecnologia da informação, desenvolver projetos, entre outras tarefas.

O analista bancário deve atuar em processos, elaborar relatórios e planilhas, orientar clientes, entre outras atividades.

Sobre as etapas do processo seletivo do BNB

Os concorrentes serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 120 quesitos no padrão CEBRASPE de "certo ou errado"; 2) prova discursiva – de até 30 linhas, apenas para os candidatos ao posto de analista bancário.

A data prevista para aplicação das provas é no dia 25 de novembro (domingo). Haverá aplicação das provas em todas as capitais.

Para o posto de analista bancário, as disciplinas cobradas são: português, conhecimentos gerais, matemática e conhecimentos bancários.

Para saber mais detalhes do edital do certame do BNB acesse o site do CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/BANCO_DO_NORDESTE_18).

Por Melisse V.


Certame recebe inscrições para 1.349 vagas em diversos cargos.

Está em busca de um concurso público? Pois saiba que estão abertas as inscrições para o processo de seleção público da empresa Liquigás. O certame busca o preenchimento de um total de 1.349 oportunidades, sendo dessas 1.275 para a formação de um cadastro reserva (CR) em futuras possibilidades e 74 para a contratação imediata.

São cargos para as mais diversas formações. Ficou interessado e quer saber mais? Então fique ligado que te damos todos os detalhes.

Sobre as vagas

Quem possui nível de formação fundamental incompleto, poderá concorrer à função pública como ajudante de carga e de descarga I. São 19 vagas e 345 CR, com salário inicial de R$ 1.321,09.

Para o ensino fundamental completo, poderão se inscrever candidatos para o cargo de oficial de produção I, sendo 23 para contratação imediata e 725 para CR. O ganho inicial é de R$ 1.691,10.

Seguindo, as funções para quem possui ensino médio completo são: assistente administrativo I (1 vaga e 5 CR), ajudante de motorista granel I (1 vaga e 5 CR), assistente de logística I (8 vagas e 40 CR), oficial de manutenção I mecânica (1 vaga e 10 CR), oficial de manutenção I elétrica (1 vaga e 5 CR), operador de gás I (5 vagas e 35 CR), técnico de segurança do trabalho I (1 vaga e 5 CR) e técnico de instalações I (1 vaga e 5 CR). Os vencimentos para essas oportunidades variam de R$ 1.321,09 a R$ 2.984,14.

Por fim, para formação em nível superior as vagas são para: profissional júnior em comunicação social (1 vaga e 20 CR), vendas júnior (6 vagas e 30 CR), profissional júnior em direito (1 vaga e 15 CR), profissional júnior em economia (3 vagas e 20 CR), profissional júnior TI arquiteto de soluções (1 vaga e 5 CR) e profissional júnior TI analista de sistemas (1 vaga e 5 CR). As remunerações iniciais para esses cargos são de R$ 3.583,26 para o profissional em vendas júnior e R$ 4.894,08 para as demais posições.

Além dos salários, a Liquigás oferece também diversos outros benefícios aos seus servidores. São eles: vale-refeição ou refeitório, vale-gás, vale alimentação, convênio com farmácia, vale-transporte, convênio odontológico, auxílio-funeral, auxílio para filho excepcional, auxílio com creche e seguro de vida em grupo.

A lotação das ofertas será nos seguintes Estados: Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina, Bahia, Maranhão, Goiás, Ceará, Mato Grosso, Pará, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rio Grande do Norte, Distrito Federal e Espírito Santo.

Como se inscrever?

Para se inscrever é muito simples. Basta acessar o site da organizadora do concurso público, a Fundação Cesgranrio. O endereço eletrônico é o www.cesgranrio.org.br.

As inscrições tiveram início no último dia 11 de setembro e seguem até o dia 1º de outubro, exclusivamente pela Internet.

Para os participantes, haverá a cobrança de uma taxa simbólica para o processo seletivo. Os valores são: R$ 67 para curso superior, R$ 47 para nível médio e R$37 para nível fundamental. O pagamento dessa taxa será por um boleto bancário.

Sobre o processo seletivo do concurso da Liquigás

Quem tiver se inscrito, será submetido às avaliações por meio de prova objetiva (todos os cargos), prova discursiva voltada para o profissional júnior em Direito e em teste de capacidade física para o oficial de produção e ajudante de carga e de descarga.

As provas objetivas e discursivas serão realizadas em 18 de novembro, nas seguintes cidades: Campo Grande/MS, Vitória/ES, Palmas/TO, Natal/RN, Belém/PA, Cuiabá/MT, São Luís/MA, Goiânia/GO, Brasília/DF, Fortaleza/CE, Salvador/BA, São Paulo/SP, Florianópolis/SC, Porto Alegre/RS, Macaé/RJ, Rio de Janeiro/RJ, Recife/PE, Curitiba/PR e Belo Horizonte/MG.

O gabarito dos exames terá a sua divulgação em 19 de novembro. Todas as informações e publicações sobre o processo da Liquigás podem ser visualizadas no portal da Fundação Cesgranrio.

Por Kellen Kunz


Concurso da UNIFAL tem vagas abertas para os cargos de Técnico em Anatomia e Necropsia, Médico e Engenheiro Civil.

Se você está em busca de uma oportunidade de trabalho na área de educação pode conferir aqui uma boa notícia. No estado de Minas Gerais, a Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL MG) publicou o edital do seu próximo certame. Há oferta de vagas para quem tem formação de nível médio e superior. A remuneração inicial para quem ingressar nas carreiras varia entre R$ 2,4 mil e R$ 4,1 mil. As inscrições já estão abertas. Aproveite essa chance.

Veja mais detalhes do certame a seguir.

Como posso me inscrever no concurso da UNIFAL MG?

As inscrições no certame serão realizadas apenas pela internet. Assim, para participar do processo seletivo é necessário acessar o portal eletrônico www.unifal-mg.edu.br/app/rh/inscricoes/index.php?u=2268a335b0bf83fe38878d52cd03a002, preencher o formulário de cadastro, imprimir e pagar o boleto bancário.

O prazo de inscrições teve início em 5 de setembro (quarta-feira) e permanecerá aberto até o dia 21 de setembro (sexta-feira), que também é a data final para pagamento da taxa, cujo valor varia entre R$ 61 e R$ 104, a depender do cargo pretendido.

A banca responsável pela organização do concurso público da UNIFAL de Minas Gerais é a própria Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da Universidade, a PROGEPE.

Quem for membro de família de baixa renda ou quem tiver seu nome registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) pode solicitar isenção do pagamento.

Sobre as vagas disponíveis na UNIFAL de Minas Gerais

O edital prevê que sejam contratados profissionais para as seguintes funções: Técnico em Anatomia e Necropsia, Médico e Engenheiro Civil.

Quem for aprovado será contratado no regime estatutário, que oferece estabilidade após aprovação em estágio probatório de 3 anos. A jornada de trabalho é de 20 horas para os médicos e de 40 horas para os demais postos de trabalho.

O vencimento básico consiste de R$ 2.446,96 para o cargo de nível médio e de R$ 4.180,66 para os demais. Ainda são ofertadas gratificações por qualificação e benefícios, dentre eles: auxílio alimentação, auxílio transporte, auxílio pré-escolar, ressarcimento de plano de saúde, entre outras.

Há oportunidades reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo (PPP).

Quais são os requisitos?

Para que você tome posse na Universidade é necessário que você seja aprovado no certame, possua escolaridade compatível com o cargo pretendido e atenda aos seguintes requisitos: ser brasileiro, possuir aptidão física, estar em dia com as obrigações do serviço militar, caso seja do sexo masculino, estar em pleno gozo os direitos políticos e civis, estar em dia com as exigências da justiça eleitoral, ter idade mínima de 18 anos.

Sobre as atribuições

O Engenheiro Civil é responsável por desenvolver projetos, controlar a qualidade dos suprimentos, executar obras, entre outras atividades.

Por sua vez, o médico clínico deve realizar consultas, tratar pacientes, coordenar programas e serviços na área de saúde, entre outras tarefas.

Sobre as etapas do concurso público da Universidade Federal de Alfenas do estado de Minas Gerais

O processo seletivo é constituído pelas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 50 quesitos com 4 alternativas, sendo 30 sobre conhecimentos específicos, 5 sobre legislação, 10 sobre português e5 sobre informática; 2) prova prática – exclusivamente para os candidatos ao cargo de técnico em anatomia e necropsia, com duração mínima de 30 minutos e máxima de 50 minutos.

As provas de múltipla escolha serão aplicadas na data provável de 14 de outubro (domingo).

Mais detalhes do concurso público da UNIFAL MG

O certame será válido por 1 ano e pode ser prorrogado por mesmo período, uma só vez, a contar de quando for homologado e a critério da instituição de ensino superior.

Veja mais informações do edital no site www.unifal-mg.edu.br/app/rh/inscricoes/index.php?u=2268a335b0bf83fe38878d52cd03a002.

Por Melisse V.


Certame oferta 208 vagas em cargos de Nível Superior, Técnico, Médio e Fundamental de escolaridade.

Quem sonha com a estabilidade laboral e financeira pode conferir aqui uma ótima oportunidade de trabalho no serviço público. No estado do Amazonas, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (ADAF AM) publicou o edital do seu próximo certame. No total, há 208 vagas para profissionais com escolaridade de nível superior, técnico, médio e fundamental. A remuneração pode chegar a R$ 6,5 mil. Saiba mais detalhes do processo seletivo da ADAF do Amazonas na matéria a seguir.

Sobre as inscrições no concurso da ADAF do estado do Amazonas

Caso você esteja interessado em participar da seleção da Agência do Amazonas deve acessar o endereço eletrônico da banca responsável por organizar o concurso, que é o Instituto AOCP (www.institutoaocp.org.br/concurso.jsp?id=209), preencher o formulário de cadastro, imprimir e pagar o boleto.

O prazo de inscrição está aberto desde o dia 4 de setembro (terça-feira) e permanecerá até o dia 8 de outubro (segunda-feira). A data final para pagamento do boleto bancário é 9 de outubro (terça-feira).

Quem é registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou possuir baixa renda pode solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Os valores das inscrições custam R$ 50 para os cargos que exigem escolaridade de nível fundamental, R$ 70 para médio e R$ 90 para superior e técnico.

Sobre os cargos disponíveis na Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas

O edital anuncia vagas para os seguintes cargos: motorista, auxiliar de fiscalização agropecuária, motorista fluvial, assistente técnico, agente de fiscalização, técnico de fiscalização, administrador, contador, analista de redes, economista, jornalista, estatístico, médico veterinário, engenheiro florestal, agrônomo e fiscal agropecuário.

A remuneração varia entre R$ 2,2 mil e R$ 6,5 mil.

Sobre os requisitos para posse na ADAF do estado do Amazonas

Para tomar posse é necessário que você seja aprovado no concurso, além de apresentar comprovante de escolaridade compatível com o cargo. Confira outros requisitos: estar em dia com as obrigações eleitorais, ser brasileiro, estar quite com as exigências do serviço militar, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, possuir aptidão mental e física, ter mais de 18 anos de idade, não possuir antecedentes criminais, entre outros.

Sobre as atribuições dos postos de trabalho da ADAF AM

O auxiliar de fiscalização deve prestar apoio nas atividades de inspeção vegetal, florestal e animal, oferecer suporte no controle de fluxo de produtos derivados, entre outras tarefas.

O assistente técnico deve elaborar relatórios, digitar processos, prestar atendimento ao público, dar apoio em outras atividades de caráter administrativo e financeiro.

O fiscal agropecuário tem por atribuição inspecionar e controlar produtos e subprodutos destinados a quaisquer fins, aplicar sanções e atos de modo preventivo, entre outras atividades.

Sobre as fases do certame da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas

Os candidatos serão avaliados nas seguintes etapas: 1) prova objetiva – com 80 quesitos; 2) prova discursiva – apenas para os postos de trabalho de nível superior – com no mínimo 15 linhas e no máximo 30 linhas; 3) prova de título e experiência profissional – em que serão pontuados os candidatos que tiverem mestrado, doutorado, especialização e experiência na administração pública ou na iniciativa privada no cargo para o qual pretende concorrer.

As provas ocorrerão na data provável de 9 de dezembro (domingo) nas seguintes cidades: Manaus, Tefé, Humaitá e Parintins.

Mais detalhes do concurso público da ADAF

O concurso da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas será válido por 2 anos, podendo ser prorrogado por mesmo período, uma única vez, a contra de quando houver a homologação e a critério da instituição.

Para conferir mais informações, acesse o portal eletrônico do Instituto AOCP (www.institutoaocp.org.br/concurso.jsp?id=209).

Por Melisse V.


Sesi e Senai ofertam diversas vagas de emprego em 5 Editais de Concursos Públicos em 2018.

Está sendo anunciado mais uma vez, para quem ainda não está sabendo, a abertura de cinco novos editais destinados ao preenchimento de postos em diversos cargos no SESI e no SENAI. As remunerações iniciais chegam a 4.292,16 reais.

Edital 1 – O órgão do SENAI da região de Caxias do Sul faz divulgar a todos os interessados sobre a abertura de novo edital, destinado ao preenchimento de vagas para o cargo de Assistente de Serviços I, no município de Caxias do Sul, Estado do Rio Grande do Sul. Os requisitos são: possuir Ensino Fundamental Incompleto, que pode estar acrescido de um Curso de Eletricidade, de Eletrônica, de Mecânica, de Hidráulica ou de Pneumática, em conformidade com a área de atuação. Esta jornada de trabalho é de 40 horas por semana. O vencimento inicial está em 1.306,76 reais.

Os benefícios são: o Auxilio Alimentação; o Auxílio Creche; a Assistência Odontológica; a Assistência Médica; o Plano de Previdência Privada; o Seguro de Vida em Grupo e o Vale-transporte.

Todos os interessados poderão cadastrar inscrição até o dia 16 de setembro de 2018, no site: https://jobs.i-hunter.com/fiergs/view/frameset.asp.

Edital 2 – o órgão do SESI da capital Porto Alegre faz divulgar a todos os interessados a abertura do novo edital destinado ao preenchimento de postos para o cargo de Assistente Técnico I. O requisito básico é possuir ensino médio completo. Este cargo tem jornada de trabalho de 44 horas por semana. A remuneração inicial está em 1.724,94 reais. Todos os interessados deverão cadastrar inscrição até o dia 16 de setembro de 2018, no site: https://jobs.i-hunter.com/fiergs/view/frameset.asp.

Edital 3 – O órgão do SESI da região de Bento Gonçalves fez divulgar o novo edital destinado ao preenchimento de postos para o cargo de Cozinheira, cujo requisito básico é o de Ensino Fundamental Incompleto. A remuneração inicial está em 718,72 reais.

Este profissional atuará na função de auxiliar, para o levantamento e para a manutenção dos dados e das informações neste setor, dentro dos processos e das rotinas pré-estabelecidas no departamento. Atuará como auxiliar na organização de equipamentos, de materiais e demais utensílios pertencentes ao local de serviço. No controle dos estoques de alimentos e demais materiais nesta área de trabalho.

Todos os interessados deverão cadastrar inscrição até o dia 16 de setembro de 2018, por meio do site: https://jobs.i-hunter.com/fiergs/view/frameset.asp.

Edital 4 – O órgão do SESI da região de Panambi fez divulgar o novo edital destinado ao preenchimento de postos no cargo de Analista em Promoção da Saúde, cujo requisito básico é possuir graduação em Ensino Superior, na área de Educação Física, com Licenciatura Plena de Bacharelado ou de Graduação Plena em Bacharelado, portando o devido registro para o respectivo Conselho. O regime de trabalho, neste caso, é de 44 horas por semana. O vencimento inicial está em 4.292,16 reais.

Todos os interessados deverão cadastrar inscrição até o dia 16 de setembro de 2018, por meio do site: https://jobs.i-hunter.com/fiergs/view/frameset.asp.

Edital 5 – O órgão do SENAI da região de Gravataí divulgou edital para preenchimento de vagas para o cargo de Assistente Técnico I, cujo requisito básico é a posse de Ensino Médio Completo. O regime de trabalho, neste caso, é de 40 horas por semana. O vencimento inicial está em 1.568,13 reais.

A função do Assistente será a de atender e de orientar os clientes internos, os externos e demais fornecedores. Atuar na organização e no controle da agenda de gerência e demais atendimentos nas áreas técnicas. Atuar no auxílio para emissão das correspondências, dos textos e demais documentos próprios da área, que estejam previamente aprovados e em conformidade com todos os padrões preestabelecidos,

Todos os interessados deverão cadastrar inscrição até o dia 16 de setembro de 2018, por meio do site: https://jobs.i-hunter.com/fiergs/view/frameset.asp.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame deve ofertar 100 vagas para diversos cargos. Edital deve ser divulgado até dezembro deste ano.

O edital do concurso da Advocacia Geral da União (AGU) deve ser divulgado até 14 de dezembro deste ano. É o que determina o documento de autorização, que foi divulgado no dia 14 de junho e foi autorizado pelo Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão.

A banca para a realização do concurso AGU já foi escolhida e será o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN).

A expectativa é que o concurso AGU ofereça 100 vagas, sendo 48 para Administrador, 10 para Analista Técnico Administrativo, 2 para Arquivista, 1 para Bibliotecário, 32 para contador, 2 para Técnico em Assuntos Educacionais e também 5 para Técnico em Comunicação Social.

Para concorrer, o interessado deve ter nível superior e a remuneração inicial é de R$ 6.200,00. No valor, já estão inclusas as gratificações e também os vencimentos básicos.

Último concurso AGU

O último concurso AGU foi em 2014, sendo área operacional e contou com 100 vagas e também foi organizado pela banca IDECAN. Na ocasião, foram 10 vagas para o cargo de analista de sistema, 34 para analista técnico administrativo, 3 para bibliotecário, 3 para o cargo de técnico em comunicação social, além de 10 para a carreira de técnico em contabilidade.

Novas Vagas – Projeto de Lei

Na Câmara dos Deputados trâmita um novo projeto de lei que visa à criação de nada menos que 3.000 vagas na AGU, sendo 2.000 para a carreira de Analista Técnico de Apoio e 1.000 voltada para a carreira de apoio à atividade jurídica.

Os interessados em concorrer para técnico devem ter ensino médio completo e a remuneração inicial corresponde a R$ 4.669,35.

Dicas de estudo para o concurso AGU

Com a banca definida, manter o foco é fundamental para o seu sucesso na prova. Por isso, faça um cronograma de estudo focado na IDECAN, organizadora do concurso AGU.

O seu planejamento deve ter teoria, exercício e revisão. Aproveite que o edital ainda não foi divulgado, para ganhar base teórica e adquirir conhecimento nas disciplinas.

Além de teoria, separe um tempo para fazer revisão. Você pode revisar um conteúdo estudado a cada 7 dias, depois 15 e depois 30. A revisão pode ser feita por meio de exercício, leitura do seu material, os grifos nas apostilas. Descubra a sua forma de estudo e invista nela.

Fazer exercício é imprescindível para o seu sucesso. Por meio da resolução de questão, você conhece a forma de cobrança da banca, as suas peculiaridades, os tipos de questões cobradas e os assuntos mais recorrentes.

Ao fazer exercício, vá fazendo uma lista dos itens que mais caem. Assim, você poderá ganhar tempo e otimizar a sua preparação.

Com o edital publicado, mantenha o foco e aproveite cada minuto para estudar. Como você pode ganhar horas a mais de estudo no seu dia? Que tal acordar uma hora ou 30 minutos mais cedo? Tente! No início poderá ser difícil, mas você acostuma.

Cuidado com pessoas que são pessimistas e acham que você não vai conseguir. Evite comentar que você está estudando para concurso público.

A primeira pessoa a acreditar na sua aprovação deve ser você. Não espere o incentivo dos outros, pelo contrário faça a sua parte e tenha certeza de que você vai colher os frutos que está plantando.

Não economize e invista em bons materiais para a sua preparação. Isso fará diferença, por isso, preocupe-se com a qualidade. Compre apostilas que sejam atualizadas e de acordo com o concurso da AGU.

Tenha tempo para fazer atividade física e procure dormir bem. Isso fará diferença na sua produtividade e rendimento nos seus estudos.

Como a banca já está definida, comece a estudar o quanto antes para aumentar as suas chances de aprovação.

Compartilhe a notícia nas suas redes sociais e muito sucesso!

Por Babi


O Exército recebe inscrições de jovens que desejam ingressar em um dos Colégios Militares espalhados pelo Brasil.

O segundo semestre de 2018 está repleto de novas oportunidades de concursos públicos de alta categoria. Entre eles, está o concurso promovido pelo Exército.

Segue aberto o período de inscrições destinadas ao mais recente processo seletivo destinado à admissão de jovens aos colégios militares. Este certame foi publicado no próprio Diário Oficial da União, em sua edição da sexta-feira, dia 27 de julho de 2018. Trata-se do edital de abertura para o processo de seleção de 505 estudantes, cujo ingresso iniciará oficialmente em 2019. Todas as oportunidades de vagas se destinam ao ingresso dos alunos a partir do 6° ano que compõe o Ensino Fundamental e a partir do 1° ano que compõe o Ensino Médio em colégios militares situados nas seguintes cidades:

– Distrito Federal (Brasília); na cidade do Rio de Janeiro – RJ; no município de Porto Alegre – RS; no município de Fortaleza – CE; no município de Manaus – AM; no município de Belo Horizonte – MG; na cidade de Salvador – BA; na cidade de Recife – PE; no município de Curitiba – PR; no município de Juiz de Fora – MG; no município de Campo Grande – MS; na cidade de Santa Maria – RS e em Belém – PA.

Todos os jovens interessados em concorrer às vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental deverão comprovar conclusão ou ainda estar cursando o 5° ano, estar em idade abaixo de 13 anos no dia 1° de janeiro de 2019 ou completar 10 anos de idade até o dia 31 do mês de dezembro de 2019.

Com relação aos concorrentes às vagas para o 1° ano do nível médio, será necessário comprovar conclusão ou ainda estar cursando o 9° ano do nível fundamental acadêmico, estar em idade abaixo de 18 anos no dia 1° de janeiro de 2019 ou completar 14 anos de idade até o dia 31 do mês de dezembro de 2019.

O período para cadastro de inscrições compreende um prazo de recebimento por meio do site de cada um dos Colégios Militares, o qual se estenderá até o dia 14 de setembro de 2018.

Todos os jovens candidatos com deficiência têm o dever de se inscrever na forma presencial, ou seja, junto à Comissão para a Inscrição no Concurso de Admissão do colégio militar em que houver interesse em ingressar, sendo necessários os testes e as comprovações médicas imprescindíveis para o cadastro.

A taxa de inscrição está estipulada no valor de 95 reais.

Sobre as fases deste certame as informações são as seguintes:

Todos os interessados deverão ser submetidos a um exame intelectual, passando pela revisão médica e pela odontológica; além de uma análise de comprovação dos dados biográficos. A fase inicial será realizada no dia 21 de outubro de 2018 e consistirá em duas provas objetivas, uma sobre matemática e a outra, (ministrada somente aos candidatos aprovados na primeira etapa) será realizada no dia 25 de novembro de 2018, versando sobre a matéria de língua portuguesa, contendo questões objetivas e questões discursivas, e ambas terão duração oficial de três horas.

Todos os concorrentes aprovados nas etapas acima descritas, deste concurso, terão dever de apresentar os seus históricos escolares e todos os demais documentos previstos nos dados do edital, no sentido de comprovar que os mesmos atendem aos pré-requisitos mínimos cobrados, para efetuar a inscrição e matrícula, a qual deverá ser efetivada entre o dia 2 do mês de janeiro e o dia 22 do mês de fevereiro de 2019.

Observação importante: será necessário, também, apresentar o devido termo de compromisso, o qual deverá estar em conformidade com o modelo já distribuído pelos colégios militares, devidamente assinado pela autoridade responsável e legal de cada candidato, junto de firma reconhecida.

Por Paulo Henrique dos Santos


Prazo de inscrições vai até o dia 10 de outubro de 2018.

Publicado no dia 4 de Setembro pelo CRP-SP (Conselho Regional de Psicologia), o concurso CRP-SP 2018 oferece 275 vagas, deste total 7 (sete) serão disponibilizadas para início imediato e 268 ficarão como um futuro cadastro de reserva pelo Conselho.

As vagas oferecidas são para Analista Superior (sendo 1 oportunidade para início imediato e 24 como cadastro de reserva) e também Psicólogo do tipo Analista Técnico (sendo 6 oportunidades para iniício imediato e 244 ficando como cadastro de reserva).

Formação Exigida e Carga Horária

Para concorrer aos dois tipos de vagas é exigido formação superior em Psicologia. Os candidatos aprovados deverão cumprir 40 horas de jornada durante a semana.

Salários e Benefícios Oferecidos

Os salários oferecidos são de R$ 7.675,58, este salário é composto pelo salário principal de R$ 6.197,58, acrescido dos benefícios de vale refeição no valor de R$ 990 e vale alimentação R$ 488.

Como benefícios adicionais o CRP também oferece planos médicos, planos odontológicos e um atraente plano de carreira profissional.

Locais de Trabalho

O cargo de Analista Superior é oferecido somente para a cidade de São Paulo, diferentemente do cargo de Psicólogo, ofertados em diversas cidades do interior, além da capital do estado (São Paulo), dentre elas listamos: Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, Assis, São José do Rio Preto, Mogi das Cruzes, Sorocaba, além das regiões do Vale do Paraíba e também do ABC.

Inscrições e Prazos

As inscrições vão até o dia 10 de Outubro, às 23h59. São feitas diretamente através do site do Instituto que organiza o edital (Instituto Quadrix), os interessados podem acessar o site: www.quadrix.org.br.

Além da inscrição a ser feita o candidato também deverá desembolsar uma taxa de R$ 75 para participar do certame.

As Provas e as Etapas

Todos os candidatos realizarão provas objetivas e também discursivas na primeira fase da seleção, a data prevista para realização desta etapa é no próximo dia 25 de Novembro. A aplicação das provas ocorrerá nas cidades de Bauru, Ribeirão Preto, Assis, São José do Rio Preto, além da própria capital (São Paulo).

Após esta fase eliminatória e classificatória os futuros candidatos serão submetidos a avaliações de sua experiência profissional e também sobre seus títulos acadêmicos.

Os aprovados deverão entregar todos os documentos solicitados respectivamente no dia 23 e também 24 de Janeiro de 2019.

O Conselho Regional de Psicologia (CRP-SP) está realizando um concurso com previsão de validade de seu certame para dois anos, podendo ser prorrogado para mais dois, de acordo com o edital e com os critérios do CRP-SP.

O conteúdo das provas

Os principais conteúdos, áreas e temas a serem estudados para a primeira fase estão listados abaixo:

  • Português (Língua Portuguesa), dentre os principais temas destacamos: Interpretação de Textos, Ortografia, Concordâncias, Regências, Crase, Redação, Gênero e Texto.
  • Informática, dentre os principais temas destacamos: Tecnologias e sua utilização, aplicativos, hardware e software como conceitos, ambiente Office, sistema operacionais (Windows), Redes para computadores, Softwares para navegação na web, Softwares para busca na web, Área da segurança da informação, entendimentos sobre vírus e seus softwares de proteção como antivírus e firewall, além de conhecimentos básicos sobre programas de backup das informações.
  • Matemática e Raciocínio, dentre os principais temas destacamos: operações, combinações, proporções, regras de três, equações, diagramas, lógicas para argumentação, medidas e volumes.

O candidato ainda será avaliado através de tópicos sobre:

  • Tópicos sobre Atualidades Gerais
  • Tópicos sobre o Serviço Público e sua Ética
  • Tópicos sobre o Direito Constitucional

A vaga de analista ofertada também demandará conhecimentos específicos para os seus participantes das áreas de gestão, elaboração de projetos, ergonomia e diversos outros itens.

A vaga de psicólogo, por sua vez, demandará conhecimentos específicos sobre as leis de psicologia, sobre deficientes, sobre o sistema único de saúde, dentre outros itens.

Autor: Carlos B.


Certame está na fase de escolha da banca organizadora.

O segundo semestre de 2018 está sendo um período de abertura de novos concursos de da preparação de outros. Entre os processos seletivos em fase de estruturação está o lançamento, ainda para este mês de setembro, do edital para novo concurso da Secretaria Estadual de Educação, a SEE, do Estado de São Paulo, cuja meta está no preenchimento de um número de 167 postos de trabalho destinados à carreira de oficial administrativo no quadro de servidores do órgão.

De acordo com o que foi anunciado pelo governo do Estado, no dia três de julho, existe previsão para a divulgação oficial deste novo certame. Dada esta informação, no decorrer das próximas semanas será determinada a banca responsável pela organização do concurso.

É muito importante recordar que, de acordo com última publicação no Diário Oficial, em sua edição de 31 de julho, a comissão especial, que será responsável pela gerência deste concurso da SEE-SP para oficial administrativo, já está formada. A equipe reúne os seguintes servidores do Estado: funcionária Lígia Barros Costa; Camila de Azevedo; funcionário Nélio Campos Mamede Pires; Leda de Paiva e a funcionária Viviane Sabrina Lambert de Souza Lima.

O requisito básico para poder concorrer ao cargo de oficial será o diploma de ensino médio conferido em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, o MEC. O valor da remuneração inicial corresponde a 1.339,29 reais, sem contar o caso do prêmio conferido por desempenho individual, PDI, no valor de 50%, ou de 1.535,94 reais, com o PDI em 100%.

O histórico do concurso anterior para cargos na SEE-SP, cujo edital saiu em 2011, destinado à carreira de oficial administrativo, registra um número de 1.203 oportunidades de vagas voltadas para a função de oficial, as quais começaram a ser distribuídas entre as diversas unidades centrais e regionais do mesmo órgão.

Aquele evento estava sob a organização da Fundação Vunesp. O mesmo processo de seleção consistiu em uma prova objetiva que constituiu um caderno com 80 questões em múltipla escolha, sendo que eram cinco alternativas em cada tópico. Todas as perguntas versaram sobre matéria da língua portuguesa; em matemática; em conhecimentos de informática e em conhecimentos específicos.

Todos os concorrentes selecionados, nomeados e convocados foram lotados nas seguintes cidades do Estado de São Paulo:

Na própria Capital e em Guarulhos; em Campinas; em Caieiras; em Carapicuíba; em Diadema; em Itapecerica da Serra; em Itapevi; em Itaquaquecetuba; em Mauá; em Mogi das Cruzes; em Osasco; em Santo André; em São Bernardo do Campo; em Suzano; em Taboão da Serra; em Adamantina; em Americana; em Andradina; em Apiaí; em Araçatuba; em Araraquara; em Assis; em Avaré; em Barretos; em Bauru; em Birigui; em Botucatu; em Bragança Paulista; em Capivari; em Caraguatatuba; em Catanduva; em Fernandópolis; em Franca; em Guaratinguetá; em Itapetininga; em Itapeva; em Itararé; em Itu; em Jaboticabal; em Jacareí; em Jales; em Jaú; em José Bonifácio; em Jundiaí; em Limeira; em Lins; em Marilia; em Miracatu; em Mirante de Paranapanema; em Mogi Mirim; em Ourinhos; em Penápolis; em Pindamonhangaba; em Piracicaba; em Piraju; em Pirassununga; em Presidente Prudente; em Registro; em Ribeirão Preto; em Santo Anastácio; em Santos; em São Carlos; em São João da Boa Vista; em São Joaquim da Barra; em São José do Rio Preto; em São José dos Campos; em São Roque; em São Vicente; em Sertãozinho; em Sorocaba; em Sumaré; em Taquaritinga; em Taubaté; em Tupã; em Votorantim e em Votuporanga.

Este será um dos mais importantes concursos realizados neste ano. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção está na fase de escolha da Banca Organizadora.

O novo concurso da Sejusp, que é a Secretaria de Justiça e Segurança, do estado de Minas Gerais, já encontra-se em fase de organização. O certame, que recebeu autorização de realização recentemente, mais precisamente no dia 27 do mês de julho, já possui uma comissão que se responsabilizará por sua realização.

O concurso que recebeu autorização do atual governador do estado, Reinaldo Azambuja, teve sua comissão formada ainda no mês de julho. Desde então, a comissão tem se preparado para realizar a contratação da empresa que ficará responsável por organizar e executar o certame.

Ainda não foram divilgadas informações sobre a forma de contratação desta empresa, que pode ser por meio de processo licitatório ou por via direta, mas a expectativa é de que em poucos dias seja anunciado o nome da empresa que assumirá os passos seguintes da organização do concurso, inclusive a publicação do edital e abertura das inscrições.

De acordo com as informações divulgadas com a anunciação do concurso, a previsão inicial é de que sejam disponibilizadas um total de 228 vagas. deste toatal de vagas a serem disponibilizadas para concorrÊncia, 201 são para a função de Agente de Segurança Socioeducativa. Já as restantes 27 oportunidades são para a função de Analista de Medidas Socioeducativas. Destas 27 vagas, 11 serão para atuação na área de psicologia e 16 são para atuação na área de serviços sociais.

Os interessados em se inscrever e concorrer a uma das 228 vagas disponibilizadas devem possuir formação completa em ensino de nível superior.

As remunerações previstas para estas carreiras são de R$2.750 iniciais para o cargo de Agente e R$4.870 iniciais para o cargo de Analista.

A comissão do concurso teve os nomes de seus membros registrados no dia 30 do mês de julho, sendo o presidente o senhor Paulo Victor Oliveira, que é servidor do órgão e ainda Celso Almeida Oliveira, Maria Lucélia Lima, Silvio Souza Guimarães e Tatiana Cintra, como membros titulares.

A autorização do concurso foi assinada em um evento que aconteceu no dia 25 do mÊs de junho. O evento contou com a presença de secretários de desburocratização e adminstração, do Secretário de Justiça e Segurança Pública, além de representantes e gestores dos servidores de carreiras socioeducativas.

Na ocasião em que o evento foi realizado, foi discutido questões relacionadas a uma nova exigência de escolaridade que a partir de agora deve ser cobrada dos agentes, cargo que até então era disponibilizado para pessoas que possuíma formação completa de nível médio.

Contudo, para que isto passe a valer de fato, ainda necessita da aprovação de um projeto de lei que será encaminhado para a Assembleia Legislativa já nestes próximos dias. Em conformidade com as informações da assessoria de imprensa do governo de Minas Gerais, esta mudança foi realizada para atender uma orientação dada pela Secretaria de Direitos Humanos que pertenece à Presidência da República, depois que uma visita foi realizada na Unei Dom Bosco e que encaminhou um relatório em era proposto que o estado de Minas Gerais reformulasser a lei de nº 4.894, de 2016, em está de acordo com o Plano Nacional de Atendimento Socioeducativo.

O secretário da Sejusp, Antônio Carlos Videira, afirmou que esta nova exigência de formação dos agentes é muito importante para a secretaria, uma vez quer vem de encontro as reais necessidades que o órgão possui, pelo fato de que ela trabalha diretamente com menores e por isso estes profissonais devem ser melhor capacitados para realizarem um trabalho bem sucedido.

Nesse sentido, se você possui interesse em prestar um concurso público, não perca essa oportunidade. Fique atento às novas informações que devem ser divulgadas pelo site da Sejusp-MG. Prepare-se para a realização do concurso e assim que o edital de abertura for publicado, faça a sua inscrição.

Sirlene Montes


Pedido de Concurso ainda está sendo estudado e depende da autorização do Ministério do Planejamento.

Este segundo semestre de 2018 está com novas expectativas de concursos públicos de alta categoria. Entre os próximos certames públicos prestes a serem oficializados está o da Receita Federal do Brasil, o RFB. O órgão solicitou uma autorização para o preenchimento de um número de até 2.083 postos de trabalho no quadro de pessoal do órgão.

Alguns dados indicam que há escassez de servidores no departamento da Receita Federal do Brasil, a qual está cada vez mais urgente, dado que a cada novo levantamento realizado aumentam os números de postos vagos. Existe, portanto, uma perigosa tendência de que o número de servidores se torne cada vez mais escasso, caso uma nova seleção não ocorra em tempo hábil.

De acordo com o último levantamento estatístico realizado no órgão, desde o mês de dezembro de 2017 está sendo apontado que o setor da Receita Federal tem em torno de 20.830 postos de trabalho em aberto, e que esse número está em constante crescimento. Este déficit de servidores indica o seguinte:

São 10.922 vagas no cargo de auditores e mais 9.908 vagas no cargo de analista. Esta situação pode se tornar ainda mais crítica, levando em conta que cerca de 20% do pessoal servidor já está prestes a se aposentar compulsoriamente.

Desde o mês de maio de 2017, o Ministério da Fazenda fez um encaminhamento ao Ministério do Planejamento de um importante pedido cuja finalidade principal é a de que sejam liberadas para a Receita Federal, cerca de 2.083 oportunidades de vagas para a função de auditor-fiscal e para a função de analista tributário.

Assim, o total de vagas solicitadas para o próximo concurso da Receita Federal será distribuído da seguinte maneira:

São 630 postos de auditor e os demais 1.453 para a função de analista. Estas duas carreiras requerem profissionais com graduação superior nas mais diversas áreas de atuação vocacional. As remunerações iniciais correspondem a 16.201,64 reais e a 9.714,42 reais, respectivamente, nas quais está incluído o vale-alimentação no valor de 458 reais.

Existe outro certame sendo aguardado; trata-se do que contempla em torno de 400 postos destinados aos cargos de assistente-técnico administrativo e de analista administrativo, cuja lotação se dará no quadro de servidores da Receita Federal. É muito importante observar que o lançamento deste edital, assim que for autorizado pelo mesmo MPDG, será realizado pelo Ministério da Fazenda, responsável pela posterior distribuição das oportunidades dentro de seu quadro, junto da RFB.

Deste modo, para concorrer ao posto de assistente será necessário possuir diploma de ensino médio; a remuneração inicial, atualizada, está em 4.137,97 reais, acrescida do vale-alimentação no valor de 458 reais. Com relação à função de analista administrativo, é exigida graduação em nível superior, a remuneração é de 5.490,09 reais, junto do benefício.

Assim que for autorizado, este mesmo concurso abarcará uma grande parte dos postos de trabalho destinados ao Estado de São Paulo, que constitui uma região ainda não contemplada no último processo de seleção para os cargos administrativos do setor.

É necessário que todos os interessados se mantenham atentos às próximas atualizações, sobre este concurso para cargos na Receita Federal de 2018. Uma dica bastante útil, no sentido de começar a se preparar para este certame, está em analisar todo o conteúdo programático e as demais avaliações de processos seletivos anteriores destinados aos mesmos cargos no órgão.

Paulo Henrique dos Santos


Certame da Secretaria de Educação do Distrito Federal visa contratar profissionais para atuação como Professor Substituto.

Novo edital de certame público está sendo divulgado nesse segundo semestre de 2018. Trata-se do Edital Normativo do Processo Seletivo Simplificado para a promoção de Contratação Temporária de profissionais no setor de Professor Substituto, destinado à Rede Pública de Ensino do Distrito Federal, o qual está sendo organizado pelo Instituto Quadrix.

Todas as pessoas interessadas em participar precisam estar cientes do seguinte:

O concorrente aprovado neste processo de seleção passará por uma classificação e comporá o chamado Banco de Reserva do Ensino Regular, com chances de atuar, excepcionalmente, sobre as carências referidas no mesmo Edital Normativo, acima citado, conforme o grau de capacitação que possuir para o devido exercício docente.

O teste de aptidão para essa profissão será realizado por meio de uma entrevista ministrada pela própria banca examinadora ou por meio de uma declaração de trabalho docente na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal, cujo histórico deve constar atuação nos últimos cinco anos, na área pretendida.

Deste modo, a contratação do aspirante a professor substituto será realizada para o devido suprimento das carências definitivas, das provisórias e das temporárias (ou remanescentes) que existam em decorrência de afastamentos legais de professores efetivos, atuantes na Secretaria de Educação do Distrito Federal – SEEDF, no sentido de manter a atuação no seio das coordenações regionais do Distrito Federal.

Este novo Processo Seletivo Simplificado compreende a realização das seguintes etapas imprescindíveis:

1 – inicia com a prova objetiva, a qual será de caráter eliminatório e classificatório;

2 – a fase seguinte, e definitiva, consistirá nos procedimentos de perícia medica realizada em caráter eliminatório, e direcionada ao candidato que se declarar pessoa com deficiência.

Ambas as etapas deste processo de seleção serão realizadas no próprio Distrito Federal (Brasília). As remunerações serão fixadas em plena conformidade com a hora-aula de efetivo trabalho efetuado, sendo que a referencia é a dos vencimentos básicos perfeitamente correspondentes aos padrões iniciais na Carreira de Magistério Público no Distrito Federal. O Professor de Educação Básica, atuando em regime de 20 horas, receberá 2.508,26 reais e o Professor de Educação Básica, em regime de 40 horas, receberá 5.016,33 reais, já acrescidos das gratificações.

Com relação às jornadas de trabalho as informações são as seguintes:

A atuação no turno diurno constitui tempo de trabalho de, no máximo, 8 horas diárias ou de 40 horas semanais e, a atuação no turno noturno constitui tempo de trabalho de, no máximo, 4 horas diárias ou 20 horas semanais. A prova objetiva será de caráter eliminatório e classificatório, consistindo em um caderno contendo 100 questões cuja natureza é de julgamento de Certas ou Erradas, e estará estruturada de questões que avaliam os conhecimentos básicos; os conhecimentos complementares e os conhecimentos específicos do respectivo cargo em disputa.

Com relação aos valores das taxas de inscrição, estes estarão estipulados conforme segue:

Para o cargo de Professor Substituto, no Turno Diurno, ou seja, de até 40 horas por semana, o valor é de 60,00 reais e para o cargo de Professor Substituto, no Turno Noturno, ou seja, de até 20 horas por semana, o valor é de 30,00 reais.

O cadastro das inscrições poderá ser realizado, exclusivamente, por meio da internet, no seguinte site: http://www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/SEEDF2018.aspx.

O período para inscrições se dará entre as seguintes datas: de 14/09/2018 até 04/10/2018. A data da prova será em 14/10/2018 às 14h00.

Sobre o cargo de professor substituto, as áreas de atuação são as seguintes: setor de Administração; de Arte; de Atividades; de Biologia; de Biomedicina; de Ciências Naturais; de Contabilidade; de Direito; de Educação Física; de Eletrônica; de Eletrotécnica; de Enfermagem; de Farmácia; de Filosofia; de Física; de Fisioterapia; de Geografia; de História; de Informática; de Língua Estrangeira Moderna: Espanhol, Francês, Inglês, Japonês; em Libras; em Língua Portuguesa; em Matemática; em Música; em Nutrição; em Odontologia; em Psicologia; em Química; em Sociologia e em Telecomunicações.

Portanto, como já foi citado, a prova será ministrada no dia 14 de outubro de 2018, no turno vespertino, cuja duração será de 3 horas. Este Edital Normativo, que contém as demais informações deste Processo Seletivo, o qual está disponível no site: http://www.quadrix.org.br.

Por Paulo Henrique dos Santos


Inscrições para o Concurso 2018 da SEFAZ SC podem ser realizadas até o dia 10 de outubro.

Quem estuda para ser aprovado em concurso da área fiscal, pois tem familiaridade com as matérias e almeja estabilidade laboral e, principalmente, financeira pode conferir aqui uma ótima oportunidade. O edital do concurso público da Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina (SEFAZ SC) foi divulgado no diário oficial. A oferta de vagas é para quem tem formação de ensino superior. O salário inicial é de R$ 22,8 mil. Saiba mais detalhes do processo seletivo do Governo do Estado de Santa Catarina a seguir.

Sobre as inscrições no certame da SEFAZ SC

Para se cadastrar no concurso da Secretaria Estadual você deve acessar o site da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursos/sefsc118/index.html), Fundação Carlos Chagas, que é a banca responsável por organizar o processo seletivo, preencher o formulário virtual, imprimir o boleto e efetuar o pagamento no valor de R$ 250 até o dia 10 de outubro (quarta-feira).

Caso você seja doador regular de sangue ou de medula óssea pode solicitar isenção do pagamento dessa taxa até o dia 14 de setembro (sexta-feira).

O prazo para você se inscrever no certame da SEFAZ SC tem início em 10 de setembro (segunda-feira) e terminará em 10 de outubro (quarta-feira).

Sobre as vagas e os requisitos do processo seletivo da SEFAZ SC

As vagas oferecidas no concurso da Secretaria da Fazenda Estadual são para o cargo de auditor fiscal da receita estadual de nível I das seguintes especialidades: tecnologia da informação, gestão tributária e auditoria e fiscalização. Foram anunciadas 90 chances, tanto para ampla concorrência, como para pessoas com necessidades especiais (PNE).

Para concorrer é necessário ter escolaridade de nível superior, com destaque para o diploma que deve ser emitido por instituição de ensino que seja credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC). Saiba quais são os outros requisitos: estar em pleno dos direitos políticos, possuir no mínimo 18 anos de idade, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, possuir aptidão física e mental, estar quite com as exigências do serviço militar, não ter antecedentes criminais, entre outros requisitos.

A remuneração para quem ingressar na carreira de auditor é de R$ 22.853,33. A jornada de trabalho semanal é de 40 horas para todos os postos de trabalho.

Sobre as atribuições do cargo de Auditor Fiscal na SEFAZ SC

Se você for aprovado no concurso público da SEFAZ SC, suas principais atribuições, enquanto auditor de auditoria e fiscalização serão: fazer ações de monitoramento, apreender bens e documentos, constituir crédito tributário, propor medidas para melhoria dos procedimentos de auditoria, fiscalizar tributos estaduais, extrair dados, inspecionar equipamentos usados em pontos de vendas, entre outras atividades.

Já se você exercer a função de auditor do segmento de gestão tributária, será responsável por: controlar atividades referentes à política tributária, elaborar a legislação tributária estadual, analisar consultas públicas, compatibilizar as diretrizes da política tributária às leis pertinentes, entre outras tarefas.

Na área de tecnologia da informação, quando você for auditor, deverá implantar e gerenciar aplicações, desenvolver programas para melhorar as informações fiscais, administrar os sistemas integrados, realizar plantão fazendário, entre outras responsabilidades.

Sobre as etapas de avaliação do processo seletivo da SEFAZ SC

O certame será composto pelas seguintes etapas de avaliação dos candidatos: 1) prova objetiva de conhecimentos gerais – nas quais serão cobradas 100 quesitos das seguintes disciplinas para todos os cargos: português, direito civil, constitucional, raciocínio crítico, lógico, direito empresarial, estatística, economia e finanças públicas, direito administrativo e penal; 2) prova objetiva 2 com 80 questões sobre contabilidade geral, legislação tributária de Santa Catarina e direito tributário; 3) prova de conhecimentos específicos com 80 quesitos.

As datas de aplicação das provas são: 17 e 18 de novembro. As cidades em que os candidatos podem realizar as avaliações são: Chapecó, Joinville, Criciúma e na capital do estado, Florianópolis.

Para saber mais informações, acesse o site da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursos/sefsc118/index.html).

Por Melisse V.


Concurso oferta 400 vagas para Soldados e recebe inscrições até o dia 4 de outubro de 2018.

Temos uma boa notícia para quem gostaria de participar do Concurso Polícia Militar (RR), mas havia perdido a data de inscrição: a instituição decidiu estender o prazo e os interessados poderão se inscrever até o mês de outubro. O certame tem como objetivo selecionar 400 soldados para atuar no estado.

No primeiro edital, a prova seria realizada somente ano que vem. Agora, conforme informado na nova divulgação, o processo seletivo vai acontecer ainda em 2018. Cerca de 233 vagas são voltadas para a capital Boa Vista.

Quer saber mais? Confira, abaixo, mais informações sobre o concurso público da Polícia Militar de Roraima!

Quais são as vagas oferecidas?

Do total de 400 vagas de soldado, 340 são para os candidatos do sexo masculino e 60 para o gênero feminino. A remuneração que será paga aos policiais ainda não foi divulgada no edital. Porém, o documento ressalta que enquanto estiver fazendo o curso de formação de soldado, o aluno vai receber uma bolsa de estudo para arcar com todas as suas despesas. A instituição também vai fornecer equipamentos, fardas, material didático e acessórios necessários para a capacitação.

Após o fim do curso, os alunos aprovados vão ser promovidos ao título de Soldado PM 1ª Classe, e receberão um salário específico para a função exercida. De acordo com as informações dos órgãos que regulamentam a atividade, como a Associação Nacional das Entidades Representativas dos Militares Brasileiros (ANERMB), a remuneração dos policiais militares atuantes em Roraima é de R$ 4.792,96.

Quais são os requisitos exigidos?

Para participar desse concurso, você deve atender aos requisitos exigidos, tais como ser brasileiro e ter idade mínima de 18 anos e máxima de 35 anos, estar apto a exercer os seus direitos políticos e civis, ter concluído o Ensino Médio ou equivalente desde que seja reconhecido Ministério da Educação. Outras exigências são:

  • Ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na categoria B;
  • Estar em dia com a documentação e obrigações eleitorais;
  • Ter estatura mínima de 1,60m descalço para homem e a partir de 1,55m para mulheres;
  • Não ter sido afastado do serviço militar anteriormente em decorrência de incapacidade física definitiva;
  • Ser aprovado em todas as etapas do concurso público;
  • Apresentar capacidade mental e física para realizar diariamente as atribuições do cargo;
  • Não ter nenhum tipo de impedimento judicial ou administrativo que não o permita ocupar um cargo público;
  • Cumprir rigorosamente com as determinações previstas no Edital.

Onde as vagas serão ocupadas?

As oportunidades abertas no concurso da Polícia Militar são voltadas para as seguintes cidades:

  • Pacaraima;
  • Boa Vista;
  • Vila de Maracá;
  • Uiramutã;
  • Amajarí;
  • Caracaraí;
  • Tepequém;
  • Iracema;
  • Santa Maria do Boiaçú;
  • Campos Novos;
  • Rorainópolis;
  • Equador;
  • Nova Colina;
  • Jundiá – Novo Paraíso;
  • Alto Alegre;
  • Mucajaí Cantá;
  • Felix Pinto;
  • Apiaú;
  • Taiano;
  • São Silvestre;
  • Bonfim;
  • Samaúma;
  • Normandia;
  • São Luiz do Anauá;
  • São Francisco;
  • Entre Rios;
  • Coroebe;
  • São João da Baliza.

Como se inscrever?

A inscrição para o Concurso Polícia Militar RR só pode ser realizada pela internet por meio do site (https://cpc.uerr.edu.br), bastando acessar a aba ‘’Concursos’’, clicar no botão ‘’Área do Concurso da PM’’ e selecionar a opção do seu interesse. É possível se inscrever desde o dia de 24 de agosto até 04 de outubro de 2018.

Para se candidatar, você deverá fornecer os seus dados pessoais e profissionais. Em seguida, será preciso arcar com uma taxa de inscrição no valor de R$ 180,00, que deverá ser paga até a data de vencimento para que a sua participação no concurso seja validada.

O processo seletivo terá quatro etapas. Primeiramente, é aplicada uma prova objetiva que tem caráter classificatório e eliminatório, depois são feitos exames médicos, uma avaliação psicológica e, por último, faz-se uma investigação social.

Por Simone Leal


Interessados podem se inscrever entre os dias 3 de setembro e 15 de outubro de 2018.

Neste segundo semestre de 2018, o número de concursos sendo definitivamente oficializados está aumentando. Entre os mais recentes editais divulgados está o que abre o certame público para cargos no Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo, ou seja, o edital do concurso do Core-SP, publicado nesta última sexta-feira, dia 31 de agosto de 2018. Este processo de seleção tem por meta o preenchimento de 147 vagas, das quais 33 são de ocupação imediata e as demais 114 se destinam à formação do cadastro reserva de pessoas.

Sobre a distribuição dos cargos, o critério é o seguinte:

Para a função de copeiro há uma vaga, mais quatro para o cadastro reserva, e o salário está no valor de 1.429,09 reais. Para a função de Office Boy há uma vaga, mais quatro para cadastro reserva, e o salário está no valor de 1.429,09 reais. Estes são dois cargos que configuram opções para os candidatos que possuam nível fundamental de escolaridade.

Para os concorrentes com ensino médio completo, os cargos em aberto são para a função assistente administrativo, 19 vagas e mais 62 para cadastro reserva, o salário está em torno de 2.828,49 reais; para a função de operador de Teleatendimento, com duas vagas e mais sete para cadastro reserva, o salário está no valor de 2.571,36 reais; na função de telefonista, com duas vagas e mais sete para cadastro reserva, o salário está no valor de 2.571,36 reais; na função de motorista, com uma vaga e mais quatro para cadastro reserva, o salário é de 2.828,49 reais; na função de fiscal, com duas vagas e mais sete para cadastro reserva, o salário está no valor de 2.828,49 reais e na função de técnico em TI, com uma vaga e mais quatro para o cadastro reserva, salário no valor de 3.438,03 reais.

Em relação aos profissionais que possuam curso superior, as vagas estão distribuídas conforme segue:

Para a função de assistente jurídico, com duas vagas e mais sete para cadastro reserva, o salário no valor de 5.382,85; na função de contador, com uma vaga e mais quatro para cadastro reserva, o salário está no valor de 5.382,85 e na função de analista em TI, com uma vaga e mais quatro para o cadastro reserva, salário no valor de 5.382,85.

Todas essas funções serão lotadas no município de São Paulo (capital), havendo exceção apenas para a carreira na função de assistente administrativo, cujas vagas se destinam, em parte, para a capital e aos municípios, como em Campinas; em Bauru; em Ribeirão Preto; em Presidente Prudente; em Araraquara; em Sorocaba e em Santos.

Sobre a inscrição e as fases:

O período de inscrição compreende um prazo entre o dia 3 de setembro e 15 de outubro de 2018, por meio do cadastro da inscrição no site da banca organizadora, ou seja, a Inaz do Pará: http://paconcursos.com.br/. O valor das taxas está dividido em 9 reais para nível fundamental; em 9,10 reais, para nível médio e em 9,20 reais para nível superior.

A prova objetiva, destinada a todos os cargos, e a prova discursiva, para os cargos de analista, de contador e de assistente jurídico, estão previamente agendadas para o dia 20 de janeiro de 2019, e serão ministradas na cidade de São Paulo.

Todo o conteúdo programático abrange as seguintes matérias: de língua portuguesa; de informática; de raciocínio lógico; em conhecimentos gerais e específicos. Com relação aos postos que exigem ensino superior, esta seleção incluirá, também, a avaliação dos títulos. A banca examinará os documentos que deverão ser entregues entre os dias 4 e 5 de abril de 2019.

Este certame será válido por dois anos, podendo ser prorrogado por até mais dois anos, conforme o critério do conselho, conforme estabelecer o edital.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições se encerram neste mês de setembro de 2018.

Foi divulgado o edital da Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul (SEFAZ-RS) com 100 vagas, que serão distribuídas entre nível médio e superior. A banca que fará o certame é a Cespe/Unb e as provas estão previstas para dezembro. Que tal aproveitar a chance e começar a estudar para este concurso?

Concurso SEFAZ-RS: período de inscrição

O concurso SEFAZ-RS conta com 100 vagas, sendo 50 para a carreira de Assistente Administrativo, nível médio, e as outras 50 para a função de Técnico da Receita Estadual, que exige nível superior em qualquer área de graduação.

O período de inscrição para o cargo de assistente começa no dia 12 de setembro e permanece até o dia 26/09. A taxa de inscrição é de R$ 82,35. Para o cargo de Técnico a inscrição começa no dia 10 de setembro e o prazo fica aberto até 24/09.

Para fazer a inscrição, é só acessar o site do Cespe/Unb por meio do link:

Sobre o concurso SEFAZ-RS

O concurso SEFAZ-RS tem 100 vagas, sendo 50 para o cargo de assistente e o restante para Técnico. A remuneração é de R$ 3.040,00 para assistente e de R$ 9.300,00 para Técnico. A banca responsável pelo concurso SEFAZ-RS é o Cespe Unb e os interessados serão avaliados por meio de provas objetivas, que estão previstas para serem aplicadas no mês de dezembro.

Etapas do concurso SEFAZ

Para o cargo de assistente as provas objetivas estão previstas para o dia 1º de dezembro e será composta por 15 questões de português, 10 de ética na administração pública, 10 de noções de tecnologia da informação, 15 de noções de direito administrativo e direito penal, 15 de direito constitucional e 15 de matemática e raciocínio lógico.

Em relação ao cargo de Técnico, a prova objetiva está prevista para o dia 2 de dezembro e terá 25 questões de português, 10 de ética na Administração Pública, 20 de tecnologia da informação, 25 de matemática e raciocínio lógico, 20 de contabilidade geral, 20 de direito administrativo, 20 de direito constitucional e direito penal, e 20 de direito tributário e Legislação Tributária Estadual.

Ambas as provas terão a duração de 4 horas. Confira o edital completo para os cargos:

Como estudar para o concurso SEFAZ-RS?

O primeiro passo é montar um cronograma de estudo com as disciplinas do cargo, de acordo com o seu tempo disponível de estudo.

Priorize as questões que tenham um peso maior no edital, ou seja, que valem mais ponto.

Tente montar o seu cronograma em três partes: teoria, exercício e revisão.

Foque os seus estudos na banca Cespe/Unb, que é a organizadora responsável pelo concurso.

O nível de cobrança da banca Cespe/Unb geralmente tem um nível de dificuldade alto. Por isso, crie o hábito de fazer questões para conhecer o estilo da sua prova, os assuntos mais recorrentes, o nível de cobrança e as possíveis pegadinhas que podem cair na sua prova.

Faça uma planilha com o seu percentual (%) de acerto em cada disciplina. É fundamental que você conheça os seus pontos fortes e fracos, para saná-los até o dia da sua prova.

Mantenha o foco, ou seja, aproveite cada parte do seu dia para estudar, revisar conteúdo ou tentar esclarecer as suas dúvidas.

Priorize a qualidade e invista em bons materiais de estudo e apostilas. Cuidado com livros desatualizados ou que não sejam elaborados de acordo com o edital do concurso SEFAZ-RS. Estude por materiais específicos e atualizados.

Durante a sua preparação faça atividades físicas e procure dormir bem e ter uma alimentação saudável e equilibrada.

Lembre-se de que o seu sucesso depende do seu esforço. Muito sucesso e bons estudos.

Por Babi


Seleção irá ofertar 500 vagas para Policial Rodoviário Federal. Edital deverá ser divulgado nos próximos dias.

O edital do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve ser divulgado em setembro. No dia 28 de agosto, o Ministro de Segurança Raul Jungmann declarou à imprensa que o edital do certame deve ser publicado este mês.

O edital estava previsto para ser divulgado em agosto, mas a banca responsável pelo concurso ainda não foi definida. A expectativa é que a organizadora seja contratada nos próximos dias, para que o documento seja divulgado.

Como será o concurso PRF?

De acordo com a autorização, o concurso PRF terá 500 vagas e será para a carreira de Policial Rodoviário Federal. O certame foi autorizado no dia 27 de julho. Por isso, se você pretende fazer este concurso comece os seus estudos o quanto antes.

Apesar de ter sido autorizado 500 vagas, este quantitativo não deve ser suficiente, pois segundo Renato Dias, diretor geral a PRF, necessita de 3.000 novos servidores. Desta forma, os candidatos podem ser convocados durante o prazo de validade do concurso público.

Requisitos para o concurso PRF

Para concorrer ao cargo de Policial Rodoviário Federal é preciso ter nível superior em qualquer área de formação e também carteira nacional de habilitação de, pelo menos, categoria B. A remuneração inicial na função corresponde a R$ 9.931,57 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Em janeiro, o valor da remuneração deve passar para R$ 10.357,88 devido à lei 13.371, que prevê um reajuste e já foi sancionada pelo presidente Michel Temer.

Último concurso PRF

O último concurso PRF ocorreu em 2013 e foi organizado pela banca Cespe/Unb. O certame ofereceu nada menos que 1.000 vagas e participaram da seleção 109.769 inscritos. O concurso contou com várias fases como prova objetiva, discursiva, teste de exame físico, avaliação de saúde, psicológica, investigação social e também análise de título.

A prova objetiva foi composta por 120 itens, sendo 70 de conhecimentos específicos e o restante básicos. A parte de disciplina básica teve português, matemática, constitucional, ética no serviço público e informática.

Em relação à parte de disciplina específica teve conteúdos de administrativo, direito penal, processo penal, direitos humanos e cidadania, legislação especial, legislação sobre DPRF e também física aplicada à perícia de acidentes rodoviários.

Como estudar para o concurso PRF?

Como o edital está previsto para ser divulgado em setembro, é fundamental manter o foco nos estudos para conquistar uma das 500 vagas previstas do concurso PRF.

Faça um cronograma de estudo com base no último edital que foi divulgado. Divida o seu estudo entre teoria, revisão e resolução de questão. Como a banca ainda não está definida, faça exercícios da banca Cespe/Unb, que foi a organizadora responsável pelo último edital do concurso PRF.

Fique atento às notícias pois a banca do concurso PRF deve ser definida nas próximas semanas. Quando for, priorize muita resolução de exercício, a fim de conhecer o estilo, a forma de cobrança e priorizar os conteúdos mais recorrentes.

Se você concilia o trabalho com os estudos, ter um planejamento é imprescindível. Lembre-se de que as suas metas precisam ser compatíveis com a sua realidade. Por exemplo, não adianta querer estudar 5 horas líquidas por dia, se você tem apenas 3. Isso vai gerar ansiedade e nervosismo.

Durante os seus estudos, faça pausas regulares para descansar e renovar as energias. Por exemplo, estudou uma hora direto? Descanse 10 minutos. Estudou 50 minutos? Faça uma pausa de 5. Encontre o seu tempo.

Qual a sua forma de estudo? Teste mapas mentais, resumos, fichas. Encontre a sua forma de estudo, ou seja, o método que funciona melhor para você.

Durante a sua rotina, fique longe de celulares, redes sociais e qualquer coisa que possa atrapalhar o seu foco. Concentre-se em estudar e dar o seu melhor para passar no concurso PRF.

Compartilhe a notícia com os seus amigos nas redes sociais e muito sucesso!

Por Babi


Concurso do TJ MT oferta vagas para o cargo de Juiz Substituto.

Novo edital de concurso público está sendo publicado. Trata-se do certame do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, oficialmente aberto por meio do edital nº 01/2018/CMAG, que rege este novo concurso, o TJ – MT de 2018. A banca organizadora será a Fundação VUNESP e o número de postos em oferta é de 9 cargos vagos na função de Juiz Substituto do Tribunal de Justiça, no Estado de Mato Grosso. A remuneração inicial é de R$ 23.577,96.

São 10% de vagas reservadas aos candidatos com deficiência e 20% reservadas aos candidatos afrodescendentes.

O procedimento para inscrição é o seguinte:

Todos os interessados deverão acessar o site: www.vunesp.com.br. O período de inscrição iniciou no dia 20 de agosto e se estenderá até às 20 horas do dia 26 do mês de setembro de 2018, em conformidade com o horário oficial do município de Cuiabá, Estado do Mato Grosso. O valor da inscrição está preliminarmente estipulado em R$ 235,77.

Observação importante: todas as candidatas mulheres que, eventualmente, tiverem necessidade de amamentar seus bebês durante a realização das provas objetivas, poderão solicitar um atendimento especial para esse fim. Deste modo, todas deverão encaminhar um documento, com cópia devidamente autenticada da certidão de nascimento do neném, até o dia 26 do mês de setembro de 2018, por meio de um LINK diferencial contido na página eletrônica deste Concurso, no próprio site da Fundação VUNESP: www.vunesp.com.br. No dia do teste será necessário a candidata estar acompanhada de um adulto, que permanecerá em uma sala reservada e será responsável pela guarda da criança ao longo da prova.

Este processo seletivo contará com um itinerário de cinco fases:

A primeira será das provas objetivas seletivas; a segunda consistirá nas provas escritas, ou seja, teste discursivo e prático de sentença; a terceira será a fase mais complexa, constituída das seguintes etapas: a – Inscrição Definitiva; b – Sindicância sobre a Vida Pregressa e a devida Investigação Social; c – Exames sobre a Sanidade Física e Mental e o Teste Psicotécnico; a quarta fase será da prova oral e a quinta fase será da avaliação dos títulos.

As provas objetivas serão ministradas no município de Cuiabá, Estado do Mato Grosso, no dia 18 de novembro de 2018, cujo local e horário serão anunciados em breve, por meio do edital de convocação para as provas, a ser publicado no Diário de Justiça Eletrônico e divulgado nos seguintes sites: www.timtjus.br e www.vunesp.com.br.

Sobre o resultado prévio, ou seja, o gabarito oficial e preliminar da prova objetiva seletiva, o mesmo terá sua publicação efetiva, no máximo, em até três dias após a realização dos exames seletivos, no próprio Diário da Justiça Eletrônico e com divulgação nos seguintes sites: www.tjmt.jus.br e www.vunesp.com.br.

Todas as demais etapas deste concurso público serão suplementadas por mais informações sobre os horários e os locais se for necessário, além de atualizações em caso de futuras alterações sobre a data prevista, as quais serão divulgadas por meio do edital de convocação, a ser publicado no mesmo Diário da Justiça Eletrônico e disponibilizado nos seguintes sites: www.timt.ius.br e www.vunesp.com.br.

Este mesmo processo de s

Por Paulo Henrique dos Santos


Concurso da Polícia Civil de Roraima oferta vagas para candidatos com Nível Médio e Superior de ensino.

Quem tem interesse em ser servidor público e atuar no ramo da segurança pode ficar sabendo aqui sobre uma boa oportunidade. O Governo de Roraima anuncia que estão abertas as inscrições para o próximo certame da Polícia Civil (PC RR). Há chances para profissionais com escolaridade de nível superior e médio. O salário inicial pode chegar a R$ 18 mil. Confira mais detalhes sobre o certame na matéria a seguir.

Como posso realizar minha inscrição no concurso da PC RR?

Para efetuar seu cadastro no certame da Polícia Civil de Roraima, você deve acessar o portal eletrônico da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Fundação Vunesp) – www.vunesp.com.br/PCRR1701, preencher o formulário de inscrição, imprimir e pagar o boleto.

As inscrições têm início em 31 de agosto (sexta-feira) e se estendem até o dia 16 de outubro (terça-feira).

Os valores do boleto podem variar conforme o cargo: R$ 120, R$ 160, R$ 240 e R$ 260.

Caso você seja doador de sangue, poderá solicitar isenção do pagamento da taxa até o dia 5 de setembro (quarta-feira).

Quais são as vagas oferecidas pela Polícia Civil de Roraima?

O edital prevê que sejam contratados 330 profissionais para os seguintes postos de trabalho: delegado substituto, perito papiloscopista, médico legista, perito criminal, auxiliar de perito, agente de polícia, auxiliar de necropsia, odontologista e escrivão de polícia.

Para o cargo de perito há oferta para as seguintes áreas: computação científica ou sistemas da informação, ciências contábeis, engenharia eletrônica ou elétrica, geologia ou engenharia florestal, engenharia mecânica, farmácia, química ou engenharia química, física e engenharia civil.

O salário inicial para os cargos de nível médio é de R$ 3.035,16. Já para a função de nível superior pode chegar a R$ 18.387,42. A jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas por semana.

As cidades de lotação para quem for aprovado no certame podem ser na capital, Boa Vista, ou em municípios do interior do estado.

Há oportunidade para pessoas com necessidades especiais (PNE). Caso você concorra nessa condição saiba que passará pela avaliação da perícia médica.

Quais são os requisitos para tomar posse na PC RR?

Para tomar posse na Polícia Civil de Roraima, você deve ser aprovado no concurso público, comprovar escolaridade compatível com o cargo de interesse e atender às seguintes exigências: ter idade mínima de 18 anos, ter nacionalidade brasileira, estar em dia com as obrigações militares, no caso de candidato do sexo masculino, não ter antecedentes criminais, estar quite junto à justiça eleitoral, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, entre outros requisitos.

Para concorrer ao posto de delegado, você deve ser formado em Direito.

Quais são as fases do concurso da PC RR?

O processo seletivo será composto pelas seguintes etapas: 1) prova de múltipla escolha – com data prevista para os dias 15 e 16 de dezembro; 2) prova discursiva; 3) avaliação psicológica; 4) exame biomédico; 5) teste de aptidão física (TAF); 6) prova oral – exclusivamente para os candidatos ao cargo de delegado substituto; 7) prova de títulos – apenas para as funções de nível superior; 8) curso de formação profissional – com duração de 6 meses e 9) investigação social.

Outros detalhes do processo seletivo da Polícia Civil de Roraima

Para saber mais informações do edital do concurso público da Polícia Civil do estado de Roraima acesse o site da Fundação Vunesp www.vunesp.com.br/PCRR1701.

O processo seletivo será válido por 2 anos, mas pode haver prorrogação, pelo mesmo prazo, uma só vez, a contar de quando da data em que houver a homologação e a critério do Governo estadual de Roraima.

Não fique de fora dessa grande chance.

Por Melisse V.


Interessados devem se inscrever até o dia 26 de setembro de 2018.

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso inicia as inscrições para vagas de juíz substituto através da divulgação de um novo edital. No total serão ofertadas nove vagas, destas uma é exclusivamente reservada para pessoas com deficiência e outras duas para pessoas negras.

Requisitos Necessários e Salário

Os principais requisitos é ter graduação em direito, além da comprovação de pelo menos três anos de exercício na área, sempre a partir da obtenção desta graduação.

Podem participar candidatos entre 25 e 65 anos de idade, sendo necessário comprovar condutas sociais como também individuais atuais e também passadas em total consonância com a atividade pleiteada (a magistratura).

Os candidatos aprovados receberão uma remuneração inicial de R$ 23.577,56.

Como se inscrever

As inscrições estão sendo recebidas inicialmente pela web, através da Fundação Vunesp, a empresa responsável pela organização, o candidato interessado deverá acessar o site da Fundação (www.vunesp.com.br) no período entre os dias 20 de Agosto até o dia 26 de Setembro, será cobrada uma taxa de R$ 235,77 para a inscrição e o pagamento deverá ser feito no máximo até o dia 27 de Setembro (um dia após o encerramento das inscrições).

As provas serão realizadas no dia 18 de Novembro, no município de Cuiabá, estado do Mato Grosso, com duração de 5 horas no máximo e tanto os horários das provas como os locais ainda serão confirmados através da publicação no Diário Oficial, o qual será devidamente disponibilizado pela Fundação Vunesp em seu site e também no TJ/MT, através do endereço eletrônico: www.tjmt.jus.br.

Como será as provas

O concurso será dividido em duas etapas principais, a etapa inicial será feita através de uma prova objetiva, esta prova além de eliminatória também é classificatória, no total os candidatos terão que responder 100 questões dividas em três blocos diferentes:

  • Bloco I: envolvendo 30 questões sobre as áreas de direito civil, direito civil processual, direito dado ao consumidor, direito dado a criança e o próprio direito.
  • Bloco II: envolvendo 35 questões sobre as áreas de direito penal da área processual, direito da constituição (direito constitucional), direito nas eleições (eleitoral), além do próprio direito penal.
  • Bloco III: envolvendo 35 questões sobre as áreas de direito corporativo (empresarial), direito nos tributos (tributário), direito no meio-ambiente (ambiental) e direito na administração (administrativo).

Uma vez classificado, os candidatos passarão para uma segunda fase aonde será aplicada mais dois exames (duas provas) escritos, a primeira será do tipo discursiva e o segunda sobre o exercício da sentença, nestes dois exames, todos os candidatos devem ser avaliados em diversos itens como:

  • Conhecimento geral sobre o tema;
  • Aplicação na escrita de termos jurídicos ressaltando o idioma oficial da área principal em que o magistrado irá trabalhar;
  • Sua capacidade e entendimento na exposição das ideias;

Por fim, após o candidato superar todas estas etapas, seram analisados toda sua vida atual e pregressa social e individual, testes para sua sanidade tanto física como também mental, exames psicotécnicos, além de uma prova oral combinada com um criteriosa análise de títulos na área.

Sobre o Tribunal de Justiça de Mato Grosso

Criado inicialmente através de um decreto, na data de 6 de Agosto de 1873, o Tribunal era constituído por apenas cinco Desembargadores, desde então sua expansão e atuação foram crescentes.

Já com a Revolução de 1930, o número de Desembargadores subiu para nove, iniciando a divisão do Tribunal em duas áreas: Área Cível e Área Criminal.

Em 1974, com o Tribunal comemorando seus 100 anos de atuação, houve a incrementação e ampliação de serviços em sua nova e definitiva sede no Centro Político e também Administrativo da Capital, com esta nova sede os serviços e aparatos passaram a ser ampliados initerruptamente até os dias atuais, sempre em sintonia com as novas necessidades da sociedade do estado.

Autor: Carlos B.


Certame deverá contar com 575 vagas.

Muitas pessoas que se encontram em situação de desemprego no Brasil aguardam pela abertura de novos processos seletivos e concursos públicos, pois sabem o quanto está difícil conseguir uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Dessa forma, os concursos públicos passaram a ser vistos por muitas pessoas como novas alternativas na tentaviva de um novo trabalho. Esta situação se deve ao fato de que desde o ano de 2016 uma crise intensa tem atingido a economia do país, o que contribuiu de forma direta para o aumento do número de desempregados em todo o país.

Dessa forma, quem vive no estado de São Paulo e se encontra na expectativa de novas informações sobre um possível concurso público do Detran-SP anunciado há alguns meses, as notícias que chegam são bastante animadoras. É que segundo informações cedidas pela assessoria de imprensa do Departamento Estadual de Trânsito, a organização do concurso já foi iniciada.

A realização deste concurso público recebeu autorização de Márcio França que é atual governador do estado no dia 25 do mês de maio. De acordo com as palavras do governador, serão disponibilizadas para a concorrência mais de 500 vagas, sendo o total 575. Desse total, 375 oportunidades são para o posto de Oficial Estadual de Trânsito Nível I e as restantes 2000 são para o posto de Agente Estadual de Trânsito Nível I.

Assim que o concurso do DETRAN-SP recebeu autorização uma comissão foi formada , com membros titulares e suplentes. Esta comissão é a responsável pelos passos seguintes da organização do certame. Desse modo, o próximo passo, previsto para acontecer nos próximos dias, é a definição e contratação da empresa que ficará responsável por organizar e executar todo o processo do concurso.

Dentre os membros desta comissão estão Oscar Sanchez, Izadora Simões, Jorge Couto Santos, Luiz Krzyzanovski da Silva e Wellington Cruz.

Para os interessados em entrar para a concorrência de uma das vagas a serem disponibilizadas, as vagas para a função de oficial estadual de trânsito nível I estão disponíveis para candidatos que possuem formação completa no ensino médio, sendo que a instituição de ensino precisa possuir reconhecimento do MEC. De acordo com informações atuais, um profisional que trabalha neste cargo possui um salário inicial no valor de R$ 1.863.

Já os interessados em participar do concurso e que possuam formação de nível superior poderão concorrer as vagas no cargo de Agente Estadual de Trânsito. Além disso, é preciso possuir carteira de habilitação de categoria a partir da "B". Um profissional que trabalha neste cargo recebe um salário inicial cujo valor é de R$ 4.657,50.

O último concurso público que foi realizado no Detran do estado de São Paulo disponibilizou para a concorrência um total de 1.200 vagas para os cargos de agente e oficial de trânsito. Na época a empresa contratada para organizar todo o processo de seleção foi a Fundação Vunesp. Houve oferta de vagas para diversas localidades do estado, sendo elas a capital, regiões de Araçatuba, Barretos, Araraquara, Bauru, Campinas, Botucatu, Fernandópolis, Itapeva, Franca, Marília, Presidente Prudente, Mogi Guaçu, Registro, Santos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Taubaté, Sorocaba e região metropolitana.

Os inscritos no processo de seleção tiveram que realizar provas objetivas de múltipla escolha e passaram por avaliação de documentos.

Diante destas informações, se você aguarda que o edital de abertura seja publicado e o período de inscrições seja aberto, a recomendação é de que você esteja atento à novas informações, uma vez que a banca organizadora do certame deve ser contratada já nas próximas semanas. O último prazo para a publicação do edital de abertura é o mês de janeiro do ano que vem, contudo, isso pode vir acontecer antes deste prazo final.

Ana Paula


Inscrições para o certame podem ser realizadas até o dia 26 de setembro de 2018.

Para as pessoas que residem na região sul do Brasil, mais precisamente no estado de Santa Catarina e estão à procura de uma nova colocação no mercado de trabalho, saiba que nos últimos tempos, essa região vem oferecendo diferentes oportunidades para pessoas com os mais variados níveis de formação. E a última grande chance de emprego anunciada no estado é um concurso público que vai ser realizado pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde de Santa Catarina, o CIS/AMOSC. Com a prova marcada para o mês de outubro, saiba agora mesmo todos os detalhes deste certame e se prepare da melhor maneira possível.

Informações a respeito das novas colocações no quadro de funcionários do CIS/AMOSC

Hoje em dia, as pessoas sabem das vantagens de se participar e obviamente se passar em um concurso público. Isso se deve a estabilidade que esse tipo de emprego oferece a qualquer pessoa. E você está à procura de um certame para se inscrever, o concurso do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Santa Catarina é uma excelente oportunidade. Uma vez, que esse processo seletivo vai oferecer colocações para pessoas com diferentes níveis de formação.

De acordo com o documento oficial, o CIS/AMOSC vai contratar sete novos profissionais. Veja abaixo a lista das formações exigidas e outras informações importantes:

– Nível: ensino fundamental:

01 vaga para auxiliar de serviços gerais. Remuneração: R$ 1.076,98. Jornada de trabalho: 40 horas semanais.

– Nível: ensino médio:

01 vaga para auxiliar administrativo. Remuneração: R$ 2.034,31. Jornada de trabalho: 40 horas semanais.

– Nível: ensino superior:

01 vaga para técnico administrativo. Formação: qualquer curso superior. Remuneração: R$ 3.111,29. Jornada de trabalho: 40 horas semanais.

01 vaga para farmacêutico. Remuneração: R$ 3.062,10. Jornada de trabalho: 40 horas semanais.

01 vaga para médico. Remuneração: R$ 2.857,96. Jornada de trabalho: 10 horas semanais.

01 vaga para controlador interno. Formação: contabilidade. Remuneração: 2.347,61. Jornada de trabalho: 20 horas semanais.

01 vaga para contador. Remuneração: 2.347,61. Jornada de trabalho: 20 horas semanais.

Todas as oportunidades de emprego listadas acima são para ampla concorrência. Além da remuneração, os aprovados vão contar com vale-alimentação. Para os candidatos que vão ter uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, esse benefício tem o valor de R$ 545,00 mensais. Já o com jornada de trabalho inferior a 40 horas, vão ter esse benefício proporcional ao salário que vão receber.

A respeito da única avaliação que os inscritos vão participar para concorrer a uma das vagas no CIS/AMOSC

Para uma seleção mais rápida, os responsáveis pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde de Santa Catarina com a Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicas, a FEPESE, banca organizadora, definiram que os participar vão participar de um teste de múltipla escolha com 40 questões. As perguntas vão ser divididas entre as seguintes temáticas e os seguintes níveis de escolaridade:

Níveis: médio e superior:

05 perguntas sobre temas da atualidade.

05 perguntas sobre noções de informática.

05 perguntas sobre matemática.

05 perguntas sobre língua portuguesa.

20 perguntas sobre conhecimentos específicos.

Nível: fundamental:

05 perguntas sobre matemática.

05 perguntas sobre língua portuguesa.

10 perguntas sobre higiene e segurança no trabalho.

10 perguntas sobre conhecimentos específicos.

As provas estão marcadas para o dia 21 de outubro de 2018, às 14 horas e acontecem na cidade de Chapecó. Os candidatos vão ter 03 horas para solucionar todas as questões. A lista dos locais vai ser divulgada na data de 16 de outubro de 2018.

Inscrições para o certame do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Santa Catarina

O período de inscrições foi iniciado no último dia, 27 de agosto de 2018, e vai ficar aberto até a data de 26 de setembro de 2018. As inscrições só podem ser feitas através do seguinte link: http://cisamosc.fepese.org.br. Neste site também está disponível o edital, é importante consultar o documento de maneira completa para qualquer dúvida.

A taxa de inscrição vai variar de acordo com o nível de escolaridade. Para as pessoas com nível fundamental ela é de R$ 60,00. Para as de nível médio, a taxa é de R$ 80,00 e para os indivíduos com diploma de graduação, a taxa foi fixada em R$ 100,00. O pagamento do boleto, ou seja, da taxa de inscrição deve ser efetuado até a data de 16 de outubro, quando se encerra o processo de aceitação dos interessados.

Boa sorte!

Por Isabela Castro


Seleção oferece 279 vagas. Inscrições deverão ser efetuadas até o dia 10 de setembro de 2018.

Quem está de olho nas oportunidades em concursos públicos, precisa saber que a Aeronáutica está com as inscrições abertas para o seu certame, referente ao ingresso no seu curso de formação para sargentos. O mesmo será realizado presencialmente na Escola de Especialistas de Aeronáutica, a EEAR, na cidade de Guaratinguetá, em São Paulo.

A previsão de início das aulas é no segundo semestre de 2019. No total, serão preenchidas 279 oportunidades, para ambos os sexos e atuação em todo o âmbito nacional.

Sobre as vagas

Para o posto de não-aeronavegantes, são ofertadas 129 vagas que serão distribuídas entre as seguintes especialidades: guarda e segurança (30 vagas), metalurgia (6 vagas), eletromecânica (10 vagas), desenho (5 vagas), cartografia (6 vagas), bombeiro (18 vagas), informações aeronáuticas (8 vagas), suprimento (12 vagas), meteorologia (8 vagas), estrutura e pintura (8 vagas) e eletricidade e instrumentos (18 vagas).

Dentre esses, para o primeiro posto mencionado, de guarda e segurança, as oportunidades são destinadas somente para os candidatos de sexo masculino. Não serão aceitas, portanto, mulheres.

Para os cargos de aeronavegantes, as ofertas são 22, sendo dessas oito para a foto inteligência e 14 para a especialidade de comunicações. Ainda, a função para o controle de tráfego aéreo oportuniza um total de 128 lacunas.

Entre os pré-requisitos para participar, os interessados precisam ter um diploma de conclusão de curso em nível médio, bem como idade entre 17 e 25 anos, completados esses até o dia 31 de dezembro de 2019. Quem for concluir o curso será nomeado para o posto de terceiro-sargento, recebendo uma remuneração inicial no valor de R$ 3.825.

Como faço para me inscrever?

Quem quiser participar, precisa realizar as suas inscrições por meio de uma ficha cadastral, que está disponível nos sites do Comando da Aeronáutica e da Escola de Especialistas de Aeronáutica. Os sites são www.fab.mil.br/eear e http://ingresso.eeae.aer.mil.br, respectivamente.

O prazo final para as inscrições é o dia 10 de setembro, às 15h. Para efetivar a participação, é necessário realizar o pagamento de uma taxa no valor de R$ 60. A quitação dessa deve ser feita até o dia limite de 17 de setembro, observando sempre o horário do funcionamento de sua rede bancária.

Sobre o processo de seleção

A seleção terá diversas etapas, iniciando com a prova escrita, em que os candidatos terão que responder questões de múltipla escolha sobre as seguintes disciplinas: língua inglesa, língua portuguesa, física e matemática. Essa será de caráter classificatório e eliminatório.

A aplicação do exame será na data de 25 de novembro, nas seguintes cidades: Boa Vista/RR, Porto Velho/RO, Manaus/AM, Brasília/DF, Curitiba/PR, Santa Maria/RS, Canoas/RS, Campo Grande/MS, São José dos Campos/SP, São Paulo/SP, Belo Horizonte/MG, Rio de Janeiro/RJ, Natal/RN, Fortaleza/CE, Recife/PE e Belém/PA.

As demais fases do concurso público da Aeronáutica são: exame de aptidão psicológica, inspeção de saúde, teste de avaliação sobre o condicionamento físico, validação documental e procedimento de heteroidentificação. Todas essas são de caráter eliminatório.

Sobre o curso de formação dos Sargentos da Aeronáutica

A duração do curso é de aproximadamente dois anos, abrangendo as instruções de campos geral, técnico-especializado e militar. Ele será ministrado aos sargentos em formação sob um regime de internato militar, diretamente na Escola de Especialistas de Aeronáutica.

Em um período de 40 dias corridos, contando esses partindo da data de início do curso, o curso será ministrado de forma coletiva e exclusivamente aos que forem matriculados, como parte do estágio probatório de adaptação à vida no quartel. Esse estará, portanto, inserido dentro da instrução de campo militar.

No decorrer do curso, o aluno terá a sua remuneração fixada por lei, bem como alojamento, alimentação, direito a fardamento e assistência dentária e médico-hospitalar. Vale ressaltar que o curso tem reconhecimento do Ministério da Educação, o MEC, como um curso técnico e de nível médio.

Kellen Kunz


São ofertadas 90 vagas de emprego no novo Concurso da Marinha do Brasil 2018.

Estão abertas as inscrições para o concurso do Corpo Auxiliar de Praças (CAP) da Marinha do Brasil (MB). São 90 vagas, destinadas a mulheres e homens que tenham entre 18 e 25 anos de idade, até o dia 1º de janeiro de 2019. Assim, pessoas que já estão com 25 anos e vão completar 26 em 31 de dezembro, por exemplo, já não podem concorrer às oportunidades.

Além disso, os homens precisam estar em dia com as obrigações militares. Todos os candidatos, obrigatoriamente, devem ter concluído o ensino médio técnico, que atendam a uma das seguintes vagas:

Administração: 04 vagas

Administração Hospitalar: 04 vagas

Contabilidade: 08 vagas

Edificações: 04 vagas

Eletrônica: 04 vagas

Enfermagem: 04 vagas

Estatística: 03 vagas

Estruturas Navais: 03 vagas

Gráfica: 05 vagas

Marcenaria: 04 vagas

Mecânica: 06 vagas

Metalurgia: 06 vagas

Motores: 04 vagas

Processamento de Dados: 16 vagas

Química: 03 vagas

Radiologia Médica: 04 vagas

Secretariado: 04 vagas

Telecomunicações: 04 vagas

Como se inscrever no concurso da Marinha do Brasil

Interessados já podem entrar no site https://www.inscricao.marinha.mil.br/marinha/index_concursos.jsp?id_concurso=367 para preencher a ficha de inscrição. O prazo máximo é dia 10 de setembro de 2018, seguindo o horário de Brasília.

Há uma taxa de inscrição, no valor de R$ 70. Esta poderá ser quitada pelo candidato até o dia 18 de setembro de 2018.

Todos os candidatos deverão fazer uma prova de múltipla escolha contendo cinquenta questões. A prova vai ter duração de quatro horas. Nesse período os candidatos também precisarão redigir uma redação, com tema a ser divulgado no dia da prova.
Quer for aprovado na prova de múltipla escolha passará para as próximas etapas, que são:

– Verificação de Dados Biográficos (VDB);

– Inspeção de Saúde (IS), incluindo psicológica;

– Teste de Aptidão Física (TAF).

No Teste de Aptidão Física todos precisarão correr 2.400 metros. Para completar esse percurso, os homens vão ter 16 minutos e as mulheres 17 minutos. Depois, haverá teste de natação, no qual os candidatos deverão percorrer 25 metros. Os homens terão 50 segundos para isso e as mulheres receberão o tempo de um minuto. Será dado um espaço de alguns dias em um teste e outro.

Depois de todas as etapas concluídas, os aprovados serão chamados para realizar o Curso de Formação no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA). Todos irão para o Rio de Janeiro para essa preparação e vão receber uma bolsa de R$ 900,00.
Os que terminarem o curso serão nomeados Cabos da Marinha. O salário médio recebido por esse profissional é de R$3.388,83. Eles também recebem ajuda para aquisição de uniformes, alimentação, acesso a instalações sócio recreativas para uso próprio e de familiares, assistência médico-hospitalar, entre outros.

Depois de ingressar na marinha é possível seguir carreira e progredir para Terceiros-Sargentos, na sequência, Segundos-Sargentos até chegar a, Primeiros-Sargentos. Depois disso, é possível ser promovido a Suboficial.

CIDADES PARA REALIZAÇÃO DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

Rio de Janeiro / RJ. Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM) – Praça Barão de Ladário, S/N – Centro – Rio de Janeiro/RJ – CEP 20091-000 – Tel: (21) 2104-6006.

Vila Velha / ES. Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES) – Enseada do Inhoá, s/nº – Prainha – Vila Velha/ES – CEP 29100-900 – Tel.: (27) 3041-5417.

Salvador / BA. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN) – Avenida das Naus, s/nº – Comércio – Salvador/BA – CEP 40015-270 – Tel.: (71) 3507-3825/3727.

Natal / RN. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) – Rua Coronel Flamínio, nº 100 – Santos Reis – Natal/RN – Tel.: 3216-3083/3087.

Olinda/PE – Tel.: (81) 3412-7615.

Belém / PA. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) – Praça Carneiro da Rocha, s/nº – Cidade Velha – Belém/PA – CEP 66020-150 – Tel.: (91) 3216-4022.

Rio Grande / RS. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN) – Rua Almirante Cerqueira e Souza, nº 197 – Centro – Rio Grande/RS – CEP 96201-260 – Tel.: (53) 3233-6106.

Florianópolis / SC. Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) – Avenida Marinheiro Max Schramm, nº 3028 – Estreito – Florianópolis/SC – CEP 88095-900 – Tel.: (48) 3298-5075/3024-3411.

Ladário / MS. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN) – Rua 14 de Março, s/nº – Centro – Ladário/MS – CEP 79370- 000 – Tel.: (67) 3234-1232.

Brasília / DF. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 7º Distrito Naval (Com7ºDN) – Esplanada dos Ministérios – Bloco "N" – Térreo – Prédio Anexo ao do Comando da Marinha – Brasília/DF – CEP 70055-900 – Tel.: (61) 3429-1190.

São Paulo / SP. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 8º Distrito Naval (Com8ºDN) – Rua Estado de Israel, nº 776 – Vila Clementino – São Paulo/SP – CEP 04022-002 – Tel.: (11) 5080-4797/ 4859.

Manaus / AM. Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN) – Rua Bernardo Ramos, s/nº – Centro – Ilha de São Vicente – Manaus/AM – CEP 69005-310 – Tel.: (92) 2123-2278/2275.

Por Milena Godoy


Certame prevê a oferta de 7.236 vagas, incluindo-se aquelas que formarão o cadastro reserva.

Se você estava esperando a publicação do edital do concurso do Ministério Público da União (MPU) pode conferir aqui uma ótima informação. Na quarta-feira, dia 22 de agosto, o órgão federal divulgou o documento que regulamenta o seu próximo processo seletivo, o qual visa prover vagas de nível médio e superior. A remuneração inicial pode chegar a R$ 11 mil. Confira mais detalhes sobre o certame do MPU na matéria a seguir.

Sobre as inscrições do concurso do MPU

Para que você participe do processo seletivo, é necessário acessar o portal eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/MPU_18, preencher o formulário com seus dados pessoais, imprimir e pagar o boleto bancário.

O prazo de inscrições já está aberto desde o dia 23 de agosto (quinta-feira) e terminará em 10 de setembro (segunda-feira). O valor da taxa varia entre R$ 55 e R$ 60. Você pode efetuar o pagamento do boleto em casas lotéricas, agências dos correios, ou em qualquer banco até a data de 1º de outubro (segunda-feira).

A banca selecionada para organizar o certame do Ministério Público da União é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE).

Quem tiver o nome registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), for doador de medula óssea ou membro de família de baixa renda poderá solicitar isenção do pagamento da taxa.

Sobre as vagas anunciadas no edital do MPU

O MPU anuncia vagas para os seguintes cargos: analista do MPU – especialidade em Direito e técnico no MPU – especialidade em Administração.

Para ser analista é necessário ter diploma de graduação em Ciências Jurídicas. Já para ser técnico basta ter ensino médio completo.

Há chances exclusivas para quem é portador de necessidade especial (PNE) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo. No total, são oferecidas 7.236 vagas, incluindo-se aquelas que formarão o cadastro reserva.

Os estados em que há vagas disponíveis são: Mato Grosso do Sul, Bahia, Amazonas, Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Rio Grande do Sul, Goiás, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, Acre, Minas Gerais, além do Distrito Federal.

O salário inicial para o cargo de técnico do MPU é de R$ 6.862,72. Já quem for aprovado para o cargo de analista perceberá um vencimento de R$ 11.259,81.

A jornada de trabalho semanal no Ministério é de 40 horas.

Sobre os requisitos para posse

Para tomar posse no MPU é necessário ser aprovado no certame, ter escolaridade compatível com o cargo pretendido, possuir 18 anos no mínimo, estar quite com as obrigações militares, caso seja homem, ter nacionalidade brasileira, estar em dia com as exigências da justiça eleitoral, possuir aptidão mental e física, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, entre outros requisitos.

Sobre as atribuições

Quem for analista da área de Direito deve ser responsável por prestar apoio aos coordenadores e supervisores na tramitação de processos judiciais, analisar documentos, elaborar minutas, acompanhar processos, fazer análise de procedimentos, acompanhar atualização da legislação, entre outras atividades.

Por sua vez, o técnico em administração deve atuar em projetos, realizar estudos, prestar suporte administrativo, entre outras tarefas.

Sobre as etapas do concurso do MPU

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – prevista para ser aplicada no domingo, dia 21 de outubro; 2) prova discursiva – apenas para os concorrentes ao cargo de analista de Direito.

A prova de múltipla escolha terá 120 quesitos no conhecido padrão do CEBRASPE, "certo ou errado", sendo 50 sobre conhecimentos básicos e 70 sobre conhecimentos específicos.

Quem pretende ocupar o posto de trabalho de analista terá disponível 4h30 para responder à prova no período da manhã. Já quem almeja o cargo de técnico deve responder às questões em 3h30 no turno da tarde.

Para saber outros detalhes do certame, acesse o edital no site do CEBRASPE www.cespe.unb.br/concursos/MPU_18.

Por Melisse V.


EMATER CE oferta 263 vagas de emprego em seu Concurso Público 2018.

Quem almeja ser servidor púbico pode conferir aqui uma boa notícia. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do estado do Ceará (EMATER CE) divulgou o edital do seu próximo certame no diário oficial da quarta-feira, dia 22 de agosto. Há chances para quem tem diploma de graduação e também para aqueles profissionais com escolaridade de nível médio. O salário para quem iniciar na carreira pode chegar a mais de R$ 3 mil.

Saiba mais informações sobre o processo seletivo da EMATER do Ceará na matéria a seguir.

Sobre as inscrições no concurso da EMATER CE

Quem está interessado em concorrer a uma das vagas na EMATER CE deve realizar o seguinte procedimento para inscrição: 1) acessar o site da banca organizadora, o Centro de Treinamento e Desenvolvimento (CETREDE) – www.cetrede.com.br/Concurso.aspx?id=1030, 2) preencher o formulário eletrônico, 3) imprimir e pagar o boleto nas agências bancárias, casas lotéricas ou correios.

O prazo para que você efetue seu cadastro começa em 10 de setembro (segunda-feira) e se encerra dia 15 de outubro (segunda-feira). A taxa de inscrição custa R$ 150 para cargos de nível superior e R$ 85 para as funções de nível médio. A data final para pagamento do boleto é 16 de outubro (terça-feira).

Caso você tenha estudado em escola pública, pessoa com deficiência (PCD), pertença a família de baixa renda, que receba até 2 salários mínimos, seja doador regular de sangue ou servidor público do estado do Ceará pode solicitar isenção do pagamento da taxa. Mas lembre-se que o último dia para fazer essa solicitação é 14 de setembro (sexta-feira).

Sobre as vagas anunciadas no edital da EMATER CE

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do estado do Ceará oferece 263 oportunidades para contratação imediata nos seguintes cargos: Agente de Assistência Técnica e Extensão Rural e Agente Auxiliar de Assistência Técnica e Extensão Rural. Para ser agente de assistência você deve ter graduação completa nas seguintes especialidades: Medicina Veterinária, Engenharia de Pesca, Ciências Econômicas, Engenharia Civil, Ciências Jurídicas, Zootecnia, Ciências Contábeis, Engenharia Florestal, Tecnologia de Irrigação, Engenharia Agronômica e Tecnologia de Alimentos. A remuneração oferecida é de R$ 3.630,66.

Já para ser agente auxiliar de assistência você deve ter concluído o ensino médio. As áreas disponíveis são: Aquicultura, Agroindústria, Agropecuária/Agricultura, Agroecologia, Fruticultura e Agronegócio. O salário ofertado é de R$ 1.925,35.

Há oportunidades reservadas para quem é pessoa com deficiência (PCD).

Além das vagas já anunciadas, será formado um cadastro reserva de mais de 2 mil vagas para preencher possíveis cargos que possam surgir durante os dois anos de validade do concurso. Tal prazo pode ser prorrogado por mais dois anos, uma só vez, a contar de quando for homologado e a critério da EMATER CE.

Confira alguns dos municípios com vagas disponíveis: Fortaleza, Jaguaruana, Camocim, Pentecoste, São Benedito, Itapipoca, Cascavel, Aracati, Alto Santo, Lavras da Mangabeira, entre outros.

Quais são os requisitos?

Para concorrer é necessário ter escolaridade compatível com o cargo pretendido, ter mais de 18 anos de idade, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, possuir aptidão mental e física, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, ter registro ativo, para os cargos de nível superior, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, entre outros.

Sobre as etapas do processo seletivo

O concurso da EMATER CE será composto pelas seguintes fases:

1) prova de múltipla escolha com 60 questões sobre conhecimentos básicos e específicos e

2) prova de títulos.

A data prevista para aplicação da prova objetiva é 25 de novembro (domingo). O local e horário de realização dessa etapa serão disponibilizados na data provável de 16 de novembro (sexta-feira).

Saiba mais detalhes do edital do processo seletivo no portal eletrônico do CETREDE www.cetrede.com.br/Concurso.aspx?id=1030.

Por Melisse V.


FURG oferta vagas em seu novo Concurso Público de 2018.

Quem tem interesse em se tornar servidor público a fim de garantir estabilidade laboral e financeira pode conferir aqui uma ótima oportunidade. No estado do Rio Grande do Sul, a Universidade Federal (FURG) publicou em 21 de agosto (terça-feira) o edital do seu próximo certame que visa preencher os cargos que exigem formação de nível superior. A remuneração para quem iniciar na carreira é de R$ 4 mil. Confira mais informações sobre o processo seletivo a seguir.

Sobre as inscrições no certame da FURG

Para concorrer a uma das vagas na FURG você deve acessar o endereço eletrônico (progep.furg.br/bin/edital/index.php) e preencher o formulário. Lembre-se de emitir e pagar o boleto para efetuar sua inscrição, que custa R$ 110. O prazo de cadastro terá início em 27 de agosto (segunda-feira) e permanecerá aberto até o dia 5 de setembro (quarta-feira).

A banca organizadora que está como responsável pelo processo seletivo é a comissão da própria universidade.

Caso você seja registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou for doador de medula óssea poderá solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição até o dia 28 de agosto (terça-feira).

A divulgação das inscrições homologadas está prevista para o dia 17 de setembro (segunda-feira).

Sobre as vagas anunciadas no edital do concurso da FURG 2018

A FURG visa contratar novos servidores para o cargo de Servidor Técnico Administrativo em Educação. As especialidades disponíveis são: Nutricionista e Engenheiro Civil. O salário para quem ingressar nessa carreira é de R$ 4.180,66. Além disso, quem for aprovado e convocado terá direito à gratificação por qualificação e capacitação.

A jornada de trabalho semanal é de 40 horas. A cidade de lotação é em Rio Grande.

Quem concorrer como portador de necessidade especial (PNE) será avaliado em perícia médica e deve enviar laudo para a Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas (PROGEP) da universidade.

Se você deseja concorrer às vagas como cotista negro, deve marcar a opção de que se autodeclara preto ou pardo no ato da inscrição.

O edital anuncia apenas 2 vagas, mas será formado cadastro reserva a fim de ocupar possíveis vagas que venham surgir no tempo de validade do certame, que corresponde a dois anos, mas pode ser estendido pelo mesmo tempo, uma única vez, a contar da data em que houver a homologação. Isso dependerá do interesse da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Sobre os requisitos para posse

Para tomar posse na FURG, além de ser aprovado no concurso e ter escolaridade compatível com o cargo você deve preencher os seguintes requisitos: ter idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações militares, caso seja do sexo masculino, ter aptidão mental e física, estar quite com as exigências da justiça eleitoral, entre outros requisitos.

Sobre as atribuições dos cargos

O engenheiro civil deve elaborar projetos referentes a vias, rodovias, sistema de tratamento de água e esgoto, preparar planos de trabalho, orientar a construção e manutenção, entre outras tarefas.

Por sua vez, o nutricionista deve coordenar os serviços de alimentação e nutrição, aproveitamento de recursos dietéticos, controlar o estoque, conservação e distribuição de alimentos, entre outras atividades.

Sobre as fases do concurso público

O processo seletivo é composto das seguintes etapas: 1) prova objetiva – prevista para ser aplicada em 14 de outubro (domingo) e terá 25 quesitos sobre conhecimentos específicos e 2) avaliação de títulos – que terá peso 4.

Mais detalhes sobre data e local para entrega dos documentos comprobatórios da titulação serão divulgados pela banca.

O gabarito preliminar estará disponível após 72 horas da aplicação da prova de múltipla escolha.

Mais informações sobre o concurso da FURG

Para conferir outros detalhes do edital do processo seletivo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul você deve acessar o portal eletrônico da PROGEP (progep.furg.br/bin/edital/index.php).

Por Melisse V.


Certame da Apex Brasil oferta 34 vagas para os cargos de Assistente e Analista para atuação em Brasília, Distrito Federal.

O segundo semestre de 2018 está iniciando com oportunidades de empregos e concursos de alta categoria. Recentemente o órgão da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e de Investimentos, a Apex-Brasil, cuja sede central está estabelecida na capital Brasília, Distrito Federal, fez publicar dois editais paralelos nos quais são anunciados em torno de 34 postos disponíveis, destinados ao cargo de assistente e ao cargo de analista, junto da formação do cadastro reserva de pessoas.

Sobre distribuição dos cargos as informações são as seguintes:

Para o posto de assistente, o qual prevê carreira, são nove cadeiras disponíveis, o pré-requisito essencial está na posse do certificado de ensino médio e o valor da remuneração chega até a R$ 2.700,57. Serão 25 cadeiras destinadas ao posto de analista, cargo cujo pré-requisito essencial, para ser ocupado, está na posse do diploma de curso superior, sendo que a remuneração chega ao valor de R$ 7.313,22.

A distribuição das colocações oficiais para o posto de analista será realizada sobre as seguintes cinco áreas de atuação: no setor de prospecção de projetos, com 11 vagas e mais o cadastro reserva; no setor de aspectos organizacionais internos, com 6 vagas e mais o cadastro reserva; no setor de serviços técnicos em tecnologia da informação, com 2 vagas e mais o cadastro reserva; no setor de prospecção de mercados, com 6 vagas e mais o cadastro reserva; e no setor de serviços relacionados aos assuntos jurídicos, apenas para cadastro reserva de pessoas.

Sobre os benefícios oferecidos pela organização Apex-Brasil, concedidas por direito, estão: o auxílio creche e o auxílio babá; o auxílio educação; o auxílio idiomas; o devido seguro de vida; um plano de assistência odontológica; o seguro saúde; o vale-alimentação e refeição no local de trabalho; o vale-transporte; o auxílio enfermidade; o serviço de saúde ocupacional; um plano de previdência, entre outras garantidas institucionais.

Todos os concorrentes selecionados, nomeados e convocados se tornarão profissionais contratados e terão vínculo efetivo por prazo indeterminado na corporação, o qual é regido por meio da Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT.

Com relação ao itinerário que o Concurso Apex-Brasil irá seguir, desde a inscrição e a consecução de suas etapas, as informações são as seguintes:

O período de cadastro de inscrições iniciará às 8h do dia 26 de agosto e se estenderá até às 22h do dia 26 de setembro de 2018, as quais deverão ser realizadas por meio do site: http://www.iades.com.br. São duas taxas distintas e estipuladas nos seguintes valores: R$ 64,22 para o cargo de assistente e de R$ 82,57 para o cargo de analista.

O método de seleção abrangerá a seguinte sequência:

Inicia com as provas objetivas e provas discursivas, cujas datas estão agendadas para o dia 20 de outubro de 2018, em relação ao posto de analista, e para o dia 18 de novembro de 2018, em relação ao posto de assistente. Todos os exames serão ministrados na própria Capital Federal, como também no município de Manaus; município de Porto Alegre; de Recife e em São Paulo. Observação importante: as quatro últimas opções de cidades citadas estão disponíveis apenas para as provas destinadas ao cargo de analista.

Sobre o conteúdo programático cobrado neste certame, as matérias abrangem: a língua portuguesa; o raciocínio lógico e matemático; estudos em ética; em legislação; estudo e treino de redação oficial; em informática; em gestão de projetos; em técnicas de negociação; em técnicas de comunicação; e nos devidos conhecimentos específicos.

Deste modo, todo o processo de seleção será finalizado depois de realizadas as duas outras etapas, que serão aplicadas apenas sobre os concorrentes ao cargo de analista, as quais abrangerão a análise de títulos, levando em conta e a necessária entrega dos documentos entre os dias 21 e 23 do mês de novembro de 2018, finalizando com a avaliação oral sobre as competências, que será realizada entre os dias 13 a 16 do mês de dezembro de 2018.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame da Polícia Civil de Roraima oferta 330 vagas distribuídas entre cargos de Nível Médio e Superior de ensino.

Caso você tenha interesse em seguir a carreira pública na área de segurança pode conferir aqui uma ótima chance de trabalho. No estado de Roraima, o Governo estadual publicou o edital do próximo certame da Polícia Civil (PC RR), o qual visa preencher vagas de nível médio e superior. A remuneração inicial pode chegar a R$ 18 mil a depender do cargo pretendido. Veja mais detalhes do processo seletivo a seguir.

Sobre as inscrições no concurso da PC RR

Quem deseja concorrer a uma das vagas na Polícia Civil de Roraima deve acessar o portal da Fundação Vunesp – Fundação Para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista – (www.vunesp.com.br/PCRR1701) a fim de realizar o seu cadastro. Você ainda deve preencher o formulário eletrônico, imprimir e pagar o boleto de inscrição que custa entre R$ 120, R$ 160, R$ 240 e R$ 260.

O prazo de inscrição terá início no dia 31 de agosto (sexta-feira) e terminará em 16 de outubro (terça-feira).

Quem for doador regular de sangue pode solicitar isenção do pagamento até o dia 5 de setembro (quarta-feira).

Sobre as vagas anunciadas na PC RR

O edital do certame da Polícia Civil do estado de Roraima prevê a contratação de 330 profissionais com escolaridade de nível médio e superior, sendo 35 para o posto de delegado substituto, 15 para perito papiloscopista, 6 para médico legista, 14 para perito criminal, 23 para auxiliar de perito, 100 para agente de polícia, 15 para auxiliar de necropsia, 2 para odontolegista e 120 para escrivão de polícia.

A remuneração para quem ingressar nessas carreiras varia entre R$ 3.035,16 e R$ 18.387,42.

A jornada de trabalho semanal é de 40 horas.

Há chances exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE), os quais serão avaliados em perícia médica.

Para a função de perito criminal, há disponibilidade para as seguintes especialidades: ciências contábeis, engenharia mecânica, física, engenharia civil, computação científica ou sistemas da informação, engenharia eletrônica ou elétrica, farmácia, química ou engenharia química, geologia ou engenharia florestal.

Quem for aprovado pode ter como lotação as cidades do interior do estado ou a capital, Boa Vista.

Sobre os requisitos para tomar posse

Além de ser aprovado no certame e de possuir comprovante de escolaridade compatível com o cargo, você deve atender aos seguintes requisitos para tomar posse: ser brasileiro, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, ter no mínimo 18 anos de idade, não ter antecedentes criminais e estar quite com as exigências militares. Para ser delegado da Polícia Civil você deve ter formação de nível superior no curso de Ciências Jurídicas e ter carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B.

Sobre as etapas do concurso público da Polícia Civil de Roraima

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases do processo seletivo: 1) prova objetiva – aplicável nas datas de 15 e 16 de dezembro para todos os cargos; 2) prova discursiva – a que será para o cargo de delegado terá estudos de caso e uma peça processual. Os demais candidatos farão uma redação; 3) avaliação psicológica; 4) exame biomédico; 5) teste de aptidão física; 6) prova oral – apenas para o cargo de delegado substituto; 7) prova de títulos – apenas para as funções que exigem nível superior; 8) curso de formação profissional – de caráter eliminatório e tem a duração de 6 meses e 9) investigação social.

Mais detalhes sobre o certame da PC RR

Para conferir mais informações sobre o edital do processo seletivo, acesse o endereço eletrônico da Fundação Vunesp www.vunesp.com.br/PCRR1701.

O certame será válido por 2 anos e pode ser prorrogado por mesmo período, uma única vez, pelo mesmo prazo, a contar de quando for homologado e caso seja do interesse da administração pública estadual.

Aproveite essa oportunidade e conquiste sua vaga no serviço público.

Por Melisse V.


Concurso do MPU 2018 terá como banca organizadora o CEBRASPE e deve ter seu Edital publicado em breve.

Neste segundo semestre de 2018, entre os processos seletivos públicos mais esperados, está o que proverá cargos no Ministério Público da União. Assim, o novo Edital do Concurso MPU está previsto para o mês de outubro deste ano.

Este artigo tem a finalidade de alertar todas as pessoas interessadas em participar deste próximo certame público, que é um dos mais concorridos. Enfim, foi determinada a banca organizadora deste processo seletivo para cargos no Ministério Público da União, o Concurso MPU.

O procedimento se deu por meio do chamado extrato de dispensa em licitação, cuja consumação foi publicada no Diário Oficial, dia 16 do mês de agosto de 2018. Foi confirmada a contratação do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, o CEBRASPE, anteriormente intitulado Cespe, como responsável pela realização e pela organização do 10º Concurso Público destinado ao provimento de postos de trabalho à disposição no órgão e para a formação de cadastro de reserva destinado aos cargos de Analista do setor MPU, especialidade em Direito e ao cargo de Técnico do MPU, especialidade em Administração.

Firmada a contratação da banca organizadora, a data de lançamento do edital, muito provavelmente, estará agendada para o mês de outubro. A realização das provas objetivas está prevista para o mês de dezembro de 2018 ou o mês de janeiro de 2019.

Hoje, no MPU, os cargos em questão possuem remuneração inicial que varia entre os valores de R$ 7 mil e R$ 11 mil.

O requisito essencial para o cargo de Analista do MPU (Direito) é a posse de graduação em Direito. As suas atribuições principais são: atuar no assessoramento dos processos judiciais; nos processos jurídicos e nos processos administrativos; na realização das avaliações, das perícias; das vistorias e na gestão dos contratos.

O requisito essencial para o cargo de Técnico do MPU (Administração) é a posse de diploma de ensino médio. As atribuições do cargo são: atuar no auxílio sobre a prática dos atos de processos judiciais; no acompanhamento dos processos administrativos e na elaboração das atas.

Com relação aos benefícios que os servidores destes cargos têm direito, seguem as informações:

São gratificações e adicionais tais como, o auxílio-alimentação, no valor de 884 reais, incluído nas remunerações já mencionadas; o auxílio-transporte que varia em conformidade com a localidade do servidor, e a assistência pré-escolar no valor de 699 reais.

Outros benefícios a serem divulgados são: as gratificações que abrangem a Atividade no Ministério Público da União, ou GMPU, que permanecem somadas às demais remunerações mencionadas, além da gratificação sobre a Qualificação e Treinamento, a GQT.

Todas as pessoas interessadas em participar, e que estão recebendo a notícia hoje, já podem começar a se preparar. A melhor dica do momento para se iniciar o estudo preparatório ideal, será consultar o edital do concurso do MPU realizado no mês de março de 2013, cujo conteúdo, certamente, deverá sofrer poucas alterações com relação ao edital deste ano. O último processo seletivo realizado para o MPU registrou números incríveis no que diz respeito aos concorrentes nomeados e convocados.

Na ocasião, foram registrados em torno 300 mil candidatos, entre os quais, a maior parte se cadastrou para as vagas de técnico. A tradicional nomeação, realizada em os diversos órgãos públicos, ocorre, simultaneamente, no órgão do Ministério Público da União. A validade daquele certame ainda está em curso, sendo que mais de quatro mil candidatos já foram nomeados e convocados. Há destaque para a Capital Federal, sede oficial do órgão, para onde foram endereçados os mais de 900 candidatos aprovados no setor de técnico, sendo que o edital ofertava, oficialmente, apenas 41 vagas.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame do IBGE precisa ser realizado urgentemente para preencher 1,8 mil vagas solicitadas pela instituição.

Entre os melhores concursos públicos em andamento ou prestes a serem oficializados, neste segundo semestre de 2018, está o certame público do IBGE.

Assim, é urgente a oficialização do novo edital do processo seletivo público para o provimento de cargos no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, ou seja, o Edital do Concurso IBGE de 2018. De acordo com a presidência do órgão foi anunciado ao longo do II Congresso Democrático, cujo tema central era o IBGE, o qual foi realizado no primeiro semestre deste mesmo ano no Estado do Rio de Janeiro, que se não houver um concurso não haverá mais carreiras, e a história do IBGE poderá se encerrar de um modo muito degradante.

Durante este mesmo II Congresso, a presidência se pronunciou afirmando que existe uma urgência de tocar no assunto deste próximo concurso junto ao órgão do Ministério do Planejamento, do Orçamento e de Gestão. A grande preocupação está em comunicar ao órgão do Ministério do Planejamento essa periclitante situação de modo incisivo. Dado isso, se nada for feito nos próximos meses o impacto poderá trazer sérios danos ao departamento do IBGE.

Houve uma reunião na última sexta-feira, dia 10 de agosto. Existe uma grande necessidade de abertura do concurso do IBGE em 2018, pauta central desta mesma reunião. Este encontro, que consistiu no diálogo entre os participantes, contou com a presença de membros do Sindicato do próprio órgão do IBGE, do órgão do Ministério do Planejamento e da direção do próprio IBGE. O escopo precípuo foi a questão da aglutinação de cargos; a questão do fim da avaliação de desempenho individual no sentido de proporcionar a devida gratificação; foi abordado o tema da integralização de GD para todos os aposentados; a questão da transformação de diversos cargos de nível médio para cargos de nível superior; e, sobretudo o próximo concurso.

Com relação ao processo seletivo, os responsáveis pelo sindicato informaram que a própria Secretaria soltou uma declaração de que o concurso do IBGE segue como prioridade sobre as demais pautas, levando em conta a sua grande urgência, devido ao Censo Demográfico estipulado para 2020. Entretanto, ainda não foi autorizada a quantidade ideal de vagas, ou seja, em torno de 1.800 postos de trabalho solicitados pela mesma direção do órgão do IBGE. Esta previsão de novos postos disponíveis para os concursos no orçamento 2019 é até mínima, de acordo com os líderes do departamento.

Portanto, o órgão do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) realizou o protocolo, no dia 15 do mês de dezembro de 2017, da imprescindível solicitação de processo de seleção, ou seja, para a autorização de reposição de pessoal em seu quadro de funcionários. A mais recente movimentação nesse processo ocorreu no dia 18 de dezembro de 2017, em que o pedido foi recebido no cerne da Divisão de Concursos Públicos, ou CGCOM-SGP-DEPRO-SGP-SGP do Ministério do Planejamento, do Desenvolvimento e da Gestão. Deste modo, existe uma grande expectativa de que a oficialização do processo seletivo avance nas semanas vindouras.

A previsão mais acertada é a de que o edital de concurso público, para cargos no órgão do IBGE de 2018, contemple uma solicitação de até 1.800 cadeiras vagas, das quais 1.200 delas se destinam ao cargo de técnico e as demais 600 cadeiras se destinem ao cargo de analista, cujo pré-requisito será apenas de ensino médio completo e de graduação em curso superior, respectivamente.

Este será um dos concursos mais importantes do ano de 2018. Todas as pessoas interessadas em participar poderão manter-se atualizadas pela internet.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame recebe inscrições para preencher 390 vagas de emprego.

Se você sonha em trabalhar na administração pública, saiba aqui sobre uma ótima oportunidade. No estado do Rio Grande do Sul, o Conselho Regional de Enfermagem (COREN RS) divulgou o edital do seu próximo certame que visa prover vagas de nível superior, médio e técnico. Foram anunciadas 390 oportunidades e a remuneração chega a R$ 6,6 mil.

Sobre as inscrições no COREN do Rio Grande do Sul

Os interessados devem acessar o portal eletrônico do Instituto Quadrix (www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/corenrs.aspx), banca escolhida para organizar o concurso público. É necessário preencher o formulário de cadastro e efetuar o pagamento da taxa de inscrição.

O prazo de inscrição teve início em 9 de julho (segunda-feira) e se estenderá até a data de 15 de agosto (quarta-feira).

O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 60, R$ 70 e R$ 100. O boleto pode ser quitado até o dia 16 de agosto (quinta-feira).

Aqueles que estejam registrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único), sejam de família de baixa renda ou sejam doadores de medula óssea podem ficar isentos do pagamento da taxa de cadastro do certame.

Sobre as vagas oferecidas no COREN do RS

O edital prevê a contratação de 390 profissionais, sendo 60 para o cargo de assistente da área administrativa – que requer ensino médio completo, 50 para o posto de assistente técnico da área de fiscalização – que exige formação de nível Técnico em Enfermagem e mais 280 para analista. As especialidades para esse último cargo são: comunicação social de jornalismo e relações públicas, contabilidade e controladoria, área jurídica, tecnologia da informação, recursos humanos, administrativa e fiscalização.

Há chances exclusivas para quem é portador de necessidades especiais (PNE) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

Além das vagas anunciadas, será formado o cadastro reserva para que possíveis oportunidades que possam surgir durante o período de 2 anos. Essa validade pode ser estendida pelo mesmo tempo, a contar da data de homologação e a critério da instituição.

Quem for aprovado, será contratado pelo regime celetista, ou seja, pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A jornada semanal de trabalho é de 40 horas e a remuneração varia entre R$ 2.542,64; R$ 3.108,82; R$ 6.622,18.

As chances são oferecidas para a capital do estado, Porto Alegre.

Sobre os requisitos

Para os cargos de nível superior e técnico é exigido cadastro ativo no respectivo conselho de ordem. Confira os demais requisitos: possuir idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, não possuir antecedentes criminais, estar em dia com as obrigações eleitorais, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, possuir aptidão mental e física, estar quite com as exigências da justiça militar, entre outros.

Sobre as etapas do processo seletivo

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 50 questões e com data prevista para o dia 16 de setembro (domingo); 2) prova discursiva – de até 30 linhas e 3) avaliação de títulos – apenas para os cargos de nível superior.

As disciplinas cobradas na prova de múltipla escolha são: legislação, informática, português e conhecimentos específicos. Quem concorrer aos cargos de nível médio e técnico farão a avaliação no período da manhã, os demais farão à tarde. Os candidatos terão 3 horas para responder aos quesitos e também para marcarem o cartão de respostas. Os concorrentes à função de analista terão mais uma hora a fim de realizarem a prova discursiva.

Os documentos que comprovem os títulos devem ser enviados ao Instituto Quadrix por Sedex ou carta registrada com aviso de recebimento – AR. Anote o endereço: Caixa postal número 28203, CEP: 01.234-970, São Paulo – SP.

Para mais detalhes acesse o site www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/corenrs.aspx.

Por Melisse V.


A Prefeitura de Curitiba, no Paraná, autorizou a realização de um Concurso Público do ISS para o provimento de vagas no cargo de Auditor Fiscal.

Na região sul do Brasil, um novo concurso público está em processo de oficialização. Trata-se do processo seletivo para cargos no ISS de Curitiba, Estado do Paraná. A Prefeitura deu autorização para a realização do certame destinado ao provimento do cargo de Auditor Fiscal. Deste modo, o edital está previsto para este segundo semestre de 2018. Todas as pessoas interessadas poderão conferir todas as informações atualizadas sobre este Concurso Público do ISS Curitiba.

Foi emitida nota oficial, diretamente do gabinete da Prefeitura de Curitiba, na última terça-feira, dia 7 de agosto de 2018, a já citada autorização para a realização de um novo concurso público no município de Curitiba. De acordo com as informações divulgadas no próprio portal da Prefeitura da cidade, estarão em oferta postos de trabalho destinados, especificamente, ao cargo de Auditor Fiscal dos Tributos Municipais.

Conforme os dados publicados no site do órgão, é certa a previsão de que este edital venha a ser publicado ainda neste segundo semestre de 2018, como também foi citado. Uma declaração oficial do gabinete da Prefeitura afirma que o departamento está envelhecendo; foram detectados problemas e deficiências sobre os recursos humanos de modo expressivo, dada a ausência de planejamentos e de gestão da política sobre os mesmos recursos humanos.

É muito importante afirmar que se trata do primeiro processo de seleção promovido neste setor de gestão, já que o último certame público no mesmo departamento foi realizado no ano de 2016. Entre outros cargos, junto do de auditor, o edital prevê abertura de postos em mais 14 cargos no interior da Prefeitura, que são os seguintes:

– Cargo de Agente Administrativo; cargo de Analista de Desenvolvimento Organizacional; cargo de Arquiteto; cargo de Engenheiro Civil; cargo de Engenheiro Eletricista; cargo de Engenheiro Sanitarista; cargo de Engenheiro da Segurança de Trabalho; cargo de Fiscal; cargo Fiscal de Obras e de Posturas; cargo de Nutricionista; cargo de Professor de Educação Infantil; cargo de Profissional do Magistério, especialização em Docência II; cargo de Procurador e cargo de Técnico Agrícola.

De acordo com o gabinete da Prefeitura, a ideia central de realização deste certame público é a de compensar os próximos desligamentos decorrentes de aposentadoria. Deste total de postos, a mesma prefeitura de Curitiba estará disponibilizando em torno de 111 vagas destinadas a todos os cargos. Na última sessão com o prefeito, este declarou, também, que a Capital do Paraná pretende nomear e convocar em torno de 100 novos guardas neste mesmo ano.

Com relação à remuneração, de acordo com o chamado Portal da Transparência do órgão da Prefeitura de Curitiba, o vencimento inicial pago ao servidor do cargo de Auditor Fiscal está no valor de 8.619,01 reais. É importante observar que a última atualização sobre a remuneração no mesmo Portal foi efetivada no mês de fevereiro de 2017.

Sobre as atribuições do cargo, conforme os dados contidos no edital do concurso anterior é parte da responsabilidade do auditor fiscal as seguintes funções de: fiscalização sobre os registros contábeis das empresas atreladas; atuar na efetuação das devidas vistorias, sabendo apurar todas as características gerais e sobre a utilização dos imóveis no interior do município, no sentido de subsidiar todos os processos administrativos e os judiciais; atuar no procedimento de estudos de caráter socioeconômico destinados a promover as análises sobre as capacidades contributivas do setor; atuar na realização de pesquisas sobre o mercado imobiliário; entre outras atividades oficias.

A banca organizadora ainda será definida, bem como os demais dados essenciais, como datas de provas, locais, período de inscrições, valor da taxa de inscrição, etc.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame oferta 10 vagas para o cargo de Juiz Federal Substituto.

O segundo semestre de 2018 está chegando com boas notícias para os estudantes e profissionais. Trata-se de um novo edital de concurso público promovido pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, o qual abrange dois Estados: o Rio de Janeiro e o Espírito Santo, e foi divulgado na quinta-feira do dia 19 de julho. Constitui o edital de abertura deste certame público, do concurso TRF-2, cuja meta está no preenchimento de 10 postos de trabalho no cargo de Juiz Federal Substituto. Deste total de vagas, uma delas está previamente reservada para os concorrentes que são portadores de deficiência e mais duas estão previamente reservadas para os candidatos afrodescendentes.

A participação neste processo seletivo exige que o candidato comprove a posse de certificado em nível superior, de Bacharelado na área de Direito, e mais três anos de atividade jurídica regular e comprovada. A remuneração inicial desta carreira está fixada no valor de R$ 27.500,17. Este salário está sujeito a reajustes ao longo da carreira.

As inscrições para este concurso público devem ser realizadas por meio do seguinte endereço eletrônico: http://www10.trf2.jus.br/ai/transparencia-publica/concursos/magistrados, sendo que o período para o cadastro iniciou a partir das 13 horas do dia 25 do mês de julho e se estenderá até às 14 horas do dia 23 do mês de agosto de 2018. O custo da taxa de inscrição foi estipulado no valor de 240 reais. Este valor pode parecer um pouco alto, porém, o cargo a ser preenchido é de grande responsabilidade e com salário alto.

As provas objetivas serão realizadas em setembro e a avaliação de todos os candidatos abrangerá algumas fases, que são as seguintes:

Inicia com a Prova objetiva (seletiva) que será de caráter eliminatório e classificatório; em seguida, serão ministradas as provas escritas, que serão compostas de um exame discursivo (redação), uma prova sobre a prática de sentença civil e mais um teste prático em sentença criminal, consistindo toda essa fase em testes de caráter eliminatório e classificatório; depois vem a etapa da Inscrição definitiva; seguida de uma rigorosa sindicância sobre a vida pregressa do candidato e a devida investigação social sobre o mesmo; a fase do exame sobre a sanidade física e mental do concorrente; a fase do exame psicotécnico; a realização da prova oral, que será de caráter eliminatório e classificatório e a fase de avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório.

A realização da prova objetiva seletiva se dará em um período com duração de cinco horas no máximo, com data marcada para aplicação no dia 23 do mês de setembro de 2018, cujos locais e horários precisos ainda serão divulgados na página eletrônica já citada. Com relação ao gabarito oficial e preliminar da prova objetiva e seletiva, o mesmo será publicado em um espaço de tempo de até três dias, seguidos à realização da mesma prova, no próprio endereço eletrônico deste processo de seleção. Todas as demais convocações serão anunciadas de modo oportuno por meio da página do TRF-2.

Outra informação importante é de que este processo seletivo terá um período de duração de até dois anos, que serão contados a partir de sua data de publicação, ou seja, desde a sua homologação final, com chance de prorrogação, conforme o critério do próprio TRF da 2ª Região, por mais uma vez, estendido em um período equivalente.

Este é um dos concursos públicos mais aguardados deste ano de 2018.

Por Paulo Henrique dos Santos


Seleção deverá ofertar 11 vagas para técnicos.

A Polícia Civil é uma das instituições que mais realizam concursos públicos por todo o país. Isso se deve a importância do seu trabalho que reflete diretamente na quantidade de profissionais que se precisa para compor o quadro de funcionários de uma organização como essa. E se você tem o desejo de participar de um dos processos admissionais da PC, saiba que a instituição do estado do Pará já está preparando um novo certame para a contratação de novos servidores. Esse certame conta com uma mudança pontual em relação aos anteriores já realizados pela Polícia Civil do Pará. Para conhecer todos os detalhes leia o texto abaixo.

A respeito do número de vagas e outras informações importantes sobre esse processo de contratação

Como comentado anteriormente, esse novo certame vai contar com uma diferença quando comparado aos concursos anteriores. Essa mudança é em relação ao número de vagas disponíveis. De acordo com o que foi divulgado, vão ser 11 novas vagas abertas. Visto que, em outras edições eram oferecidas mais de 100 cargos. Essas novas oportunidades são para cargos mais pontuais. Pois, vão ser contratadas pessoas para atuarem nas seguintes funções: 01 vaga para técnico em gestão de informática em engenharia de sistemas, 01 oportunidade também para técnico em gestão pública no setor de contabilidade e 09 vagas para técnico em gestão pública na área de assistência social.

O edital definitivo ainda não foi divulgado. Mas, se tem algumas informações já confirmadas. Por exemplo, os interessados precisam ter diploma universitário de alguma instituição de ensino superior do Brasil. O salário deve ser a partir de R$ 2.700,00. Além disso, a banca organizadora já foi escolhida, a Assessoria em Organização de Concursos Públicos, a AOCP foi nomeada para isso. Todas as etapas do processo seletivo vão ser realizadas na capital do estado, a cidade de Belém. A expectativa é que em poucos dias a AOCP deve divulgar o edital referente a este concurso público. Assim todos os dados vão ser confirmados e os interessados podem se preparar de forma mais direcionada. Pois, dentre as informações que vão ter acesso está à bibliografia e outros pontos importantes.

Sobre as avaliações que são comuns na Polícia Civil para a escolha de novos servidores

Um ponto que não deve divergir muito em relação aos outros concursos públicos realizados pela Polícia Civil do Pará é em relação aos métodos avaliativos impostos sobre os inscritos. Isso deve acontecer pois essas instituições já contam com avaliações mais padrões para escolher seus funcionários e assim manter uma coerência. Obviamente, pode-se variar o número de questões ou um assunto o outro. Mas, as características de cada uma das provas deve ser manter.

Levando em consideração, a última seleção organizada pela PC do Pará, que ocorreu no ano de 2016. Os inscritos participaram de cinco avaliações distintas. Os participantes do novo processo seletivo também devem ser submetidos às mesmas provas. Confira como foi montado o processo seletivo realizado há dois anos:

01ª avaliação: prova de múltipla escolha com 80 perguntas sobre: noções de medicina legal, legislação especial, direito processual penal, direito penal, direito constitucional, direito administrativo, raciocínio lógico, noções de informática e língua portuguesa. Apenas as temáticas de raciocínio lógico e noções de informática tinham cinco questões, o restante dos assuntos contou cada um com o total de 10 perguntas. Cada questionamento podia variar entre 0,5 e 2,0 pontos. Primeira etapa de caráter eliminatório e classificatório.

02ª avaliação: prova de aptidão física.

03ª avaliação: exame médico.

04ª avaliação: exame psicológico.

05ª avaliação: investigação criminal e social.

Da segunda adiante todas as provas tiveram o caráter eliminatório. No edital, tinham-se todos os pontos especificados abordando o que se avaliava em cada uma das demais etapas.

A diferença entre o certame atual para o do ano de 2016 foi que no edital de dois anos atrás foram oferecidas 650 novos postos de trabalho. Sendo 20 vagas para papiloscopista, 150 para delegado, 180 para escrivão de polícia e também 2300 oportunidades para investigador.

Para acompanhar as novidades referentes ao concurso público da Polícia Civil do Pará você pode acessar um dos seguintes sites: http://www.policiacivil.pa.gov.br/ ou http://www.aocp.com.br/.

Boa sorte!

Isabela Castro.


Inscrições podem ser realizadas até o dia 16 de agosto. São ofertadas 70 vagas de emprego.

No mês de agosto vão se encerrar alguns períodos de inscrições para determinados concursos públicos em diferentes localidades do Brasil. E um dos certames que vão ter as participações encerradas neste mês é a seleção organizada pela Empresa Metropolitana de Águas e Energia do Estado de São Paulo, a EMAE / SP. Ao todo estão sendo oferecidas 70 novas oportunidades de emprego para 4 cargos diferentes e com excelentes condições de trabalho. Para quem já está se preparando para participar de um processo seletivo essa é uma grande chance. Veja agora as principais e informações e depois realize a sua inscrição.

Sobre as novas 70 vagas disponíveis na Empresa Metropolitana de Águas e Energia do Estado de São Paulo

Esse novo concurso já conta com todas as informações disponíveis para os interessados. Como apresentado no primeiro parágrafo foram abertas 70 vagas para as seguintes ocupações: 03 oportunidades para engenheiro elétrico, 03 para engenheiro civil, 04 vaga engenheiro mecânico, 10 para mecânico de manutenção, 10 para eletricista de manutenção e também 40 oportunidades para praticante de operador de usina.

De acordo com o edital deste processo seletivo, a jornada de trabalho desses profissionais vai variar. Para a função de engenheiro os contratados vão trabalhar de segunda-feira a sexta-feira no horário das 08h às 17h. Os contratados para exercer o cargo de mecânico e eletricista também vão trabalhar de segunda a sexta, entretanto das 07h até às 17h. Por fim, as pessoas que vão ocupar a função de praticante de operador de usina precisam ter a disponibilidade de trabalhar no sistema de revezamento de turnos, entre manhã, tarde e noite, totalizando assim 40 horas semanais.

Segundo também o documento oficial, as remunerações estão estabelecidas entre R$ 2.245,50 e R$ 6.189,40. Além disso, os aprovados vão contar com uma ajuda para creche ou para babá (benefício para mulheres que possuem filhos de até sete anos de idade). Além disso, vão ter direito a vale-transporte, plano de previdência privada, cesta básica e auxílio-refeição. Uma informação importante é a respeito da banca organizadora. Neste novo certame da EMAE/ SP, a Fundação Carlos Chagas, a FCC foi à escolhida como banca.

Os novos funcionários da EMAE / SP vão ocupar os seus cargos em uma das seguintes unidades da empresa: Pequena Central Hidroelétrica Porto Góes, Pequena Central Hidroelétrica Rasgão, Pequena Central Hidroelétrica Pirapora, Usina Hidroelétrica Henry Borden, Usina Elevatória Traição, Usina Elevatória Pedreira e Usina Termoelétrica Piratininga. E obviamente na própria matriz da Empresa Metropolitana de Águas e Energia do Estado de São Paulo.

Com relação às provas que vão ser aplicada pela EMAE / SP

A Empresa que atua no setor hidráulico e de energia vai aplicar provas distintas para os candidatos. Essas avaliações vão ser caracterizadas como um teste de múltipla escolha com cinco alternativas em cada uma das perguntas, apenas uma alternativa é a correta, e vai ser dividida inicialmente em conhecimentos gerais e específicos. Essa primeira parte será para todos os participantes. Para quem concorrer a uma vaga na ocupação de engenheiro (mecânico, civil, elétrico) vai também realizar uma prova com questões discursivas. Para conferir o conteúdo programático que será cobrado na prova para cada uma das funções é preciso acessar: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/emaes116/edital_de_abertura_emae_-_versao_final_publicado_doe____.pdf.

A primeira parte da prova que será aplicada para todos os candidatos vai ter um total de 60 questões, sendo 20 perguntas sobre conhecimentos gerais e 40 questionamentos específicos. As pessoas que vão realizar a prova discursiva, essa parte vai contar com apenas duas questões. Os participantes vão ter 4 horas e 30 minutos para resolver toda a prova. As avaliações acontecem no dia 30 de setembro de 2018. Alguns dias antes, mais precisamente em 17 de setembro vão ser publicados os locais onde vão ocorrer os testes. Este certame vai ter a validade de 24 meses e o contrato pode ser prorrogado por mais dois anos. Segundo o edital, o resultado final vai ser publicado na data de 01 de janeiro de 2018.

Inscrições para o concurso da EMAE / SP

Como dito anteriormente, as inscrições se encerram neste mês de agosto, mais precisamente, no dia 16 de agosto de 2018. E elas devem ser realizadas através do seguinte link: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/emaes116/index.html. É necessário clicar em “inscrição via internet e geração de boleto”. A taxa para que o candidato participe pode ser de R$ 75,00 ou R$ 110,00.

Boa sorte!

Por Isabela Castro


Seleção deverá ofertar 33 vagas para início imediato, mais a formação de cadastro de reserva.

Nos próximos dias será publicado o edital referente ao novo concurso público do Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo, o Core SP. O processo de seleção visa o preenchimento de 33 vagas para início imediato e formação de cadastro reserva para todas as funções.

Há pouco tempo, o órgão fechou o contrato de prestação de serviços com a Inaz do Pará, a empresa que será a banca organizadora do concurso. Com essa decisão tomada, o próximo passo será a elaboração de um cronograma que deve conter informações sobre as datas da publicação do edital, período de inscrições e aplicação das provas.

Sobre as vagas

As vagas destinadas aos candidatos que tiverem o ensino fundamental serão:

Cargo: Copeiro

Quantidade de vagas: 1 vaga disponível.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nessa função será de R$ 1.429,09.

Local de Trabalho: São Paulo.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Office-boy

Quantidade de vagas: 1 vaga disponível

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nesse cargo será de R$ 1.429,09.

Local de Trabalho: São Paulo

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

As vagas destinadas aos candidatos com ensino médio completo serão:

Cargo: Operador de teleatendimento

Quantidade de vagas: 2 vagas disponíveis.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nessa função será de R$ 2.571,36.

Local de Trabalho: São Paulo.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Telefonista

Quantidade de vagas: 2 vagas disponíveis.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nessa função será de R$ 2.571,36.

Local de Trabalho: São Paulo.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Motorista

Quantidade de vagas: 1 vaga disponível

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nessa função será de R$ 2.828,49).

Local de Trabalho: São Paulo.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Fiscal

Quantidade de vagas: 2 vagas disponíveis.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nessa função será de R$ 2.828,49.

Local de Trabalho: Araraquara – São Paulo.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Técnico de TI

Quantidade de vagas: 1 vaga disponível.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nessa função será de R$ 3.438,03.

Local de Trabalho: Bauru – São Paulo.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Ainda para candidatos que possuem o ensino médio completo, o concurso ofertará 19 vagas para o cargo de: Assistente administrativo. As 19 vagas serão distribuídas entre os seguintes municípios: São Paulo com 10 vagas disponíveis; Campinas com 1 vaga disponível; Bauru com 1 vaga disponível; Ribeirão Preto com 1 vaga disponível; Presidente Prudente com 2 vagas disponíveis; Araraquara com 2 vagas disponíveis; Sorocaba com 1 vaga disponível e Santos com 1 vaga disponível.

A remuneração inicial oferecida aos aprovados no cargo de Assistente Administrativo será de R$ 2.828,49 por mês.

As vagas destinadas aos candidatos com ensino superior completo serão:

Cargo: Assistente jurídico

Quantidade de vagas: 2 vagas disponíveis.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nesse cargo será de R$ 5.382,85.

Local de Trabalho: Capital paulista.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Contador

Quantidade de vagas: 1 vaga disponível.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados nesse cargo será de R$ 5.382,85.

Local de Trabalho: Capital paulista.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Cargo: Analista de TI

Quantidade de vagas: 1 vaga disponível.

Remuneração: O salário oferecido aos aprovados na função de Analista de TI será de R$ 5.382,85.

Local de Trabalho: Capital paulista.

Jornada de Trabelho: 40 horas semanais.

Taxa de Inscrição

Espera-se que os valores referentes às taxas de inscrições sejam de R$ 40,00 para candidatos que forem concorrer aos cargos de nível fundamental, R$ 57,33 para candidatos que forem concorrer aos cargos de nível médio e R$ 75,33 para candidatos que forem concorrer aos cargos de nível superior.

Etapas

Foi informado no edital de licitação que o processo de seleção contará com uma prova objetiva que terá questões de múltipla escolha e teste discursivo.

Essa prova de múltipla escolha será aplicada para todos os candidatos, já o teste discursivo será aplicado aos candidatos que estiverem concorrendo aos cargos de nível superior.

Provas

As provas destinadas aos candidatos de nível fundamental contarão com 10 questões sobre língua portuguesa, 10 questões sobre raciocínio lógico e 20 questões sobre conhecimentos gerais.

Provas destinadas aos candidatos de nível médio contarão com 1 questões sobre língua portuguesa, 5 questões sobre raciocínio lógico, 5 questões sobre informática e 20 questões sobre conhecimentos específicos.

Já o exame destinado aos candidatos que forem concorrer aos cargos que exigem graduação será composto por 10 questões sobre língua portuguesa, 10 questões sobre informática e 30 questões sobre conhecimentos específicos.

Rosângela Rodrigues


Seleção deverá ofertar 315 vagas de nível médio e superior.

A governadora de Roraima anunciou que o lançamento do edital para o novo concurso da polícia civil está previsto para o dia 17 de agosto de 2018.

O estado tem passado por uma situação bastante delicada desde a chegada de duas facções há quatro anos. A rivalidade entre elas tem divido cidadãos de cidades antes consideradas pacatas, pois muitas pessoas foram obrigadas a escolher entre ficar do lado do PCC ou do CV, facções já conhecidas no Rio e em São Paulo. Por conta disso, a taxa de homicídios cresceu significativamente. Em Boa Vista, por exemplo, nos três primeiros meses de 2018 foi registrado aumento de mais de 200% nessa modalidade de crime, se comparado ao mesmo período do ano passado . Segundo especialistas da área da segurança, a maioria das vítimas são jovens com menos de trinta anos, assassinados em decorrência da guerra entre essas duas facções. Por se tratar de um fato recente, Roraima não tinha uma política eficaz de combate à essas facções violentas.

O baixo efetivo de policiais é outro problema. Roraima, assim como diversas localidades do Brasil ,não possui contingente policial suficiente por número de habitantes. Com a chegada dessas facções, a polícia precisa de um maior desdobramento para conseguir resolver os crimes causados pela rivalidade entre elas e os crimes considerados mais "comuns".

Paralelo a isso, Roraima apresenta um outro índice alarmante. É o segundo estado com a maior taxa de assassinato a policiais, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro. Os dados são do 11° anuário Brasileiro de segurança.

Na ocasião do anúncio do certame, a governadora Suely Campos falou sobre outras conquistas recentes na área da segurança pública. Ressaltou que houve melhoria nas viaturas ,antecipação da promoção em três anos, instauração da aposentadoria especial, inauguração de distritos e compra de equipamentos. Por fim, Suely comemorou o aumento do quadro de policiais que será possível após a realização do novo concurso da Polícia Civil de Roraima.

Concurso da Polícia Civil de Roraima

Inscrições

As inscrições para o novo concurso da Polícia Civil de Roraima serão abertas no dia 31 de agosto e serão encerradas no dia 16 de outubro.

As avaliações também já têm datas marcadas. A aplicação das provas objetivas está prevista para os dias 15 e 16 de Dezembro.

Serão oferecidas 315 oportunidades de níveis médio e superior. As vagas são para 120 escrivães, 100 agentes de polícia, 23 auxiliares de polícia criminal, 15 auxiliares de necropsia, 14 peritos criminais, 35 delegados, 2 odontolegistas e seis médicos legistas. Para cargos de auxiliar de papiloscopista e auxiliar de necropsia, em que será exigido o nível médio, o salário inicial é de R$ 2.647,03. Já para os cargos de nível superior, o salário é de R$18.387 para delegado e R$3.970,56 para os demais.

A Fundação Vunesp é a instituição responsável por organizar o certame.

A banca organizadora

A Fundação Vunesp é uma instituição organizadora de concursos e vestibulares e atividades avaliativas. Ao longo de seus quase 40 anos, a Vunesp esteve à frente de cerca de dois mil concursos, atendendo a aproximadamente 18 milhões de inscritos. Responsável por organizar concursos para diversos órgãos , como o ministério público (MPSP), o Tribunal de Justiça(TJSP) e prefeituras de diversas cidades do Estado de São Paulo, a Vunesp é agora responsável pela banca organizadora do novo concurso da Polícia Civil de Roraima.

Acessar provas anteriores é sempre uma boa opção para quem quer se tornar um policial civil. Os candidatos que querem se dar bem na prova precisam estar bem preparados, pois um concurso de tal proporção é sempre muito concorrido. Para maiores informações, os candidatos podem acessar o site da Vunesp e ficar por dentro das novidades a respeito do novo concurso da Polícia Civil de Roraima.

Kátia Elaini Pereira da Silva


Seleção oferecerá 270 vagas para o cargo de Aluno Oficial.

Com a sua publicação em edital para o novo concurso público para a Polícia Militar no Estado de São Paulo, a PM/SP, para cargo efetivo de soldado, cresce uma grande expectativa para a liberação do seu edital, desta vez será para o preenchimento de aproximadamente 270 vagas para aluno oficial, para Academia de Polícia Militar em Barro Branco, autorizadas através do governador Márcio França, no dia 9 de junho. De acordo com algumas informações obtidas através do departamento de recrutamento seleção do próprio órgão, a liberação deverá ocorrer após a assinatura do novo contrato com a banca que organizará o concurso, que por sua vez será a própria Fundação Vunesp, confirmada pela publicação de diário oficial ainda no dia 14 do mesmo mês de junho. Com isto, sua tendência é que essa seleção possa ter um início já nas próximas semanas.

Essa carreira é destinada para todos os candidatos sendo de ambos os sexos, assim para poder concorrer é necessário que possua apenas o ensino médio, e tenha a idade entre 17 a 30 anos exceto no caso de ser servidor da mesma corporação e sua altura mínima deve ser de 1,60m para os homens e 1,55m sendo mulheres. A idade tem que ser considerada a partir do prazo da própria inscrição para o concurso.

Os aprovados irão ingressar no curso de oficiais que já conta com uma remuneração inicial de R$ 3.095,88, já incluindo o salário no valor de R$ 2.404,24 e mais o adicional de insalubridade que é de R$ 691,64, com uma jornada de até 40 horas semanais.

Além disso, enquanto tiver cursando o curso de aluno a oficial, todos os participantes ainda irão contar com mais os três reajustes, indo do seu valor inicial para R$ 3.328,54, no primeiro depois para R$ 3.648,38 no segundo e por fim R$ 3.938,12, no terceiro, já considerando o seu adicional em insalubridade.

Cabe a todo oficial a gestão e também o comando de pessoas em análise e administração dos processos, por um intermédio da utilização de seus conhecimentos na busca de algumas soluções para todos os variados problemas que sejam pertinentes às diversas atividades sejam jurídicas e administrativas ou de preservação de sua ordem pública e até de polícia ostensiva, em toda conformidade com nossa filosofia da polícia comunitária e dos direitos humanos, além das outras definidas através de lei, por um intermédio da conclusão com um aproveitamento no bacharelado em ciências policiais e segurança na ordem pública, destinado assim formar, com uma certa solidez teórica e também prática, cada profissional que será ocupante desse posto inicial sendo um oficial.

A última seleção que foi realizada para esse cargo ocorreu no ano 2017, quando na ocasião foram oferecidas cerca de 221 vagas. E sua banca realizadora também foi a Fundação Vunesp essa seleção contou com as provas objetivas, uma prova dissertativa, os exames de aptidão física, os exames de saúde, os exames psicológicos e uma avaliação de sua conduta social, de reputação e também de idoneidade, além de uma profunda análise dos seus documentos.

Essa prova objetiva contou com uma duração de quatro horas, possuindo um total de 80 questões, sendo cerca de 26 sobre as ciências humanas e as tecnologias, oito sendo de história, cinco sendo de filosofia, cinco sendo de sociologia e sendo oito de geografia, outras 34 de todo tipo de linguagens, códigos e tecnologias sendo 28 de língua portuguesa interpretação de texto e sendo mais seis de língua inglesa ou de espanhola, mais dez de matemática, e outras cinco de noções em administração pública e por último cinco de noções básicas em informática.

Sua prova dissertativa na ocasião foi composta por uma redação, o seja, corra agora mesmo para pesquisar sobre as provas anteriores se almeja de fato conseguir ingressar nessa brilhante carreira.

Com certeza aqueles que levarem a preparação a sério conseguirão uma dessas tão disputadas vagas.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Seleção irá preencher 135 vagas.

A Agência em Defesa Agropecuária Florestal no Amazonas vai divulgar sua abertura de um novo edital para seu concurso público para preencher 135 vagas muito em breve. Foi publicado em Diário Oficial do seu Estado, esse edital para o chamamento público com objetivo para a contratação de uma instituição que realizará o certame. Esse documento é assinado pelo presidente de sua Comissão Especial para Concurso Público, o Michaell da Silva Santos.

De acordo com esse edital, as bancas interessadas devem entregar as suas propostas até dia 07 de agosto ainda de 2018. O secretário da Secretaria em Produção Rural no Estado o SEPROR, senhor José Aparecido dos Santos, iniciou as conversas com seu governador de Estado, o senhor Amazonino Mendes, para os editais serem publicados muito em breve.

Ainda haverá, edital para concurso público do Instituto de Desenvolvimento em Florestal Sustentável, o IDAM. “Ambos os órgãos IDAM e ADAF são muito fundamentais para poder melhorar o atendimento a todos os produtores rurais na sua assistência técnica e também na saúde pública de animal e vegetal, partindo das ações para orientação e fiscalização do campo. Eles precisam mais pessoas e esses concursos públicos serão importantes para poder atender essa demanda”, declarou o secretário.

Esse Edital de chamamento para o público em caráter de escolha da sua organizadora foi assinado ainda no dia 23 do mês de julho.

De acordo com seu presidente da ADAF, o senhor Sérgio Muniz, esse concurso tem em seu principal objetivo poder atender às exigências de todo o Ministério da Agricultura, Pecuária Abastecimento o MAPA, que depois de poder certificar o Amazonas como uma área livre de aftosa e com vacinação realizada no ano passado, agora ele se prepara para poder ser certificado como uma área totalmente livre de aftosa devido a sua vacinação internacionalmente no âmbito da sua Organização Mundial e Sanidade Animal, o OIE, o que poderá ocorrer no mês de maio do ano seguinte.

Se for concretizado essa proposta, como foi previsto pelas suas autoridades federais e também estaduais, o Amazonas poderia entrar em um outro nível de sanitário animal, podendo até exportar a sua carne de todo seu rebanho para outros vários países, que possam ter essa reciprocidade sanitária como status. “Nós estamos muito bem avançados com nosso trabalho de campo em toda esta área, mas precisamos colocar mais profissionais para poder atender toda demanda no Estado, por isso a realização desse concurso é muito decisiva. Com ele, poderemos conseguir uma certificação internacional”, declarou Muniz. O edital desse concurso irá ser enviado para Assembleia Legislativa no mês de fevereiro do ano seguinte.

A expectativa é da ADAF oferecer oportunidades para os cargos de técnicos em agropecuária sendo 93 vagas, médicos veterinários sendo 30 vagas e mais engenheiros agrônomos sendo 12 vagas restantes.

Através da sua Lei 3.801, em 29 de agosto do ano de 2012 que foi criada a sua Agência de Defesa de Agropecuária em Florestal no Estado do Amazonas a ADAF, autarquia que sob regime em especial, com a autonomia administrativa e também financeira, que é vinculada à Secretaria do Estado em Produção Rural a SEPROR, integrante de uma administração indireta do seu Poder Executivo Estadual, que tem como finalidade elaborar, coordenar e poder executar sua política em defesa agropecuária do Estado no Amazonas, garantindo toda a preservação e também a sanidade do seu patrimônio animal e também vegetal no Estado, bem como promovendo toda a idoneidade dos insumos e nos serviços utilizados para a agropecuária, a sua identidade e também sua segurança higiênica sanitária e a tecnológica de seus produtos agropecuários que são destinados a todos os consumidores.

Ainda sabemos pouco sobre esse novo concurso, porém sabemos que serão abertas cerca de 153 vagas, sua banca ainda não foi definida. Ele cobrará ensino superior completo em alguns cargos e sua remuneração não foi divulgada.

Fique atento para não perder nenhuma informação sobre esse concurso.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Certame deverá oferecer cerca de 40 vagas para analista de controle interno.

Novo concurso público de alta categoria está próximo de ser oficializado. Trata-se do inaugural processo seletivo promovido pelo órgão da Controladoria-Geral do Estado, ou seja, o primeiro concurso realizado para cargos na Controladoria-Geral do Estado de Alagoas, o CGE-AL. Este órgão recebeu autorização para o preenchimento de um total de 40 postos de trabalho criados, recentemente, no seio do quadro do pessoal.

De acordo com o que foi anteriormente anunciado, todas as oportunidades disponibilizadas se destinam ao cargo de analista de controle interno, o qual exige nível superior de formação acadêmica. Portanto, as vagas estão reservadas aos concorrentes que possuam formação na faculdade de ciências contábeis, com 10 ofertas de vagas; na faculdade de direito, com 10 vagas; na faculdade de engenharia civil, com quatro vagas; na faculdade de ciências da computação, com três vagas e para as demais graduações associadas são 13 vagas.

Com relação às remunerações referentes aos cargos deste primeiro concurso para a CGE-AL, ainda não foram reveladas informações adicionais, embora já esteja confirmada a notícia de que as jornadas de trabalho dos futuros servidores deste departamento serão de 40 horas por semana.

Deste modo, a etapa seguinte no processo de oficialização do certame será a realização da determinação e do contrato da banca encarregada de sua organização; a qual deverá ocorrer em breve. Com isso, existe a expectativa de que o inédito edital esteja pronto para publicação ainda neste segundo semestre do ano de 2018.

Um pouco antes de ser anunciada a solicitação deste concurso, o próprio órgão da controladora-geral do Estado de Alagoas, por meio de seus dirigentes, soltou uma nota que expressa o seguinte: depois de 51 anos de sua fundação, o órgão, que em 2003 teve a sua nomenclatura de Auditoria-Geral alterada para Controladoria-Geral do Estado, decidiu abrir campo para carreiras dentro de seu quadro permanente, que não é mais comissionado, constituindo um programa com escopo de proporcionar um controle interno mais intenso, independente e permanente.

Sobre as atribuições do cargo de analista da CGE-AL estão relacionadas as seguintes:

Atuar na promoção sobre o controle social a partir de uma transparência na gestão pública; atuar na coordenação e na execução, dentro do âmbito do Poder Executivo Estadual, nas atividades de fiscalização conjugadas aos resultados das ações governamentais e na gestão sobre os administradores públicos e estaduais; atuar na devida aplicação dos recursos públicos estaduais, na aplicação dos recursos públicos dos órgãos e das entidades referentes ao direito público ou ao privado ou mesmo por pessoas físicas, evitando todo prejuízo sobre os demais controles pertinentes.

A historia da Controladoria-Geral do Estado de Alagoas é a seguinte: trata-se de órgão da administração pública direta, no que tange ao assessoramento direto do governador daquele Estado. Foi criado por meio da lei delegada de n° 15, no dia 18 de março do ano de 2003, a qual conta, atualmente, com uma estrutura muito disciplinada pela própria lei delegada de nº 47, do dia 11 de agosto do ano de 2015, o qual define toda a estrutura deste tipo de órgão do Poder Executivo.

Portanto, é da competência da Controladoria-Geral do Estado de Alagoas realizar a coordenação, a execução, a avaliação, o apoio e a orientação sobre todas as atividades referentes ao tipo de controle interno no Poder Executivo no Estado de Alagoas, em conformidade com o artigo de nº 100, pertencente à Constituição Estadual, o qual institui o chamado Sistema Integrado para Controle Interno do Poder Executivo no Estado de Alagoas.

Este será um dos concursos mais importantes deste ano, tornando-se um verdadeiro marco histórico naquela região e no Brasil.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições podem ser feitas até o dia 16 de agosto. As 45 vagas abertas são para atuação no Rio Grande do Norte.

Na última sexta-feira, dia 27 de julho, a Receita Federal do Brasil (RFB) fez uma nova publicação em seu Diário Oficial da União referente ao seu novo concurso público. Nesta publicação, a RFB divulgou o edital de abertura do processo seletivo para o cargo de Perito, no estado do Rio Grande do Norte. Essas inscrições estão abertas até a data de 16 de agosto.

Há um total de 45 vagas para candidatos de nível escolar superior, cuja função tem como responsabilidade oferecer serviços de perícia técnica de produtos e de mercadorias. Esse concurso busca a seleção, o recrutamento e o credenciamento de pessoal.

Os participantes selecionados não terão vínculo empregatício com a Receita Federal, isto é, serão profissionais autônomos. A remuneração será realizada de acordo com a quantidade de serviços prestados e conforme os prescritos nos artigos entre 34 e 40 das Tabelas do Anexo Único da Instrução Normativa, feita pela Receita Federal do Brasil n° 1.800, no dia 21 de março do ano de 2018.

Haja vista uma das etapas do novo concurso público da Receita Federal é o credenciamento. Este, por sua vez, tem um prazo de validade de, no máximo, dois anos, contados a partir do resultado do exame. Porém, o prazo pode ser prorrogado mais uma vez, por dois anos, ficando a critério do Delegado da Receita Federal do Brasil, do estado do Rio Grande do Norte.

Acompanhe o post e saiba um pouco mais sobre o Concurso da Receita Federal do ano de 2018 para o estado do Rio Grande do Norte.

Concurso da Receita Federal 2018: vagas

As 45 oportunidades de emprego abertas se dividem de tal maneira:

  • 8 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Arqueação de Embarcação;
  • 3 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Aeronáutica;
  • 2 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Civil;
  • 4 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia da Computação;
  • 3 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia de Petróleo;
  • 3 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia dos Materiais;
  • 4 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Elétrica;
  • 4 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Eletrônica;
  • 3 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Geográfica;
  • 4 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Mecânica;
  • 3 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Metalúrgica; e
  • 4 vagas para profissionais formados no Ensino Superior de Engenharia Química.

Concurso da Receita Federal 2018: provas e inscrição

O período de inscrições se inicia no dia 30 de julho e se encerra no dia 16 de agosto de 2018. Elas devem ser realizadas na Inspetoria da Receita Federal do Brasil, da cidade de Natal (RN), no horário das 09h às 11h30.

Serão admitidas inscrições apenas de candidatos que residem nos estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A seleção para credenciamento dos profissionais por área de atuação será classificada segundo os critérios a seguir:

  • Tempo de experiência na área (como empregado ou autônomo);
  • Tempo de atuação como perito credenciado;
  • Curso de especialização na área específica (de carga horária maior que 60 horas/aula); e
  • Curso de pós-graduação na área específica (podendo ser lato ou stricto sensu).

O resultado do concurso será divulgado no dia 31 de agosto, por meio de fixação da lista do quadro de avisos, na Inspetoria da Receita Federal do Brasil em Natal, situada no Porto de Natal.

Por Felicia Lopes


Seleção oferece 45 vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade.

Novo concurso público está em sua véspera de oficialização. Na próxima quarta-feira, dia 25 de julho, por meio da prefeitura do município de Ponta Grossa, no Estado do Paraná, será aberto o período de inscrições para o novo certame público do órgão. O número oficial de vagas em oferta é de 45 postos imediatos, junto da formação do cadastro reserva de pessoas para diversos cargos. Deste total de cadeiras de imediato preenchimento, dez delas se destinam às carreiras cuja exigência é de ensino fundamental; 14 destes cargos se destinam a funções que exigem ensino médio e as demais 21 vagas para funções com exigência de nível superior.

As remunerações iniciais variam entre 1.014,50 e 12.554,17 reais, com jornadas de 4 a 8 horas por dia.

Com relação aos concorrentes com Ensino Fundamental, os cargos disponíveis são para os seguintes setores: de cozinheiro, com quatro vagas e mais o cadastro reserva, cujo salário inicial de 1.444.77, com carga de 8 horas diárias; setor de motorista plantonista, com duas vagas e o cadastro reserva de pessoas, salário de 1.014,50 mil reais, com 8 horas diárias; no setor de operador de escavadeira hidráulica, com duas vagas e cadastro reserva, salário de 1.632,52 reais e 8 horas diárias; cargo de trabalhador braçal, com uma vaga e mais o cadastro reserva, salário de 1.014,50 reais, 8 horas diárias e zelador, com uma vaga e mais o cadastro reserva, salário de 1.014,50 reais e 8 horas diárias.

Com relação aos concorrentes com Ensino Médio, ou técnico, as vagas destinam-se ao setor de assistente de administração, com uma vaga e mais o cadastro reserva, salário de 1.323,86 reais e 6 horas diárias; no setor de auxiliar em saúde bucal, com três vagas e mais o cadastro reserva, salário de 1.323,86, e 8 horas diárias; cargo de inspetor sanitário, com cinco vagas e cadastro reserva, salário de 2.185,59 reais e 8 horas diárias; cargo de técnico em segurança do trabalho, com quatro vagas e mais o cadastro reserva, salário de 2.185,59 reais e 8 horas diárias e no setor de telefonista plantonista, com uma vaga e mais o cadastro reserva, salário de 1.014,50 e 6 horas diárias.

Com relação aos concorrentes com Nível Superior, os cargos disponíveis são para o setor de analista de sistemas, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 3.756,38, 6 horas diárias; cargo de dentista, com duas vagas, cadastro reserva e salário de 2.866, 4 horas diárias; cargo de enfermeiro plantonista, com três vagas, cadastro reserva e salário de 4.080,18 reais, 8 horas diárias; cargo de enfermeiro PSF, com três vagas, cadastro reserva e salário de 4.080,18 reais, 8 horas diárias; cargo de farmacêutico bioquímico III, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 4.080,18 reais, 8 horas diárias; cargo de farmacêutico PSF, com duas vagas, cadastro reserva e salário de 4.080,18 reais, 8 horas diárias; cargo de fisioterapeuta, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 2.866, 4 horas diárias; cargo de fonoaudiólogo, com uma vaga; cadastro reserva e salário de 3.756,38 reais, 6 horas diárias; cargo de médico plantonista, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 11.343,17, 24 horas semanais; cargo de médico PSF II, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 12.554,17 reais, 8 horas diárias; cargo de médico socorrista, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 6.902,73 reais, 12 horas semanais; cargo de médico veterinário, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 6.835,65, 6 horas diárias; cargo de musicoterapeuta; com uma vaga cadastro reserva e salário de 3.756,38, 6 horas diárias; cargo de psicólogo, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 6.835,65 reais, 6 horas diárias e cargo de terapeuta ocupacional, com uma vaga, cadastro reserva e salário de 6.835,65, 6 horas.

O cadastro de inscrição deverá ser efetivado no site da banca organizadora, a Fau Concursos: www.concursosfau.com.br. Os valores das taxas são: 40 reais para cargos com exigência de ensino fundamental; 70 reais para o ensino médio e 100 reais para cargos de nível superior. As provas serão ministradas no dia 23 de setembro de 2018.

Paulo Henrique dos Santos


Novo pedido solicita 220 vagas em seu quadro de pessoal.

Nova perspectiva de processo seletivo de grande vulto está prestes a concretizar-se. O Ministério do Planejamento, de Desenvolvimento e de Gestão, o MPDG, prossegue analisando a nova solicitação de certame do Bacen, ou Banco Central do Brasil, muito conhecido por BC ou BCB, encaminhada a partir do dia 30 de maio deste ano. Na totalidade, o órgão pediu um número de 220 vagas destinadas ao seu quadro de pessoal.

Destes postos de trabalho contemplados pelo Bacen, 200 se destinam à carreira de analista e as demais 20 ao cargo de procurador. Assim, a expectativa é de que este certame seja realizado em breve, como novo concurso do Banco Central, dado que há grande desfalque de pessoal no órgão. Este será um dos mais importantes concursos públicos realizados no segundo semestre de 2018.

Com relação aos cargos do concurso do Bacen, o setor de técnico, o qual foi retirado da lista de vagas a preencher, se destinaria aos profissionais que possuem diploma de ensino médio conferido por qualquer instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, o MEC, sendo que o mesmo paga vencimento inicial no valor de 6.463,44 reais.

Sobre os postos de analista e de procurador, são aceitos candidatos que comprovem graduação superior nas mais diversas áreas de atuação profissional. Neste caso, as remunerações correspondem aos valores 16.286,90 reais e de 17.788,33 reais, respectivamente. Observação importante: em todas as remunerações já está incluso o valor do benefício-alimentação, o qual equivale a 458 reais por mês.

De acordo com o histórico registrado no último concurso para o cargo de técnico e de analista no Bacen, realizado no ano de 2013, o Banco Central promoveu uma seleção com 500 vagas destinadas a estes mesmos cargos. Naquela ocasião, a banca responsável pela organização foi o instituto Cespe/UnB e a remuneração inicial estava oscilando entre os valores de 5.158,23 e de 14.289,24 mil reais.

Para a carreira de técnico foram ofertadas 100 postos de trabalho disponíveis, que estavam divididos entre duas áreas, ou seja, a de suporte técnico-administrativo e a de segurança institucional. Todas as pessoas que concorreram, naquele ano, a esta vaga estável, necessitaram comprovar a posse de certificado ensino médio de escolaridade.

No caso dos profissionais com nível superior de formação acadêmica, o cargo de analista, com 400 vagas disponíveis, estava distribuído em, pelo menos, seis áreas de conhecimentos distintas: a de análise e desenvolvimento de sistemas; a de suporte à infraestrutura em tecnologia da informação; no setor de política econômica e política monetária; no setor de contabilidade e finanças; no setor de infraestrutura e logística, e no setor de gestão e de análise processual.

Aquele processo seletivo, especificamente, consistiu em uma prova objetiva; em um teste discursivo e na análise final de títulos, sendo que este último exame foi destinado, apenas, aos concorrentes do cargo de analista. Em seguida, houve um intenso programa de capacitação destinado a todos os candidatos aprovados.

Naquele mesmo concurso público, todos os profissionais foram encaminhados para ocupação de vagas em Brasília, Distrito Federal; em Belém, Estado do Pará; em São Paulo, Estado de São Paulo; em Salvador, Estado da Bahia e em Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul. É provável que o número de regiões do país a ser abrangido neste próximo processo seletivo seja maior. Ainda com relação ao anterior certame, o mesmo foi realizado sob a organização do Cespe/UnB, sendo que o concurso avaliou os concorrentes por meio de um teste objetivo, de uma inscrição definitiva, por meio de provas discursivas, de exame oral e por meio da análise de títulos.

Vale a pena manter-se atualizado.

Paulo Henrique dos Santos


Certame deverá contar com vagas para cargos de nível médio, técnico e superior.

Se você estava à espera do concurso da Assembleia Legislativa do estado de Goiás (ALE GO), saiba que na sexta-feira, dia 20 de julho, o presidente da Casa Legislativa, o deputado estadual José Vitti, filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), anunciou a autorização de mais 21 vagas para o certame. Inicialmente, havia a previsão de 59 vagas, agora já são 80 oportunidades para profissionais com nível de escolaridade técnico, médio e superior. O edital deve ser lançado ainda no segundo semestre de 2018. Comece já os seus estudos a fim de garantir sua vaga no serviço público. Veja mais informações do concurso público a seguir.

Quais são os cargos disponíveis na ALE de Goiás?

A Assembleia pretende contratar profissionais com ensino médio completo e técnico para preencher os cargos vagos de assistente legislativo. As áreas disponíveis são: policial legislativo, segurança do trabalho, enfermagem do trabalho, intérprete e tradutor da linguagem brasileira de sinais (libras).

Haverá também oferta de vagas para analista legislativo e procurador de segunda classe. Para concorrer a essas funções, o candidato deve possuir diploma emitido por instituição de ensino superior que seja credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC). Para o cargo de procurador é necessário que a graduação seja no ramo do Direito. As demais áreas disponíveis para analista são: Assistência Social, Segurança da Informação, Arquitetura, Revisão Ortográfica, Ciências Contábeis, Psicologia Organizacional, Arquivologia, Odontologia, Fisioterapia, Enfermagem do Trabalho, Medicina, Comunicação Social e Engenharias, quais sejam as especialidades: do Trabalho, Elétrica e Civil.

Para a área médica, haverá chances para os seguintes segmentos: do Trabalho, Cardiologia, Clínica, ortopedia, Ginecologia e Psiquiatria.

A jornada semanal de trabalho corresponde a 30 horas. Haverá chances exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE). Quando o edital for publicado, mais detalhes serão conhecidos.

Sobre o aumento de vagas

O parlamentar Vitti justificou o aumento do número de vagas para contemplar a procuradoria, que não havia previsão de novos servidores, até o momento, e também para prover mais vagas para a composição da junta médica e da área policial legislativa. Dessa maneira, a Casa Legislativa pretende profissionalizar os servidores públicos, diminuindo a quantidade de cargos em comissão.

De acordo com o deputado, a contratação dos novos servidores não comprometerá os limites de despesa total com pessoal em relação à receita corrente líquida, previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Qual a previsão de lançar o edital do certame da ALE de Goiás?

A nova previsão para que o edital seja publicado no diário oficial é para o segundo semestre de 2018. Em 2016, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Assembleia e a Promotoria de Goiás, que determinava o prazo de lançar um concurso em 2017.

Por causa disso, muitos candidatos já iniciaram a sua preparação na espera pelo edital. Com o aditivo do TAC, foi estabelecido um novo prazo: março de 2018, mas que não foi cumprido. A partir disso, a nova previsão é para ainda em 2018.

Apesar de ser ano eleitoral para os estados, será possível a realização do certame. Todavia, a nomeação ficará para a partir do próximo ano.

Último concurso da ALE GO

A última seleção da Assembleia de Goiás foi em 2015. Naquela oportunidade, o Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (UFG) foi contratado como responsável por organizar o certame que contratou profissionais com escolaridade de nível médio e superior. Os salários ofertados eram entre R$ 3,3 mil e R$ 4,6 mil.

As etapas do concurso foram: 1) prova de múltipla, 2) prova de redação, 3) prova de títulos – tanto para nível médio, quanto para superior, 4) prova prática – exclusivamente para cargo de taquígrafo.

Melisse V.


Prazo para se inscrever se encerra no dia 22 de agosto de 2018.

Para quem mora no estado de São Paulo, aqui vai uma boa notícia. Foi publicado nesta última terça-feira, dia 17, pelo Diário Oficial do Estado, o edital que anuncia oficialmente a abertura do período de inscrições para o concurso ao cargo de analista jurídico do Ministério Público Paulista (MP/SP).

Esta é uma ótima oportunidade para quem busca seguir uma carreira que proporciona uma remuneração razoável e com a tão sonhada estabilidade no emprego.

Segundo as informações divulgadas pelo Edital, serão disponibilizadas inicialmente um total de 60 vagas, onde poderão concorrer candidatos de todo o estado e cidades vizinhas, assim como os que moram em outros centros urbanos do país, desde que possuam disponibilidade para residir no domicílio paulista em caso de aprovação.

Os candidatos que já vinham de preparando já há algum tempo, agora chegou o momento de começar a rever todas as disciplinas referentes ao concurso, bem como intensificar mais ainda o seu ritmo de estudo, visto que o nível das provas deve ser bem elevado.

De acordo com as informações divulgadas pelo próprio órgão, este deverá ser um dos muitos concursos que deverão ser feitos de agora diante. Este processo visa satisfazer as necessidades da instituição, que deverá passar por uma renovação em seu quadro funcional pelo fato de que uma grande parte de seus funcionários estão optando pelo processo de aposentadoria.

Além disto, o MP passa atualmente por um processo de renovação em sua infraestrutura e modernização tecnológica, o que requer funcionários mais qualificados e melhor preparados para lidar com os novos recursos oferecidos pela informática.

Se você que está lendo este artigo já vem se preparando para este concurso há algum tempo, então é bom ficar atento para as vagas. A quantidade anunciada neste artigo deverá ser distribuída da seguinte maneira:

Do total divulgado pelo edital, apenas cinco deverão ser destinadas para a capital paulista. O restante deverá ser distribuído em número de cinco para as seguintes cidades: Bauru, Campinas, Franca, Araçatuba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté, Vale do Ribeira e Presidente Prudente, sendo esta última em caráter de reserva.

Apesar da excelente oportunidade de ingressar numa carreira bastante promissora, para que os candidatos possam concorrer a uma das vagas é preciso satisfazer uma das principais exigências: Só poderão participar do concurso o candidato que possuir diploma de curso superior em Direito.

Portanto, se você é bacharel na área jurídica ou concluiu o seu curso recentemente, então é uma ótima escolha para garantir um futuro mais tranquilo e com uma carreira garantida.

Além da certeza de que os aprovados escolheram uma carreira bastante promissora, o salário inicial para quem vai ingressar no cargo de analista jurídico de um órgão com bastante importância para um dos maiores estados brasileiros é bastante considerável.

Para o concurso atual, a remuneração inicial deverá ser de R$ 7.700,00, para uma jornada que exige dedicação integral, ou seja, 40 horas semanais. Além deste valor, os aprovados deverão contar com outros benefícios como auxílio para alimentação de R$ 920,00 e uma ajuda de custo para o transporte de R$ 306,00, totalizando um valor de R$ 8.900,00 mensais.

Segundo o edital, a empresa responsável pela aplicação das provas deverá ser a Fundação Vunesp e o período de inscrição vai do dia 24 de julho até o dia 22 de agosto. Portanto, não é bom esquecer, caso você esteja interessado.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o seguinte endereço eletrônico: http://www.vunesp.com.br/

No site, os interessados poderão saber mais detalhes a respeito do processo seletivo, tais como valor da taxa de inscrição, documentação necessária e quais serão as disciplinas que deverão se cobradas nas provas do concurso. Então, não perca mais tempo e comece a se prepara desde já.

Emmanoel Gomes


Certame oferta 290 vagas para os cargos de Soldado e Oficial.

Novo concurso público está sendo novamente anunciado. Trata-se do certame promovido pelo departamento da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo. O edital da PM-ES saiu no Diário Oficial daquele Estado. Este certame tem por meta o preenchimento de 290 vagas para cargos no setor de Oficial Combatente, com 30 vagas; de Soldado Combatente, com 250 vagas e Soldado Músico, com 10 vagas.

Período para cadastro de inscrições segue, conforme o edital PM-ES, o seguinte itinerário: iniciou no dia 25 de junho, estendendo-se até o dia 26 de julho, diretamente no site do Instituto AOCP: www.institutoaocp.org.br. A taxa de inscrição está estipulada em dois valores distintos: para o cargo de Oficial Combatente é R$ 120; para os cargos de Soldado Combatente e Soldado Músico é de R$ 60.

As remunerações iniciais para os cargos em questão estão entre dois valores, ou seja, de R$ 1.220,30, pagos ao longo do curso de formação necessário, junto aos benefícios de assistência médica e odontológica a que todos têm direito; e assim que a posse no cargo de Soldado for efetivada o saldo sobe para o seguinte valor: R$ 2.778,43.

Este processo de seleção segue, conforme as informações contidas no edital da PM-ES, para Soldado, o seguinte itinerário:

Inicia com o Exame Intelectual, ou Prova objetiva e Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; a etapa seguinte será a de entrega da devida documentação para avaliação sobre a idade e a pontuação na CNH (Carteira Nacional de Habilitação), também de caráter eliminatório e classificatório. O exame de aptidão física, apenas eliminatório e exame psicossomático, apenas eliminatório.

Em seguida, será realizada a Prova Prática de Música de caráter eliminatório e Classificatório, restrito aos candidatos ao cargo de Soldado Músico; a investigação social; os exames de saúde; a entrega de documentação para classificação final e a matrícula no Curso de Formação de Soldado Músico QPMP-M e sua consequente realização.

Com relação às etapas do edital PM-ES para Oficial, as etapas serão as seguintes:

Inicia com o exame Intelectual, ou Prova objetiva e Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; seguindo com a entrega da documentação necessária para avaliação da idade e pontuação na CNH (Carteira Nacional de Habilitação), de caráter eliminatório e classificatório. Realização do exame de aptidão física e do exame psicossomático; realização da investigação social e dos exames de saúde. Entrega da devida documentação para finalizar a classificação. Classificação final e matrícula no Curso de Formação. Início do Curso de Bacharelado em Ciências Policiais e Segurança Pública.

A estrutura da Prova Objetiva será equivalente para todos os cargos, consistindo em um caderno composto de 80 questões, versando sobre as áreas de diversos tipos de conhecimento. Cada uma das questões da Prova Objetiva apresentará cinco alternativas distintas, das quais, apenas uma única questão constituirá a alternativa correta, sendo pontuadas conforme os critérios dos profissionais que a elaboraram. Será atribuído ZERO em toda questão com mais de uma opção assinalada como correta, ou nas questões sem uma opção assinalada, ou mesmo nas questões que apresentarem rasuras, também naquelas preenchidas a lápis. O concorrente deve respeitar o que é pedido no procedimento de preenchimento de respostas.

Sumarizando as informações essenciais: Concurso para cargos na Polícia Militar do Estado do Espírito Santo. A banca organizadora será o Instituto AOCP; os cargos ofertados são de Soldado Combatente e de Soldado Músico; a escolaridade exigida é de nível médio; o período de inscrição finaliza no dia 26 de julho de 2018. O número total de vagas é 290; a remuneração chega até R$ 6 mil; as taxas de inscrição estão em R$ 60 e R$ 120 e a prova objetiva está marcada para o dia 26 de agosto de 2018.

Por Paulo Henrique dos Santos


Comissão Organizadora do processo seletivo já foi definida.

A Defensoria Pública do Distrito Federal informou que já foi definida a comissão responsável pelo seu novo concurso público. Esse concurso tem como objetivo a contratação de servidores para atuarem no cargo de Defensor. Veja abaixo mais informações:

Sobre a Comissão

Os nomes dos integrantes que vão compor a comissão foram divulgados no dia 17 de julho de 2018, terça-feira, através do diário oficial.

A comissão definida pelo órgão será presidida pela servidora Rita de Castro Hermes Meira Lima e contará, também, com os servidores Evenin Eustáqui de Ávila e Rodrigo de Bragança Doin.

Após a divulgação dos nomes, os próximos passos serão a elaboração do edital e definição da banca que será responsável pela aplicação das provas. Somente após o edital ser elaborado e a banca ser definida, será confirmada a data de publicação do edital de abertura.

Sobre as Vagas e os requisitos

Serão ofertadas cinco vagas para o cargo de defensor. Os interessados em concorrer à uma das vagas que serão disponibilizadas deverão ter Ensino Superior completo em direito, registro na OAB e 2 anos de vivência forense.

Como vivência forense será considerado a atuação em órgãos públicos federal, estadual ou municipal; estágio em alguma instituição de ensino superior em direito, tarefas judiciais ou jurídicas que tenham permitido contato direto e permanente com lides forenses e o exercício da advocacia, com pelo menos 5 feitos diferentes no ano.

Remuneração

Os aprovados no processo seletivo irão receber inicialmente o valor de R$ 22.589,59.

Sobre o Concurso Anterior

Em 2011, foi realizado o último concurso que contratou servidores para essa função. Nesse ano foram ofertadas 3 vagas para início imediato e a banca organizadora foi o Cespe/UnB.

Provas

A prova objetiva do último concurso realizado pelo órgão contou com 200 questões. O processo seletivo contou, ainda, com provas discursivas, com uma avaliação oral e com a análise de títulos.

Os temas abordados na prova objetiva foram: direito administrativo, direito constitucional, direito processual penal, direito penal, direito civil, direito processual civil, direito empresarial, direito do consumidor, direito da criança e do adolescente, direitos difusos e coletivos, direitos humanos, direito tributário, direito previdenciário e organização e princípios institucionais da Defensoria Pública e da Defensoria Pública do DF.

Na etapa dissertativa o candidato teve que realizar uma peça processual e responder a 4 questões discursivas.

Na peça processual foi abordado: direito administrativo, direito constitucional, direito processual penal, direito penal e direitos humanos. Já na segunda parte, os temas abordados foram sobre direito civil, direito processual civil, direito da criança e do adolescentes, direito empresarial, direitos difusos e coletivos e direito do consumidor.

A avaliação oral foi dividida em 3 etapas. A primeira parte os temas cobrados foram sobre direito administrativo, direitos difusos e coletivos e direito constitucional, na 2º parte foram cobrados temas sobre direito civil, direito do consumidor e direito processual civil; e na terceira parte os temas foram sobre direitos humanos, direito processual penal e direito penal.

Os interessados em participar do concurso devem ficar atentos a futuras informações, pois faltam apenas a elaboração do edital e a escolha da banca organizadora para que a data de publicação do edital seja definida e informada.

Assim que o Edital for publicado, as inscrições deverão ser feitas por meio do site da banca organizadora, porém, é importante que antes de efetuar a inscrição e pagamento da taxa, o candidato leia o Edital por completo e atentamente.

Será no Edital que os futuros candidatos vão encontrar informações sobre requisitos que serão exigidos, datas de provas e de divulgação de resultados, prazo para inscrições, conteúdo das provas, taxa de inscrição, pedido de isenção da taxa, todas as etapas que terão, afim de selecionar os servidores, funções que serão atribuídas ao Defensor, entre outras informações relevantes.

Rosângela Rodrigues


Inscrições podem ser feitas até o dia 13 de agosto de 2018.

Muitos jovens que aguardam por novas informações sobre o concurso do Exército já podem começar a se preparar pois o concurso acaba de ser confirmado. O novo processo seletivo irá disponibilizar mais de 120 vagas. Contunue lendo este artigo e fique por dentro de todas as informações sobre este novo certame.

O Exército Brasileiro irá realizar um novo concurso público. As inscrições já se encontram abertas e as vagas a serem disponibilizadas no certame são para o cargo de Oficial do Serviço de Saúde.

O edital de abertura do concurso já foi publicado e de acordo com as informações do documento serão disponibilizadas para a carreira de Oficial do Serviço de Saúde do Exército 122 vagas, sendo necessário para este cargo a formação de nível superior.

Desse total de oportunidades oferecidas no concurso, 115 são para profissionais com formação em medicina, vagas estas que serão distribuídas entre diversas especialidades. Veja abaixo as especialidades e o número de vagas disponíveis:

– Anestesiologia: 6 vagas disponíveis;

– Cardiologia: 5 vagas disponíveis;

– Cirurgia de cabeça e pescoço: 2 vagas disponíveis;

– Cirurgia vascular: 2 vagas disponíveis;

– Cirurgia geral: 4 vagas disponíveis;

– Cirurgia torácica: 2 vagas disponíveis;

– Cirurgia vascular: 4 vagas disponíveis;

– Clínica médica: 3 vagas disponíveis;

– Endocrinologia e metabologia: 3 vagas disponíveis;

– Gastroenterologia: 4 vagas disponíveis;

– Geriatria: 2 vagas disponíveis;

– Ginecologia/obstetrícia: 5 vagas disponíveis;

– Hematologia e hemoterapia: 2 vagas disponíveis;

– Mastologia: 3 vagas disponíveis;

– Medicina intensiva: 6 vagas disponíveis;

– Medicina legal: 2 vagas disponíveis;

– Neurocirurgia: 2 vagas disponíveis;

– Neurologia: 2 vagas disponíveis;

– Oncologia: 6 vagas disponíveis;

– Oftalmologia: 6 vagas disponíveis;

– Ortopedia e traumatologia: 6 vagas disponíveis;

– Otorrinolaringologia: 2 vagas disponíveis;

– Pediatria: 5 vagas disponíveis;

– Proctologia: 2 vagas disponíveis;

– Psiquiatria: 4 vagas disponíveis;

– Radiologia: 4 vagas disponíveis;

– Sem especialidade : 15 vagas disponíveis;

– Urologia: 4 vagas disponíveis;

– UTI neonatal: 2 vagas disponíveis.

Também serão oferecidas 3 oportunidades para profissionais com formação em Farmácia, 4 vagas para profissionais com formação em Odontologia em especialidades de:

– Endodontia: 1 vaga disponível;

– Dentística restauradora: 1 vaga disponível;

– Imaginologia dento-maxilo-facial: 1 vaga disponível;

– Prótese dentária: 1 vaga disponível.

Desse modo, quem desejar entrar para a concorrência deve possuir formação completa de nível superior e ter no máximo 36 anos. Além disso, os candidatos homens precisam possuir 1,60 m de altura mínima, enquanto que as mulheres precisam possuir no mínimo 1,55 m.

Os aprovados no concurso irão realizar um curso de aproveitamento e após a sua conclusão serão nomeados como Oficiais do Exército Brasileiro como primeiro-tenente do serviço da área de saúde. Para este cargo a remuneração prevista é no valor inicial de R$8.245.

Quem estiver interessado em entrar para aconcorrência pode realizar a sua inscrição até a data limite de dia 13 do mês de agosto.

Para se inscrever basta acessar o endereço www.essex.eb.mil.br. Os candidatos terão que pagar o valor de R$ 130 como taxa de participação no concurso.

Todos os inscritos no concurso devem realizar um exame intelectual, que possui caráter eliminatório e também classificatório.

Haverá aplicação de provas nos municípios do Rio de Janeiro/RJ, Campinas/SP, São Paulo/SP, Porto Alegre/RS, Belo Horizonte/ MG, Santa Maria/RS, Juiz de Fora/MG, Curitiba/PR, Salvador/BA, Florianópolis/SC, Recife/PE, Campo Grande /MS, Belém/PA, Fortaleza/CE, Manaus/ AM e Brasília/DF.

A prova está prevista para ser realizada no dia 23 do mês de setembro.

Além da prova objetiva, os candidatos ainda terão que passar pelas demais fases, sendo elas: avaliação de saúde, testes de aptidão física e testes psicológicos.

Os aprovados em todas estas etapas irão realizar o curso na EsSEx que é a Escola de Saúde do Exército, localizada no Rio de Janeiro.

Sirlene Montes


FAB oferta 279 vagas de emprego voltadas ao exame de admissão no Curso de Formação de Sargentos programado para o 2º semestre do ano de 2019.

Novo concurso público de grande importância está oficialmente aberto. Trata-se do certame promovido pela Força Aérea Brasileira, a FAB, a qual divulgou o seu edital que oficializa este processo seletivo público destinado ao provimento de 279 postos de trabalho, voltados ao exame de admissão no Curso de Formação de Sargentos programado para o segundo semestre do ano de 2019, o EA CFS 2/2019.

Todas as vagas disponíveis estão dentro das especialidades no setor de Aeronavegantes; de Não-Aeronavegantes e no Controle do Tráfego Aéreo. Todas as pessoas interessadas em participar deste processo de seleção deverão comprovar graduação no ensino médio e estar em idade entre 17 e 25 anos.

Com relação aos candidatos do sexo masculino os postos se destinam a cargos na seguinte área de atuação: Guarda e Segurança, com 30 vagas. No que tange às vagas para ambos os sexos, são cargos nas seguintes especialidades: Comunicações, 14 vagas; setor de Foto Inteligência, com oito vagas; setor de Eletricidade e Instrumentos, com 18 vagas; setor de Estrutura e Pintura, com oito vagas; setor de Meteorologia, com oito vagas; setor de Suprimento, com 12 vagas; setor de Informações Aeronáuticas, com oito vagas; setor de Bombeiro, com 18 vagas; setor de Cartografia, com seis vagas; setor de Desenho, com cinco vagas; setor de Eletromecânica, com 10 vagas; setor de Metalurgia, com seis vagas e no Controle de Tráfego Aéreo, com 128 vagas.

Ao longo do curso de formação, o candidato atuará como aluno sob o regime escolar da EEAR; recebendo uma remuneração estabelecida por lei ao Aluno de Escola de Formação de Sargentos, suplementada pela alimentação, pelo alojamento, pelo fardamento, pelas assistências médico-hospitalar e dentária, exclusivamente para cada indivíduo. Concluído o curso, o candidato classificado será nomeado Terceiro Sargento, passando a receber remuneração no valor de 3.825 reais, de acordo com a tabela de remuneração de militares.

O período de inscrições se dará entre as 10 horas do dia 12 de agosto às 15 horas do dia 10 de setembro de 2018, por meio da internet, no seguinte site: http://ingresso.eear.aer.mil.br. A taxa de inscrição está estipulada no valor de 60 reais. As provas serão ministradas como testes escritos contendo questões sobre língua portuguesa; sobre língua inglesa; sobre matemática e em física. A fase seguinte será de avaliação sobre a saúde; o exame de aptidão psicológica; o teste de análise do condicionamento físico e a devida validação documental dos candidatos.

As provas serão realizadas às 9h40min do dia 25 de novembro de 2018, nas seguintes cidades: em Belém (PA); em Recife (PE); em Fortaleza (CE); em Salvador (BA); no Rio de Janeiro (RJ); em Belo Horizonte (MG); em São Paulo (SP); em São José dos Campos (SP); em Campo Grande (MS); em Canoas (RS); em Santa Maria (RS); em Curitiba (PR); em Brasília (DF); em Manaus (AM); em Porto Velho (RO) e em Boa Vista (RR). Todos estes locais serão confirmados até o dia 30 do mês de outubro.

Este curso está destinado à Formação de Sargentos da Aeronáutica, o CFS, e será ministrado sob o regime de internato militar brasileiro, na EEAR, na cidade de Guaratinguetá, Estado de São Paulo; cuja duração aproximada será de dois anos, abrangendo as instruções dentro dos Campos Geral, Militar e do Técnico-Especializado.

Com relação aos gabaritos preliminares, todos serão divulgados a partir do dia 26 do mês de novembro de 2018, e os gabaritos oficiais definitivos serão divulgados a partir do dia 18 do mês de dezembro de 2018, por meio do site: http://ingresso.eear.aer.mil.br.

Por Paulo Henrique dos Santos


Prazo para se inscrever termina no dia 6 de agosto de 2018.

Boas novas para estudantes e profissionais catarinenses que buscam por cargos estáveis e bons salários, sobretudo para os universitários e os profissionais no ramo educacional. O certame para cargos de professor em Blumenau.

Foi divulgada, recentemente, por meio da Prefeitura Municipal do município de Blumenau, Estado de Santa Catarina, a abertura do período de inscrições destinadas à realização do novo concurso público, o qual está promovendo oportunidades de formação do cadastro reserva de pessoal, para futuro preenchimento de carreiras na área da educação e em pedagogia.

De acordo com as informações angariadas do edital deste certame, os postos de trabalho serão reservados para os cargos de coordenador pedagógico e de professor, dentro das seguintes especialidades: língua alemã; anos iniciais; em arte; em ciências; no setor de educação especial; no setor de educação física; no setor de educação infantil; no setor de ensino religioso; no ensino de geografia; ensino de história; no departamento de informática; ensino de língua inglesa; no setor de intérprete de libras; ensino de língua portuguesa e de matemática.

Todas as pessoas interessadas em concorrer às futuras vagas neste processo de seleção, na Prefeitura da cidade de Blumenau, terão necessidade possuir graduação na área de ciências humanas, com licenciatura em alguns cursos específicos. Entretanto, também serão aceitos estudantes e profissionais que estejam cursando ou que possuam certificado de licenciatura curta.

Os vindouros cargos, a serem preenchidos pelos futuros servidores do órgão municipal catarinense estão dentro de um regime de remunerações iniciais cujos valores estão entre 735,06 e 2.940,15 mil reais, as jornadas de trabalho se estendem entre 10 e 40 horas de atuação docente por semana.

Portanto, todos os interessados em participar deste processo de seleção deverão cadastrar suas inscrições até às 23 horas do dia 6 do mês de agosto de 2018, no seguinte site: www.furb.br/concursoexterno. A taxa cobrada está estipulada no valor de 60 reais. Trata-se de um valor bem acessível para estudantes e profissionais do ramo.

Existe uma alternativa para as pessoas que não têm acesso à internet; as mesmas poderão dirigir-se à própria Fundação Universidade Regional de Blumenau, a Furb, no Campus 1, diretamente no Bloco A – na sala 100; localizada na Praça de Atendimento ao Estudante. Endereço: Rua Antônio da Veiga, nº 140, região de Itoupava Seca. O CEP é 89030-903. O prazo, neste caso, também se estenderá até o dia 6 do mês de agosto de 2018 e os candidatos deverão comparecer ao local das 8h às 20h, somente nos dias úteis da semana.

Este processo seletivo da Prefeitura de Blumenau consistirá em duas fases:

A realização da prova objetiva, constituída de um caderno com 40 questões de múltipla escolha, e apenas uma alternativa correta, das quais dez versarão sobre a matéria de língua portuguesa; dez questões versando sobre os devidos conhecimentos gerais e sobre a legislação educacional e mais 20 questões versando sobre os conhecimentos específicos. Não será um exame de grande dificuldade.

O processo de avaliação objetiva será realizado no dia 19 do mês de agosto de 2018, entre os períodos matutino e vespertino, na própria Fundação Universidade Regional da cidade de Blumenau, no Campus 1, o qual está localizado no já citado endereço da rua Antônio da Veiga, nº 140.

A fase final será, apenas, a de triagem, na qual será realizada a devida análise por meio da contagem de título, cujo caráter será meramente classificatório. Este concurso público visa garantir futuros cargos estáveis na rede pública de educação, no sentido de garantir a presença de um contingente suficiente de servidores no órgão.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições poderão ser feitas até o dia 20 de agosto de 2018.

Novo concurso público está prestes a ser aberto oficialmente. No dia 20 de julho de 2018, próxima sexta-feira, será promovido pela Prefeitura do município de Recife, no Estado de Pernambuco, o novo certame do órgão, iniciando o período de inscrições deste processo seletivo, cujo objetivo será o preenchimento de 214 postos de trabalho temporários na área da saúde. Deste total de vagas à disposição, 128 se destinam aos profissionais no setor de técnico em enfermagem nas mais diversas áreas de atuação, cuja exigência é de ensino médio, e as demais 86 vagas se destinam aos profissionais enfermeiros nas diversas áreas do setor, cuja exigência é de nível superior de formação acadêmica.

Os vencimentos iniciais para os cargos em questão variam entre 973,38 e 7.242,89 reais. As jornadas de trabalho são de 30 a 40 horas por semana. O período de inscrições se estenderá até o dia 20 de agosto de 2018.

Com relação aos candidatos com ensino médio, estão abertas vagas para técnico de enfermagem em policlínica, maternidade e plantonista de 24 vagas, necessitando portar registro no conselho, remuneração de 973,88 e mais o adicional de 260 reais por plantão, 30 horas; vaga de técnico de enfermagem UBS, 12, portando o registro no conselho, remuneração de 973,88 e mais o adicional concedido por desempenho na equipe, 30 horas; vaga de técnico de enfermagem plantonista de SAMU, 65, portando o registro do conselho e possuir experiência em atendimentos de urgência, em emergências ou em UTI de no mínimo dois anos, remuneração de 973,88, junto do adicional de 260 reais por plantões, 30 horas; vaga de técnico de enfermagem no setor de operador Motolância do SAMU, 16, portar carteira de habilitação modalidade “A”, possuir a devida inscrição no conselho e ter experiência em atendimentos de urgência, em emergências ou na UTI por no mínimo dois anos, remuneração de 973,88, junto do adicional de 260 reais por plantões, 30 horas; e vaga de técnico de enfermagem Upinha (USF), 11, portar o registro no conselho, remuneração de 1.213,39 junto da gratificação de saúde da família de 350 reais, 40 horas semanais.

Com relação ao cargo de enfermeiro, será necessário possuir formação de nível superior e os cargos são: enfermeiro de policlínica, em maternidade, plantonista, 33, portar o registro no conselho, remuneração de 2.887,67, mais o adicional de 720 reais por plantões, 30 horas; vaga de enfermeiro plantonista do SAMU, 9, portar o registro no conselho e possuir experiência em atendimentos de urgência, em emergências ou em UTI por no mínimo dois anos, remuneração de 2.887,67, mais o adicional de 720 reais por plantões, 30 horas; vaga de enfermeiro UBS, 23, portar registro no conselho, remuneração de 2.887,67, mas um adicional por desempenho na equipe, 30 horas; vaga de enfermeiro de USF, 3, portar o registro no conselho, remuneração de 5.250,30, além a gratificação em saúde da família no valor de 1.992,59, o que totaliza 7.242,89, por 40 horas, e vaga de enfermeiro, 18, portar o registro no conselho, remuneração de 5.250,30, junto do adicional por desempenho nas equipes, 40 horas.

Todas as inscrições deverão ser cadastradas somente por meio da internet, na seguinte página eletrônica da própria banca organizadora, a Upenet: www.upenet.com.br.

As taxas de inscrição estão estipuladas no valor de 50 reais para o cargo de técnico de enfermagem e 70 reais para cargos no setor de enfermeiros. A realização das provas objetivas será no dia 9 de setembro de 2018. Todas as contratações, por mais que sejam de caráter temporário de oito anos, poderão ser prorrogadas por igual período, com exceção do SAMU, em que poderão ser prorrogadas apenas uma única vez.

Paulo Henrique dos Santos


Concurso depende da autorização do governador do estado.

Foi divulgado que a Sefaz/SC, Secretaria Estadual da Fazenda de Santa Catarina, vai realizar um novo concurso público com o objetivo de preencher o seu quadro de funcionários.

O processo de seleção já foi autorizado tanto pelo secretário Paulo Eli, como por Milton Martini e Luciano Veloso Lima, os secretários de Administração e da Casa Civil. Agora, com a autorização dos secretários confirmada, o próximo passo para a realização desse concurso será a autorização de Eduardo Pinho Moreira, o governador.

Sobre as vagas

As vagas abertas serão destinadas para o cargo de auditor fiscal da receita estadual, sendo que serão ofertadas um total de 90 vagas.

Requisitos

Para participar do processo seletivo e concorrer à uma das oportunidades disponíveis, os interessados devem ter o Ensino Superior completo em qualquer área de atuação.

Remuneração

O salário pago inicialmente aos aprovados no concurso público será de R$ 22.800,52, já estando incluso nesse valor da indenização por uso de veículo, no total de R$ 4 mil e do auxílio alimentação que poderá chegar até R$ 252,00.

Publicação do Edital

Ainda não se tem uma estimativa de quando será divulgado o Edital de Abertura do Concurso, porém, a expectativa é de que ele seja publicado ainda este semestre.

Sobre o último concurso

O último concurso que a Sefaz/SC, Secretaria Estadual da Fazenda de Santa Catarina realizou com o objetivo de contratar servidores para atuarem nesse cargo, aconteceu no ano de 2010.

Na ocasião, foram ofertadas 65 vagas e desse total, 45 vagas foram destinadas para a área de tributação e fiscalização e o restante das vagas foram direcionadas para a área de tecnologia da informação.

Provas

O processo de seleção dos candidatos contou com 3 provas. A 1º prova foi composta por 100 questões objetivas, sendo que desse total, 15 questões foram de língua portuguesa e tiveram peso 2; 10 questões foram sobre informática e tiveram peso 1; 15 questões foram sobre matemática e estatística e tiveram peso 1; 10 questões foram sobre economia e aspectos da economia catarinense e tiveram peso 1; 15 questões foram sobre direitos civil, penal e empresarial e tiveram peso 2 e 35 questões foram sobre legislação tributária de Santa Catarina e tiveram peso 3.

A 2º prova foi composta por 60 questões, sendo que 15 questões foram sobre direito constitucional e tiveram peso 2; 10 questões foram sobre direito administrativo e tiveram peso 2; 15 questões foram sobre direito tributário e tiveram peso 2 e 20 questões foram sobre contabilidade e tiveram peso 2.

A 3º e última prova também foi composta por 60 questões. Para os candidatos da área de tributação e fiscalização foram aplicadas 25 questões sobre direito tributário II, que tiveram peso 3; 25 questões sobre contabilidade avançada, com peso 3 e 10 questões sobre auditoria com peso 3. Para os candidatos da área de tecnologia da informação, foram aplicadas 60 questões sobre tecnologia da informática, com peso 3.

Banca Organizadora

A Banca Organizadora desse concurso ainda não foi definida, porém, no ano de 2010, quando ocorreu o último concurso para o cargo, a banca organizadora foi a Fepese, Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Universidade Federal de Santa Catarina.

Os interessados em participar do concurso público e concorrer à uma das vagas que serão disponibilizadas, para a função de auditor fiscal da receita estadual, devem manter-se atentos a futuras informações.

Assim que o edital for publicado, é de extrema importância que antes de efetuarem as candidaturas e o pagamento da taxa de inscrição, os interessados no cargo o leiam atentamente, para saber se atendem a todos os requisitos exigidos para a participação no processo de seleção.

Rosângela Rodrigues


Concurso da SEFAZ de Santa Catarina foi autorizado e ofertará 90 vagas para o cargo de Auditor Fiscal.

Novo processo seletivo está próximo de ser oficializado. Trata-se da realização do concurso público para o provimento de cargos na Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina, o Concurso SEFAZ-SC de 2018. Esse processo de seleção já recebeu a devida autorização da própria Secretaria, a qual ofertará 90 vagas destinadas ao cargo de Auditor Fiscal do órgão da Receita Estadual. Esta confirmação foi anunciada por meio da Deliberação nº 0621-2018. Neste momento o processo segue caminho para a autorização governamental.

Embora a intenção inicial seja a divulgação de um edital de concurso da SEFAZ-SC para 90 postos de trabalho, em realidade, existe uma necessidade de o órgão promover um número maior de cargos. Uma estatística realizada por meio da Gerência de Gestão de Pessoas indica que são mais de 100 cargos a serem preenchidos, no departamento de Auditor Fiscal da Receita Estadual em nível I. Neste caso, a remuneração inicial está no valor de 18.088,22 reais, junto de um valor de 4.000 reais em termos de indenização pela utilização de veículo e do auxílio-alimentação que chega a 252 reais, além de muitos outros benefícios.

Os pré-requisitos que os interessados precisam apresentar para poder concorrer aos postos em aberto serão os seguintes: possuir um diploma, devidamente registrado, da conclusão de um curso de graduação em nível superior que indique bacharelado ou licenciatura plena em quaisquer áreas de formação acadêmica, conferido por uma instituição de ensino superior que seja reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC; estar em idade de 18 anos; ser brasileiro nato ou naturalizado e estar em plena regularidade com os direitos civis e políticos.

De acordo com informações angariadas do histórico do último Concurso SEFAZ-SC realizado, o mesmo se deu da seguinte maneira: foram em torno de 65 postos de trabalho destinados ao cargo de Auditor Fiscal no órgão da Receita Estadual. Daquele total de vagas, porém, 45 delas foram destinadas ao cargo de Tributação e de Fiscalização e as demais 20 ao departamento de Tecnologia da Informação. Dentro daquele mesmo processo de seleção quatro vagas estavam reservadas aos candidatos portadores de necessidades especiais ou pessoas com deficiência. A remuneração inicial naquela ocasião estava no valor de 10.778,00 reais.

O itinerário daquele concurso se deu da seguinte maneira: ele contou com a realização de três provas objetivas, as quais consistiram de um caderno com questões de múltipla escolha, versando sobre conteúdos em cima das áreas de conhecimentos gerais e sobre os conhecimentos específicos. Os candidatos avaliados e considerados habilitados na classificação necessitaram obter, no mínimo, um total de 50% de pontos nas questões, em cada uma das provas objetivas, e mais 60% do total geral de todas as avaliações realizadas. Os exames foram rigorosos.

O conteúdo programático contou com as seguintes matérias:

– Matéria de língua portuguesa; matéria de informática; conteúdos de matemática e estatística matemática; matéria de economia e história da economia catarinense; conteúdos em Direito Civil, Direito Penal e Direito Empresarial; conteúdos em Direito Tributário do Estado de Santa Catarina, Legislação Tributária Catarinense; Direito Constitucional; matéria de Direito Administrativo; matéria de Direito Tributário l: Matéria de Ciência da Contabilidade; conteúdos e normas Constitucionais de Direito Tributário; matéria de Contabilidade Avançada; conteúdos das Normas Brasileiras de Contabilidade e de Auditoria emanadas do CFC, entre outras.

Sumarizando as informações sobre este certame público:

Concurso promovido pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ SC); a banca organizadora ainda será definida; grau de escolaridade exigido é de nível superior; número oficial de vagas é 90; a remuneração está em 22.800,52 reais. As inscrições, a taxa e a data das provas serão definidas em breve.

Por Paulo Henrique dos Santos


PGE AP recebe inscrições dos interessados em seu Concurso Público para o cargo de Procurador do Estado de Classe I.

Quem deseja ser aprovado em um concurso público que ofereça uma ótima remuneração pode saber aqui a respeito de uma boa oportunidade. No estado do Amapá, a Procuradoria Geral (PGE AP) anuncia que as inscrições do certame vão até o dia 23 de julho (segunda-feira). O edital foi lançado em 28 de junho (quinta-feira). A banca responsável pelo processo seletivo é a Fundação Carlos Chagas (FCC). A remuneração para quem ingressar nesse órgão é de R$ 22 mil. Confira outras informações a seguir.

Como posso me inscrever no concurso público da PGE AP?

Se você ainda não se cadastrou no concurso da Procuradoria Geral do Estado do Amapá, saiba que ainda há tempo. Não deixe passar essa chance. Acesse o endereço eletrônico da FCC www.concursosfcc.com.br/concursos/pgeap117/index.html, preencha o formulário virtual e realize o pagamento do boleto bancário para efetivar sua inscrição no processo seletivo.

O prazo de inscrição teve início em 2 de julho (segunda-feira) e será encerrado no dia 23 de julho (segunda-feira). O valor da taxa custa R$ 200. Aqueles que possuem restrição financeira, são pessoas com deficiência (PCD) ou são doadores regulares de sangue puderam solicitar isenção do pagamento.

Sobre as oportunidades disponíveis na PGE AP

O cargo oferecido na Procuradoria do Amapá é o de Procurador do Estado de Classe I. No total, são ofertadas 5 vagas, havendo reserva de vagas para pessoas com deficiência (PCD). O salário inicial para quem ingressar na carreira de procurador na PGE AP é de R$ 22.213,43. Além das chances previstas no edital, haverá formação de cadastro reserva a fim de preencher possíveis vagas que venham surgir no tempo de validade do concurso da PGE AP, que é de 2 anos e pode sofrer prorrogação pelo mesmo prazo, a contar de quando for homologado e à decisão da instituição pública.

Para concorrer é necessário possuir graduação completa em ciências jurídicas, ter diploma emitido por instituição de ensino superior que seja credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC), possuir registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), estar em dia com as obrigações militares, se o candidato for do sexo masculino, possuir idade mínima de 18 anos, estar em pleno gozo dos direitos políticos, não possuir antecedentes criminais, estar quite com as obrigações eleitorais, ter aptidão mental e física, comprovar experiência de, no mínimo 3 anos de atividade na área jurídica, entre outros requisitos.

Sobre as fases do certame da PGE do Amapá

O processo seletivo será composto pelas seguintes etapas:

1) prova objetiva – com 100 quesitos e cuja data de aplicação é no dia 2 de setembro (domingo) com duração de 5 horas iniciando no turno da manhã;

2) prova discursiva – que consiste em uma peça processual com 4 horas disponíveis para resposta do candidato e 4 questões dissertativas com mesmo tempo para resposta. As datas programadas são 17 e 18 de setembro, sábado e domingo, no período da tarde e manhã, respectivamente;

3) prova oral – em que os concorrentes serão examinados pela capacidade de síntese, uso correto de vocabulário jurídico e aplicação de conhecimento técnico;

4) prova de títulos – na qual serão atribuídos pontos para as seguintes titulações: certificado de especialização, diploma de mestrado ou doutorado, exercício na Defensoria Pública, Magistratura ou Advocacia. Essa última fase é a única classificatória.

As disciplinas cobradas na primeira fase são: direito administrativo, constitucional, empresarial, processo civil, financeiro, civil, ambiental, tributário, processo tributário, previdenciário, trabalho e processo do trabalho.

Sobre outros detalhes do concurso da PGE AP

Veja mais informações do edital do certame da Procuradoria Geral do Estado do Amapá no site da FCC www.concursosfcc.com.br/concursos/pgeap117/index.html. Não deixe essa oportunidade passar. Faça sua inscrição e seja servidor público.

Por Melisse V.


Inscrições podem ser feitas até o dia 13 de agosto de 2018.

As pessoas que estavam se preparando para realizar o concurso público da Polícia Militar do estado do Rio Grande do Norte, que estava previsto para ser realizado no primeiro semestre deste ano, mas que teve seu edital cancelado no mês de janeiro, já podem voltar a se preparar para a realização do certame. É que o edital de abertura do concurso acaba de ser reaberto e dessa vez chega com a oferta de mil vagas. As inscrições serão iniciadas nos próximos dias. Veja abaixo como concorrer a uma vaga e se tornar um soldado da Polícia Militar.

O concurso público da PM-RN, como muitos já sabem, foi anunciado ainda no ano de 2017 e a previsão inicial era de que o processo seletivo fosse realizado ainda no primeiro semestre deste ano, mas por motivos eventuais o governo estadual teve de cancelar o edital, suspendendo o concurso.

Porém, para a satisfação de muitos interessados o concurso acaba de ter seu edital reaberto.

Dessa forma, de acordo com as informações dispostas no documento, serão disponibilizadas para a concorrência o total de 1.000 vagas, todas para o cargo de Soldado da Polícia Militar. Desse total de vagas ofertadas, a maioria que somam 932 são para candidatos do sexo masculino e as demais restantes são para mulheres que desejam fazer parte da corporação.

Os interessados em participar da concorrência poderão fazer a sua inscrição a partir do dia 16 deste mês de julho, de forma que as inscrições se encerram no dia 13 do próximo mês de agosto.

Desse modo, podem se inscrever para o processo de seleção dos novos soldados da PM-RN pessoas que possuam ensino médio completo, idade mínima a a partir de 19 anos e idade máxima de 30 anos. Além disso, os candidatos homens precisam possuir altura minima de 1,65m, enquanto que as mulheres precisam ter 1,60 m no mínimo.

Os aprovados no processo que se dará por meio de várias etapas por último realizarão um curso de formação e durante este período poderão contar com um salário de R$ 937 por mês. Após a conclusão do curso o então nomeado Soldado passará a receber inicialmente o valor de R$ 2.904.

Para organizar e executar todo o processo do certame o governo estadual contratou o Ibade, que é o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo, uma empresa bastante conhecida na área de organização de concursos públicos e processos seletivos em geral.

Desse modo, os interessados em prestar o concurso devem acessar o site do Ibade no endereço www.ibade.org.br.

Quem se inscrever para ter sua inscrição efetuada com sucesso deverá pagar o valor de R$100, referente a taxa de participação.

Assim, uma vez inscritos no certame os candidatos serão submetidos a realização de uma prova objetiva de múltipla escolha que será formada por 80 questões sobre conteúdos de raciocínio lógico e matemática, língua portuguesa, geografia do Rio Grande do Norte e do Brasil, assim como direito penal, constitucional e penal militar, além de legislação específica da PM do estado do Rio Grande do Norte.

A prova objetiva será realizada no dia 23 do mês de setembro deste ano de 2018. Os candidatos poderão escolher entre as cidades de Natal, Caicó e Mossoró para realizar esta prova que é a primeira etapa do concurso.

Assim, os classificados nesta etapa terão que realizar as outras etapas, sendo que estas serão realizadas somente na cidade de Natal, capital do estado.

As demais etapas consistem na realização de avaliações de saúde, investigação de vida social, avaliações de condições físicas e curso de formação de Soldado.

A última estapa do concurso é a realização do Curso de Formação de Soldados, que terá a duração de seis meses, de modo que os participantes terão que estudar em horário integral. Aqueles que conseguirem concluir o curso com um bom desempenho serão então nomeados como Soldado.

O concurso possui validade prevista para um período de dois anos, tempo este que pode ser prorrogado por mais dois anos, caso seja determinado pelo governo do estado.

Não deixe de fazer a sua inscrição no Concurso Público da PM-RN.

Sirlene Montes





CONTINUE NAVEGANDO: