A Prefeitura da cidade de Betim comunicou o edital do concurso ISS para Auditor Fiscal de Tributos Municipais.

Surgiu uma nova oportunidade para mudança de carreira para os moradores da cidade de Betim, em Minas Gerais. No dia 13 de agosto a Prefeitura da cidade comunicou o edital do concurso ISS para auditor fiscal de tributos municipais, são cerca de 7 vagas. Estima-se que o salário inicial seja de R$ 3 mil. As vagas estão divididas em 05 de ampla concorrência, 01 para pessoas com deficiência (PcD) e 01 para pessoas negras.

O processo seletivo está marcado para acontecer entre metade do mês de outubro até 13 de novembro ainda deste ano. Os cidadãos que se interessarem pelo concurso deverão pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 100 até o dia 14 de novembro, no site oficial da banca, o Instituto AOCP. A prova deve acontecer até o dia 15 de dezembro.

Etapas do Concurso

O concurso será divido em três etapas no total. Sendo uma prova objetiva, que será eliminatória e classificatória; uma prova dissertativa, também classificatória e eliminatória, e, por último, uma avaliação de títulos, que ainda pode ajudar na classificação final do candidato.

As provas dissertativa e objetiva estão marcadas para serem realizadas na cidade de Betim, podendo passar para cidades vizinhas, caso o número de inscritos no concurso ultrapasse a média prevista e acabe excedendo a capacidade de locação dos candidatos no município.

A primeira prova será a objetiva, sendo composta de um total de cinquenta questões, todas de múltipla escolha, divididas entre diferentes áreas de conhecimento. Para passar nessa primeira fase o candidato deverá apresentar uma nota total de 60% ou até mais do total de pontos necessários e também não poderá zerar nenhuma outra área de conhecimento. Sendo essas áreas, Língua Portuguesa, com total de dez questões e peso 2; Conhecimentos específicos, com total de trinta questões e peso 2; e Legislações Municipais, com dez questões finais e peso 2.

Para a segunda prova, a dissertativa, será elaborada uma avaliação a partir de um certo tema específico, ainda a ser proposto, sendo baseado em um ou mais textos ou pequenos fragmentos de redações. O candidato deverá adotar uma certa linha de abordagem para responder as questões, utilizando principalmente a tipologia textual de dissertação, como já está implicado no nome oficial da segunda prova.

Esta prova só será corrigida pelos avaliadores em caso de obtenção da nota específica na prova objetiva, e deverá também estar classificado, a partir da prova objetiva, até um limite pré-disposto, sendo esse: um total de 50 candidatos com classificação máxima para correção da prova dissertativa na ampla concorrência, e um total de 10 candidatos com classificação máxima para a correção da prova dissertativa para candidatos negros. Considerando esses limites, todos os candidatos que se encontrarem empatados juntos na última colocação da Prova Objetiva terão a oportunidade de terem suas provas dissertativas corrigidas pelos avaliadores.

A prova dissertativa terá um total de 20 pontos, distribuídos entre as categorias: Como o texto atende ao tema e sua desenvoltura; coesão e coerência, dentro dos parágrafos e entre um e outro parágrafo, a progressão da redação, a não contradição do tema apresentado e também a articulação final do texto; se o candidato atendeu as especificações de um texto dissertativo; sobre as informações apresentadas e argumentação proposta para defesa; e por fim, as bases da gramática, como pontuação, a grafia das palavras e concordância verbal.

Ainda não há uma data específica para a prova dissertativa, mas o pagamento da taxa de inscrição deverá ser pago até o dia 14 de novembro.

Requisitos do Concurso

Para que o cidadão entre em um Concurso para a Prefeitura Municipal de Betim será necessário atender a alguns requisitos básicos, sendo eles: Ser brasileiros (segundo a Constituição Brasileira); ter 18 anos completos; estar em pleno exercício de seus direitos políticos; estar apto mental e fisicamente para o exercício do cargo proposto; possuir a escolaridade exigida; declarar expressamente que está ou não em exercício de emprego, cargo ou outra função pública, em qualquer órgão ou entidade de Administração Pública Estadual.

Por Stephanie de Quadros

Concurso


O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro tem 19 vagas abertas em seu Concurso Público deste ano.

Tem interesse em trabalhar em uma instituição pública e construir uma carreira bem-sucedida e estável? Uma oportunidade é o concurso público do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ), que está com 19 vagas abertas para início imediato e formação de cadastro reserva, que são voltadas para os profissionais com formação no ensino médio, técnico e superior.

Se você não quer perder essa chance de mudar a sua vida profissional fique atento, pois as inscrições já estão abertas desde 09 de julho. O órgão é responsável por cuidar de todas as questões referentes aos profissionais de medicina que atuam no Rio de Janeiro, e tem como finalidade selecionar colaboradores que garantam a efetividade das suas atividades cotidianas.

Quer saber mais? Veja a seguir como participar do concurso público do CREMERJ!

Quais são as vagas oferecidas?

No total, a instituição está oferecendo 19 vagas. Para o ensino médico e técnico, as contratações são para assistente administrativo, técnico de informática e assistente administrativo itinerante. Já para o ensino superior, as oportunidades são para Analista de TI, contador, jornalista, bibliotecário, designer, advogado, auditor interno e médico fiscal.

O salário básico inicial pago aos aprovados no processo seletivo vão de R$ 1.555,00 a R$ 15.223,00, sendo necessário cumprir uma jornada de trabalho que pode ser de 20 a 40 horas, dependo de cada função.

Além disso, também são disponibilizados os benefícios de assistência médica, assistência odontológica, vale-alimentação mensal de R$ 726,00, vale-refeição mensal de R$ 968,00, auxílio material escolar semestral de R$ 530,00 para os funcionários públicos e dependentes que cursem o ensino fundamental, médio ou superior, e auxílio creche mensal de R$ 530,00 para quem tem filho de até sete anos.

Como será a prova?

O processo seletivo vai aplicar apenas uma prova objetiva, que tem como objetivo eliminar e classificar os melhores candidatos. A avaliação será estruturada em 50 questões de múltipla escolha e que se diferenciam conforme o nível de escolaridade.

Os profissionais com formação no ensino médio ou técnico terão que responder questões de língua portuguesa. Informática e raciocínio lógico. Enquanto que os candidatos às vagas que exigem ensino superior farão uma avaliação sobre língua portuguesa, informática, raciocínio lógico e conhecimentos específicos da sua área.

As provas serão realizadas no dia 20 de setembro de 2019, na cidade do Rio de Janeiro, tendo duração de três horas. Os locais e horários em que as avaliações serão aplicadas vão ser divulgados no edital de convocação.

Para ser aprovado no concurso público, você deve obter um aproveitamento de, no mínimo, 50% da pontuação total da prova objetiva e ter acertado, ao menos, 50% de todas as questões de cada área de conhecimento. Se você quer garantir um bom desempenho, uma boa dica é estudar as provas aplicadas no último concurso do CREMERJ.

Como se inscrever?

Para participar do certame, você tem que fazer a sua inscrição até dia 18 de agosto de 2019. O processo pode ser feito por meio do site da banca organizadora (www.idib.org.br), basta abrir a página e pesquisar pelo concurso do seu interesse, clicar em ‘’Inscreva-se’’ e preencher os seus dados pessoais e profissionais. Por fim, clique em ‘’Enviar’’.

Na sequência, imprima o boleto com a taxa de inscrição, que tem que ser pago no período de 24 horas em um banco ou lotérica. Se o pagamento não for realizado, você não poderá fazer a prova.

De acordo com o edital, o concurso tem uma validade de dois anos, que começa a contar a partir da homologação do resultado final, e pode ser prorrogado apenas uma vez e pelo mesmo período de tempo.

Por Simone Leal

Concurso


Certame prevê o preenchimento de 63 vagas em cargos de Técnico e Analista Judiciário.

Publicado o edital do Tribunal de Justiça do Maranhão com 63 vagas, para os cargos de Técnico Judiciário e Analista nas áreas de Oficial de Justiça e Analista Judiciário. Para concorrer, é necessário ter nível médio e superior, respectivamente. Que tal aproveitar a oportunidade e estudar para o concurso TJ-MA?

Concurso TJ-MA: inscrições

As inscrições começam no dia 05 de agosto e permanecem abertas somente até o dia 28 de agosto. O valor é de R$ 70,00 para o cargo de técnico e R$ 100,00 para Analista. A banca responsável pelo certame é a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Remuneração do concurso TJ-MA

As remunerações variam de acordo com o cargo, sendo de R$ 3.927,72 para o cargo de técnico, R$ 8.230,35 para analista judiciário e de R$ 6.883,85 para analista na área de Oficial de Justiça.

Além da remuneração, também tem o auxílio alimentação no valor de R$ 885,00. Que tal começar os seus estudos para o concurso TJ-MA?

Provas do concurso TJ-MA

O concurso TJ-MA será formado pelas fases: provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos, provas discursivas e também provas de título, para alguns cargos.

As provas objetivas referentes ao cargo de nível médio serão compostas por 60 questões, sendo 30 de conhecimentos gerais e o restante de disciplinas específicas. Para nível superior, também terá o mesmo quantitativo de questões.

Em relação às provas discursivas, para o cargo de nível médio terá uma redação composta por produção textual de 30 linhas e para nível superior estudo de caso, que muda de acordo com o cargo.

As provas estão previstas para serem aplicadas no dia 29 de setembro. O edital do concurso TJ-MA pode ser acessado por meio do link: https://www.concursosfcc.com.br/concursos/tjuma119/index.html.

Último concurso TJ-MA

O último concurso TJ-MA ocorreu no ano de 2011 e na ocasião teve 58 vagas, além da formação de cadastro reserva. A banca responsável pelo último concurso foi IESES (Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul) e ofereceu oportunidades para nível superior, fundamental e médio.

Como estudar para o concurso TJ-MA?

– Como o edital está divulgado e as provas serão em setembro é fundamental manter o foco e o ritmo nos estudos. Faça um planejamento para organizar o seu dia a dia, sobretudo se você precisa trabalhar.

– Qual será o seu tempo diário para estudo? Tente separar, pelo menos, três horas por dia para se dedicar. Aproveite o tempo da hora do almoço ou durante o trajeto para o trabalho. A dica é aproveitar cada minuto para fazer uma revisão, resolver questão ou esclarecer alguma dúvida.

– Estudar para concurso público não é uma escolha fácil, por isso, tenha certeza do caminho. Faça um cronograma, assista às aulas com atenção e mantenha a sua concentração no que realmente importa.

– Estude por apostilas que estejam atualizadas e de acordo com o edital do concurso TJ-MA. Cuidado com materiais velhos e desatualizados. Estude por apostilas que sejam elaboradas por profissionais que realmente conhecem provas de concurso público.

– Durante a sua rotina, faça atividades físicas. Isso vai ajudar no controle da ansiedade, nervosismo e ainda ajudar na memorização.

– Cuide da alimentação e invista em alimentos saudáveis como frutas, legumes, verduras, entre outros. A alimentação faz a diferença para a sua produtividade.

– Se você for viajar para fazer a prova do concurso TJ-MA reserve com antecedência as passagens aéreas e o hotel.

– No dia da prova, saia com antecedência e cuidado com imprevistos.

– leia o edital com atenção e cuidado para não perder a data das inscrições.

– Se não conseguir a aprovação, permaneça estudando e confiante até alcançar o cargo que almeja.

Você vai estudar para o concurso TJ-MA? Compartilhe a notícia nas suas mídias sociais e muito sucesso nos seus estudos. Boa sorte!

Por Babi

Concursos


Certame recebe inscrições entre os dias 5 de agosto e 3 de setembro de 2019.

Iniciam na próxima segunda-feira, 5 de agosto, as inscrições para o concurso do Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu, o FozTrans, no Paraná. No total, são 12 vagas disponíveis distribuídas em cargos de nível médio em Assistente Administrativo e Fiscal de Preceitos. Já para o superior, as vagas são para formação de cadastro reserva para Advogado, Engenheiro de Tráfego, Contador.

O certame contará com uma prova objetiva, que será aplicada no dia 6 de outubro no município de Foz do Iguaçu. Serão cobradas, basicamente, questões de língua portuguesa, informática, raciocínio lógico, matemática, estatuto do servidor e conhecimentos específicos para a maioria dos cargos. Para advogados, a exigência se centrará em questões de direito administrativo, constitucional, processual civil, tributário e financeiro, civil, legislação de trânsito e legislação municipal. Além disso, candidatos aos cargos de Engenheiro de Tráfego, Contador, Assistente Administrativo e Fiscal de Preceitos também farão uma prova discursiva. Já para o cargo de Advogado, o concurso contará com uma prova prático-profissional, que também será realizada no dia 6.

Ainda, haverá prova de títulos para todos os cargos. No entanto, nesta fase só poderão participar os candidatos que tiverem sido aprovados nas prova objetiva, prático-profissional e discursiva.

Dentre os requisitos básicos para tomar posse no cargo, os candidatos deverão ter, até a data da nomeação, 18 anos, estar em dia com o serviço militar e estar quite com as obrigações eleitorais.

As inscrições se encerram às 23h59 do dia 3 de setembro de 2019 e podem ser feitas no site da banca organizadora do certame, a Fundação de Apoio à Unespar em www.fundacaounespar.org.br. Os valores variam entre R$70,00 para cargos de nível médio e R$100,00 para nível superior. Ainda, podem solicitar isenção da taxa de inscrição quem for doador de sangue fidelizado, hipossuficiente e doador de medúla óssea até o dia 11 de agosto através do site da organizadora do concurso. É preciso preencher o requerimento de isenção da taxa de inscrição, disponível na “área do candidato” do site e comprovar. Já os candidatos com deficiência deverão, no ato da inscrição, enviar o laudo médico com o grau e nível da deficiência até o dia 3 de setembro, também através do site do certame.

Vagas

Nível Médio

Assistente Administrativo Júnior: Quatro vagas para ampla concorrência e uma para pessoa com deficiência. Necessário ter ensino médio completo e curso de informática com noções básicas em editor de texto, planilha e sistema operacional. O salário é de R$2.746,99 para jornada de trabalho de 40 horas. A prova será realizada no turno da manhã do dia 6 de outubro.

Fiscal de Preceitos Júnior: Seis vagas para ampla concorrência e uma para pessoa com deficiência. Necessário ter ensino médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria AB ou superior. O salário é de R$2.914,27 para jornada de trabalho de 40 horas. A prova será realizada no turno da tarde do dia 6 de outubro.

Nível Superior

Advogado Júnior: Formação de cadastro reserva. Necessário ter ensino superior completo em Direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O salário é de R$3.802,48 para jornada de trabalho de 20 horas. A prova será realizada no turno da manhã do dia 6 de outubro.

Contador Júnior: Formação de cadastro reserva. Necessário ter ensino superior completo na área requisitada, bem como registro no órgão de classe. O salário é de R$3.802,48 para jornada de trabalho de 40 horas. A prova será realizada no turno da manhã do dia 6 de outubro.

Engenheiro de Tráfego Júnior: Formação de cadastro reserva. Necessário ter ensino superior completo na área requisitada, bem como registro no órgão de classe. O salário é de R$3.802,48 para jornada de trabalho de 40 horas. A prova será realizada no turno da manhã do dia 6 de outubro.

Por Andréa Corneli Ortis

Concurso


IME oferta 10 vagas para Engenheiros Militares em seu novo Concurso Público.

O IME (Instituto Militar de Engenharia) abre novo concurso com 10 vagas para Oficiais do quadro de Engenheiros Militares. As vagas são para ambos os sexos e com curso superior na área de atuação.

O Comando do Exército publicou um novo edital de concurso público, com a abertura de inscrições, que visa ao preenchimento de 10 vagas no CA/CFrm (Curso de Formação de Oficiais da Ativa), do quadro de Engenheiros Militares de 2019/2020. Através do IME (Instituto Militar de Engenharia) e do DCT (Departamento de Ciência e Tecnologia), o documento de lançamento do edital do concurso foi publicado nesta terça-feira, 30 de julho de 2019, no Diário Oficial da União.

Vagas abertas concurso do Exército IME 2019

O concurso do Exército IME 2019 visa o preenchimento 10 vagas no quadro de Engenheiros Militares para as áreas de: Engenharia de Computação (03 vagas), Engenharia de Produção (01 vaga) Engenharia Elétrica (03 vagas) e Engenharia de Fortificação e Construção – Engenharia Civil (03 vagas). Do total das vagas, três serão reservadas aos candidatos negros.

Quais os requisitos para se candidatar no concurso do Exército IME 2019

Entre os requisitos para concorrer às vagas no concurso do Exército IME 2019, o candidato (ambos os sexos) deverá ter escolaridade nível ensino superior completo na área da vaga que está se candidatando. Além disso, é preciso ser brasileiro nato e é necessário que tenha no máximo a idade de 26 anos completo, no ano seguinte do concurso, que compreende entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2020.

Carreira e salário Exército IME

Após realizar e concluir com aproveitamento o Curso de Formação, o candidato aprovado será nomeado (a) no QEM (Quadro de Engenheiros Militares) a primeiro-tenente. O valor da remuneração após a nomeação é de R$ 8.245,00, conforme tabela salarial dos militares.

Como fazer inscrição Concurso Exército IME 2019

As inscrições para o concurso público do Exército IME 2019 poderão ser realizadas pela internet, entre os dias 1º de agosto até o dia 5 de setembro de 2019, no endereço eletrônico oficial da banca do concurso www.ime.eb.br. O valor da taxa de inscrição é de R$110,00.

Etapas avaliação candidatos Concurso Exército IME 2019

Os candidatos inscritos no concurso Exército IME 2019 serão avaliados por Exame intelectual, de caráter eliminatório e classificatório. O exame intelectual contará com duas provas mistas, com questões das disciplinas de português e inglês, e uma prova de conhecimentos específicos, que traz questões do conteúdo da especialidade pela qual está se candidato na área da Engenharia.

O exame intelectual tem data prevista para ser aplicado, a partir das 13:30h, no dia 31 de outubro de 2019. Os locais das provas serão divulgados através do site oficial do IME (Instituto Militar de Engenharia) em data oportuna.

Além da prova intelectual, os candidatos do concurso do Exército IME serão avaliados por IS (Inspeção de saúde) e EAF (Exame de aptidão física).

Resultado concurso Exército IME 2019

O resultado preliminar do exame intelectual do concurso do Exército IME 2019 será divulgado através do seu site oficial, no dia 11 de dezembro de 2019.

Validade do concurso Exército IME 2019

A validade do Concurso de Admissão do Exército IME será apenas para o ano a que se refere à inscrição do certame. O período da validade do certame passa a contar entre a data de publicação do Edital de Homologação do resultado final até o prazo que corresponde a 60 dias que o limite previsto para realizar a matrícula no IME.

Por Adoniran Peres

Concursos


Exército abre inscrições em novo concurso com 127 vagas para a área da Saúde.

O Exército Brasileiro lançou edital, no Diário Oficial da União, no último dia 10 de julho 2019, para um novo concurso, que visa ao preenchimento de 127 vagas. As oportunidades são os CFO/S-SAL (Cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde) com previsão de ingresso na Escola de Saúde do Exército (concurso EsSEx) em 2020.

Do total de vagas ofertadas no concurso, 20 dessas serão destinadas as candidatos pardos e negros.

Requisitos vagas Concurso Exército 2019

Para candidatar-se nas vagas do concurso do Exército Brasileiro os interessados deverão ter escolaridade ensino superior completo na área específica de atuação, conforme o quadro de vagas. Além disso, é requisito ainda que o candidato tenha idade máxima de até 36 anos, completados em 31 de dezembro de 2020, e ter altura mínima de 1,60m, para os homens, e 1,55m para mulheres.

Confira as áreas de atuação das vagas do Exército Brasileiro

Do total das vagas, 120 serão ofertadas para o cargo de médicos nas seguintes especialidades: Anestesiologia (6 vagas), Cardiologia (5 vagas), Cancerologia /Oncologia (4 vagas), Cirurgia Cardiovascular (2 vagas), Cirurgia de Cabeça e Pescoço (1 vaga), Cirurgia Torácica (2 vagas), Cirurgia Geral (4 vagas), Clínica Médica (4 vagas), Cirurgia Vascular (2 vagas), Endoscopia Digestiva (3 vagas), Endocrinologia e Metabologia (2 vagas), Ginecologia e Obstetrícia (5 vagas), Geriatria (3 vagas), Infectologia (2 vagas), Hematologia e Hemoterapia (2 vagas), Medicina Intensiva (5 vagas), Mastologia (1 vaga), Nefrologia (3 vagas), Medicina Legal (1 vaga), Neurocirurgia (2 vagas) Neonatologia (1 vaga), Oftalmologia (4 vagas), Neurologia (3 vagas), Otorrinolaringologia (2 vagas), Ortopedia/Traumatologia (6 vagas), Pediatria (6 vagas), Patologia (1 vaga), Proctologia (2 vagas), Pneumologia (2 vagas), Radiologia (6 vagas), Psiquiatria (5 vagas), Sem Especialidade (20 vagas), Reumatologia (1 vagas) e Urologia (2 vagas).

Do total das vagas, 5 são para Dentistas nas seguintes especialidades: Ortodontia e Ortopedia Facial (1 vaga), Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (2 vagas) e Endodontia (2 vagas). E ainda estão sendo ofertadas duas vagas para o cargo de Farmacêutico.

Salário após formação no Curso

Os aprovados e após realizar a formação do curso passam a ter cargo de 1º Tenente com remuneração fixada no valor de R$ 8.245,00, conforme a tabela de salários dos militares.

Como se inscrever no concurso Exército Brasileiro

Os interessados deverão realizar as inscrições pela internet, entre os dias 15 de julho e 16 de agosto de 2019, pelo site www.essex.eb.mil.br. O valor de taxa de inscrição é de R$ 130,00.

Avaliação dos candidatos concurso Exército Brasileiro

Os candidatos serão avaliados por exame intelectual, prova de Títulos, avaliação psicológica, inspeção de Saúde e exame de aptidão física.

Com duração de 37 semanas, o Curso de Formação de Oficiais do Serviço da Saúde será realizado na EsSEx, no Rio de Janeiro (RJ). O curso abrange a Formação Específica Pós-Graduação e Formação Comum.

A prova intelectual tem data prevista para ser aplicada no dia 20 de outubro de 2019, das 9h às 13h.

Cidades onde serão aplicadas as provas

O exame será aplicado nas seguintes cidades: Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Campinas (SP), Santa Maria (RS), Juiz de Fora (MG), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Belém (PA), Florianópolis (SC), Porto Velho (RO), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Brasília (DF) e Manaus (AM).

Resultado concurso Exército Brasileiro

Os gabaritos preliminares serão divulgados na internet, www.essex.eb.mil.br, no dia 23 de outubro de 2019. O resultado final do exame intelectual será divulgado até o dia 29 de novembro de 2019 também pelo site.

Por Adoniran Peres

Concurso


O concurso público, com edital de abertura de inscrições publicado, vai ofertar 500 vagas, para candidatos com ensino superior em qualquer área, e salário de R$ 4,8 mil.

O edital de abertura de concurso público para o cargo de Agente Penitenciário de Goiás foi publicado, nesta quarta-feira, dia 24 de julho de 2019. De acordo com o edital da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária de Goiás serão ofertadas 500 vagas imediatas (masculino e feminino) para o cargo de Agente de Segurança Prisional da Dgap (Diretoria-Geral de Administração Penitenciária).

As oportunidades são destinadas aos interessados com escolaridade de ensino superior em qualquer área de formação. As oportunidades são para atuação nas cidades de Goiânia, Luziânia, Aparecida de Goiânia, Rio Verde, Goianésia, Formosa, Caldas Novas, Itaberaí e Palmeiras.

Como se inscrever no concurso Agente Penitenciário de Goiás

As inscrições para o concurso Agente Penitenciário de Goiás podem ser realizadas pela internet no site da banca organizadora do Certame, o Iades (Instituto Americano de Desenvolvimento) no endereço eletrônico http://www.iades.com.br/inscricao. As inscrições serão aceitas entre os dias 29 de agosto de 2019 e até 23h59 do dia 13 de outubro de 2019. A taxa de inscrição será no valor R$ 120 e poderá ser paga até o dia 16 de outubro de 2019.

Salário concurso Agente Penitenciário de Goiás

O salário inicial para o cargo de Agente Penitenciário, de acordo com o edital, será no valor de R$ 4.891,25, com carga horária de trabalho de 40 horas por semana, preferencialmente em regime de plantão.

Cronograma de nomeações concurso Agente Penitenciário de Goiás

Os candidatos aprovados no concurso para o cargo de Agente Penitenciário, dentro do número de vagas autorizadas, serão nomeados em um prazo de até 120 dias após ser homologado o resultado final, sendo essas nomeações realizadas em duas etapas.

Na primeira etapa, que será no mês de setembro de 2020, serão nomeados 250 candidatos. Já na segunda etapa, que compreende o mês de setembro de 2021, serão nomeados mais 250 candidatos.

Avaliação candidatos concurso Agente Penitenciário de Goiás

Na primeira etapa do concurso para Agente Penitenciário de Goiás os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, avaliação médica, de caráter eliminatório e avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Os candidatos do concurso de Agente Penitenciário de Goiás serão avaliados ainda por prova de aptidão física, de caráter eliminatório, avaliação psicológica, de caráter eliminatório. Além disso, terão avaliação de vida pregressa, de caráter eliminatório e Investigação Social, de caráter eliminatório. As avaliações serão aplicadas pela SAP eJUS (Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Justiça).

A prova objetiva e discursiva será realizada no dia 24 de novembro de 2019. A prova objetiva será composta por 60 questões, sendo dessas, 20 questões de Conhecimentos Gerais e 40 questões de conhecimentos específicos. A prova discursiva será aplicada com base no tema que será definido pela banca organizadora. O exame tem como objetivo a avaliação do candidato com base nos conhecimentos constantes do conteúdo programático, além de avaliar sua capacidade de expressão escrita e o uso das normas da Língua Portuguesa.

Curso de formação Agente Penitenciário de Goiás

Os candidatos aprovados, nomeados e empossados, passarão pelo curso de formação, conforme Lei Estadual nº 19502/2016. O curso de formação constitui de aulas práticas e teóricas, com duração de um ano, a ser regulamentado pela DGAP. Está segunda etapa do concurso será de caráter eliminatório e classificatório.

Por Adoniran Peres

Concursos


As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade e os salários variam entre R$ 606,90 e R$ 12.151,45. As inscrições serão aceitas até o próximo dia 15 de agosto de 2019.

O Ciruspar (Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgências do Sudoeste do Paraná) está com inscrições abertas para concurso público (Edital nº 01/2019) que visa ao preenchimento de 55 vagas nos níveis de escolaridade ensino fundamental, ensino médio, ensino técnico e ensino superior, em diferentes áreas (Concurso SAMU – PR CIRUSPAR 2019).

Além das vagas em aberto para contratação imediatas será também formado cadastro reserva (CR), conforme cargos especificados no edital de abertura de inscrições. As contratações dos aprovados no concurso serão realizadas pelo regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Locais de atuação Concurso Público Ciruspar (Concurso Samu 2019)

As oportunidades em aberto são para atuação no Samu Paraná nas cidades paranaenses de Clevelândia, Chopinzinho, Coronel Vivida, Francisco Beltrão, Dois Vizinhos, Mangueirinha, Pato Branco, Palmas, Realeza e Santo Antônio.

Confira as oportunidades do concurso público Ciruspar (Concurso Samu 2019)

As vagas em aberto no concurso público do Ciruspar são para as seguintes funções: Enfermeiro (4 vagas), Psicólogo (5 vagas), Médico Intervencionista/ Regulador 12h (5 vagas), Radio Operador (2 vagas), Médico Intervencionista/ Regulador 24h (8 vagas), Auxiliar Administrativo (CR), Técnico de Enfermagem Socorrista (9 vagas), Auxiliar de Serviços Gerais – 24h (6 vagas), Condutor Socorrista (12 vagas), Técnico Auxiliar de Regulação Médica (8 vagas) e Técnico em Segurança do Trabalho (1 vaga).

Remunerações concurso público Ciruspar (Concurso Samu 2019)

As remunerações para os cargos variam entre R$ 606,90 (para auxiliar de serviços gerais) e R$ 12.151,45 (Médico intervencionista/Regulador 24h), conforme a função, além de benefícios. A carga horária de trabalho será de 12h a 40h semanais, conforme o cargo.

Todos os cargos recebem o beneficio auxílio alimentação no valor de R$ 269,90 por mês que poderá ser utilizado em rede de supermercados credenciada.

Como se inscrever para o concurso Ciruspar (Concurso Samu 2019)

As inscrições para o concurso público Ciruspar podem ser realizadas pela internet, entre os dias 12 de julho de 2019 e 15 de agosto, no endereço eletrônico www.concursosfau.com.br. O valor de taxa de inscrição é de R$ 60,00 (nível ensino fundamental), R$ 90,00 (nível ensino médio e técnico) e R$ 160,00 (nível ensino superior).

Avaliação candidatos concurso Ciruspar 2019

Os candidatos inscritos no Concurso Ciruspar serão avaliados por meio de Prova Objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, além da Prova de Títulos, de caráter classificatório. A prova objetiva será realizada na cidade de Pato Branco (PR), ou também, caso o número de inscritos exceda a capacidade da cidade, poderá ser realizada nos municípios vizinhos. A data prevista para a aplicação da prova objetiva será no dia 01 de setembro de 2019.

A prova de títulos será aplicada para os candidatos aos cargos de Nível Superior, Técnico de Enfermagem Socorrista e Condutor Socorrista.

As provas objetivas contarão com 5 questões de língua portuguesa , 5 questões de conhecimentos gerais/CIRUSPAR e 20 questões de conhecimento específico 20

Validade do Concurso Público Ciruspar (Samu 2019)

A validade do concurso Público Ciruspar 2019 será de dois anos e poderá ser prorrogado por mais dois anos, ficando a critério da organização do concurso.

Edital Concurso Ciruspar (Samu 2019)

Mais informações sobre o certame poderá ser consultado no edital. O edital do concurso público Ciruspar pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.concursosfau.com.br/novo/concurso/CIRUSPAR.

Por Adoniran Peres

Concurso


O concurso público em aberto é para o Corpo Auxiliar de Praças da Marinha. São 90 vagas abertas para o curso de formação.

Já pensou em mudar totalmente a sua carreira prestando um concurso? Concursos públicos são uma forma de garantir um bom salário e estabilidade, com a garantia de que não haverá demissões no setor. Além disso, também é possível garantir uma boa aposentadoria.

E se você já estava pensando em prestar um concurso público, a Marinha anunciou o concurso Corpo Auxiliar de Praças da Marinha. São 90 vagas para admissão ao concurso de formação para ingresso no corpo auxiliar.

A Marinha do Brasil publicou o edital através do Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM) para o concurso público para admissão ao curso de formação e também ingresso no Corpo Auxiliar de Praças da Marinha, são cerca de 90 vagas para Cabos e são abertas para homens e também mulheres.

As vagas são destinadas para as seguintes áreas de atuação: Telecomunicações, radiologia médica, química, processamento de dados, motores, meteorologia, metalurgia, mecânica, marcenaria, gráfica, estatística, enfermagem, eletrônica, contabilidade e também administração hospitalar.

Os candidatos que desejam se aplicar a uma das vagas precisam ter, no mínimo, dezoito anos completos e no máximo 25 anos de idade completos até o primeiro dia de janeiro do ano de 2020. Além disso, também é necessário que o candidato tenha o ensino médio técnicos em alguma das áreas relacionadas.

Caso o candidato seja aprovado em todas as etapas do processo e seja convocado ao serviço dentro do número de vagas disponíveis, será necessário passar por um curso de formação, que acontecerá na cidade do Rio de Janeiro, no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA).

O curso de instrução tem a duração de 17 semanas e durante essas semanas o candidato passa a ser nomeado como Praça Especial. Ao término do curso e das 17 semanas, o candidato passa a ser nomeado Cabo do CAP.

Como realizar as inscrições para o Concurso da Marinha

As inscrições já estão abertas, sendo do dia 22 de julho até 16 de agosto deste ano. É também é feita através da internet, no site oficial da Marinha, o link www.ingressonamarinha.mar.mil.br.

Caso seja da preferência do candidato, também é possível realizar as inscrições de forma presencial. Para tal, é necessário que o candidato se apresente em uma das Organizações Responsáveis pela Execução Local (OREL), entre às 8h30 e 16h30 de dias úteis. Os endereços das organizações estão disponíveis ao final do edital oficial do Concurso.

O valor da taxa para fazer a inscrição é de R$ 75,00. Alguns candidatos poderão solicitar a isenção da taxa, em casos especiais. Sendo esses: o candidato é doador de medula óssea e registrado em entidades reconhecidas diretamente pelo Ministério da Saúde; o candidato pertence a uma família que se encontra registrada no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal – com a condição direta de ter uma renda bruta familiar mensal inferior ou igual a meio salário mínimo nacional.

Sobre a prova do Concurso

O Concurso da Marinha será dividido em diferentes etapas. Sendo elas: uma prova objetiva; redação; verificação de dados pessoais; teste para aptidão física; inspeção da saúde do candidato; avaliação psicológica; verificação dos documentos; e por último um processo de heteroidentificação.

No dia da prova escrita, o candidato deverá chegar com o seu comprovante de inscrição e pagamento da taxa, um documento oficial com foto (de preferência original). Além de uma caneta transparente esferográfica da cor azul ou preta, um lápis e também uma borracha.

A previsão é que as provas escritas sejam realizadas ainda em outubro de 2019, mais especificamente na segunda quinzena do mês. Nos municípios de Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Nova Friburgo, São Pedro da Aldeia (RJ), Vila Velha (ES), Salvador (BA), Natal (RN), Olinda (PE), Belém (PA), Fortaleza (CE), Amapá (AP), Santarém (PA), Piauí (PI), São Luís (MA), Rio Grande, Porto Alegre (RS), Paranaguá (PR), Brasília (DF), Santos, São Paulo (SP), Ladário (MS) e Manaus (AM).

A prova será composta de 50 questões relacionadas com a vaga em questão. A redação deverá conter entre 20 e 30 linhas, valendo 100 pontos. Serão aprovados os candidatos que acertarem, no mínimo, 50% das questões da prova e obtiverem uma nota de 50 pontos na redação, no mínimo.

Para mais informações acesse o edital oficial do concurso, https://www.inscricao.marinha.mil.br/marinha/index_concursos.jsp?id_concurso=379.

Por Stephanie de Quadros

Concursos


Certame do CRO-AC recebe inscrições dos interessados em suas vagas até o dia 15 de agosto de 2019.

O CRO-AC, Conselho Regional de Odontologia do Acre, abriu edital de concurso público para provimento de novas vagas. Os cargos são para a cidade de Rio Branco e são para o nível médio, fundamental, superior e médio/técnico. Os salários vão de R$ 998,00 até R$ 4.000,00, além de benefícios, já a carga horária é de 20 e 40 horas semanais de trabalho.

Sobre as inscrições

As inscrições serão feitas no site de banca oficial, o INSTITUTO QUADRIX, 10 horas do dia 1º de julho de 2019 e 23 horas e 59 minutos do dia 15 de agosto de 2019 do horário de Brasília, que pode ser encontrado no seguinte link: http://www.quadrix.org.br. Os valores das taxas de inscrição serão de: R$ 40,00 para cargo de nível fundamental; R$ 50,00 para cargos de nível médio e nível médio/técnico; e R$ 60,00 para cargos de nível superior. O candidato poderá efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio de boleto bancário até o dia 16 de agosto.

Sobre as vagas

Segundo o edital as vagas são as seguintes:

Cargo de Nível Fundamental

  • Serviços Gerais, sendo uma vaga efetiva e 29 de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 998,00 mais benefícios.

Cargos de Nível Médio

  • Assistente Administrativo, sendo uma vaga efetiva e 29 de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 1500,00 mais benefícios.
  • Auxiliar Administrativo, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 998,00 mais benefícios.
  • Fiscal, sendo uma vaga efetiva e 29 de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 1.800,00 mais 30% de produtividade e benefícios.

Cargos de Nível Nédio/Técnico

  • Assistente Administrativo – Técnico em Contabilidade, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 1500,00 mais benefícios.
  • Técnico em Tecnologia da Informação, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 1500,00 mais benefícios.

Cargos de Nível Superior

  • Administrador – Gerente Geral, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 4000,00 mais benefícios.
  • Analista de Compras e Licitações, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 2500,00 mais benefícios.
  • Analista Financeiro, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 40h e uma remuneração de R$ 2500,00 mais benefícios.
  • Assistente Jurídico, sendo 20 vagas de cadastro de reserva, com a carga de 20h e uma remuneração de R$ 2600,00 mais benefícios.

O benefício mencionado no edital é o vale-transporte, mas podem existir outros em vigor no momento da contratação.

Sobre a seleção

O concurso fará sua seleção a partir de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, para todos os cargos; e prova discursiva, de caráter classificatório e eliminatório e, para os cargos de nível médio/técnico, nível médio, e nível superior. Ambas serão realizadas provavelmente no dia 08 de setembro de 2019 e terão duração de 4 horas. Os laçais ainda serão divulgados

O conteúdo das provas objetivas são os seguintes: para os cargos de nível fundamental a terá 120 de Conhecimentos Gerais em que o candidato deverá atribuir verdadeiro ou falso. Para os demais cargos haverá 40 itens de conhecimentos básicos, 30 itens de conhecimentos complementares e 50 itens de Conhecimentos Específicos, em que o candidato também ter de atribuir verdadeiro ou falso. Os critérios de correção serão os seguintes: 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,50 ponto negativo, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00, caso não haja marcação ou haja marcação dupla.

Por Gabriel Bem

Concurso


Certames devem ocorrer em TREs de todo o Brasil. Vagas de Nível Médio deverão ser abertas, oferecendo salários de até R$ 9.600.

O ano de 2019 avança para o seu segundo semestre e a boa notícia para quem está se preparando para os concursos públicos em todo o Brasil é a de que os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) de todo o país já anunciaram que novas datas deverão ser publicadas ainda neste ano.

Segundo as informações divulgadas em alguns sites especializados no assunto, já existe uma comissão formada por servidores destes órgãos que estariam trabalhando a todo vapor para a elaboração de novos editais referentes aos novos processos seletivos para servidores do nível médio.

O anúncio desta equipe especial foi feita na última publicação do Diário Oficial da União (DOU) e a intenção é que novas vagas para servidores do nível médio deverão ser abertas para os próximos concursos.

A equipe formada Renato Holanda Alves, Márcia Socorro Nascimento e Rodrigo Valdez pretende montar um projeto básico de um edital referente a este processo seletivo aplicado por todos os TREs do país. O que se pode adiantar é que as vagas a serem preenchidas deverão contar com uma remuneração inicial de até R$ 9.600,00.

Um dos estados brasileiros cujo processo já anda bastante adiantado é do Pará.

Neste processo, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) órgão máximo por regular todas as atividades dos tribunais regionais espalhados pelo país também já autorizou o anúncio de que novos concursos serão divulgados ainda em 2019. A intenção é que sejam preenchidas as vagas que foram autorizadas pela Portaria 1.009 ainda de 2018. Ela fez parte de uma alteração da Portaria 671 de 2017 que suspendeu a abertura de novas vagas para o órgão.

De acordo com a última portaria publicada pelo TSE no DOU, deverão ser feitos concursos públicos para o preenchimento de quase 1.250 vagas, sendo cerca de 370 para contratação imediata e 870 para formação de cadastro de reserva.

O que estudar para os novos concursos do TRE para 2019?

Com uma remuneração bastante interessante para o nível médio (pouco mais de R$ 9.000,00), o concurso para o TRE requer uma boa preparação por parte dos candidatos. Para quem já vem em um ritmo de estudo regular, então é bom revisar o conteúdo e intensificar nos pontos pouco explorados. Para quem ainda nem começou, então é bom ir buscando aos assuntos que mais caíram nas provas dos últimos concursos.

Os testes devem contar com as provas objetivas e aí entram aquelas disciplinas sempre cobradas nos últimos certames como Língua portuguesa, Noções de Informática e de Legislação aplicada aos servidores públicos. Além disso, dependendo do cargo escolhido, as provas deverão contar com questões técnicas mais específicas.

A expectativa por parte dos especialistas no assunto é a de que os próximos concursos possam contemplar vagas tanto para o cargo de analistas (Oficial de Justiça) e para as áreas administrativas. Neste caso, os candidatos podem ter formação superior em qualquer área.

Para este concurso, a remuneração anunciada conta também com auxílio-alimentação e as promoções oriundas da chamada Atividade Judiciária e de Atividade Externa. Esta última é específica para o cargo de Oficial de Justiça.

Para quem busca uma oportunidade de uma boa carreira no serviço público, esta é a hora de iniciar os estudos e se preparar para uma possível aprovação.

Os candidatos que não quiserem perder as datas devem ficar bastante atentos para as atualizações sobre o concurso e, principalmente, sobre a data de publicação do edital que poderá ocorrer no segundo semestre deste ano.

Por Emmanoel Gomes

Concurso


Exército Brasileiro oferta 23 vagas em seus Cursos de Formação de Oficiais do Quadro Complementar (CFO/QC) e de Formação de Capelães Militares (CF/CM).

O Exército abriu 23 vagas destinadas à matrícula no Curso de Formação de Oficiais do Quadro Complementar (CFO/QC) e no Curso de Formação de Capelães Militares (CF/CM) a funcionar na Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx) e na Escola de Saúde do Exército (EsSEx). A formação é feita em Salvador ou no Rio de Janeiro, mas o selecionado pode atuar em outras regiões do Brasil. Essa é uma grande oportunidade para quem quer ingressar nos quadros militares.

Sobre as inscrições

As inscrições para o curso de formação devem ser feitas no site oficial da Escola de Formação Complementar do Exército, que pode ser encontrado no seguinte link: www.esfcex.eb.mil.br, elas estarão abertas até o dia 2 de agosto. O valor da taxa de inscrição é de R$ 120.

Sobre as vagas

Segundo o edital, as vagas são as seguintes:

Curso a ser realizado na ESFCEX (Salvador-BA):

Três vagas para o cargo de administração, sendo uma reservada aos candidatos negros.

Três vagas para o cargo de ciências contábeis sendo uma reservada aos candidatos negros.

Duas vagas para o cargo de comunicação social.

Três vagas para o cargo de direito, sendo uma reservada aos candidatos negros.

Três vagas para o cargo de informática sendo uma reservada aos candidatos negros.

Uma vaga para o cargo de magistério em matemática.

Uma vaga para o cargo de magistério em português.

Curso a ser realizado na ESSEX (Rio de Janeiro-RJ)

Duas vagas o cargo de Enfermagem

Duas vagas o cargo de Veterinária

Curso a ser realizado na ESFCEX (Salvador-BA)

Uma vaga para o cargo de Capelão Católico

Duas vagas para o cargo de Capelão Evangélico

Sobre a seleção

A seleção consistira de prova objetiva, que deve ocorrer em 15 de setembro. O local específico ainda será divulgado, deve acontecer em todos os Estados do país e no Distrito Federal, com a exceção do estado de Goiás.

A avaliação será da seguinte forma: 70 questões para os cargos de oficiais, que abarcam os conteúdos de história do Brasil, geografia do Brasil, língua portuguesa, conhecimentos específicos. 40 questões objetivas e uma discursiva para os cargos de capelães, que abarcam os conteúdos de conhecimentos específicos e língua portuguesa.

Nas outras fases os candidatos passarão por inspeção de saúde, verificação documental, avaliação psicológica e exame de aptidão física, além disso, os caros de capelães passaram por análise de títulos. Todas essas etapas acontecem entre dezembro de 2019 e março de 2020

Sobre os requisitos para assumir o cargo

Segundo o Edital, para se assumir os cargos os candidatos devem apresentar os seguintes requisitos:

– Pagar a taxa de inscrição, exceto os candidatos que preencham os requisitos do Decreto nº 6.593, de 2 de outubro de 2008 e da Lei 13.656, de 30 de abril de 2018 (Art. 22 deste edital);

– Ser brasileiro nato (inciso I, do Art. 2º, da Lei nº 12.705, de 2012); c) possuir cédula de identidade civil ou militar;

– Possuir comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF); e

– Ter, no mínimo, 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura, se do sexo masculino, ou 1,55m (um metro e cinquenta e cinco centímetros) de altura, se do sexo feminino (inciso XIII do Art. 2º da Lei nº 12.705, de 2012);

– O candidato ao CFO/QC deverá possuir idade de, no máximo, 36 anos, completados até 31 de dezembro de 2020 (alínea “e”, do inciso III, do art. 3º, da Lei nº 12.705, de 2012);

– O candidato ao CF/CM deverá possuir idade de, no mínimo 30 anos e, no máximo, 40 anos, completados até a data do término do Curso (inciso IV do art. 18 da Lei nº 6.923, de 1981).

O candidato inscrito no CA que conseguir êxito em todas as etapas e fases do CA e for convocado para matrícula, deverá atender, obrigatoriamente, além dos requisitos listados neste artigo, aos requisitos previstos no Art. 139 do edital.

Por Gabriel Bem

Concurso


Edital com de 500 vagas para agente prisional em Goiás está com etapas definidas.

O governo do estado de Goiás divulgou regulamento das etapas que farão parte do concurso, como avaliação médica, avaliação psicológica, avaliação física e avaliação de investigação social.

O concurso público da Seap (Superintendência Executiva de Administração Penitenciária), que visa à contratação de 500 agentes de segurança prisional no estado de Goiás, já teve o extrato do contrato publicado no Diário Oficial do Estado. O extrato confirma o IADES (Instituto Americano de Desenvolvimento) como organizador do edital do certame.

No último dia 25 de junho de 2019, o governo do Estado de Goiás deu mais um passo para a abertura do concurso público com a divulgação do regulamento das etapas que farão parte do concurso, como avaliação médica, avaliação psicológica, avaliação física e avaliação de investigação social.

Para concorrer às vagas do concurso para agente prisional será preciso o candidato ter escolaridade de nível superior em qualquer área de graduação. O salário inicial previsto será de R$ 1,5 mil.

A publicação do edital com a abertura das inscrições do concurso público aguarda ainda a aprovação do orçamento pelo governo de Goiás. A SEAD – GO (Secretaria de Estado da Administração de Goiás) informou no mês de abril deste ano que o governo havia suspendido a realização de concursos no Estado, no entanto o edital para o concurso de agente de segurança prisional não seria suspenso. Já no mês de maio deste ano, a Secretaria de Administração do estado disse que o limite fiscal de Goiás estava impedindo a realização do novo processo de seleção. Mesmo assim os processos e procedimentos que visam à realização do concurso público continuam em andamento.

Concurso foi anunciado o ano passado pelo então governador do Estado

O novo concurso público visando a contratação de agentes prisionais foi anunciado no ano de 2018, pelo governador na época, Marconi Perillo, quando recebeu visita de Carmen Lucia, presidente do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e do STF (Supremo Tribunal Federal). A reunião foi realizada justamente para discutir as medidas tomadas pelo governo referente à crise do sistema prisional. O Governador disse na época que foi comunicado a presidente do STF que foi autorizado ao diretor-geral do sistema prisional a abertura de novo concurso público para mil novos agentes prisionais. Durante este ano foi anunciado que seriam 500 vagas.

Comissão concurso SEAP GO

O presidente da comissão do concurso público SEAP GO 2019 para o cargo de agente prisional de Goiás será Liliane Morais Batista de Sá, superintendente da escola de governo e o vice-presidente nomeado foi Joseleno Borges Sales, agente de segurança prisional. A coordenação técnica ficou com João Francisco Alves, gerente de recrutamento, seleção e relações externas da escola de governo.

Quais as atribuições do cargo agente prisional

Os agentes prisionais têm entre as atribuições da função voltadas em receber e orientar presos orientando quanto às normas disciplinares, divulgando os deveres, direitos e obrigações, conforme normas legais. Além disso, são responsáveis por revistar presos e as instalações, dar assistência aos presos e internos, e se necessário encaminhar para atendimento nos diferentes setores.

Último concurso agente prisional SEAP GO

O último concurso do SEAP GO para o cargo de agente prisional aconteceu em 2014 e teve 305 vagas. Os candidatos foram avaliados em 5 fases, sendo a primeira provas objetivas. As outras etapas contaram com prova discursiva, avaliação médica, testes de aptidão física e avaliação psicológica. O certame nomeou 800 servidores durante o seu prazo de validade.

Por Adoniran Peres

Concurso


O concurso do TCE-SP 2019 será realizado pela banca organizadora Vunesp e terá seu Edital publicado em breve. Serão ofertadas 69 vagas distribuídas entre diversos cargos.

Foi autorizado o concurso TCE- SP 2019. Ele já estava sendo aguardado por muitas pessoas que já vinham se preparando para o mesmo. Essa é mais uma oportunidade para quem está na luta de um emprego seguro e com ótima remuneração. Esse concurso é um dos mais esperados na região de SP. E isso quer dizer que existem muitas pessoas se preparando para conseguir uma das vagas. Para ter mais chances de ser aprovados, os candidatos devem ficar atentos a todas as informações que vão estar aqui nesse texto.

Dificuldade do concurso

Esse é um concurso com um grau considerável de dificuldade, pois o mesmo é a nível superior e exige bastante conhecimento dos concurseiros. Por isso, o ideal é se preparar o quanto antes e de forma intensa. A lógica é bem clara: Quanto mais o candidato tiver preparado, maior é a chance de ser aprovado. E vale de tudo para conseguir aumentar o desempenho nos estudos. É preciso ter foco, ter disciplina e não desistir no meio do caminho, pois a recompensa é um emprego dos sonhos com salário alto e mudança radical na vida profissional.

Quantidade de vagas

Esse concurso traz um total de 69 vagas. Essa quantidade é pequena na visão da maioria dos candidatos. Mas a grande questão é não se prender ao número, e sim se preparar para que uma das vagas seja sua. São 26 vagas para cargos comissionados e 39 vagas para a carreira de agente de fiscalização. O ideal é ter foco em uma das duas áreas e estudar bastante. Ambas têm ótima reputação e tem bom salário.

Banca escolhida para realizar esse concurso

A banca escolhida para realizar esse concurso é a Vunesp. Essa é uma banca muito confiável e famosa por realizar grandes concursos. Ela também monta provas bem complexas e algumas questões para confundir o candidato. A dica nesse caso e ler com calma todas as questões, pois os menos atenciosos podem errar questões por isso.

Cargos e suas vagas específicas

Esse concurso vai oferecer aos candidatos vagas específicas e elas seguem com as quantidades exatas. Vale lembrar que todo concurso tem seu quadro de vagas reservas. Então não existe motivo para desanimar nesse caso. Veja agora a quantidade dos cargos desse concurso, baseando-se nas vagas abertas:

– 15 Vagas para assessor técnico de gabinete II

– 1 Vaga para Assessor Técnico Procurador

– 1 Vaga para Diretor Técnico de Divisão

– 26 Vagas para Cargos Comissionados

– 9 Vagas para Assessor Técnico de Gabinete l

Salário inicial para os aprovados

O salário inicial desse concurso é alto e bem atrativo de R$13.989,28. E ainda tem os benefícios do cargo. Esse é um salário dos sonhos para muita gente. E para conseguir uma das vagas é necessário possuir o nível superior nas seguintes áreas: Administração de Empresas, Áreas de Ciências Jurídicas e Sociais, Economia ou Contabilidade. Pode acontecer de serem liberadas outras áreas. Essa informação só será confirmada através do edital.

Prazo de validade desse concurso

A validade máxima desse concurso é de 3 anos. Esse é um ótimo tempo se baseando em outros concursos. E a boa notícia é que esse prazo pode ser prorrogado. Mas não é nada oficial, vale a torcida de todos os candidatos.

Dicas para quem vai fazer a inscrição para o concurso TCE-SP 2019

A dica para quem quer passar para um concurso desse porte é estudar muito. Pois a certeza que já temos é que não será fácil. Criar um cronograma de estudo e se dedicar pelo menos 4 horas por dia já é um bom começo. Ter foco e se preparar é a melhor opção para todos os candidatos.

Essas são as informações do concurso TCE-SP 2019!

Por Cristiane Amaral

Concursos


Novo Concurso do TRT da 4ª Região abre vagas para atuação nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região abre inscrição para concurso com vagas de cadastro reserva para funções de nível ensino médio, técnico e superior. As inscrições acontecem até o dia 26 de junho de 2019.

O TRF 4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, está com inscrições abertas para seu novo concurso público (edital nº 1/2019) para cargos de nível ensino médio, técnico e superior. O concurso público visa à formação de CR (cadastro de reserva) para futuras contratações de profissionais para atuar nas Secretarias da Justiça Federal de 1º Grau nas Seções Judiciárias. A empresa organizadora do concurso é a FCC (Fundação Carlos Chagas).

Cargos concurso público TRF 4 – 2019

As vagas no TRF4 para trabalhar em cidades do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul são para as seguintes funções: Técnico Judiciário e Analista Judiciário. As colocações de Técnico Judiciário são para trabalhar nas as áreas de Segurança e Transporte, Administrativa e Tecnologia da Informação. Já as vagas para o cargo de Analista Judiciário são para trabalhar nas áreas de Sistemas de Tecnologia da Informação, oficial de Justiça, Oficial de Justiça Avaliador Federal e Infraestrutura em Tecnologia da Informação.

Inscrições concurso público TRF 4 – 2019

As inscrições para o concurso público do TRF 4 poderão ser realizadas pela internet, entre os dias 3 a 26 de junho de 2019, pelo endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 61,00 para Técnico Judiciário e R$ 71,00 para Analista Judiciário.

Remunerações concurso público TRF 4 – 2019

Os salários iniciais do TRF4 para os cargos variam entre R$ 7.591,37 e R$ 12.455,30, com carga horária de trabalho de 40 horas semanais.

Avaliação dos candidatos concurso público TRF 4 – 2019

Os candidatos serão avaliados por prova objetiva, redação ou estudo de caso, de caráter habilitatório e classificatório, com data prevista para ser aplicada no dia 4 de agosto de 2019. As provas para os cargos de Técnico Judiciário em todas as áreas serão aplicadas no período da manhã e os cargos de Analista Judiciário em todas as áreas serão aplicadas no período da tarde.

Os cargos Técnico Judiciário nas áreas Especialidade Segurança e Transporte e Administrativa serão avaliados também por teste de aptidão física com data prevista para ser aplicada no dia 3 de novembro de 2019.

As provas objetivas de conhecimentos específicos e conhecimentos gerais, conforme o cargo, contarão com questões de múltipla escolha, com cinco alternativas, das seguintes disciplinas: português (todos os cargos), conhecimentos Gerais (todos os cargos), Raciocínio Lógico-Matemático (todos os cargos), Noções de Direito, e Conhecimentos Específico (todos os cargos).

Locais onde serão aplicadas as provas concurso público TRF 4 – 2019

As provas serão aplicadas nos três estados nas seguintes cidades: Caxias do Sul (RS), Canoas (RS), Pelotas (RS), Passo Fundo (RS), Porto Alegre (RS), Santo Ângelo (RS), Santa Maria (RS), Uruguaiana (RS), Criciúma (SC), Chapecó (SC), Florianópolis (SC), Joinville (SC), Itajaí (SC), Lages (SC), Curitiba (PR), Cascavel (PR), Guarapuava (PR), Umuarama (PR) e Londrina (PR).

Validade concurso público TRF 4 – 2019

A validade do concurso do TRF 4 será de dois anos, que passar a contar a partir da homologação de seu resultado final, e pode ser prorrogado por mais dois anos.

Edital concurso público TRF 4 – 2019

O edital completo do concurso público do TRF 4, com mais informações sobre as vagas e cargos, pode ser acessado pelo link https://www.concursosfcc.com.br/concursos/trf4r119/index.html.

Por Adoniran Peres

Concursos


UNIFASF oferta 38 vagas em novo concurso público.

A Universidade Federal do Vale do São Francisco está com vagas em aberto para os campi de São Raimundo Nonato (PI), Petrolina (PE), Juazeiro (BA), Salgueiro (PE), Paulo Afonso (BA) e Senhor do Bonfim (BA).

A UNIVASF (Universidade Federal do Vale do São Francisco) publicou o edital com abertura de vagas para um novo concurso público que visa à contratação de 38 profissionais, com níveis de escolaridade ensino médio, técnico e superior. As vagas em aberto são para cargos da carreira de Técnico-Administrativo em Educação e as inscrições estão abertas até o próximo dia 7 de julho de 2019.

Remunerações

Os salários iniciais estão entre R$ 2.446,96 a R$ 4.180,66, conforme o cargo, e mais benefícios, por carga horária de trabalho de 40 horas por semana.

Vagas Campus São Raimundo Nonato (PI)

As vagas em aberto da UNIFASF para trabalhar no Campus São Raimundo Nonato (PI) são para os seguintes cargos: Técnico de Tecnologia da Informação, Técnico de Laboratório de Química, Assistente Social, Técnico em Assuntos Educacionais, Bibliotecário Documentalista, Assistente em Administração e Psicólogo.

Vagas Campi de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA)

Para trabalhar no Campi de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) as vagas são para os seguintes cargos: Analista de Tecnologia da Informação, Técnico em Eletrônica, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Auditor, Tecnólogo Gestão Pública, Nutricionista, Técnico em Anatomia e Necropsia, Técnico de Tecnologia da Informação, Assistente em Administração e Técnico em Assuntos Educacionais.

Vagas Campus de Salgueiro (PE)

As vagas da UNIFASF para trabalhar no Campus de Salgueiro (PE) são para as seguintes funções: Técnico em Assuntos Educacionais, Administrador, Técnico de Tecnologia da Informação e Assistente de Administração.

Vagas Campus Ciências Agrárias em Petrolina (PE)

As vagas da UNIFASF para trabalhar no Campus Ciências Agrárias em Petrolina (PE) são para os seguintes cargos: Bibliotecário Documentalista, tradutor e Intérprete de libras e Médico Veterinário.

Vagas Campus Paulo Afonso (BA)

As vagas da UNIFASF para trabalhar no Campus Paulo Afonso (BA) são para os cargos de Assistente Social, Técnico em Enfermagem, Assistente em Administração e Técnico em Assuntos Educacionais.

Vagas campus Senhor do Bonfim (BA)

As vagas da UNIFASF para trabalhar no Campus do Senhor do Bonfim (BA) são para os cargos de: Assistente em Administração, Psicólogo, Técnico de Laboratório de Química, Técnico de Laboratório de Biologia e Técnico de Tecnologia da Informação.

Como se inscrever no concurso da UNIFASF

As inscrições para o concurso da UNIFASF podem ser realizadas entre os dias 4 de junho e 7 de julho de 2019, pela internet no site www.idecan.org.br. O valor da taxa de inscrição será de R$ 70,00 para nível médio e técnico e R$ 100,00 para nível superior.

Avaliação dos candidatos

Todos os candidatos do concurso da UNIFASF serão avaliados por prova objetiva, com data prevista para ser aplicada no dia 1º de setembro de 2019, nas cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). As provas objetivas vão contar com 25 questões de múltipla escolha das disciplinas de Legislação, Língua Portuguesa, Conhecimentos específicos, e Raciocínio Lógico.

Haverá ainda prova de títulos para o cargo de Médico Veterinário, prova prática para as funções de Médico veterinário, Tradutor e Intérprete de libras, Técnico em Eletrônica, Técnico de Laboratório Biologia e Química e Técnico de Anatomia e Necropsia.

Validade do concurso UNIFASF

A validade do concurso será de um ano, que passa a contar a partir da data de homologação do resultado final do certame publicado no Diário Oficial da união, e pode ser prorrogado por mais um ano.

Por Adoniran Peres

Concurso


A PRF enviou ao Ministério da Economia a solicitação de 4.435 vagas em um novo Concurso Público.

Está previsto o concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), pois foi enviado pedido do edital para Ministério da Economia e na solicitação constam 4.435 vagas. A oportunidade vai abranger nível médio e superior, por isso, que tal aproveitar a oportunidade e iniciar os estudos?

Serão duas oportunidades: uma para o cargo de Policial Rodoviário Federal – 4.360 vagas, que precisa ter nível superior completo em qualquer área, e a remuneração inicial corresponde a R$ 10.357,88. A outra é para o cargo de agente administrativo – 75 vagas, que exige nível médio, e a remuneração corresponde a R$ 4.022,77.

Ainda não há uma previsão para a autorização do certame, mas é alto o déficit na PRF, uma vez que a carência é de mais de 8 mil policiais. De acordo com o atual diretor geral do órgão, Adriano Furtado, ele vai lutar para que os certames sejam anuais.

Último concurso PRF

O último concurso PRF ocorreu no ano de 2018 e teve 500 vagas. A banca responsável pela realização do certame foi a Cespe/Unb. Na ocasião, teve mais de 100 mil inscritos e as provas para o certame foram feitas no mês de fevereiro. No total, teve 120 questões.

O concurso PRF teve as seguintes etapas: prova objetiva, discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social, curso de formação e avaliação de título.

Para concorrer ao cargo de Policial Rodoviário Federal, o interessado deve ter nível superior em qualquer área, ter entre 18 a 65 anos, além de carteira de habilitação na categoria B ou superior.

Que tal aproveitar a chance e começar a estudar para o concurso PRF antes da publicação do edital?

Concurso PRF: como passar?

Devido à concorrência, quanto mais cedo iniciar os estudos, maiores serão as chances de aprovação. O concurso PRF é um dos mais cobiçados, logo não perca tempo. A dica é fazer um planejamento, a fim de organizar e estruturar toda a sua rotina.

Neste sentido, se você trabalha e estuda, precisa criar uma rotina para definir o horário em que você vai estudar as disciplinas. Tente separar, pelo menos, três horas por dia e procure estudar nos seus horários livres como, por exemplo, na hora do almoço ou no trajeto.

Se for o seu primeiro concurso, busque fazer um curso que seja direcionado e focado na realização do certame. Estude por apostilas que sejam atualizadas e reconhecida no mercado. Procure por materiais que sejam referência, pois isso será o diferencial para a sua aprovação.

Ao estudar, concentre-se e busque dar o seu melhor a cada dia. Fique longe do seu celular e não perca tempo com jogos ou redes sociais. Foque na sua preparação, para colher o resultado: a sua aprovação.

Além da teoria, faça revisões dos assuntos estudados e não perca se esqueça de fazer exercício. Quando a banca do seu certame for escolhida, direcione a sua preparação e faça muitos exercícios, para conhecer a organizadora, o estilo de prova, os assuntos mais cobrados e recorrentes.

Fazer exercício é fundamental para você treinar e saber os pontos que precisam ser melhorados. No seu planejamento, separe tempo para fazer atividade física, pois isso vai ajudar a diminuir ansiedade, nervosismo e ajudar a manter a forma.

Procure manter uma dieta leve e equilibrada. Invista em legumes, frutas, verduras e itens saudáveis. Estudar para concurso público não é uma tarefa fácil, mas valerá a pena.

Lembre-se de que quanto mais cedo iniciar os seus estudos melhor. O conhecimento leva tempo e aos poucos você vai fixando o conteúdo na memória. Não desista até chegar aonde realmente deseja e acredite no seu potencial.

Você vai começar a estudar para o concurso PRF? Compartilhe as dicas nas suas redes sociais e muito sucesso nos seus estudos.

Por Babi

Concursos


Certame depende apenas da escolha da organizadora para acontecer.

Novo certame público, de alta categoria, está próximo de ter seu edital definitivo publicado.

Trata-se do processo seletivo para provimento de cargos no departamento da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM), que está programado para realização a partir do segundo semestre deste ano de 2019. Até o presente momento, este novo concurso contemplará em torno de 681 postos efetivos e aguarda somente a determinação da instituição que atuará como banca organizadora.

Do total de postos a serem disponibilizados, 20 vagas serão destinadas ao cargo de oficial combatente ou para aluno oficial combatente; serão 20 vagas destinadas ao cargo de oficial da saúde ou para aluno oficial da saúde; serão 20 vagas destinadas ao cargo de cabo especialista em música ou para aluno cabo; serão 20 vagas destinadas ao cargo de cabo especialista em saúde ou para aluno cabo. As demais 601 vagas se destinam ao cargo de soldado combatente, ou aluno soldado.

Com relação ao posto de soldado, o mesmo está reservado aos profissionais que possuem certificado de ensino médio, ao passo que a função de oficial tem requisito de nível médio e (ou) superior, em conformidade com a especialidade disponível.

Com relação à função de Cabo, o grau de escolaridade exigido ainda não foi anunciado. Sobre os vencimentos, até o presente momento não foram revelados valores, por meio do órgão. Entretanto, a comissão que organizará este concurso já está definida, desde o ano de 2018.

O histórico do último concurso para cargos na Polícia Militar registra o seguinte:

Foi realizado no ano de 2011 e consistiu em um processo seletivo que disponibilizou em torno de 2.473 postos efetivos, dos quais 2.000 vagas foram destinadas à função de soldado; 29 vagas reservadas para a função de praça especialista; 39 vagas destinadas à função de oficial de saúde e as demais 405 vagas para a função de oficial combatente.

Aquele mesmo certame público foi regido pela banca organizadora que, na ocasião, estava nas mãos da Fundação Instituto Superior de Administração, ou Isae.

O cargo de soldado estava reservado aos candidatos de nível médio; o valor do vencimento iniciou em 1.104 reais, ao longo do curso de formação atingiu o teto de 1.637 reais, com a conclusão do mesmo.

O cargo de oficial combatente estava reservado, de modo distributivo, da seguinte maneira: 167 vagas destinadas para os concorrentes participantes do curso de formação em oficial PM; 188 vagas destinadas às pessoas munidas de graduação em direito e 50 vagas destinadas aos candidatos munidos de ensino médio.

O cargo de oficial de saúde estava dispondo de18 vagas para a função de médico em diversas especialidades, sendo oito vagas para dentista, uma vaga para setor de veterinário, uma vaga para setor de farmacêutico-bioquímico, quatro vagas para a função de enfermeiro, cinco vagas para a função de psicólogo e as demais duas vagas para o setor de fisioterapeuta.

Aquele processo de seleção foi realizado dentro das seguintes etapas:

Iniciou pela prova objetiva; seguida do exame sobre a saúde; o teste de aptidão física; a análise psicológica; a necessária apresentação dos documentos; o curso de formação; as investigações: social, funcional, cível e também criminal.

Os cargos que abrangem funções diversas em praça especialista exigiram testes práticos.

As provas foram ministradas nas seguintes cidades: em Barcelos; em Boca do Acre; em Coari; em Eirunepé; em Humaitá; em Itacoatiara; em Lábrea; na capital Manaus; em Manacapuru; em Parintins; em São Gabriel da Cachoeira; em Tabatinga e na cidade de Tefé.

Paulo Henrique dos Santos


Novo certame público de alta categoria está próximo de ser oficialmente aberto.

Um novo processo seletivo para cargos no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ AM) está para ser aberto. De acordo com o desembargador do Estado, foi confirmado, na última quinta-feira, dia 30 de maio, o critério de distribuição dos postos efetivos neste novo certame público de 2019.

Conforme os dados oficiais, este processo de seleção contemplará em torno de 480 postos de trabalho, dos quais 160 se destinam ao imediato preenchimento e os demais 320 formarão o cadastro reserva de pessoas. Destas 160 vagas imediatas, 140 estarão lotando cargos na função de assistente judiciário, o qual exige somente escolaridade de ensino médio, sendo as demais 20 vagas destinadas ao preenchimento de cargos na função de analista judiciário, com exigência de formação em nível superior.

Esta confirmação se deu ao longo do evento que firmou a assinatura de contrato junto à futura banca organizadora, a qual estará nas mãos da Cebraspe. Portanto, este concurso público, além de disponibilizar 160 postos, vai manter o triplo de vagas que estarão contidas no chamado cadastro reserva de pessoas. Este posterior preenchimento se dará em conformidade com as necessidades do próprio Tribunal. Os candidatos selecionados dentro da escala das vagas imediatas serão convocados, nomeados e contratados até o início do ano de 2020.

Deste modo, a previsão indica que o documento de edital que abre o período de inscrições esteja definitivamente publicado no primeiro mês do segundo semestre deste ano. As provas objetivas serão ministradas até o mês de novembro.

De acordo com o presidente do Tribunal de Justiça do estado do Amazonas, este certame deveria ter sido realizado desde o mês de janeiro, porém, a uma série de trâmites burocráticos o processo atrasou.

Entretanto, este mesmo processo de seleção para provimento de cargos no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas está sendo aguardado desde o dia 4 do mês de julho de 2018, sendo a data em que o mesmo foi anunciado pelo próprio presidente do órgão, ao longo da solenidade na posse de seu cargo.

Destes 140 postos reservados ao preenchimento do cargo de assistente, em nível médio, 127 serão lotados na própria comarca da capital daquele estado, município de Manaus.

Os demais 13 postos serão lotados em regiões do interior do estado, dos quais sete na chamada sub-região de Alto Solimões, que abrange as cidades de Atalaia do Norte; de Benjamin Constant; de São Paulo de Olivença; cidade de Santo Antônio do Içá; cidade de Tabatinga e na cidade de Amaturá. Os demais seis serão lotados na chamada sub-região do baixo Amazonas, que abrange as cidades de Parintins; de Barreirinha; cidade de Boa Vista do Ramos; de Nhamundá; de São Sebastião do Uatumã e na cidade de Urucará.

A distribuição das funções dentro de cada área de atuação, com relação as 127 vagas reservadas para a capital daquele Estado, 100 delas estão reservadas para áreas diversas, sem definição mais precisa, dez vagas serão destinadas à função de programador; 15 vagas serão destinadas à função de suporte aos usuários de informática e as últimas duas vagas serão destinadas ao cargo de técnico no r amo de segurança do trabalho.

Para o interior do estado, das sete vagas existentes, com lotação programada para a sub-região do Alto Solimões, seis vagas estão reservadas ao cargo de assistente judiciário geral, sendo uma vaga reservada à função de suporte aos usuários de informática.

Com relação á demais seis vagas reservadas para lotação na sub-área do Baixo Amazonas, cinco serão ocupadas no cargo de assistente judiciário geral, sendo apenas uma para o cargo na função de suporte aos usuários de informática.

Paulo Henrique dos Santos


CRO-GO oferta vagas de emprego em cargos que exigem o Nível Médio e Superior de ensino.

O Conselho Regional de Odontologia do Estado de Goiás (CRO-GO) publicou no último dia 27 o edital de abertura para o concurso público 2019. Há cargos disponíveis para os níveis médio e superior, e os salários vão de R$1.549,00 a R$ 5.828,00, além de benefícios. Se tem interesse em saber mais sobre o concurso do CRO-GO, confira o post e saiba como se inscrever.

Quadro de vagas

Ao todo, são ofertadas 11 vagas efetivas e mais de 130 vagas para cadastro reserva. Para este, o concurso público abrange também as cotas para candidatos negros (PPP) e para candidatos com deficiência (PCD). Para os candidatos com ensino médio completo, as vagas, bem como suas atribuições, são:

· Assistente administrativo: realizar atividades de apoio administrativo, como: efetuar ligações telefônicas; enviar e receber fax e e-mail; anotar recados; fazer cópias e encadernações de documentos em geral; realizar atendimento telefônico e presencial recepcionando clientes, visitantes e fornecendo informações; operar sistemas informatizados ligados a sua área de atuação, receber, conferir, armazenar e entregar documentos etc.

· Fiscal regional: além do ensino médio completo, os candidatos ao cargo deverão possuir disponibilidade para viagens em períodos e dias de acordo com as necessidades do CRO-GO e Carteira Nacional de Habilitação Categoria “B” ou superior. As atribuições do cargo são: efetuar serviços de fiscalização e inspeção de profissionais; executar os planos de trabalhos previamente definidos pelo fiscal Cirurgião Dentista; fazer cumprir as determinações legais do Órgão; prestar informações, orientações, ouvir dúvidas, reclamações ou sugestões dos profissionais fazendo o encaminhamento necessário, entre outros.

· Técnico de fiscalização: os candidatos ao cargo deverão, assim como os candidatos às vagas de fiscal regional, possuir ensino médio completo, disponibilidade para viajar e CNH categoria “B” ou superior. O técnico de fiscalização deverá fiscalizar o exercício da profissão de todas as categorias odontológicas; fazer cumprir as determinações legais do Órgão; receber os protocolos de denúncias, programar e realizar as apurações necessárias; elaborar, planejar e executar os roteiros de viagem para fiscalização, entre outras atividades.

Já para os candidatos aos demais cargos, a exigência mínima é o ensino superior completo. As vagas são:

· Auditor de controle interno: planejar e/ou apoiar no planejamento das atividades de auditoria; definir verificações e amostras para realização de testes de trabalho; apontar desvios, formular recomendações e propor correções às irregularidades encontradas; prestar apoio e orientação visando à solução de problemas apontados em auditorias, entre outras atividades.

· Contador: o contador deverá ter concluído curso de graduação de nível superior, em grau de bacharel em Ciência Contábeis e possuir registro no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Goiás (CRC-GO), e deverá trabalhar para estabelecer métodos e práticas de auditoria contábil e financeira; coordenar, supervisionar e orientar as atividades contábeis das áreas internas; prestar assessoria contábil aos Diretores e Conselheiros do CRO-GO; supervisionar a confecção e transcrição de atos exigidos por legislação específica; elaborar estudos, programas e projetos de interesse do CRO-GO; supervisionar e orientar os trabalhos das equipes envolvidas na execução de programas e projetos especiais etc.

· Fiscal I: o candidato a fiscal deverá possuir curso de graduação completo em Odontologia, Registro no Conselho Regional de Odontologia de Goiás (CRO-GO), além de disponibilidade para viagens e Carteira Nacional de Habilitação Categoria “B” ou superior. As funções do fiscal incluem, dentre outras: orientar os inscritos quanto às normas pertinentes ao registro, sua manutenção e cancelamento; fiscalizar o exercício ilegal no campo de atuação da odontologia, apurando denúncias, informações recebidas formalmente ou obtidas a partir de pesquisa em mídias diversas; emitir notificações/comunicações/intimações e autos de infração de acordo com a legislação e normas vigentes.

Sobre as provas

As provas estão previstas para acontecerem no dia 04 de agosto, com duração de até 4 horas. As questões englobam língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico e matemático e atualidades. Além disso, será cobrada ética no serviço público e legislação, além de conhecimentos específicos próprios de cada cargo.

Se tiver interesse em saber mais sobre o concurso público, acesse o site da banca Quadrix (www.quadrix.org.br) até o dia 08 de julho e faça sua inscrição!

Boa sorte!

Por Gabriela P.

Concurso


CRMV-RN recebe inscrições até o dia 8 do mês de julho de 2019 em seu Concurso Público.

Novo concurso público está oficialmente aberto. O recente documento de edital é o do certame CRMV-RN, ou, para cargos no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio Grande do Norte. As vagas disponíveis se destinam aos profissionais da classe de nível médio de escolaridade, e a remuneração inicial está em 1,9 mil reais.

O procedimento para cadastro de inscrição é o seguinte:

Todas as pessoas interessadas deverão cadastrar suas inscrições até o dia 8 do mês de julho de 2019.

A função de banca organizadora está sob a responsabilidade do Instituto Quadrix, em cujo site os futuros concorrentes deverão preencher a ficha cadastral e imprimir o boleto. A taxa de participação está estipulada em 48 reais.

O boleto deverá ser quitado até o dia 09 do mês de julho deste ano de 2019.

Sobre os postos e as remunerações, seguem as informações:

São cargos operacionais, que exigem formação em nível médio. São 60 vagas disponíveis. Os cargos a serem preenchidos são os seguintes:

Na função de Agente Administrativo, com 30 vagas abertas e de Agente Fiscal, com 30 vagas.

O valor da remuneração de ambos os postos está em 1.996 reais. O regime de trabalha está estruturado em jornadas de 40 a 44 horas por semana.

Sobre o itinerário deste processo seletivo para cargos no CRMV (RN), seguem as informações:

Será realizada uma rigorosa avaliação sobre os concorrentes, por meio de uma prova objetiva, a qual será ministrada para os dois cargos disputados. A realização se dará em data previamente agendada para o dia 28 do mês de julho de 2019, em turno vespertino, em duração oficial de até 3 horas no máximo.

Até o momento não foram divulgados os horários das provas, os quais serão publicados no próprio site da banca organizadora, no dia 23 do mês de julho de 2019.

A chamada prova objetiva consistirá em um caderno contendo 120 questões de múltipla escolha, e terá valor integral de 120 pontos exatamente. Serão realizados testes sobre as habilidades e os demais conhecimentos de cada candidato. Este teste é de caráter eliminatório e classificatório.

Sobre o conteúdo programático, seguem as informações:

Trata-se de um caderno de provas que versará sobre os seguintes conteúdos: em Conhecimentos Básicos, com 40 questões; em Conhecimentos Complementares, com 20 questões e em Conhecimentos Específicos, com 60 questões.

Este mesmo processo de seleção público terá validade oficial de dois anos, computados a partir da data de sua homologação, com chance de prorrogação apenas uma vez por período equivalente, ou seja, até mais dois anos.

Os requisitos exigidos são os seguintes:

1 – Ser de nacionalidade brasileira ou portuguesa (nato). No caso de o concorrente ser de nacionalidade portuguesa, o mesmo deverá ser amparado por meio do estatuto de igualdade entre cidadãos brasileiros e cidadãos portugueses, em plena conformidade legal com o que está perpetrado nos termos do parágrafo 1º, do artigo 12, da Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988;

2 – Estas um idade mínima de 18 anos, completos até a data de contratação;

3 – Estar munido dos necessários documentos que comprovam os requisitos básicos exigidos para se ocupar e exercer o cargo, além dos demais documentos imprescindíveis para a contratação legal;

4 – Todo candidato deverá estar quite com as suas obrigações eleitorais e em pleno usufruto de seus direitos políticos;

5 – No caso do candidato de sexo masculino, estar munido do certificado de reservista ou do documento oficial de dispensa de incorporação às Forças Armadas;

6 – Apresentar a devida aptidão física e também psíquica para o exercício das funções correspondentes a cada cargo.

Entre outros requisitos. Mais informações no site: https://www.novaconcursos.com.br/portal/concursos/concurso-crmv-rn.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


As inscrições para o concurso estão abertas até o dia 13 de junho de 2019. A remuneração total é no valor de R$ 3.164,58.

O concurso público da PM – SP (Policia Militar de São Paulo) está com inscrições abertas até o próximo dia 13 de junho de 2019. A abertura publicação do edital visa ao preenchimento de 2.700 vagas, ambos os sexos, com escolaridade ensino médio, para o cargo de Soldado PM de 2ª Classe do Quadro de Praças de PM (QPPM).

Requisitos concurso PM SP

As vagas do concurso público da PM SP para Soldados são para ambos os sexos, sendo requisito necessário para participar deste certame que candidato tenha idade entre 17 e 30 anos, tenha escolaridade ensino médio completo, possuir altura mínima de 155 cm (mulheres) e 160 cm (homens) e ter CNH (Carteira Nacional de Habilitação) entre as categorias “B” e “E”.

Remuneração

O salário para Soldado da PM SP é no valor total de R$ 3.164,58. Deste total, R$ 1.226,03 é o valor do vencimento básico, R$ 1.226,03 referente ao RETP (Regime Especial de Trabalho Policial) e R$ 712,52 de insalubridade.

Entre as atribuições do cargo, os soldados farão o policiamento ostensivo, repressão às infrações penais e administrativas, preservação da ordem pública, além da aplicação da lei que deve primar pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade humana.

Inscrições realizadas exclusivamente pela internet

Os interessados poderão realizar inscrições do concurso da PM SP para Soldado, entre os dias 03 de maio e 13 de junho de 2019, pela internet no site da organizadora do concurso, a Fundação Vunesp, no endereço eletrônico www.vunesp.com.br. A taxa de inscrição é no valor de R$ 50,00.

Avaliação dos candidatos concurso PM SP para Soldados

Os candidatos do concurso PM – SP 2019 serão avaliados por prova objetiva e dissertativa, exame de aptidão física, exame psicológico, exame de saúde, avaliação da conduta social, da idoneidade e da reputação, além de análise da documentação.

A prova objetiva contará com 60 questões, sendo dessas 14 questões de matemática, 20 questões de Língua Portuguesa e Interpretação de Textos, 6 questões de Noções Básicas de Informática, 14 questões de Conhecimentos Gerais e 6 questões de Noções de Administração Pública. A prova objetiva valerá o total de 60 pontos. Já a prova dissertativa contará por uma redação que terá nota de 40 pontos. O tempo total das provas deverá ser de, no máximo, 4 horas.

Os candidatos que obtiverem 20 pontos na prova dissertativa e 30 pontos na prova objetiva serão considerados aprovados nesta etapa do concurso.

As provas objetivas e dissertativas serão aplicadas no dia 28 de julho de 2019, no turno da tarde, nas cidades de Bauru, Araçatuba, Santos, Campinas, Ribeirão Preto, Piracicaba, Sorocaba, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, São Paulo e São José dos Campos.

Prova de aptidão física

A prova de aptidão física, de caráter eliminatório, tem valor total de 100 pontos e contará com avaliações como: resistência abdominal, apoio de frente sobre o solo (flexão e extensão de cotovelos), corrida de 12 minutos e corrida de 50 metros.

Validade do concurso

A validade do concurso público será de seis meses, que passa a contar a partir da data de sua homologação, e poder ser prorrogado por mais seis meses, ficando a critério da administração pública.

Edital concurso

Mais informações sobre o concurso PM – SP poderá ser consultado no edital. O edital Nº DP-2/321/19 pode ser acessado pelo link https://documento.vunesp.com.br/documento/stream/OTcwOTgw.

Por Adoniran Peres

Concurso


Novo processo seletivo público do Exército Brasileiro está oficialmente aberto com a oferta de 450 vagas para Cadetes.

Trata-se de certame promovido pelo Comando do Exército, cujo período de inscrição já está aberto. Este é o novo concurso público destinado ao preenchimento de cargos na Escola Preparatória de Cadetes.

Conforme os dados do documento de edital, que foi publicado no Diário Oficial da União, estão sendo disponibilizados em torno de 450 postos, dos quais 400 estão reservados aos candidatos e 50 postos para as candidatas. Deste quantitativo de cargos, 90 estão destinados ao programa de cotas para candidatos afrodescendentes.

Todos os concorrentes selecionados neste certame do EsPCex, edição de 2019, serão conduzidos ao início do Curso de Formação e de Graduação de Oficiais para Carreira na Linha de Ensino Militar Bélico, ou CFO-LEMB.

Todas as pessoas interessadas em participar desta seleção deverão preencher alguns requisitos:

A – ser cidadão brasileiro nato, em idade entre 17 e 22;

B – estar com o ensino médio concluído ou já estar cursando o 3º ano do mesmo;

C – possuir estatura de 1,60m, com relação aos homens, e de 1,55m, para as mulheres.

Conforme os dados oficiais contidos na tabela de vencimentos, a remuneração atual, ao longo do curso está no valor de 1.044 reais, subindo para o valor de 1.066 reais, no final deste mesmo curso.

Sobre o cadastro de inscrição, seguem as informações:

Todas as pessoas interessadas em participar, e que preencham os requisitos básicos, deverão efetuar suas inscrições entre os dias 7 do mês de maio e 6 do mês de junho de 2019, por meio do site oficial da EsPCEx: www.espcex.eb.mil.br. O valor taxa está estipulado em 90 reais.

O itinerário de testes deste Concurso Exército, de 2019, segue abaixo:

Este processo seletivo possui abrangência nacional e consistirá em fases de verificações sobre os requisitos intelectuais, em saúde, condições psicológicas e físicas, finalizando com a análise documental.

Deste modo, seguem as fases:

A – etapa primeira: o Exame Intelectual, que será realizado em caráter eliminatório e classificatório, obrigatório para todos os candidatos, homens e mulheres;

B – etapa segunda: (1) a necessária Inspeção da Saúde, que será de caráter eliminatório, sendo efetuada somente sobre o candidato aprovado no EI, ou classificados majorados; (2) o necessário Exame sobre a Aptidão Física, em caráter eliminatório, sendo efetuada somente sobre o candidato aprovado no EI e no IS; (3) a necessária Avaliação Psicológica, em caráter eliminatório; sendo efetuada somente sobre o candidato aprovado no EI, que deverá estar apto na IS e também no EAF; (4) a necessária comprovação de requisitos para essa matrícula, em caráter eliminatório, sendo efetuada somente sobre o candidato aprovado no EI, no IS, também no EAF, na avaliação psicológica, na própria Comissão de Heteroidentificação Complementar (neste caso, somente para os candidatos autodeclarados afrodescendentes, na inscrição), que esteja devidamente classificado no número de postos previstos nesta portaria do departamento do Estado Maior do Exército, ou EME.

Informações sumárias:

Este é o novo Concurso para provimento de postos na Escola Preparatória de Cadetes; a função de banca organizadora está nas mãos do Exército; o nível de formação escolar exigida é de ensino médio; a quantidade oficial de postos disponíveis é de 450; o valor do salário inicial é de 1.044, subindo ao longo do curso; o período de inscrições oficial iniciou no dia 7 de maio e terminará no dia 6 de junho, deste ano de 2019; a taxa de inscrição está estipulada no valor de 90 reais; as provas serão ministradas entre os dias 28 e 29 do mês de setembro de 2019.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Com inscrições abertas a partir do dia 1º de agosto, o concurso oferta 97 vagas para cargos como Médico, Enfermeiro, Condutor Socorrista e Técnico de Enfermagem.

O Edital do concurso público do Cisrun MG (Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas), foi publicado nesta segunda-feira, 20 de maio de 2019, com a oferta de 97 vagas imediatas e mais cadastro reserva. O Cisrun MG faz a gestão administrativa do SAMU, sendo responsável por atender 86 cidades do Macronorte de Minas Gerais.

As vagas no concurso são destinadas aos cargos com requisito de escolaridade ensino médio, técnico e superior. Os salários iniciais, conforme o cargo podem chegar a 5,5 mil reais. As vagas no concurso público Cisrun 2019 são para os cargos de Médico, Enfermeiro, Condutor Socorrista e Técnico em Enfermagem.

Vagas para atuação em diversos municípios

A atuação são para diferentes municípios de Minas Gerais, como Coração de Jesus, Berizal, Mato Verde, Bonito de Minas, Montes Claros, Capitão Enéas, Cristália, Salinas, Espinosa, Mato Verde, Gameleiras, Jaíba, Ibiaí, Janaúba, Itacambira, entre outros.

Inscrições concurso Cisrun pela internet

As inscrições para o concurso Cisrun 2019 serão realizadas pela internet, entre os dias 1º de agosto até 2 de setembro 2019 pelo site da organizadora do certame que é a FADENOR – COTEC, no endereço eletrônico www.cotec.fadenor.com.br. O valor da taxa de inscrição varia entre R$60,00 e R$130,00, conforme o cargo.

Condutor Socorrista

Para o cargo de Condutor Socorrista estão sendo ofertadas 45 vagas e com salário de R$1.150,00. É requisito para o cargo, carteira de habilitação categoria D, experiência como motorista de no mínimo 6 meses. O valor da taxa de inscrição será de R$ 60,00 para o cargo. A carga horária de trabalho para o cargo será de 40 horas semanais, com regime de plantão de 12 horas.

Técnico de Enfermagem

Para o cargo de técnico em enfermagem estão sendo abertas 27 vagas e com salário de R$1.100,00. É requisito para o cargo ensino médio e curso técnico de enfermagem, além de registro no COREN. É preciso ainda no mínimo 6 meses de experiência no cargo. O valor da taxa de inscrição será de R$70,00. A carga horária de trabalho será de 30 horas semanais, com regime de Plantão de 12 horas ou 24 horas.

Enfermeiro

Para o cargo de enfermeiro estão abertas quatro vagas e o salário é no valor de R$ 1.900,00. Para concorrer à vaga é necessário ensino superior completo em Enfermagem, além de registro no COREN como Enfermeiro. É preciso ainda ter experiência no serviço de atendimento de urgência ou como Enfermeiro de instituição hospitalar de no mínimo 6 meses. O valor da taxa de inscrição é de R$95,00. A carga horária de trabalho será de 30 horas semanais, com regime de Plantão de 12 horas ou 24 horas.

Médico

Para o cargo de médico serão abertas 21 vagas e com salário de R$ 5.500,00. Para candidatar na vaga é requisito ensino superior em Medicina e registro no CRM. A taxa de inscrição será no valor de R$130,00. A carga horária de trabalho será de 24 horas semanais, com plantões de 12 horas ou 24 horas (diurno/noturno).

Avaliação candidatos

Os candidatos serão avaliados por prova objetiva, prova de título, prova prática, curso de Formação Inicial. A prova objetiva tem previsão para ser aplicada no dia 13 de outubro de 2019 com três horas de duração. A prova será do tipo múltipla escolha valendo entre 0 e 100 pontos. O candidato que acerta mais de 50% da prova será considerado classificado.

Validade do concurso

A validade do concurso público será de 2 anos, que passa a contar a partir da data de homologação do resultado final, e pode ser prorrogado por mais dois anos, ficando a critério da Cisrun MG.

O edital do concurso Cisrun MG pode ser acessado no link https://cotec.fadenor.com.br/assets/documentos/385/edital/Edital_CISRUN.pdf.

Por Adoniran Peres

Concurso


Certame do IFPR tem 133 vagas abertas e recebe inscrições dos interessados entre os dias 31 de maio e 1º de julho de 2019.

A partir do dia 31 de maio até 1º de julho de 2019, estarão abertas as inscrições para provimento de vagas no Instituto Federal do Paraná (IFPR). No total, são 133 vagas distribuídas em nível médio e superior.

Para poder efetuar a inscrição, basta acessar o link www.concursosfau.com.br, preencher os dados e gerar o boleto. O valor das inscrições varia de R$ 80,00 para cargos de nível médio e R$120,00 para nível superior. Já as provas estão previstas para serem aplicadas no dia 4 de agosto de 2019 nas cidades de Curitiba e Região Metropolitana, Cascavel, Ivaiporã, Londrina, Palmas e Paranavaí.

A prova contará com 40 questões de múltipla escolha de língua portuguesa, raciocínio lógico, informática, legislação aplicada ao IFPR e conhecimentos específicos.

Cargos Nível Médio

Assistente em Administração: 1 vaga para Barracão, 1 para Jaguariaíva, 2 para Palmas, 1 para Paranaguá e 2 para Telêmaco Borba. Necessário ter ensino médio completo com experiência mínima de 12 meses na área ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Contabilidade: 1 vaga para União da Vitória e 1 para a Reitoria. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante, além de ter registro ativo no CRC. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Agricultura/Agropecuária: 1 vaga para Assis Chateuabriand. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Agroecologia: 1 vaga para Campo Largo e 1 para Capanema. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Alimentos: 1 vaga para Pitanga. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Aquicultura: 1 vaga para Foz do Iguaçú. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Áudio e Vídeo: 1 vaga para Cascavel, 1 para Jacarezinho, 1 para Paranavaí e 1 para a Reitoria. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Biologia: 1 para Umuarama. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Edificações: 1 vaga para Cascavel. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Física: 1 vaga para Ivaiporã, 1 vaga para Paranaguá e 1 para Paranavaí. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Informática: 1 vaga para Curitiba, 1 para Palmas e 1 para Paranavaí. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Massoterapia: 1 vaga para Curitiba. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Prótese Dentária: 1 vaga para Londrina. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Química: 1 vaga para Irati, 1 para Palmas e 1 vaga para Pitanga. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Saúde Bucal: 1 vaga para Londrina. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante. A remuneração é de R$2.446,96.

Técnico em Laboratório – Linguagem de Sinais: 1 vaga para a Reitoria. Necessário ter ensino médio completo e curso técnico ou ensino médio profissionalizante e curso de proficiência. A remuneração é de R$2.446,96.

Cargos Nível Superior

Administrador: 1 vaga para a Reitoria. Necessário ter curso superior em Administração e registro ativo no conselho. A remuneração é de R$4.180,66.

Assistente Social: 1 vaga para Capanema. Necessário ter curso superior em Administração e registro ativo no conselho. A remuneração é de R$4.180,66.

Psicólogo: 1 vaga para Assis Chateaubriand, 1 para Barracão e 1 para Coronel Vivida. Necessário ter curso superior em Administração e registro ativo no conselho. A remuneração é de R$4.180,66.

Técnico em Assuntos Educacionais: 1 vaga para Palmas. Necessário ter curso superior em Pedagogia ou alguma. Licenciatura. A remuneração é de R$4.180,66.

Por Andréa Corneli Ortis

Concurso


No total, serão 8 vagas mais formação de cadastro reserva. Os salários variam entre R$ 1.618,00 e R$ 5.635,00, conforme o cargo.

O Confere (Conselho Federal dos Representantes Comerciais) abriu as inscrições para o seu novo concurso público, com publicação do edital nº 01/2019. O certame visa ao preenchimento de 8 vagas e mais formação de cadastro reserva, para trabalhar na cidade do Rio de Janeiro (RJ), em cargos de nível médio e superior. A empresa organizadora do concurso será a INCP.

Cargos concurso Confere 2019

As vagas do concurso público do Confere são para os cargos de Telefonista, Programador, Contador, Administrador de Rede, Assistente Jurídico, Assistente Administrativo VII (2 vagas) e Auditor (Ciências Contábeis).

Segundo informações do edital, ainda será formado cadastro reserva, e todos os candidatos que forem aprovados no concurso Confere fora do número de vagas que estão sendo ofertadas, ficarão no cadastro durante a validade do concurso, e podem ser convocados conforme a necessidade e conveniência do Confere. Os candidatos aprovados e convocados serão contratados pelo regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Inscrições concurso Confere pela internet

As inscrições do concurso público do Confere estão sendo realizadas pela internet no endereço eletrônico www.incpconcursos.org.br, entre os dias 21 de maio de 2019 até 23 horas e 59 minutos do dia 21 de junho de 2019. O valor da taxa de inscrição será de R$ 13,84 (para vagas de ensino médio) e R$ 14,00 (vagas de nível superior). O cartão de convocação para as provas estará disponível no site do INCP a partir do dia 10 de julho de 2019 e será de responsabilidade do candidato acompanhar.

Remunerações concurso Confere

Os salários para os cargos variam entre R$ 1.618,00 e R$ 5.635,00 e carga horária de trabalho entre 20 a 40 horas por semana, conforme o cargo pretendido.

Avaliação candidatos concurso Confere

Todos os candidatos serão avaliados por prova objetiva, de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, e será aplicada prova discursiva exclusivamente para os candidatos das vagas que tem como requisito ensino superior. A previsão é que as provas sejam aplicadas no dia 28 de julho de 2019. Os candidatos aprovados, de todos os cargos, serão avaliados ainda com a verificação de pré-requisitos e comprovação de documentos. Os candidatos aos cargos que fazem somente prova objetiva, a duração será de três horas, e para os candidatos de nível superior, que farão provas objetivas e discursivas, a duração será de até 4 horas.

A prova objetiva para candidatos com ensino médio terá 10 questões de Língua Portuguesa, 5 questões de Conhecimento de Legislação, 5 questões de Conhecimentos de Informática e 20 questões de Conhecimentos Específicos.

Já para as provas objetivas, para candidato de nível superior, serão 10 questões de Língua Portuguesa, 5 questões de Conhecimento de legislação, 5 questões de Conhecimentos de informática e 30 questões de Conhecimentos Específicos.

Validade do concurso Confere 2019

A validade do concurso público do Confere será no prazo de dois anos, que passa a contar após a data que homologar o resultado final, e pode ser prorrogada uma única vez por igual período.

Mais informações sobre concurso Confere

Todos os candidatos inscritos devem acompanhar as publicações oficiais relativas ao certame que serão divulgadas no endereço eletrônico www.incpconcursos.org.br e por meio do site oficial do CONFERE www.confere.org.br.

Por Adoniran Peres

Concurso


BRB recebe inscrições para preencher vagas de Advogado e Escriturário.

Divulgado o edital para o concurso do Banco de Brasília (BRB) com 1 vaga para o cargo de Advogado. A banca responsável pelo certame é a IADES e as inscrições começam em junho. Que tal aproveitar a chance e estudar para o concurso BRB?

Concurso BRB: inscrições

Período: 23/06 a 29/07

Valor: R$ 88,00

A banca responsável pelo concurso BRB é a IADES.

Oportunidades do concurso BRB

O certame conta com uma vaga para o cargo de advogado, em que o interessado deve ter bacharel em Direito, além de registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial corresponde a R$ 19.530,67 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

A prova para o cargo está prevista para ser aplicada no dia 08 de setembro. Na parte de conhecimentos gerais serão cobradas disciplinas como Governança corporativa e compliance e também lei orgânica do distrito federal e regime jurídico dos servidores do DF. Na parte de conhecimentos específicos, serão cobrados conteúdos como direito constitucional, administrativo, direito civil, direito processual civil, direito tributário, direito econômico, direito do trabalho, direito processual do trabalho, direito do consumidor, direito empresarial e também direito penal. O edital para o concurso BRB para o cargo de advogado pode ser acessado por meio do link: http://www.iades.com.br/inscricao/ProcessoSeletivo.aspx?id=c2b0ac8d.

Além da oportunidade para o cargo de advogado, também foi lançado edital do concurso BRB para o cargo de escriturário com 100 vagas. Para concorrer, o interessado deve ter nível médio e a remuneração inicial corresponde a R$ 3.204,26.

Além da remuneração inicial, os interessados recebem auxílios como participação nos lucros e resultados, possibilidade de participação nos planos de previdência complementar e plano de saúde, auxílio refeição/refeição, entre outros. A carga horária de trabalho é de 30 horas semanais.

As inscrições começam no dia 09 de junho e o prazo permanece aberto até o dia 15 de julho. O valor da taxa é de R$ 56,00. Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e também discursivas, que estão previstas para a data de 18 de agosto, de acordo com o edital do concurso BRB.

As provas devem ser aplicadas no turno da tarde e a duração é de 4 horas. O certame tem a validade de um ano, e pode ser prorrogado pelo mesmo período. Na parte de conhecimentos gerais, serão cobrados conteúdos de língua portuguesa, raciocínio lógico e matemática, uso de tecnologia em ambientes corporativos, governança corporativa e compliance, inovação, lei orgânica do distrito federal e regime jurídico dos servidores do DF e também conhecimento sobre distrito federal e ride.

Em relação aos conteúdos específicos serão cobrados conhecimentos bancários, os bancos na era digital, qualidade no atendimento e diversidade, defesa do consumidor, confidencialidade e segurança da informação, probabilidade e estatística.

O edital para o cargo de escriturário do concurso BRB pode ser acessado por meio do link: https://www.iades.com.br/inscricao/upload/249/2019050372458451.pdf.

Dicas de estudo para o concurso BRB

Programe a sua rotina e tente se dedicar, pelo menos, 3 horas por dia. Procure estudar nos seus intervalos de almoço, transporte, entre outros horários.

Faça um planejamento e priorize as disciplinas que tenham um maior peso. Aproveite o seu tempo do fim de semana e feriado para estudar, revisar o conteúdo ou resolver questões.

Faça muitos exercícios da banca IADES, que é a organizadora do concurso BRB. Ao fazer questões, você revisa o conteúdo, identifica os conteúdos que são mais cobrados, os tipos de questões mais recorrentes.

Marque sempre as questões que tiver mais dificuldade, para revisá-las depois. Isso vai ajudar você a entender melhor o conteúdo.

Estude com afinco e busque dar o seu melhor a cada dia. Não se compare com os outros, e acredite no seu potencial, para conquistar uma das vagas. Boa sorte e muito sucesso!

Por Babi

Concurso


Fundep deverá ser a responsável pela organização do concurso. Edital deverá ser publicado em breve.

Novo certame público está sendo preparado para o Estado de Minas Gerais, neste primeiro semestre de 2019. Trata-se do novo processo seletivo que será promovido por meio da Prefeitura da cidade de Uberlândia, no Estado de Minas Gerais. A estrutura deste evento de seleção de profissionais está em processo de formação, no sentido de se tornar o próximo concurso público para aquela região.

O anúncio inicial deste novo certame se deu a partir do dia 24 do mês de abril, por meio da publicação, no diário oficial, do título da instituição que será contratada como banca organizadora, a qual estará sob a responsabilidade da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa, ou Fundep.

Entretanto, por estar em fase inicial de preparação, são poucas as informações e detalhes. Por exemplo, ainda não há notícias sobre a quantidade de vagas, quais cargos serão preenchidos, datas de provas, conteúdo programático, itinerário de fases, entre outros detalhes, que serão confirmados nas próximas semanas por meio da própria prefeitura da cidade Uberlândia, embora haja uma confirmação prévia de que, possivelmente, as vagas se destinem a cargos do setor de educação.

Portanto, mesmo sem mais detalhes, já está confirmado, ao menos, que este processo de seleção será realizado neste mesmo ano de 2019.

Este novo concurso público deverá ser efetivado como retorno à recomendação do próprio Ministério Público, o MP de Minas Gerais, a partir do mês de outubro, que determina o prazo fixo de 60 dias para dar curso inicial ao novo certame, levando em conta que houve o desastroso cancelamento do último processo seletivo, da mesma prefeitura, que seria realizado no ano de 2016, com meta de preenchimento de 643 postos efetivos.

Devido a esta situação, foram promovidas, posteriormente, diversas contratações em regime de tipo temporário. O motivo daquele cancelamento, naquela ocasião, surgiu em decorrência de algumas irregularidades registradas no próprio edital, as quais foram constatadas por autoridades do Tribunal de Contas da União, o TCU.

Temos que aguardar os próximos passos.

O histórico do certame anterior registra mais as seguintes informações:

O processo seletivo que seria realizado no ano de 2016, mas terminou sendo cancelado (conforme indicam os fatores acima mencionados), previa a disponibilização e preenchimento de uma grande quantidade de postos efetivos no setor de educação. As vagas se destinariam às seguintes funções:

No cargo de professor II, que exige formação em nível superior, e na função de educador infantil, que também exigem formação em nível médio.

Para os candidatos com escolaridade em nível fundamental, a maior quantidade de vagas se destinaria ao cargo na função de auxiliar em setor de serviços administrativos públicos.

Entre outros tipos de cargos, foram abertas, inicialmente, vagas para as seguintes funções:

No setor de auxiliar operacional em serviços públicos; na função de assistente auxiliar de serviços públicos; na função de assistente operacional para serviços públicos; na função de auxiliar operacional para os serviços públicos; na função de auxiliar do setor de saúde pública; na função de agente fiscal; na função de assistente para a saúde pública; na função de instrutor de línguas de sinais; na função de técnico para o serviço público; na função de músico municipal; na função de advogado; na função de analista para o desenvolvimento urbano; na função de auditor fiscal tributário e na função de especialista em educação.

Os cargos certamente abrangem todas as classes de profissionais, ou seja, com ensino fundamental, médio e superior.

Deste modo, é possível esperar um edital com essa mesma grade de cargos. Entretanto, ainda nada foi confirmado.

Paulo Henrique dos Santos


Certame deverá ofertar 40 vagas. Edital deverá ser publicado no segundo semestre deste ano.

Está previsto a contratação de até 40 profissionais, em diversas áreas. A previsão é que edital seja publicado até meados do segundo semestre de 2019

O Crea-TO (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins) em breve deve publicar novo edital para realização de concurso público, que visa a contratação de profissionais em todos os niveis de escolaridade (ensino fundamental, médio e superior) e diversos cargos. A comissão do concurso público já foi definida e trabalha na contratação da banca que será organizadora do certame, que deve ser anunciada em breve.

Vagas no Concurso do CREA TO para substituir servidores temporários

A expectativa é que o edital de abertura de inscrições do concurso público CREA TO seja publicado até meados do segundo semestre de 2019. Para o concurso está previsto a oferta de 30 a 40 vagas. O objetivo é de preencher vagas efetivas para cargos que hoje são ocupados por contratações de profissionais temporários. No entanto, o número exato de vagas, assim como cargos e distribuição das vagas, deve ser oficializado em breve pela comissão organizadora.

O CREA TO conta atualmente com 40 pessoas trabalhando em regime de contratação temporária, sem realização de concurso público, que vem sendo substituídos durante anos. Essas contratações temporárias, sem concurso público, levou que o Tribunal de Contas da União (TCU) a multar os últimos presidentes do órgão.

Os salários oferecidos atualmente no CREA TO estão entre o valor de R$ 1.506,96 e R$ 6.719,60, conforme consta no portal da transparência.

Concurso CREA TO define comissão para fiscalizar cronograma

O CREA TO já publicou a portaria que nomeou a comissão que será responsável, junto com a banca que ainda será contratada, para fiscalizar nos seguintes pontos: etapas do concurso, descrição dos cargos, tipos de provas e avaliações, referências salariais, etapas eliminatórias e classificatórias e cronograma de execução do Concurso Público.

Comissão concurso CREA TO

A comissão do concurso público CREA TO tem como presidente o servidor Carlos Benedito Adorno e o vice-presidente Michael Francis Rocha. A secretária da comissão é Virgínia Borges de Oliveira.

Último concurso CREA TO realizado em 2012

A realização do último concurso público do CREA TO aconteceu no ano de 2012 e teve validade até 2014. Na época foram disponibilizadas 19 vagas e mais 104 para formação de cadastro reserva, que foram distribuídas em diferentes cargos. A banca que fez a organização do certame foi a MS Concursos.

As vagas do concurso público do CREA TO em 2012 foram para os cargos de: agente administrativo, administrador, agente de portaria, analista jurídico, agente de fiscalização, analista de sistemas, auxiliar de serviços gerais, auxiliar administrativo, contador, auxiliar de manutenção, motorista, telefonista, profissional do sistema Crea/Confea e técnico de informática. Na época, os candidatos aprovados foram nomeados e contratados sob o Regime Jurídico da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

A taxa de inscrição do concurso CREA TO em 2012 foi de R$ 45,00 ( para vagas nível ensino fundamental), R$ 60,00 (para vagas ensino médio) e R$ 75,00 ( vagas ensino superior). A avaliação dos candidatos foi por meio de prova objetiva, com questões de conhecimentos gerais, língua Portuguesa, informática, matemática, legislação e conhecimentos específicos. Alguns cargos os candidatos foram submetidos a fazer a prova de redação.

Sobre o CREA TO

Com sua sede localizada na cidade de Palma, capital do Tocantins, o CREA – TO é uma autarquia federal e tem como função fiscalizar no estado o exercício das profissões de Agrônomos, Engenheiros, Geólogos, Tecnólogos, Geógrafos, Técnicos de segundo grau e Meteorologistas.

Adoniran Peres


Prazo de inscrição termina no dia 10 de junho de 2019.

Você sabia que a Prefeitura Municipal de Guarulhos está com inscrições abertas para o seu Novo Concurso Público? A prefeitura vai contratar 53 novos servidores-públicos da área da saúde

Cargos, número de vagas e escolaridade exigida

  • Agente de Zoonoses e Dengue (03 vagas, 30 horas semanais, salário de R$ 1.213,96)
    O candidato deve ter completado o Ensino Fundamental;
  • Agente de Serviços de saúde (1 vaga, 40 horas semanais, salário de R$1.618,57)
    O candidato deve ter completado o Ensino Fundamental;
  • Atendente do SUS (20 vagas, 40 horas semanais, salário de R$ 2.501,38):

O candidato deve ter completado o Ensino Médio;

  • Auxiliar em Saúde Bucal (04 vagas, 40 horas semanais, salário de R$ 2.307,74)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, curso de Auxiliar em saúde bucal e estar registrado no conselho profissional;
  • Auxiliar em Imobilização Ortopédica (01 vaga, 36 horas semanais, salário de R$ 2.076,93)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, curso técnico em Gesso ou Mobilização Gessada;
  • Condutor de veículos de urgência (02 vagas, 40 horas semanais, salário de R$ 2.307,74)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, estar habilitado na categoria “D” e ter completado o Curso de Condutores de Veículos de Transporte de Emergência realizado pelo Detran.
  • Prático(a) em Farmácia (01 vaga, 40 horas semanais, salário de R$ 2.081,89)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio;
  • Técnico (a) em Diagnóstico de eletroencefalografia (01 vaga, 24 horas semanais, salário de R$ 1.666,41)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, curso técnico em eletroencefalografia e ser registrado no conselho profissional;
  • Técnico em Enfermagem (15 vagas, 36 horas semanais, salário de R$ 2.251,23)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, curso técnico em Enfermagem e ser registrado no COREN;
  • Técnico em Necropsia (01 vaga, 40 horas semanais, salário de R$ 2.501,38)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, Curso técnico em Necropsia;
  • Técnico em Protético Dentário (01 vaga, 36 horas semanais, salário de 2.251,23)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, Curso técnico em Protético Dentário e ser registrado no CRO.
  • Técnico em Radiologia (02 vagas, 24 horas semanais, salário de R$ 1.965,40)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, curso Técnico em radiologia e ser registrado no CRTR;
  • Técnico em Saúde Bucal (01 vaga, 36 horas semanais, salário de R$ 2.251,23)
    O candidato deve ter completado o Ensino Médio, curso técnico em saúde bucal e ser registrado no CRO de São Paulo.

A base do salário demonstrado no edital foi o salário dos servidores municipais no mês de março de 2019. No entanto, eles são reajustados.

Aquele que tiver interesse na vaga deve preencher os seguintes pré-requisitos:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ser brasileiro ou naturalizado;
  • Estar em dia com a Justiça Federal;
  • Não ter registro nos antecedentes criminais;
  • Durante os últimos 05 anos, não ter sido demitido ou dispensado por justa causa.

Como realizar as Inscrições

As inscrições estarão abertas até às 23:59 do dia 10 de junho (segunda-feira). Para concorrer, o candidato deve pagar uma taxa de inscrição em conformidade com o cargo que pretende exercer:

  • Nível fundamental: R$ 43,53;
  • Nível médio: R$ 64,82.

Contemplados do Bolsa Família poderão pedir a isenção de taxa até o dia 03 de maio de 2019, caso comprovem o seu benefício. O resultdo da isenção sai no dia 24 de abril.

O prazo máximo para a realização do pagamento do boleto bancário é até o primeiro dia útil subsequente ao término das inscrições, ou seja, terça-feira, dia 11 de junho.

Para se inscrever, o candidato deve preencher os dados no site da Fundação Vunesp, manter os dados atualizados na Área do Candidato e solicitar condições especiais e maior tempo para realização da prova objetiva, caso necessário.

Etapas

  • Prova objetiva

A prova objetiva será realizada no dia 28 de julho. O candidato terá três horas para responder 40 questões de múltipla-escolha. As questões se dividem da seguinte forma:

  • 5 de Português;
  • 5 de Matemática;
  • 5 de Informática, exceto para Condutor de Veículos de Emergência.
  • 10 de Políticas de Saúde;
  • 15 de Conhecimentos Específicos.

O candidato que for aprovado deverá fazer teste prático e/ou teste de aptidão física de acordo com a vaga que escolheu, na data divulgada posteriormente pela prefeitura.

Por: Jéssica Lima Cochete


Interessados deverão se inscrever até o dia 13 de junho de 2019.

Novo concurso público está aberto, com o documento do edital publicado, e disponível ao público. Trata-se do certame destinado ao provimento de cargos no departamento da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM – SP). A notícia do edital deste processo seletivo saiu no Diário Oficial do Estado, no último sábado, dia 27 do mês de abril de 2019. Portanto, o edital que abre este certame também abrirá o período de inscrição no próximo mês. O cargo a ser provido neste evento é para a função de soldado.

Este concurso abrange uma vantajosa quantidade de vagas, em torno de 2.700 postos efetivos, em conformidade com a solicitação e a autorização do governo do Estado de São Paulo. O que ficou acertado, desde o dia 30 do mês de março, se refere ao futuro preenchimento de um número 5.400 postos efetivos, por meio de dois processos seletivos, sendo que haverá a publicação de um segundo documento de edital, previsto para lançamento no segundo semestre deste mesmo ano.

O período para cadastro de inscrições terá início a partir do dia 3 do mês de maio de 2019, estendendo-se oficialmente até o dia 13 do mês de junho.

As condições para participação são as seguintes:

Toda pessoa interessada em concorrer ao cargo de soldado deverá apresentar diploma de ensino médio; a CNH carteira nacional de habilitação entre duas categorias: B e E; estar em idade entre 17 e 30 anos e possuir altura mínima de 1,60 metros para os candidatos do sexo masculino e altura mínima de 1,55 metros para as candidatas do sexo feminino.

O valor do vencimento inicial para esse cargo de servidor está em 3.143 reais, já acrescido do chamado salário base, no valor de 1.226 reais, dentro de um regime especial de expediente policial, que está no mesmo valor e junto ao adicional que compõe a situação de insalubridade, no valor de 691 reais.

O cadastro de inscrição deverá ser realizado, exclusivamente, via internet, por meio da página eletrônica da própria banca organizadora, neste caso a Fundação Vunesp, segue o link: www.vunesp.com.br.

O valor da taxa está estipulado em 50 reais.

No preenchimento do cadastro, cada concorrente deverá marcar a opção da cidade onde decidirá realizar a prova, dentro do rol de municípios em que as provas serão ministradas. Neste caso são: a Capital São Paulo; cidade de Araçatuba; cidade de Bauru; cidade de Campinas; cidade de Piracicaba; cidade de Presidente Prudente; cidade de Ribeirão Preto; cidade de Santos; cidade de São José do Rio Preto; cidade de São José dos Campos e na cidade de Sorocaba.

Sobre as provas:

A realização das provas objetivas está previamente agendada para o dia 28 do mês de julho de 2019.

O teste consistirá de um caderno contendo 60 questões objetivas, das quais 20 versando sobre língua portuguesa e em interpretação de textos; serão 14 versando sobre matemática; mais 14 versando sobre conhecimentos gerais; seis questões versando sobre noções básicas na área de informática e mais seis questões versando sobre noções na área de administração pública. Na mesma data, todos os candidatos deverão realizar a prova discursiva, ou seja, de redação.

A etapa seguinte deste certame consistirá, conforme o edital, na realização dos exames de aferição em aptidão física; os exames averiguando a saúde; os exames psicológicos; a necessária avaliação sobre a conduta social de cada candidato selecionado; o histórico da vida pregressa, na reputação e na idoneidade e mais a necessária análise sobre os documentos.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção deverá oferecer cerca de 148 vagas de nível médio e superior.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) está com pedido no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) para a realização do concurso para o preenchimento de 148 vagas nos níveis médio e superior. Com movimentações e registro de novos andamentos do processo no último mês de março de 2019, além da solicitação do concurso protocolado no MPDG no mesmo mês, é previsto que o edital de abertura de inscrições seja aberto ainda neste primeiro semestre 2019.

Vagas previstas concurso Aneel

Conforme previsão e divulgação da assessoria de imprensa da Aneel, as vagas são destinadas aos cargos de técnico administrativo (nivel de ensino médio – 78 vagas), analista administrativo (nivel de ensino superior – 39 vagas) e especialista em regulação de serviços públicos de energia (nivel de ensino superior – 31 vagas).

Remunerações iniciais e carga horária de trabalho Aneel

Os salários iniciais oferecidos pela Aneel é no valor de R$ 6.147,52 para o cargo de técnico administrativo, R$ 11.529,29 para o cargo de analista administrativo e o valor de R$ 12.432,49 para o cargo de especialista em regulação de serviços públicos de energia. Os valores já incluem o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00. A jornada de trabalho para os cargos é de 40 horas por semana.

Requisitos cargos concurso Aneel

Entre os requisitos para o cargo de técnico administrativo é necessário que o candidato tenha o certificado de ensino médio completo em instituição de ensino reconhecida pelo MEC. Os demais cargos é necessário que os candidatos tenham diploma de ensino superior em diversas áreas de atuação, em intituição de ensino reconhecida pelo MEC. .

Vagas referente postos de trabalho vago da Aneel

Segundo informações da Aneel, as vagas são referentes à quantidade de postos vagos no orgão e estão há anos não ocupados. A Agência tem atualmente 615 vagas preenchidas (profissionais trabalhando), do total de 765 postos no seu quadro de servidores. De acordo com os números, faltariam ainda 150 servidores para preencher o quadro de servidores da Aneel.

Último concurso realizado pela Aneel

O último concurso público realizado pela Aneel aconteceu no ano de 2010, na qual foram ofertadas 186 oportunidades abertas e distribuídas entre todos os cargos. Na época, a organização do concurso foi da Cespe/UnB. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, testes objetivos, redação e questões discursivas, conforme o cargo.

Avaliação dos candidatos concurso Aneel

A prova objetiva, que foi aplicada para os cargos em aberto, foi composta por 120 questões e a realização de uma prova de redação dissertativa de no máximo até 30 linhas. O tema da prova de redação foi de Conhecimentos Básicos.

Os candidatos aos cargos de nível superior tiveram ainda, além da redação, que responder duas questões discursiva sobre temas de Conhecimentos Específicos.

Os candidatos de nível de ensino superior tiveram que entregar títulos, que integraria a nota das provas e que valeram até cinco pontos. Para os títulos foram considerados mestrado, doutorada, o tempo de exercício em atividade profissional de nível superior e cursos de conclusão de especialização.

Sobre a Aneel

Criada em 1996 e com início das atividades em dezembro de 2017, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) foi vinculada ao Ministério Federal de Minas e Energia. Entre as funções do órgão está de regular a transmissão, a geração e a comercialização da energia elétrica em todo o território do Brasil. A Agência é responsável também pela fiscalização dos contratos de concessão para prestação dos serviços no Brasil de energia elétrica, responsável por definir as tarifas que são cobradas no consumo de energia, além de elaborar políticas federais, o aproveitamento dos recursos hidráulicos e a exploração da energia elétrica.

Adoniran Peres


Vagas foram confirmadas pelo presidente do TJ-MA e as regras do certame já foram publicadas no Diário Oficial da Justiça do Estado.

O Tribunal de Justiça do Estado Maranhão (TJ MA) deve publicar em breve edital de novo concurso público com previsão de preenchimento do total de 63 vagas. A confirmação foi feita em nota, na página do órgão, pelo presidente do TJ MA, o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos. O órgão publicou no Diário Oficial da Justiça do estado do Maranhão o regulamento com as regras básicas para elaboração do edital e as etapas do novo concurso público.

Previsão que inscrições do novo concurso TJ Maranhão seja publicado até julho de 2019

Segundo as últimas informações divulgadas pelo TJ MA, a elaboração da minuta do termo de referência do certame já foi concluída. A minuta do termo é necessária para que seja feita a contratação da banca organizadora. A previsão é que o edital de abertura de inscrições do concurso TJ MA seja publicado em julho de 2019. Poderá ainda ser iniciado em breve o processo de licitação para escolher a banca organizadora do concurso, que será a empresa responsável pelo processo de seleção.

Cargos concurso TJ Maranhão

Estão sendo cogitadas as vagas para os cargos de oficial de justiça, técnico judiciário e analista judiciário, embora essas confirmações ainda não estejam oficializadas. Entre os requisitos para o cargo de oficial de justiça do TJ Maranhão é preciso que o candidato tenha curso de nível superior em qualquer área de formação.

Provas concurso TJ Maranhão

Conforme é previsto, os candidatos do concurso público do TJ MA serão avaliados por prova objetiva, de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, além de prova discursiva e avaliação de títulos.

Todos os candidatos de todos os cargos do concurso TJ MA serão avaliados por provas objetivas e já as provas discursivas devem ser aplicadas a cargos específicos, com conteúdos relacionados ao cargo pretendido.

Prova de títulos concurso TJ MA

Os candidatos aprovados nas provas escritas do concurso TJ MA serão ainda avaliados ainda pela prova de títulos, de caráter classificatório. As provas de títulos consideram na pontuação diplomas de cursos de doutorado, diplomas de pós-graduação e diplomas de mestrado. Para candidatos aos cargos de nível médio completo é considerado diploma de cursos de ensino superior completo.

Critérios de aprovação concurso TJ MA no edital

Segundo informações no site do poder Judiciário do Maranhão publicadas recentemente, serão estabelecidas no edital de abertura do concurso os critérios de aprovação e a pontuação das provas, como também das provas de títulos.

Último concurso realizado pelo TJ Maranhão foi em 2009

O último concurso do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão foi realizado no ano de 2009 e foram disponibilizados 74 vagas, em diversos cargos. Os candidatos no concurso TJ MA 2009 foram avaliados por provas objetivas, prova discursiva, prova prática de digitação, além da análise de títulos, conforme o cargo. A prova objetiva contou com 40 questões, sendo deste total 10 questões de matemática e raciocínio lógico, 10 questões de língua portuguesa, 10 questões de noções de informática e 10 questões de organização judiciária estadual.

A prova de conhecimentos específicos contou com 40 questões, sendo deste total, 20 questões de noções de direito civil e direito processual civil e 20 questões de direito processual penal e noções de direito penal. Já a prova discursiva teve cinco questões práticas sobre o conteúdo de conhecimentos específicos.

Adoniran Peres


Certame oferta 1 vaga para o contratado realizar as atividades de Pastor da Igreja Batista.

Os órgãos incumbidos de zelar pela segurança e o bem-estar público como Polícia e suas diferentes setores, Corpo de Bombeiro, Exército e Marinha quando promovem um processo de contratação de novos profissionais optam por escolher esses servidores por meio de concursos públicos. E você deve imaginar o motivo dessa preferência, não é mesmo? Pois, esse método comprova que o resultado está diretamente ligado ao desempenho dos participantes. Dentro das instituições citadas acima, a que está realizando um novo certame no momento é a Marinha. A entidade pretende contratar uma pessoa para o preenchimento na divisão de Capelães Navais. Caso essa oferta lhe chame atenção, leia os principais informes abaixo.

Sobre o novo concurso da Marinha do Brasil para a incorporação de profissional para o setor de Capelães Navais

Antes de citar os pontos principais a respeito deste concurso público, é importante salientar que esse certame está oferecendo apenas uma vaga. E isso se deve ao fato que essa colocação ficou pendente do último programa de admissão da Marinha. No caso, o órgão visa à contratação de um indivíduo para realizar as atividades de Pastor da Igreja Batista.

De acordo com as informações presentes no edital, os interessados precisam atender a algumas imposições que são: ter entre 30 e 41 anos. Conhecer a rotina do ofício e ter no mínimo 36 meses de atuação na entidade pastoral em que conseguiu a colocação. Ainda é importante, que os candidatos tenham terminado ou estejam em fase de término do curso superior de Teologia. Por fim, os participantes precisam comprovar que possuem uma boa reputação. E claro não ter penalidades judiciais e nem eleitorais. Mulheres também podem participar desse processo seletivo

O aprovado vai receber uma remuneração no valor de R$ 6.993,00. Ele também vai participar de uma formação específica no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, o CIAW, na cidade do Rio de Janeiro. Importante salientar que ao final de todo o processo seletivo, o novo servidor vai passar a ter a patente de Primeiro-Tenente e o seu salário vai receber um acréscimo. Com isso, a remuneração passará para R$ 8.245,00. Por fim, ele também vai contar com os seguintes benefícios: ajuda (religiosa, social e psicológica); plano médico; assistência odontológica; vestuário adequado e refeições no local para onde for designado.

A respeito das duas etapas avaliativas centrais e suas divisões

Os inscritos vão participar de duas fases centrais e dentro de cada uma dessas etapas vão ter outros tipos de testes. A primeira fase vai ser dividida da seguinte maneira:

– Prova de múltipla escolha com 50 questões a respeito dos seguintes temas: Humanidades, Teologia Pastoral, Teologia Sistemática e Teologia Bíblica. O documento oficial traz a relação das obras literárias que precisam ser consultadas no processo de estudo. Para verificar essa informação acesse o edital: https://www.inscricao.marinha.mil.br/marinha/CapNav%202019.pdf?id_file=4532. Essas informações estão presentes a partir da página 30 no “Anexo IV”.

– Redação.

– Conjunto de outros testes: verificação de dados biográficos, constatação sobre a saúde dos inscritos, provas físicas, avaliação psicológica, análise de documentos e prova de títulos. Para saber de todos os detalhes de cada um desses testes, os dados estão explicados a partir da página 30. Por fim, o selecionado vai participar de um período de experiência e posteriormente vão dar início ao seu trabalho.

A prova de múltipla escolha e a redação acontecem na segunda metade do mês de julho de 2019, a data definitiva ainda vai ser divulgada. Os interessados podem optar por uma das seguintes localidades para realizar essas duas avaliações:

– São Paulo: São Paulo e Santos.

– Rio de Janeiro: São Pedro da Aldeia, Nova Friburgo, Angra dos Reis e Rio de Janeiro.

– Distrito Federal: Brasília.

– Santa Catarina: Florianópolis.

– Paraná: Paranaguá.

– Rio Grande do Sul: Porto Alegre e Rio Grande.

– Maranhão: São Luís.

– Pará: Santarém e Belém.

– Piauí.

– Amapá.

– Ceará: Fortaleza.

– Recife: Olinda.

– Rio Grande do Norte: Natal.

– Salvador: Bahia.

– Espírito Santo: Vila Velha.

Para os interessados ficarem por dentro das outras datas deste processo seletivo, na página 27 tem um calendário. Para qualquer eventual dúvida, consulte o documento oficial.

Inscrições no novo concurso da Marinha do Brasil

As candidaturas já estão sendo realizadas desde o último dia 28 de abril de 2019 e todos os interessados devem confirmar suas participações até a data de 20 de maio de 2019 por meio do site: https://www.marinha.mil.br/sspm. O preço da taxa de participação é de R$ 126,00 e ela deve ser quitada até 27 de maio de 2019. A validade do concurso vai ser superior a um ano.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Concurso Marinha


Seleção ofertará 219 vagas para o Censo Experimental.

Está prevista para a primeira quinzena de maio, a publicação do edital para o preenchimento de 209 vagas temporárias no IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O prazo oficial para a liberação do edital é de seis meses (indo até setembro), mas a previsão para maio foi possível pelo fato do IBGE já ter escolhido a banca organizadora do concurso público, que será o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade). As 209 vagas foram autorizadas no dia 25 de março.

Cargos

As 209 vagas estarão distribuídas entre quatro cargos:

  • Recenseador, com 180 vagas
  • Censitário Supervisor, com 25 vagas
  • Agente Censitário Municipal, com 4 vagas

Os contratados ainda não atuarão no grande censo brasileiro de 2020, eles atuarão no que o IBGE chama de “Censo Experimental”, que é uma preparação para o Censo de 2020. No grande Censo de 2020 deverão ser abertas cerca de 250 mil vagas.

Salários e Escolaridade

Quem quer ocupar uma das 180 vagas de Recenseador precisa ter, pelo menos, o Ensino Fundamental completo, tendo uma remuneração a partir de R$ 1.100.

Quem tem o Ensino Médio completo pode concorrer às vagas de Censitário Supervisor (25 vagas) e Agente Censitário Municipal (4 vagas). O censitário supervisor terá uma remuneração de R$ 2.000; enquanto o agente censitário municipal receberá R$ 2.400.

Mais vagas

O “Censo Experimental” deverá contar com o trabalho de 2.459 pessoas, gerando uma expectativa de liberação de mais 2.250 vagas.

Essas próximas 2.250 vagas serão distribuídas da seguinte forma:

  • 1.450 vagas para Coordenador Censitário de Subárea, com salário de R$ 4.000. Necessário ter o Ensino Médio completo
  • 800 vagas para Agente Censitário Operacional, com salário de R$ 1.800. Necessário ter o Ensino Médio completo.

250 Mil Vagas

No dia 22 de fevereiro último, já de olho no Censo 2020, a presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Susana Cordeiro Guerra disse em seu discurso de posse que através da realização de um concurso público pretende reorganizar o quadro de servidores do instituto. Há uma grande expectativa para a contratação de dezenas de milhares de pessoas para o aguardado Censo de 2020. De acordo com informações divulgadas pelo próprio IBGE, há uma pretensão de contratação de aproximadamente 250 mil pessoas para ocuparem as vagas temporárias. O orçamento estimado será de R$ 3,4 bilhões.

Ao decorrer do ano de 2018 o agora ex-presidente do instituto Roberto Olinto ressaltou por diversas vezes a importância que o Censo tem dentro da sociedade brasileira e com isso a necessidade da abertura de um concurso público para a realização do Censo. Com a posse da nova presidente pode-se perceber que o IBGE tem a intenção de dar prioridade a essas contratações.

Também em 2018, Olinto enfatizou que sua equipe estava fazendo um trabalho de conscientização de deputados e senadores no Congresso Nacional, referente aos possíveis impactos que a falta da realização do Censo pode causar na sociedade brasileira. Ele disse que continuaria trabalhando de forma interna para realizar o Censo.

No ano anterior (2017) era o ministro do planejamento Dyogo Oliveira que declarava apoio à realização do Censo, declarando que iria “batalhar” e buscar recursos, declarando que o Brasil realizaria o Censo “sem sobra de dúvida”.

O IBGE tem objetivo de fazer a coleta dos dados e divulga-los ainda no ano de 2020. Para que esse objetivo seja concretizado o IBGE precisa realizar seu grande concurso ainda em 2019.

Censo Demográfico de 2020

Dentre todos os cargos que são oferecidos para a difícil tarefa de recensear um país de 210 milhões de habitantes e mais de 8 milhões e meio de quilômetros quadrados, o que mais se destaca é o cargo de Recenseador. Na última seleção foram chamados 191.972 recenseadores, sendo exigido deles apenas o Ensino Fundamental completo. Não há um salário fixo para os recenseadores, podendo variar de acordo com a quantidade de informações coletadas.

Durante meses, milhares de recenseadores visitarão milhões de domicílios distribuídos nos 5.570 municípios do quinto maior país do mundo em território e em população. Seu objetivo é colher informações para saber quem são, quantos são, onde estão e como vivem os brasileiros na entrada da Década de 2020.

Por Bruno Rafael da Silva


O Conselho Regional de Fonoaudiologia 9ª Região (CREFONO 9) recebe inscrições em seu novo Concurso Público para os cargos de Auxiliar Administrativo e Fiscal.

O Conselho Regional de Fonoaudiologia 9ª REGIÃO – CREFONO 9 está com Concurso Público aberto para provimento de vagas e para formação de Cadastro Reserva. Há vagas para os cargos de Auxiliar Administrativo e Fiscal e os salários vão de R$ 1.334,98 a R$ 3.679,54. O certame será realizado pelo Instituto Quadrix e os interessados podem se inscrever até o dia 17 de junho de 2019.

Confira abaixo mais detalhes sobre vagas, inscrições e as provas.

  • Sobre as vagas:

Para candidatos com Ensino Médio:

Auxiliar Administrativo (Belém / PA) – Carga horária semanal de 40h e remuneração de R$ 1.334,98 mais benefícios (vale-transporte, vale-alimentação e incentivo à cultura). Há 18 vagas para AC, 5 vagas para PPP e 2 vagas PcD.

Auxiliar Administrativo (Manaus / AM) – Carga horária semanal de 40h e remuneração de R$ 1.334,98 mais benefícios (vale-transporte, vale-alimentação e incentivo à cultura). Há 20 vagas para AC, 6 vagas para PPP e 2 vagas PcD.

Para candidatos com Nível Superior:

Fiscal (Belém / PA) – Carga horária semanal de 30h e remuneração de R$ 3.679,54 mais benefícios (vale-transporte, vale-alimentação e incentivo à cultura). Há 18 vagas para AC, 5 vagas para PPP e 2 vagas PcD.

Fiscal (Manaus / AM) – Carga horária semanal de 30h e remuneração de R$ 3.679,54 mais benefícios (vale-transporte, vale-alimentação e incentivo à cultura). Há 21 vagas para AC, 6 vagas para PPP e 2 vagas PcD.

  • Sobre as inscrições:

Os interessados podem se inscrever entre os dias 25 de abril de 2019 (a partir das 10h) até o dia 17 de junho de 2019 (até as 23h59) exclusivamente pelo site do Instituto Quadrix. Há taxa de inscrição no valor de R$ 50,00 para candidatos ao cargo de Auxiliar Administrativo e R$ 60,00 para candidatos ao cargo de Fiscal. As taxas devem ser pagas até o dia 18 de junho de 2019.

  • Sobre as provas:

Para os candidatos ao cargo de Auxiliar Administrativo ocorrerá uma única etapa, composta por Prova Objetiva composta por 120 questões das áreas de Conhecimentos Básicos (40 questões), Conhecimentos Complementares (30 questões) e Conhecimentos Específicos (50 questões). Essa etapa será de caráter eliminatório e classificatório.

Para os candidatos ao cargo de Fiscal ocorrerão duas etapas: Prova Objetiva e Avaliação de títulos. A primeira etapa, de Prova Objetiva será composta por 120 questões das áreas de Conhecimentos Básicos (40 questões), Conhecimentos Complementares (30 questões) e Conhecimentos Específicos (50 questões) e será de caráter eliminatório e classificatório. A segunda etapa, de Avaliação de títulos valerá 5 pontos e terá caráter classificatório

É provável que a primeira etapa, de Prova Objetiva seja aplicada no dia 14 de julho de 2019, no período da tarde. A prova terá duração de 3 horas e é aconselhado que os candidatos cheguem ao local de realização da prova com, no mínimo, 1 hora de antecedência.

Vale lembrar que candidatos portadores de títulos de Pós-Graduação recebem pontuação em razão desses títulos. Neste concurso, portadores de título de Pós-graduação especialização lato sensu recebem 0,50 por título comprovado, portadores de título de Mestrado recebem 1,50 por título comprovado e portadores de título de Mestrado recebem 2,50 por título comprovado.

  • Sobre o conteúdo da Prova Objetiva:

Os interessados já podem começar a se preparar! Veja abaixo a lista de conteúdos da Prova Objetiva para cada cargo:

Conhecimentos Básicos – Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico e Matemático e Atualidades

Conhecimentos Complementares – Legislação e Ética na Administração Pública e Noções do Direito Administrativo

Conhecimentos Específicos para o cargo de Auxiliar Administrativo – Noções de Administração Pública, Organização e Orçamento Público

Conhecimentos Específicos para o cargo de Fiscal – Noções de Direito Constitucional e Legislação

Para mais informações, acesse o site do Instituto Quadrix – www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/crefono9.aspx.

Boa sorte!

Por Barbara S.

Concurso


IFSP tem 26 vagas abertas para preencher o cargo de técnico-administrativo em educação.

O IFSP, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, está com inscrição aberta para concurso público que visa ao preenchimento de cargos de técnico-administrativos em educação, ao todo serão 26 vagas. As oportunidades são para o nível médio, técnico e superior. Confira mais informações.

Sobre a inscrição

As inscrições estão abertas no site da oficial do IFSP e podem ser encontradas no seguinte link: https://concursopublico.ifsp.edu.br. As inscrições começaram em 22 de abril de 2019 e vão até o dia 25 de maio de 2019, é muito importante ficar atento a essas datas. As taxas são nos valores de R$ 90,00, para o nível médio e técnico; R$ 120,00, para o nível superior, todas devem ser pagas através de boleto bancário.

Sobre as Vagas

Segundo o edital as vagas, as remunerações e lugares de lotação são as seguintes:

1º Região Campus: Catanduva, São José do Rio Preto e Votuporanga: uma vaga para Técnico de Laboratório / Área – Mecatrônica 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96. Uma vaga para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

2º Região Campus: Barretos e Sertãozinho: uma vaga para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

3º Região Campus: Birigui e Ilha Solteira: duas vagas para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

4º Região Campus: Araraquara, Matão e São Carlos: Duas vagas para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

5º Região Campus: Capivari e Piracicaba: uma vaga para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1 com uma remuneração de R$ 2.446,96. Uma vaga para Técnico de Laboratório / Área – Ciências da Natureza, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

6º Região Campus: Avaré, Boituva e Itapetininga: duas vagas para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1 com uma remuneração de R$ 2.446,96.

7º Região Campus: Bragança Paulista, Jundiaí, Salto, São Roque e Sorocaba: uma vaga para Contador, com uma remuneração de R$ 4.180,66. Uma vaga para Técnico de Laboratório / Área – Ciências da Natureza, com uma remuneração de R$ 2.446,96. Duas vagas para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

8º Região Campus: Tupã e Presidente Epitácio: uma vaga para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1 com uma remuneração de R$ 2.446,96.

9º Região Reitoria e os Campus: Cubatão, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Pirituba, Registro, São Miguel Paulista, São Paulo e Suzano: uma vaga para Auditor, com uma remuneração de R$ 4.180,66. Uma vaga para Médico/Área – Psiquiatria, com uma remuneração de R$ 4.180,66. Uma vaga para Odontólogo, com uma remuneração de R$ 4.180,66. Uma vaga Relações Públicas, com uma remuneração de R$ 4.180,66. Uma vaga Técnico de Laboratório/Área – Ciências da Natureza, com uma remuneração de R$ 2.446,9. Três vagas para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1, com uma remuneração de R$ 2.446,96.

10º Região Campus: Campinas, Hortolândia e São João da Boa Vista: uma vaga para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1 com uma remuneração de R$ 2.446,96.

11º Região Campus: Campos do Jordão, Caraguatatuba, Jacareí e São José dos Campos: uma vaga para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais 1 com uma remuneração de R$ 2.446,96.

Sobre a seleção

A seleção será composta por prova objetiva de múltipla escolha, de teor eliminatório e classificatório, para todos os cargos, sendo distribuído da seguinte maneira: 25 questões de conhecimentos básicos e 25 questões de conhecimento Específicos dos cargos. O cargo de Intérprete de Linguagem de Sinais ainda terá uma prova de desempenho teórico-prático, também de teor eliminatório e classificatório. A prova objetiva será no dia 30 de junho de 2019 e terá duração de quatro horas.

Por Gabriel Bem

Concurso


Câmara Municipal da cidade de Piracicaba, em São Paulo, oferta 14 vagas de emprego em diversos cargos.

Novo certame público está oficialmente aberto. Trata-se do novo documento de edital que inaugura o concurso que proverá cargos no órgão da Câmara cidade de Piracicaba, situada na zona interior do Estado de São Paulo. Este novo processo de seleção tem por meta o preenchimento de 14 postos efetivos, no quadro de servidores daquele setor.

Serão três classes de profissionais abrangidas, ou seja, de ensino fundamental, ensino médio/técnico e ensino superior.

Para o posto de motorista parlamentar há uma vaga, que cobra certificado que atesta conclusão da escolaridade em ensino fundamental, além da carteira de habilitação dentro da categoria (D). Remuneração inicial no valor de 3.607,42 reais.

Para os concorrentes que possuam diploma de ensino médio, as vagas disponíveis são para as seguintes funções: cargo agente administrativo, com uma vaga; cargo de agente legislativo, uma vaga; cargo de repórter fotográfico, uma vaga; cargo de programador, duas vagas e cargo de técnico em contabilidade, uma vaga. Os dois cargos citados por último cobram formação na área técnica. As remunerações estão entre R$ 3.951,75 e R$ 5.264,19.

Com relação aos concorrentes que possuam diploma de graduação superior, estão sendo disponibilizados postos para os seguintes setores: cargo na área de administrador de redes, com duas vagas; cargo de advogado, com uma vaga; cargo de analista de sistemas, com uma vaga; cargo de arquivista, com uma vaga; cargo de designer gráfico, com uma vaga e cargo de jornalista, com uma vaga. Os vencimentos estão entre R$ 3.607,42 e R$ 5.815,75.

O procedimento para cadastro de inscrição neste novo certame público, de preenchimento de cargos na Câmara do município de Piracicaba, é o seguinte:

A função de banca organizadora está sob a responsabilidade da Fundação Vunesp, que também executará o processo seletivo. O cadastro de inscrição deverá ser efetuado entre os dias 22 do mês de abril e o dia 27 do mês de maio de 2019, somente por meio da internet, via site oficial da própria banca: www.vunesp.com.br.

A taxa será dividida em três valores distintos, conforme a classe do candidato. Portanto, o critério é o seguinte: valor de 44,50 reais, para candidato que só possua ensino fundamental; no valor de 56,50 reais para candidato com nível médio e no valor de 82,20 reais para os candidatos com graduação superior.

A quitação do boleto deverá ser efetuada em toda agência bancária até, no máximo, o dia 28 do mês de maio.

Os concorrentes serão submetidos à prova objetiva, que consistirá em um caderno de questões de múltipla escolha, em caráter eliminatório e classificatório. O conteúdo programático versará sobre as seguintes matérias:

Em língua portuguesa; em matemática; em raciocínio lógico; em noções de informática; em legislação; conhecimentos sobre as atualidades; a prova discursiva ou de redação, e (ou) prova de conhecimentos específicos.

Com relação aos candidatos que pretendem a vaga de advogado, será ministrada uma prova específica de tipo prático-profissional, também em caráter eliminatório e classificatório. Serão testes para avaliar tanto o conhecimento técnico como a capacidade de tipo teórico-prática de cada candidato, de modo a fazer desenvolver e apresentar uma peça judiciária, bem fundamentada, bastante clara, bastante coerente e objetiva, sem olvidar a norma culta da língua.

Estas mesmas provas de tipo objetiva e de tipo prático-profissional serão ministradas a partir do dia 7 do mês de julho deste mesmo ano. Os locais de realização das provas e os horários serão comunicados em breve, por meio do edital de convocação, com data de publicação previamente agendada para o dia 27 do mês de junho.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Comando da Marinha do Brasil divulgou um novo edital de concurso público com 190 vagas para o Colégio Naval em 2019.

O Comando da Marinha do Brasil, localizado em Angra do Reis, no Rio de Janeiro, divulgou novo edital de concurso público com 190 vagas para o Colégio Naval em 2019. Do total das vagas em aberto, 38 serão destinadas a pessoas negras ou pardas.

O salário inicial para no Curso de preparação de aspirantes é entre R$ 1.044 e R$ 1.066 (último ano do curso). Os valores podem aumentar conforme reajustes anuais.

Inscrições concurso Marinha 2019

As inscrições para o concurso público da Marinha será realizada no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br, a partir das 8h do dia 29 de abril de 2019 até às 23h59 do dia 29 de maio de 2019. As inscrições poderão ser também realizadas presencialmente, conforme endereços descritos no edital. O valor da taxa de inscrição é de R$ 105,00.

Requisitos para candidatar concurso Marinha 2019

Para concorrer ao cargo é necessário o candidato ter idade entre 15 anos (completos) e menos de 18 anos até o dia 1º de janeiro de 2020. O candidato não poderá ser casado ou constituído união estável e deverá ter autorização de um responsável legal para fazer parte da Marinha. Entre outros requisitos, o candidato deverá possuir bons antecedentes criminais e de conduta e ainda ter concluído ou estar em fase de conclusão do 9º ano do Ensino Fundamental.

Curso de preparação de aspirante Marinha

Os candidatos aprovados ingressarão no Curso de Preparação de Aspirantes, que será ministrado em Angra dos Reis (RJ) que tem como objetivo preparar o aluno intelectualmente e fisicamente para um futuro ingresso na Escola Naval. Na escola Naval será ministrado o ensino básico em nível médio, além de ensino Militar-Naval. O curso de preparação de aspirantes é totalmente gratuito e terá duração de três anos em regime de internato. Além dos vencimentos, o aluno receberá ainda uniforme, alimentação e assistência médico-odontológica, social, psicológica e religiosa.

O Colégio Naval é a entrada para os jovens ingressarem em uma carreira como oficiais da Marinha do Brasil. Durante os três anos como estudante o aluno é considerado Praça Especial e passa a ser aspirante na Escola Naval (ensino superior).

Avaliação candidatos concurso Marinha

Os candidatos serão avaliados por prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, que será realizada em dois dias, com data prevista para depois da primeira quinzena de agosto de 2019. Contará com questões de matemática (20 questões), Inglês (20 questões), português (20 questões), estudos sociais (12 questões) e ciências (18 questões). Haverá prova de redação e eventos complementares: inspeção de saúde, avaliação psicológica, e aptidão física.

Os candidatos passarão ainda pela verificação de documentos, procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração, além do período de adaptação.

Serão eliminados do concurso, em qualquer fase, o candidato que obter notar inferior a 50 pontos ( em uma escala de 0 a 100), em qualquer disciplina e na prova de redação.

Teste de Aptidão Física concurso Marinha

O Teste de Aptidão Física tem data prevista para ser realizado entre os dias 30 de setembro a 11 de outubro de 2019 e contará com prova de natação e corrida. O percurso da prova de natação será de 25 metros e deverá ser cumprido no tempo máximo de 50 segundos e já a prova de corrida será em 2,4 mil metros e deverá ser cumprida em até 16 minutos.

Edital concurso Marinha

O concurso da Marinha será válido será até o dia 2 de fevereiro de 2020. O edital do concurso público da Marinha poderá ser acessado no link https://www.inscricao.marinha.mil.br/marinha/CPACN2019.pdf?id_file=4511.

Por Adoniran Peres

Concurso


Certame prevê a contratação de 80 profissionais no cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Se você estuda para ser aprovado em concurso, pois tem interesse em seguir carreira pública e conquistar a estabilidade laboral pode conferir aqui uma boa notícia. Em São Paulo, o Ministério Público (MP SP) informa que estão abertas as inscrições para seu novo certame. No total, há 80 oportunidades para quem tem escolaridade completa de nível superior em Direito. O prazo para você se cadastrar já está aberto desde o dia 27 de março (quarta-feira). Quem for aprovado ocupará o cargo de Promotor de Justiça Substituto e terá direito a ganhos de R$ 24,8 mil. A seleção conterá 5 fases. O edital do certame foi divulgado no diário oficial em 26 de março (terça-feira). Saiba outras informações do concurso público do Ministério Público de São Paulo a seguir.

As inscrições no certame do MP de São Paulo devem ser realizadas exclusivamente pela internet

Para participar do concurso público você deve acessar o endereço eletrônico (www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/home/interna/concursos) e preencher a ficha de inscrição. Ainda é necessário que você imprima e pague o boleto bancário. A taxa de inscrição tem valor de R$ 280. Caso você não possua condições de pagar, pode solicitar isenção.

O prazo de cadastro começou no dia 27 de março e terminará no dia 25 de abril (quinta-feira).

A banca do certame é própria do Ministério Público Estadual de São Paulo.

Sobre as oportunidades anunciadas no MP SP

O edital prevê que sejam contratados 80 profissionais com diploma de graduação em Ciências Jurídicas. O documento deve ser emitido por instituição de ensino regular perante o Ministério da Educação (MEC).

O valor da remuneração para o cargo de Promotor de Justiça Substituto é de R$ 24.818,71. No fim da carreira poderá receber ganhos de R$ 30.471,11.

O edital também prevê oportunidades exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE). Para concorrer nessa condição, lembre-se de enviar o laudo médico que confirma sua deficiência no ato da inscrição. Além disso, o candidato aprovado será examinado em perícia médica.

Sobre os requisitos para tomar posse no Ministério Público de São Paulo

Além de ser aprovado no certame, para tomar posse você deve atender às seguintes exigências: ter escolaridade compatível com o cargo, ter nacionalidade brasileira, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral, não possuir antecedentes criminais, estar quite com o serviço militar, caso o candidato seja do sexo masculino, ter aptidão física e mental, ter vivência na área jurídica por 3 anos no mínimo, entre outros requisitos.

Quais são as fases do certame do MP SP?

Os candidatos serão avaliados nas seguintes etapas: 1) prova objetiva – com 100 questões sobre as seguintes matérias: Direito Penal, Processual Civil, Tutela de Interesses Difusos, Individuais Homogêneos e Coletivos, Direito Processual Penal, Direito Constitucional, Administrativo, Direito Civil, Comercial, Empresarial, Direito da Infância e da Juventude, Direito Eleitoral e Direitos Humanos; 2) prova discursiva – com 5 quesitos, uma dissertação e uma peça prática; 3) prova oral aplicada juntamente com a sindicância e investigação social; 4) avaliação de títulos, 5) prova psicotécnica.

O tempo de duração da primeira fase é de 5 horas para os candidatos responderem às questões e marcarem o cartão de respostas. Já na segunda fase estão disponíveis 4 horas.

As datas de cada etapa ainda serão divulgadas pela banca.

Mais informações sobre o certame

Além das 80 vagas anunciadas, o concurso servirá para formar cadastro reserva a fim de preencher futuras vagas que venham surgir no prazo de validade do certame, que é de 2 anos e pode ser prorrogado, por mais uma vez, caso o ministério público estadual julgue necessário.

Acesse o site www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/home/interna/concursos para conferir outros detalhes do edital do processo seletivo.

Por Melisse V.

Concurso


Certame tem 19 vagas abertas para cargos que exigem Nível Médio, Técnico e Superior de ensino.

Quem pretende ingressar no serviço público pode conferir aqui uma boa oportunidade. No Estado do Rio Grande do Norte, a Universidade Federal (UFRN) informa que estão abertas as inscrições para seu novo certame, o qual oferta 19 vagas para cargos efetivos de vários níveis de escolaridade: superior, médio e técnico. Os concorrentes serão examinados em duas fases e as provas têm previsão de ocorrer no mês de junho. O salário inicial para quem for aprovado pode chegar a R$ 4 mil. O edital que regulamenta o certame foi divulgado no diário oficial no dia 2 de março (sexta-feira). Se você está interessado em conquistar a estabilidade laboral, saiba mais detalhes do concurso público da UFRN a seguir.

Inscrições no certame da UFRN são apenas pela internet

Os interessados em participar do processo seletivo devem entrar no portal eletrônico www.comperve.ufrn.br, preencher a ficha de cadastro e pagar o boleto. O prazo de inscrição teve início na segunda-feira, 8 de abril, e será encerrado em 13 de maio (segunda-feira). Confira os valores das taxas: R$ 80 para cargos de nível superior e R$ 60 para as funções de nível médio e técnico.

Veja quem pode solicitar isenção do pagamento dos custos com inscrição: aqueles que têm inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) e quem é doador de medula óssea em instituição cadastrada no Ministério da Saúde. O prazo final para você solicitar a isenção é 23 de abril (terça-feira).

A Comperve – Comissão Permanente do Vestibular é a banca responsável por organizar a seleção.

Sobre as vagas anunciadas no edital da UFRN

No total, as vagas disponíveis na universidade são 19 e são oferecidas para os seguintes postos de trabalho: técnico em enfermagem, assistente administrativo, técnico agropecuário, técnico em webdesign, técnico em informática, engenheiro de produção, psicólogo clínico, técnico em laboratório de química, administrador, técnico eletrônico, desenhista, nutricionista e tecnólogo em eventos e produção cultural.

O edital prevê reserva de vagas para quem é pessoa com deficiência (PCD) e também para quem é preto ou pardo.

A jornada semanal de trabalho corresponde a 40 horas para todas as funções.

Confira a remuneração oferecida de acordo com o nível de escolaridade requerido: R$ 2.446,96 para as vagas que exigem curso técnico ou ensino médio completo e R$ 4.180,66 para as que pedem diploma de graduação. Quem ingressar como servidor da universidade ainda terá direito de receber benefícios, dentre os quais o auxílio alimentação.

Sobre os requisitos para ingressar na UFRN

Para tomar posse na universidade você deve ser, antes de tudo, aprovado no concurso público. Ainda é necessário apresentar comprovante de escolaridade compatível com o cargo, seja certificado de conclusão do ensino médio ou do curso técnico ou o diploma de graduação emitido por instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

Saiba quais são outros requisitos exigidos: ter idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, não possuir antecedentes criminais, entre outras exigências.

Sobre as etapas do concurso da UFRN

O processo seletivo conterá duas fases: 1) prova objetiva com 50 quesitos sobre informática, português e conhecimentos específicos e 2) prova discursiva. A data programada para aplicação das duas provas é no domingo, 30 de junho.

Os concorrentes deverão responder às questões de múltipla escolha, elaborar a redação, passá-la a limpo e marcar o cartão de resposta no tempo total de 4h30.

Mais detalhes sobre o certame da UFRN

O edital prevê a validade de 1 ano para o concurso da universidade. É possível, ainda segundo o documento, que haja prorrogação desse prazo por uma só vez, contando da data em que o certame seja homologado e a depender do interesse do órgão.

Saiba mais no site da banca www.comperve.ufrn.br.

Por Melisse V.

Concurso


Concurso prevê o preenchimento de mais de 360 vagas de emprego em diversos cargos.

A Prefeitura de Salvador (BA) publicou três editais para preencher mais de 360 oportunidades que exigem diversos níveis de escolaridade. Os documentos foram divulgados no diário oficial em 29 de março (sexta-feira). Há chances para várias áreas. O prazo de inscrição começará em abril. Os concorrentes serão avaliados em 3 fases e as primeiras provas estão previstas para o mês de junho. Se você tem interesse em concorrer a uma vaga para contratação efetiva na capital do estado da Bahia, a fim de conquistar estabilidade laboral e financeira, veja mais informações a seguir.

Sobre as inscrições no certame da Prefeitura de Salvador

O cadastro no concurso público do município de Salvador deve ser efetuado apenas pela internet. Para participar da seleção, o candidato deve acessar o site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que é a banca responsável pela organização do concurso. Lá você deve preencher o formulário eletrônico, imprimir e pagar o boleto bancário.

As inscrições terão início em 8 de abril (segunda-feira) e serão concluídas no dia 7 de maio (terça-feira). Os valores variam entre R$ 80 e R$ 100 e devem ser pagos até a quarta-feira, 8 de maio. De acordo com o edital, não será concedido isenção do pagamento dos custos com inscrição.

Sobre as vagas anunciadas para o concurso da Prefeitura de Salvador

O primeiro edital prevê vagas para Fiscal de Serviços Municipais, Agente de Trânsito e Transporte, Agente de Fiscalização Municipal, Guarda Civil Municipal e Agente de Salvamento Aquático. Para ser fiscal é necessário ter diploma de graduação. Para as demais posições você deve ter ensino médio completo. A remuneração varia entre R$ 2,8 mil e R$ 6 mil. O segundo edital é específico para professores. Confira as especialidades disponíveis: educação artística (teatro, música, dança, artes plásticas), português, educação física, matemática, história, geografia, entre outras. Os ganhos com vencimento e gratificações vão de R$ 1,8 mil a R$ 3,6 mil. Já o terceiro edital do certame anuncia vagas para técnico em enfermagem do trabalho, técnico em infraestrutura, analista de planejamento, analista de saúde ocupacional, especialista em políticas públicas, assistente social, psicólogo e médico das seguintes áreas: pediatria, clínica geral, psiquiatria, generalista, ortopedista, entre outras. O valor da remuneração varia entre R$ 2,1 mil e R$ 10,9 mil.

Há vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). O edital prevê que, além das oportunidades anunciadas para contratação imediata, seja formado cadastro reserva, a fim de ocupar possíveis vagas que venham surgir no prazo de validade do concurso de 2 anos. Segundo o edital, poderá haver prorrogação por mais 2 anos, a contar da homologação e a critério da gestão municipal.

Sobre os requisitos exigidos para ingressa na Prefeitura de Salvador

Além de ser aprovado no certame da prefeitura, você deve apresentar comprovante de escolaridade compatível com a função pretendida. Confira quais são outros requisitos: ter nacionalidade brasileira, estar quite com as obrigações militares, caso seja homem, não possuir antecedentes criminais, estar em pleno gozo dos direitos políticos e civis, estar em dia com a justiça eleitoral, possuir idade mínima de 18 anos, entre outros.

Sobre as fases do certame da Prefeitura de Salvador

O processo seletivo será composto das seguintes etapas: 1) prova objetiva; 2) prova discursiva e 3) prova de títulos. As duas primeiras fases estão previstas para o dia 16 de junho (domingo). Na avaliação da titulação, é necessário que você envie comprovante de pós-graduação, seja certificado de especialização ou diploma de mestrado ou doutorado.

Mais informações sobre o certame de Salvador

Para conferir outros detalhes do edital do concurso da prefeitura de Salvador e realizar seu cadastro, acesse o portal da FGV – fgvprojetos.fgv.br/concursos/pms2019.

Aproveite a oportunidade para se tornar servidor público.

Por Melisse V.

Concurso


A previsão é a abertura no concurso público TC DF de 12 vagas para os níveis ensino médio e superior.

A abertura do concurso público para o Tribunal de Contas do Distrito Federal (Concurso TC DF) deverá ser publicado em breve. O certame já foi autorizado e com previsão de ser publicado o edital ainda neste primeiro semestre de 2019. Foi também autorizada a contratação da empresa organizadora do concurso e será o Cespe/Cebraspe, que será oficializada em breve e após a publicação do edital.

Como o Cespe/Cebraspe tem a tradição organizar os certames do Tribunal de Contas desde 1980, a Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas havia sugerido a empresa como banca. Após análise e parecer favorável a sugestão foi atendida. Já definida a banca agora deverá se assinado o contrato entre o órgão e a instituição.

Vagas concurso TC DF para níveis ensino médio e superior

Para o concurso do Tribunal de Contas do Distrito Federal está prevista a abertura de 12 vagas imediatas, sendo 10 para os cargos de Auditor de Controle Externo, 1 para Conselheiro substituto e 2 para Procurador do Ministério Público. Os candidatos aprovados serão nomeados em data provável para o ano de 2020.

Previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019 (com a versão atualizada da Lei nº 6.255/2019), o concurso foi autorizado com a liberação do total de 47 vagas. No entanto é possível que esse seja esse o número de vagas ofertadas no próximo edital.

Salários previstos para os cargos concurso TC DF

A remuneração inicial para o cargo para o cargo de Técnico de Administração Pública, com exigência de ensino médio completo, será R$ 10.286,80. Já para os cargos de Analista de Administração Pública e Auditor de Controle Externo, que exige ensino superior completo, o salário inicial será de R$ 17.177,53. Para o cargo de procurador, que exige ensino superior completo, a remuneração pode chegará R$ 27.423,00.

Entre os benefícios, os servidores ainda recebem auxilio creche no valor de R$ 494,53, auxílio alimentação no valor de R$ 790,84, adicional de qualificação e adicional de cursos de capacitação.

Requisitos para concorrer aos cargos concurso TC DF

Entre os requisitos para o cargo de auditor de controle externo: curso superior em qualquer área de formação, em instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação). Para o cargo analista de administração pública é exigido curso superior específico para a área aberta em instituição de ensino reconhecida pelo MEC . Já para o cargo técnico de administração pública é exigido certificado de conclusão de curso de ensino médio e instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Funções dos cargos

Entre as funções do cargo auditor de controle externo será atividades relacionadas fiscalização financeira, contábil, patrimonial, orçamentária e operacional da Administração Pública do DF. Para o cargo Analista de Administração Pública as atribuições serão relacionadas a sua área de formação superior. Já o cargo Técnico de administração pública terá entre as funções realizar atividades de apoio técnico-administrativo nas unidades dos Serviços Auxiliares do TCDF.

Ultimo concurso Tribunal de Conta do DF

A realização do último concurso do Tribunal de Contas do DF (TCDF) também foi feita pelo Cespe/Cebraspe e ocorreu no ano de 2014. Neste concurso foram ofertadas 39 vagas para o cargo de Analista de Administração Pública, 19 vagas para Auditor de controle externo e 12 vagas para o cargo de Técnico de Administração Pública. Os salários paro o cargo estavam entre R$ 7 mil e R$ 12 mil.

Por Adoniran Peres

Concurso


Edital do concurso está em fase de tramitação e deverá ser publicado neste mês de abril de 2019.

Novo edital de concurso de alta categoria está prestes a ser definitivamente publicado. O próximo edital de certame público, que está sendo organizado por meio da Secretaria do Planejamento, de Orçamento e de Gestão, a PPGG-DF, destina-se ao preenchimento de vagas em carreiras no setor de Políticas Públicas e de Gestão Governamental.

De acordo com a própria assessoria de imprensa do órgão da Secretaria, algumas instituições de ensino, entre elas o Gran Cursos Online, foram informadas de que processo referente ao novo edital da PPGG-DF ainda está em fase de tramitação, para a breve publicação, provavelmente no mês de abril de 2019.

A banca organizadora já está determinada, e estará nas mãos do Centro Brasileiro de Pesquisa na Avaliação e na Seleção e da Promoção de Eventos, ou, atualmente, o Cebraspe. Outra informação já confirmada é a de que este concurso irá disponibilizar 250 postos de trabalho efetivos.

São 100 vagas destinadas ao cargo na função de Gestor em Políticas Públicas e em Gestão Governamental. São 150 vagas destinadas ao cargo na função de Analista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.

A formação do cadastro reserva de pessoas abrangerá cerca de 500 postos, para posterior preenchimento.

Existe uma comissão interna, que foi formada para cuidar de todos os trâmites deste processo de seleção. Sendo o Cebraspe o instituto responsável por este certame, todas as informações precisas serão publicadas pelo mesmo. É evidente que todas as pessoas interessadas deverão, a partir de agora, manterem-se muito atentas aos próximos passos a serem determinados pela banca organizadora, até que o projeto do concurso esteja pronto para a definitiva aprovação governamental.

Para preencher os cargos que serão providos neste certame, na área de Gestor em Políticas Públicas e em Gestão Governamental, os seguintes requisitos serão cobrados:

Cada candidato deverá apresentar diploma de nível superior em quaisquer áreas e em áreas mais especializadas, tais como de direito; de assistência social; de economia; de administração, entre outras. A portaria vai definir mais cursos que poderão ser elencados. A lei estabelece que este tipo de carreira, para ser preenchida, necessita certificado de graduação em nível superior e (ou) uma habilitação legal de equivalente valor.

Todas as demais atribuições serão definidas por meio de portaria na Seplag. O valor do vencimento inicial está em 6.760 reais e no valor final de 9.074 reais.

Este é o primeiro concurso público que está sendo realizado, para o provimento de novas carreiras na Secretaria do Planejamento, de Orçamento e de Gestão. Portanto, se trata de um certame que, certamente, será muito disputado. Todas as pessoas interessadas deverão preparar-se com muita antecedência.

Resumindo as informações essenciais:

Trata-se do processo de seleção para provimento de cargos no órgão da Secretaria de Planejamento, de Orçamento e de Gestão, ou o Edital PPGG-DF. A banca organizadora está na responsabilidade do instituto Cebraspe. Serão dois cargos oficialmente abertos, de Analista e de Gestor. Serão disponibilizados em torno de 750 postos efetivos, dos quais 250 se para imediato preenchimento. O grau de formação acadêmica exigido é de nível superior. O salário está no valor inicial de 6,7 mil reais.

Trata-se de um edital ainda em fase de tramitação, embora esteja praticamente pronto para publicação definitiva. A previsão é para que o mesmo seja efetivado neste mês de abril de 2019.

Conforme o que está registrado no Portal de Transparência do Governo do Distrito Federal, existem em torno de 2,4 mil vagas a serem preenchidas nas funções de Gestor e de Analista em Políticas Públicas e em Gestão Governamental.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Inscrições podem ser realizadas entre os dias 25 de março e 3 de maio de 2019.

Novo edital de concurso público está oficialmente publicado. Trata-se do certame promovido pela Companhia de Gás do Estado de Santa Catarina, ou o concurso SCGás.

A banca organizadora está na responsabilidade do Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul, ou Ieses. Serão disponibilizados apenas dois postos efetivos para imediato preenchimento, junto da formação do cadastro reserva de pessoas. As classes de candidatos aptas deverão apresentar formação em nível médio, nível técnico ou superior.

As vagas se destinam a cargos nas seguintes áreas: setor administrativo; setor jurídico; de engenharia entre outros. O valor da remuneração inicial está em 8,5 mil reais, acrescido dos benefícios, dentro de uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

O período de cadastro de inscrição se dará entre o dia 25 de março e o dia 3 de maio de 2019, por meio do site: www.scgas2019.ieses.org.

Todo candidato terá chance de realizar sua inscrição para um cargo de nível superior e mais uma inscrição para algum cargo em nível médio, neste mesmo processo seletivo. São dois valores distintos de taxas a serem cobradas, por inscrição, ou seja: 80 reais para as vagas de nível médio e 95 reais para as vagas de nível superior.

O itinerário deste concurso será o seguinte:

Inicia com a prova objetiva, que será ministrada, a princípio, no dia 16 do mês de junho de 2019, com duração oficial de quatro horas.

Esta mesma prova objetiva está estruturada no esquema de valor que vai de zero a 100 pontos. O conteúdo programático abrange os seguintes conhecimentos: matéria de Língua Portuguesa; de Raciocínio Lógico e Matemático; de Noções de Gás Natural; de Atualidades; de língua inglesa e os necessários Conhecimentos Específicos.

Sobre os cargos neste Concurso SCGás, seguem as informações:

Para candidatos da classe de nível médio e técnico de formação, serão abertos cargos no setor de Assistente Administrativo, com uma vaga e mais o cadastro reserva; e no setor de Técnico de Gás Natural, para cadastro reserva.

Para os candidatos da classe de nível superior de formação, serão disponibilizados cargos na função de Advogado (para cadastro reserva); de Analista de Sistemas da Informação (para cadastro reserva); de Analista de Tecnologia da Informação (para cadastro reserva); de Analista Organizacional (com uma vaga, mais o cadastro reserva); de Contador (para cadastro reserva) e na função de Engenheiro (para cadastro reserva).

Todas as pessoas interessadas em cargos que exijam formação em nível superior e técnico têm o dever de apresentar o devido registro em Conselho Profissional ou algum equivalente, em plena conformidade com os dados registrados no documento de edital SCGás, de 2019.

Sobre as remunerações e demais benefícios, seguem as informações:

Todos os colaboradores com nível médio de formação terão direito a salário inicial no valor de 3,7 mil reais, ao passo que os colaboradores de nível superior terão direito a salário no valor de 8,5 mil reais, dentro de uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Os benefícios são:

O Seguro de Vida em Grupo; o Auxílio Funeral; a Assistência Médica; a Assistência Odontológica; o Vale-Refeição e o Vale-Alimentação no valor de 1.172 reais; direito a Previdência Privada Complementar; a um programa de Participação nos Lucros e nos Resultados; direito a Gratificação de férias em 50%; ao Auxílio a Empregado que tenha Dependente com Deficiência; a Complementação de Auxílio Doença; a prorrogação da Licença Maternidade e (ou) Paternidade; a Assistência Educacional para Empregados; a Assistência Educacional para Filhos e (ou) Dependentes de Empregados e à Ginástica Laboral todos os dias.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Concurso oferta 10 vagas para o cargo de Auditor Fiscal.

A Prefeitura de Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, informa que o prazo de inscrição para seu certame se encerrará em 15 de abril (segunda-feira). O edital, publicado em diário oficial em 15 de março (sexta-feira), oferece 10 vagas a serem preenchidas por profissionais com formação de nível superior completo. Os concorrentes ao posto de Auditor Fiscal serão examinados em 4 fases do concurso. As primeiras provas estão agendadas para o mês de junho. Os vencimentos iniciais são na faixa de R$ 9,8 mil. Veja mais detalhes na matéria que segue abaixo.

As inscrições devem ser realizadas somente via internet

Quem almeja uma boa remuneração e ainda obter estabilidade do emprego não pode deixar essa chance passar. Para concorrer a uma vaga na prefeitura de Campo Grande, você deve entrar no endereço eletrônico www.pucpr.br/comunidade/concursos, informar seus dados na ficha de cadastro e pagar o boleto bancário.

A PUC do Paraná foi contratada pela gestão municipal para ser a responsável por organizar o processo seletivo.

O valor da inscrição é R$ 180. Mas quem está em situação de desemprego, pertença à família com renda baixa, seja doador de sangue com regularidade ou de medula óssea, em instituição vinculada ao Ministério da Saúde, ou ainda recebeu ou fez doação de rim, pode fazer uma solicitação de isenção.

Informações sobre as chances oferecidas na Prefeitura de Campo Grande

O município pretende prover 10 vagas efetivas para o posto de auditor fiscal da receita municipal. Quem for aprovado terá direito a receber um salário de R$ 9.833,53. O trabalho semanal é de 40 horas.

Do total de vagas previstas no edital, há algumas reservadas para pessoas que se autodeclaram pretas ou pardas, portadores de necessidades especiais (PNE) e também para índios.

Se você pretende ser cotista em alguma condição anteriormente citada, lembre-se de informar isso no momento em que realizar sua inscrição.

Confira as principais responsabilidades do cargo: realizar o lançamento de tributos, emitir pareceres, fiscalizar contribuintes, planejar atividades de gestão tributária e fiscal, entre outras atribuições.

Sobre as exigências para tomar posse como auditor em Campo Grande

O candidato deve ser aprovado no concurso público da prefeitura de Campo Grande e possuir diploma de graduação. Além disso, para tomar posse, é necessário atender aos seguintes requisitos: ter idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações militares, no caso de ser do sexo masculino, e eleitorais, ter nacionalidade brasileira, não possuir antecedentes criminais, entre outros.

Sobre as fases do certame de Campo Grande

O processo seletivo será composto por 4 etapas: 1) prova de múltipla escolha composta por 110 questões e prevista para ocorrer no dia 23 de junho (domingo); 2) avaliação de títulos; 3) investigação social; 4) curso de formação profissional com 20 horas de aula.

As matérias a serem cobradas na prova objetiva são: direito administrativo, constitucional, matemática, direito civil, português, legislação tributária, contabilidade geral, informática e direito tributário.

O tempo total para o candidato responder aos quesitos e marcar o cartão de resposta é de 5 horas.

Na fase de títulos, é necessário enviar comprovante de cursos de pós-graduação que você tenha concluído como mestrado, especialização ou doutorado.

Todas as fases do concurso ocorrerão na cidade de Campo Grande.

Mais detalhes do certame para auditor fiscal de Campo Grande

Você pode saber mais informações do edital e realizar sua inscrição no site da PUC do Paraná (www.pucpr.br/comunidade/concursos). Aproveite essa oportunidade.

O documento regulamenta a validade de 2 anos para esse processo seletivo. Mas ele pode ser estendido por igual período, uma única vez, dependendo do interesse da administração pública municipal e também contando da data em que houver sua homologação.

Por Melisse V.

Concurso


O Edital do Concurso Público do Detran de São Paulo está previsto para ser publicado em breve.

Novo certame público está próximo de ter seu edital oficialmente publicado, neste primeiro semestre de 2019. Este será o novo concurso público destinado ao preenchimento de postos de trabalho efetivos no Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo, ou o processo de seleção Detran-SP, que está previsto para ser publicado neste mês ou no próximo.

De acordo com as informações divulgadas pela própria assessoria de comunicação do departamento Detran, de São Paulo, a mesma fez confirmar esta previsão de certame para alguns sites de cursos preparatórios.

Está havendo atraso na publicação deste novo edital do concurso do Detran de São Paulo, e esta situação ocorreu devido à publicação de dois decretos, o de número 63.979/2018 e de número 64.069/2019.

Estes dois projetos tornaram-se lei depois de aprovados e sancionados, e em seguida publicados por meio do governo daquele Estado. Estas leis dispõem a respeito da redução sobre os gastos com empregados e a suspensão de concursos que estavam inconclusos, sem avaliação orçamentária.

Depois destas medidas, foi definido que o novo Concurso do Detran de São Paulo passaria por intensa e nova avaliação, de modo a ser validado e definitivamente estruturado, com seus preparativos retomados e finalizado com o documento de edital, contendo as normas do certame, que já está pronto para ser efetivado.

Informações essenciais:

Este Concurso do Detran de São Paulo estará disponibilizando cargos e remunerações tal como segue abaixo:

Cargo de Oficial Estadual de Trânsito I:

O valor da remuneração, conforme o último concurso, realizado no ano de 2013, é de 1.800 reais. Todos os candidatos deverão apresentar as seguintes condições para participar: possuir certificado de médio completo.

Este cargo está dentro de um regime de trabalho de 40 horas por semana. As atribuições desta função são as de desempenhar as atividades em apoio sobre a gestão e a execução de serviços, diretamente ligados ao exercício de competências institucionais e competências legais na administração do DETRAN de São Paulo, de acordo com a rigorosa normatização estabelecida no Sistema Nacional de Trânsito.

Cargo Agente Estadual de Trânsito I:

Este cargo exige certificado de curso em nível superior, além da CNH na categoria “B”; com vencimento no valor de 4.500 reais.

As atribuições desta função são as de desempenhar as atividades em apoio sobre a gestão e a execução de serviços, diretamente ligados ao exercício de competências institucionais e competências legais na administração do DETRAN de São Paulo, de acordo com a rigorosa normatização estabelecida no Sistema Nacional de Trânsito.

Este certame público, para provimento de cargos no Detran do Estado de São Paulo, está com a banca organizadora determinada. A instituição que vai assumir esta tarefa é a Fundação Carlos Chagas, previamente determinada como a banca organizadora do novo processo seletivo do Detran de São Paulo, a qual está com contrato assinado desde o mês de novembro de 2018.

Sumarizando as informações essenciais:

Novo concurso Detran-SP, ou concurso para provimento de cargos no Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo, edição de 2019;

A banca organizadora será a Fundação Carlos Chagas;

Serão dois cargos a serem preenchidos: na função de Agente Estadual de Trânsito I e na função de Oficial Estadual de Trânsito I;

O grau de formação acadêmica exigido é, respectivamente, em nível médio e em nível superior;

A quantidade de postos de trabalho em aberto é de 575;

Os salários chegam ao valor de 4.500 reais;

O edital está previsto para publicação efetiva neste primeiro semestre de 2019.

Por Paulo Henrique dos Santos

Detran SP


Certame oferta 33 vagas de emprego para o cargo de Delegado.

Quem tem interesse em seguir carreira policial não pode deixar de conferir aqui uma ótima notícia. O Governo do Estado do Espírito Santo, pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, anuncia que estão abertas as inscrições para o próximo certame da Polícia Civil (PC ES). São ofertadas 33 vagas para o posto de trabalho de Delegado. A remuneração ara quem ingressar na carreira é de R$ 10 mil. para concorrer você precisa ter diploma de graduação em Direito. O processo seletivo será composto por 10 fases e as primeiras provas estão marcadas para o mês de julho. Veja outros detalhes do concurso público da PC ES na matéria a seguir.

As inscrições no certame da Polícia Civil do Espírito Santo devem ser realizadas pela internet

Se você está interessado em participar do certame, deve acessar o portal eletrônico (pces.institutoacesso.org.br/informacoes/2/) e preencher o formulário de inscrição. Lembre-se imprimir e de pagar o boleto bancário que custa R$ 138 a fim de efetivar seu cadastro no concurso da PC do Espírito Santo.

O prazo de inscrição teve início em 22 de março (sexta-feira) e será encerrado em 24 de abril (quarta-feira).

Aqueles que forem doadores de medula óssea, isentos na Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física ou que estiverem registrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) podem solicitar isenção do pagamento.

A banca responsável por organizar o processo seletivo é o Instituto Acesso.

Sobre as oportunidades anunciadas no edital da PC ES

A seleção visa ocupar 33 cargos vagos para delegado de polícia civil, dos quais 2 são para preenchimento exclusivo por pessoas com deficiência (PCD). Se você vai concorrer como cotista, lembre-se de enviar o laudo médico e que, uma vez aprovado, será examinado por médicos peritos a fim de confirmar a condição de deficiente.

O vencimento oferecido para o início de carreira é de R$ 10.058,56. A jornada de trabalho corresponde a 40 horas semanais.

Sobre os requisitos para ser Delegado na PC ES

Para tomar posse, além de ser aprovado no certame e apresentar comprovante de escolaridade compatível com o cargo, é necessário atender às seguintes exigências: ser brasileiro, possuir 3 anos de prática forense, no mínimo, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, ser considerado apto mental e fisicamente, possuir idade mínima de 18 anos, não possuir antecedentes criminais, estar em pleno gozo dos seus direitos políticos e civis, entre outros requisitos.

Sobre as atribuições do Delegado

Dentre as principais responsabilidades dessa função estão: orientar as investigações, instaurar procedimentos policiais, supervisionar missões sigilosas, repreender ilícitos penais, entre outras tarefas.

Sobre as fases do concurso da PC do Espírito Santo

O edital prevê as seguintes etapas para avaliação dos concorrentes: 1) prova objetiva – programada para o dia 14 de julho (domingo); 2) prova escrita – com 4 questões a serem respondidas em até 20 linhas cada; 3) teste de aptidão física (TAF) – na qual o candidato deve fazer uma corrida de resistência em 15 minutos; 4) exame de sanidade mental e física – em que o concorrente deve apresentar exames de laboratório, de imagem e toxicológico; 5) exame psicotécnico; 6) prova oral; 7) avaliação de títulos – para marcar pontos nessa fase, apresente certificados de especialização, ou diploma de mestrado ou doutorado, ou ainda comprovante de exercício de cargo público que você possua; 8) comprovação de prática policial ou forense; 9) sindicância de vida pregressa; 10) curso de formação profissional.

Confira as disciplinas a serem cobradas na prova de múltipla escolha com 120 questões: direito administrativo, penal, processual penal, civil, constitucional, direitos humanos, criminologia, legislação estadual e medicina legal judiciária.

Saiba mais detalhes do edital no site do Instituto Acesso (pces.institutoacesso.org.br/informacoes/2/).

Por Melisse V.

Concurso


A Guarda Civil Municipal de diversas cidades recebe inscrições em diferentes datas para seus Concursos Públicos.

Para quem quer seguir uma carreira na área de segurança, principalmente para o setor municipal, o ano de 2019 está começando de maneira excelente, já que municípios nos estados de RJ, CE, PE, MG, SP estão com vagas abertas nesse setor. Em seguida trazemos uma lista dos editais em aberto e as suas principais informações.

Guarda Civil Municipal de Petrolina no estado de Pernambuco

A Prefeitura de Petrolina abriu o edital o preenchimento de 80 vagas, sendo 40 são para entrada imediata e o resto para cadastro reserva. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo, o salário é de R$3.261,48, por carga horária de 40 horas semanais. As inscrições começaram no dia 01 de fevereiro e vão até o dia 24 de março de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link: www.idib.org.br. A taxa de inscrição está no valor de R$125,00.

A seleção para o curso de formação terá 5 fases, que são as seguintes: 1ª Fase: Prova objetiva de conhecimentos; 2ª Fase: Teste de Aptidão Física; 3ª Fase: Avaliação psicológica; 4ª Fase: Apresentação de Exames Médicos; 5ª Fase: Investigação Social.

Guarda Civil Municipal Niterói no estado de Rio de Janeiro

A Prefeitura de Niterói abriu o edital o preenchimento de 142 vagas para entrada imediata e para cadastro reserva. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo, o salário é R$ 2.881,27, por carga horária de 40 horas semanais. As inscrições começaram no dia 01 de fevereiro e vão até o dia 31 de março de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link: www.selecon.org.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 80,00.

Guarda Civil de Jacutinga no estado de Minas Gerais

A Prefeitura de Jacutinga abriu o edital o preenchimento de 10 vagas para entrada imediata, sendo uma para PCD. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo, o salário é R$1.200,00, por carga horária de 44 horas semanais. As inscrições começam no dia 10 de abril e vão até o dia 10 de maio de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link http://www.ibgpconcursos.com.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 30,00.

A seleção para o curso de formação terá 4 fases, que são as seguintes: 1ª Fase: Prova objetiva de conhecimentos; 2ª Fase: Teste de Aptidão Física; 3ª Fase: Avaliação psicológica; 4ª Fase: Apresentação de Exames Médicos.

Guarda Municipal de Olímpia no estado de São Paulo

A Prefeitura de Olímpia abriu o edital o preenchimento de 50 vagas para entrada imediata, sendo cinco dessas para mulheres. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo, o salário é R$ 1.761,22, por carga horária de 44 horas semanais. As inscrições começaram no dia 11 de março e vão até o dia 15 de abril de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link www.vunesp.com.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 65,00.

A seleção para o curso de formação terá 5 fases, que são as seguintes: 1ª Fase: Prova objetiva de conhecimentos; 2ª Fase: Teste de Aptidão Física; 3ª Fase: Avaliação psicológica; 4ª Fase: Apresentação de Exames Médicos; 5ª Fase: Investigação Social.

Guarda Municipal de Uberaba no estado de Minas Gerais

A Prefeitura de Uberaba abriu o edital o preenchimento de 100 vagas para entrada imediata, sendo dez dessas para mulheres. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo e CNH, o salário é R$ 1.852,28, por carga horária de 40 horas semanais. As inscrições começaram no dia 19 de março e vão até o dia 21 de abril de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link www.ibgpconcursos.com.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 60,00.

Guarda Municipal de Embu das Artes no estado de São Paulo

A Prefeitura de Embu das Artes abriu o edital o preenchimento de 22 vagas para entrada imediata, sendo quatro dessas para mulheres. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo e CNH, o salário é R$ 2.842,24, por carga horária de 40 horas semanais. As inscrições vão até o dia 29 de março de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link www.suporterh.net.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 70,00.

Guarda Municipal de Belo Horizonte no estado de Minas Gerais

A Prefeitura de Belo Horizonte abriu o edital o preenchimento de 400 vagas para entrada imediata, sendo cem dessas para mulheres. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo, o salário é R$ 2.869,37, por carga horária de 40 horas semanais. As inscrições começaram no dia 15 de abril e vão até o dia 14 de maio de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link www.fgrconcursos.org.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 92,50.

Guarda Municipal de Juazeiro do Norte no estado do Ceará

A Prefeitura de Juazeiro do Norte abriu o edital o preenchimento de 30 vagas para entrada imediata, sendo 90 para a formação de cadastro de reserva. Para ingressar no cargo, o interessado deverá ter o ensino médio já completo e CNH, o salário é R$ 2.869,37, por carga horária de 40 horas semanais. As inscrições começaram no dia 26 de março e vão até o dia 25 de abril de 2019, no site da banca organizadora, no seguinte link http://www.cetrede.com.br. A taxa de inscrição está no valor de R$ 85,00.

Por Gabriel Bem

Concurso


Certame visa preencher vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Aqui vai uma boa notícia para quem está interessado em se tornar servidor público e receber boa remuneração pela realização do seu trabalho. No estado de São Paulo, o Ministério Público (MP SP) anuncia a abertura do prazo de inscrições para seu mais novo certame, o qual oferece 80 vagas efetivas a serem ocupadas por profissionais com ensino superior completo no ramo das Ciências Jurídicas. O edital foi publicado no diário oficial da terça-feira, 26 de março. As inscrições começaram no dia seguinte, 27 de março e serão encerradas na quinta-feira, 25 de abril. O cargo disponível no MP SP é o de Promotor de Justiça Substituto e a remuneração alcança a faixa de R$ 24,8 mil.

O processo seletivo vai avaliar os concorrentes em 5 etapas e também servirá para formar cadastro reserva a fim de preencher futuras oportunidades que venham surgir para esse posto de trabalho. Saiba outros detalhes a seguir,

Sobre as inscrições no concurso do MP de São Paulo

Quem está interessado em participar do certame para promotor do MP deve realizar seu cadastro no endereço eletrônico www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/home/interna/concursos. Além de preencher o formulário, você deve lembrar de pagar o boleto bancário no valor de R$ 280. Se o candidato possuir condições limitantes para pagamento da taxa de inscrição, poderá fazer um requerimento para ficar isento.

Somente serão aceitas as inscrições pela internet.

A banca responsável pela organização do certame do MP SP é própria da instituição pública estadual.

Quais são os requisitos exigidos para ingressar no MP SP?

Para concorrer é necessário ter diploma de graduação em Direito. Esse documento deve ser emitido por faculdade regular no Ministério da Educação (MEC). Além disso, você precisa ser aprovado no concurso público para ingressar no Ministério Público Estadual de São Paulo.

Confira outros requisitos exigidos: ser brasileiro, estar em dia com a justiça eleitoral, não possuir antecedentes criminais, estar quite com o serviço militar, se for homem, ser considerado apto mental e fisicamente, apresentar comprovante de atividade jurídica por no mínimo 3 anos, entre outros.

O MP SP oferece 80 vagas para o posto de Promotor de Justiça Substituto

Quem for aprovado no concurso terá ganhos de R$ 24.818,71 já no início da carreira. Mais adiante poderá receber o montante de R$ 30.471,11.

Há vagas reservadas para pessoas com deficiência (PCD). Se você vai ser cotista PCD, lembre-se de enviar o laudo médico. Além disso, você vai ser avaliado por médicos peritos, caso seja aprovado no processo seletivo.

Sobre as fases do concurso público do MP de São Paulo

O processo seletivo contará com 5 etapas:

1) prova objetiva – contendo 100 quesitos. Os candidatos devem responder às questões e marcar o cartão de respostas no tempo máximo de 5 horas. As disciplinas cobradas são: Tutela de Interesses Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, Direito Civil, Comercial, Empresarial, Eleitoral, Penal, Processual Civil, Constitucional, Administrativo, Direitos Humanos, Processual Penal e Direito da Infância e da Juventude;

2) prova escrita – com uma peça prática, cinco questões e uma dissertação, as quais devem ser respondidas no prazo máximo de 4 horas;

3) prova oral – na qual serão examinados os conhecimentos técnicos do candidato, bem como o seu comportamento, e será realizada sindicância de sua vida e investigação social;

4) prova de títulos;

5) avaliação psicotécnica.

Todas as datas das provas ainda serão publicadas pela comissão do concurso.

Mais detalhes da seleção do MP SP

Você pode conferir outras informações do edital no site www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/home/interna/concursos.

O certame terá validade de 2 anos e poderá haver prorrogação por mais 2 anos, caso seja conveniente e oportuno para o Ministério Público do Estado de São Paulo.

Por Melisse V.

Concursos


Concurso do IBGE foi autorizado para preencher 209 vagas temporárias para 3 cargos.

O concurso para o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – foi autorizado nesta última segunda-feira, dia 25 de março, pelo então ministro da Economia, Paulo Guedes, devendo o edital ser divulgado em, no máximo, até seis meses, ou seja, até 25 de setembro.

Como o concurso tem a intenção de preparar os trabalhos do Censo Demográfico do ano de 2020, espera-se que o edital seja divulgado o quanto antes.

De acordo com o próprio Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o edital para esse tão esperado concurso, deverá sair em no máximo até 15 dias, havendo contratação para as funções oferecidas ainda no mês de julho do corrente ano.

No ano de 2018, o IBGE anunciou a previsão de 240 mil vagas temporárias para 2020, ainda não sendo divulgadas como serão essas novas contratações.

Entretanto, esse concurso contará com 209 vagas temporárias sendo distribuídas entre 3 funções e o contrato terá validade de um ano e poderá ser prorrogado por mais tempo.

· Função: Agente Censitário Municipal

Número de vagas: 4

Exigência: possuir ensino médio completo

Carga horária: 40 horas semanas, sendo 8 horas por dia

· Função: Agente Censitário Supervisor

Número de vagas: 25

Exigência: possuir ensino médio completo

Carga horária: 40 horas semanas, sendo 8 horas por dia

· Função: Recenseador

Número de vagas: 180

Exigência: possuir ensino fundamental completo

Carga horária: 40 horas semanas, sendo 8 horas por dia

A remuneração referente aos cargos ainda não foi divulgada, mas, levando em consideração a remuneração do ano de 2017, já dá para se ter uma ideia de como serão os valores atuais. Referente ao Censo Agropecuário, as remunerações foram em média de:

· Agente Censitário Municipal: R$ 2.358.00

· Agente Censitário Supervisor: R$ 2, 058.00

· Recenseador: R$ 2, 600.00, podendo chegar ao valor de R$ 3,000.00

Tendo em vista os possíveis reajustes que serão feitos, é bem provável que a remuneração desse concurso seja ainda maior que os valores que foram pagos no ano de 2017.

As provas do último concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para temporários

As últimas provas do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para temporários ocorreram no ano de 2017 e aconteceram para a ocupação de cargos no Censo Agropecuário.

As provas do referido concurso contaram com 50 questões objetivas, todas com caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos ao cargo de agente censitário e com 40 questões objetivas, todas com caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos ao cargo de recenseador.

Prova para agente censitário – nível médio

· 10 questões de língua portuguesa

· 10 questões de raciocínio logico e quantitativo

· 10 questões de conhecimentos técnicos

· 20 questões de noções de administração e situações gerenciais

Prova para recenseador – nível fundamental

· 15 questões de língua portuguesa

· 15 questões de matemática

· 10 questões de conhecimentos técnicos

Os candidatos que foram aprovados acertaram 30% da prova, que seriam no caso, 15 questões certas para a função de agente censitário e 12 questões certas para a função de recenseador.

Esse concurso de 2017, contou com a validade de 2 anos, sem a previsão de haver prorrogação.

Ainda no mesmo ano DE 2017, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para temporários ofereceu ainda um outro processo seletivo, com análise de títulos, que ofertou vagas para os cargos de recenseadores e também, oportunidades para mais agentes censitários.

O processo seletivo foi realizado em uma etapa única, tendo o valor máximo de 10 pontos. A exigência o caso, era da entrega da documentação solicitada no ato da inscrição.

Por Carol Wurlitzer

Concurso


Certame prevê a contratação de 18 vagas para diversos cargos.

A UFRN, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, anunciou a abertura de concurso para nível técnico, médio e superior, com um total de 18 vagas efetivas disponíveis. O Edital foi divulgado no dia 22/03, no Diário Oficial da União e já pode ser encontrado também no site da Comperve, que será responsável pelas provas.

Confira mais informações sobre o concurso, incluindo cargos, remuneração e período de inscrições:

Cargos em aberto e quantidade de vagas

As vagas disponibilizadas pelo concurso da UFRN estão divididas em níveis C, D e E, sendo C e D o nível médio e técnico profissionalizante e E o nível superior:

  • C e D

Dentro dos níveis C e D, se encontram a maior parte dos cargos em aberto para o concurso, totalizando 13 vagas:

  1. Assistente Administrativo – 3 vagas;
  2. Técnico em Enfermagem – 2 vagas;
  3. Técnico em Eletrotécnica – 2 vagas;
  4. Técnico em Tecnologia da Informação – 2 vagas;
  5. Técnico em Laboratório (Química) – 2 vagas;
  6. Técnico em Agropecuária – 1 vaga;
  7. Desenhista técnico (webdesigner) – 1 vaga.
  8. E

Dentro do nível E, voltado a quem possui curso superior, existem 5 vagas em aberto, divididas nos seguintes cargos:

  1. Nutricionista – 1 vaga;
  2. Tecnólogo em Eventos e Produção Cultural – 1 vaga;
  3. Psicólogo Clínico – 1 vaga;
  4. Administrador – 1 vaga;
  5. Engenheiro de Produção – 1 vaga.

Remuneração

A remuneração inicial varia de acordo com o nível do cargo escolhido. Para nível médio e técnico, o salário inicia em R$ 2.446,96. Já para o nível superior, a remuneração será de R$ 4.180,66.

Local de trabalho

Segundo o edital do concurso, os candidatos aprovados podem ser convocados a atuar em qualquer uma das unidades da UFRN, que estão localizadas nas cidades de Macaíba, Currais Novos, Natal, Santa Cruz e Caiacó.

Validade do concurso

O concurso da UFRN terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais um, caso seja necessário.

Provas

As provas vão acontecer no mês de junho, mais especificamente no dia 30, pela manhã, e serão aplicadas em algumas das cidades onde a UFRN está presente: Natal, Currais Novos, Santa Cruz e Caiacó.

Apesar da cidade de Macaíba estar dentro de uma das sedes da universidade que pode selecionar os profissionais aprovados, não serão aplicadas provas na cidade.

O concurso será composto de questões objetivas e discursivas, todas de caráter eliminatório ou classificatório. A prova discursiva envolve uma redação, na qual o candidato precisará desenvolver um texto argumentativo ou explicativo, seguindo a linguagem culta, a partir de um tema pré-determinado.

Já a prova objetiva será dividida em:

  • 10 questões de língua portuguesa;
  • 10 questões sobre legislação;
  • 30 questões de conhecimentos específicos.

O tempo total para realização das provas – envolvendo as 50 questões objetivas e a redação da prova discursiva – será de quatro horas e trinta minutos.

Inscrições

Apesar do edital já ter sido liberado, as inscrições para o concurso da UFRN se iniciam apenas no dia 8 de abril, a partir das 8h, e vão até o dia 13 de maio, às 23h59.

Aqueles que cumprem os requisitos de algum dos 18 cargos em aberto e tem interesse em prestar o concurso devem acessar o site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), responsável pela organização. Para isso, basta acessar o link: http://www.comperve.ufrn.br/conteudo/concursos/ufrn_201912/informacoes.php.

A taxa de inscrição será de R$ 60, para os cargos de nível médio e técnico e de R$ 80, para os cargos de nível superior. A possibilidade de isenção da taxa de inscrição envolve:

  • Doadores de medula;
  • Inscritos no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais), com renda igual ou menor a meio salário mínimo (nacional).

É importante ressaltar que solicitações para isenção da taxa de inscrição devem ser feitos entre o dia 8 e 23 de abril. Ou seja, candidatos interessados e que se enquadram nesta situação, precisam realizar sua inscrição até no máximo 23 de abril.

Para mais informações, inclusive leitura do Edital do Concurso UFRN, acesse o site da Comperve.

Por Stephanie de Quadros

Concurso


Concurso visa selecionar 10 profissionais para atuação no cargo de Auditor-Fiscal das Contas da cidade.

No final de 2018, as mídias responsáveis por trazer novidades sobre futuros processos seletivos reportavam que no primeiro semestre de 2019 surgiriam diferentes vagas de emprego. E essa tendência vem se confirmando graças às oportunidades que estão surgindo em diversas empresas e órgãos administrativos. Se você se interessa em participar de um processo seletivo, uma boa dica é o concurso público que está sendo realizado pela prefeitura de Campo Grande no Mato Grosso do Sul. Com um salário de mais de R$ 9.000,00, essa é uma grande chance para você. Para saber as principais informações, confira o texto abaixo.

Informações iniciais sobre o processo seletivo organizado pelo órgão municipal de Campo Grande

De tempos em tempos, a Prefeitura de Campo Grande realiza a abertura de certames seletivos com o intuito de contratar pessoas para atuarem em diferentes frentes no órgão municipal. E o último edital que a instituição divulgou é para o recrutamento de 10 indivíduos para atuarem na função de auditor-fiscal das contas da cidade. Para que os interessados possam concorrer a uma das oportunidades é necessário que eles tenham um diploma em qualquer curso de graduação. É importante mencionar também que existe uma porcentagem de vagas destinadas aos cotistas sociais. Os contratados vão trabalhar por 40 horas semanais e também vão contar com um salário de R$ 9.833,53.

Sobre as três etapas seletivas que caracterizam este concurso público

Ao longo dos anos a Prefeitura de Campo Grande escolheu diferentes bancas organizadoras para ajudar em todo o processo de preparação de seus programas de contratação. No caso, desse concurso público, a instituição escolhida foi a Associação Paranaense de Cultura. Essa associação é relacionada à PUC do Paraná. Como mencionado no subtítulo foi definido que os inscritos vão participar de três avaliações. É imprescindível reportar que todas as etapas são de caráter classificatório e eliminatório. Com isso, os testes são:

– Primeira avaliação: prova com 110 questões de múltipla escolha. Nesse primeiro teste, vão ser cobrados os seguintes eixos temáticos:

10 perguntas sobre direito civil e também 10 questões sobre direito constitucional.

11 perguntas acerca de direito administrativo e também 11 perguntas a respeito de direito tributário.

A exemplo de outros editais, neste também foram divulgados os assuntos que serão cobrados dentro de cada eixo temático. Para verificar essas informações, primeiramente, visite a página oficial da PUC do Paraná, cujo endereço eletrônico é o: https://www.pucpr.br. Após isso, na parte superior da página clique em “COMUNIDADE” e depois em “CONCURSOS – Núcleos de Processos Seletivos”. Uma nova página vai se abrir e nela está anexado o edital do concurso. A relação dos assuntos está descrita no “ANEXO II” página 23. Essa prova acontece em 23 de junho de 2019. Os locais e a hora exata ainda serão confirmados.

– Segunda avaliação: prova de títulos com a participação apenas dos melhores colocados da primeira fase. Essa etapa consiste na divulgação de uma lista contendo todos os documentos necessários para cumprir as exigências da prova de títulos. Essa relação vai ser propagada na página do Diário Oficial da cidade. Informações sobre a maneira que os documentos devem ser envidados e também para onde eles devem ser mandados, estarão explicadas nesta publicação. Essa divulgação ainda não tem uma data definida. Por isso, é importante consultar a página do Diário Oficial alguns dias após a data da realização da primeira etapa.

– Terceira avaliação: A última fase é caracterizada por um levantamento dos dados das pessoas aptas a participarem da última avaliação. Só serão aprovados os indivíduos que conseguirem provar que não estão com nenhuma pendência judicial.

Para qualquer dúvida na segunda ou na terceira etapa desse concurso, o certame traz todas as informações. Esses dados estão explicados nas páginas 12 e 13. Ainda não foi divulgada ainda uma data com o resultado final. Esse processo seletivo vai ter a validade de dois anos e o vínculo de empregabilidade por se mantido pelo mesmo tempo.

Processo para se inscrever no concurso da prefeitura de Campo Grande

O processo de inscrição foi iniciado no último dia 15 de março de 2019 e a participação pode ser confirmada até 15 de abril de 2019, pelo site da PUC. Cujo link foi disponibilizado no terceiro parágrafo do segundo subtítulo. A taxa cobrada pela participação é de R$180,00.

Por Isabela Castro

Concurso


Concurso tem 60 vagas abertas para o cargo de Auditor Fiscal.

Novo concurso de alta categoria está oficialmente aberto neste início de 2019. Confira abaixo.

O órgão da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, SEFAZ/BA, fez divulgar um novo processo seletivo de caráter público, que será regido por meio do documento de edital SAEB de 01/2019. O certame intitulado SEFAZ/BA de 2019 está disponibilizando cerca de 60 postos destinados ao cargo de Auditor Fiscal, dentro de áreas como a de Administração, de Finanças e de Controle Interno; no setor de Tecnologia da Informação e de Administração Tributária.

A função de banca organizadora está na responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, determinada anteriormente.

Houve uma primeira retificação deste certame, cuja notícia estava publicada na página sete do próprio Diário Oficial do Estado da Bahia, constituindo a edição do dia primeiro de março deste ano de 2019. Neste novo documento foi ajustada, somente, a configuração de tabelas no quadro de postos de trabalho e das provas objetivas.

Sobre os requisitos básicos e os salários, seguem as informações:

Todas as pessoas interessadas deverão comprovar o seguinte: posse de diploma de nível superior completo, principalmente nas áreas de Administração; na área de Ciências Econômicas; na área de Ciências Contábeis; na área de Direito; na área de Engenharia; na área de Informática; na área de Sistemas de Informação; na área de Ciência da Computação ou na de Processamento de Dados.

Os demais requisitos elencados estão bem explicitados no documento do edital, entre os itens, seguem alguns: ser de nacionalidade brasileira ou de nacionalidade portuguesa; estar em idade mínima de 18 anos; estar em plena disposição física e em dias com os direitos políticos; estar em plena aptidão física e aptidão mental; em plena idoneidade moral, entre outros.

Sobre o vencimento deste cargo, de Auditor Fiscal, em sua classe inicial de carreira, se trata de um salário básico no valor de 1.970 reais. Este valor está suplementado de um valor correspondente a um tipo de suplemento intitulado, por lei, Gratificação de Atividade Fiscal, cujo valor vai de R$ 1.970 a R$ 9.459.

Pode-se acrescentar, além de tudo isso, que o candidato nomeado e contratado tenha direito ao chamado Prêmio pelo Desempenho Fazendário, que inclui um valor de até R$ 4.389. Esta função possui uma carga horária em regime de 40 horas de trabalho por semana.

Sobre as provas objetivas, seguem as informações:

O processo de seleção dos concorrentes consistirá em um caderno de prova objetiva, contendo questões sobre matérias de conhecimentos gerais e específicos; haverá, também, neste itinerário, uma prova discursiva e mais uma prova de títulos.

Estes testes serão ministrados em data pré-agendada para o dia 26 do mês de maio de 2019, na capital do Estado, Salvador, no período matutino e no período vespertino.

O procedimento de inscrição e datas:

O período de cadastro de inscrição iniciou no dia 11 de março e se estenderá até o dia 5 de abril de 2019, por meio do site oficial da Fundação Carlos Chagas: www.concursosfcc.com.br. Entretanto, esse período poderá ser prorrogado. O valor da taxa de cadastro é de R$ 170.

Além do rol de vagas disponíveis, o SEFAZ/BA de 2019 também conterá com postos reservados aos candidatos que são pessoas com deficiência, cerca de 5%, e para os candidatos afrodescendentes, com cerca de 30% de vagas reservadas.

Toda pessoa interessada em concorrer a uma vaga, numa dessas duas categorias, deverá estar plenamente ciente de que as funções a serem exercidas nestes cargos estão em plena compatibilidade com a deficiência alegada, dado que será realizada uma perícia por meio da Junta Médica Oficial do Estado da Bahia. O mesmo tipo de procedimento será realizado sobre os concorrentes afrodescendentes.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Certame tem 50 vagas abertas para provimento efetivo de cargos com escolaridade de nível superior, técnico e médio.

Quem tem interesse em seguir a carreira profissional no ramo da administração pública pode aproveitar uma ótima chance na região Norte do país. No estado do Amazonas, a Prefeitura de Manaus informa que estão abertas as inscrições para seu novo concurso público. O edital foi publicado no diário oficial da quarta-feira, 20 de fevereiro. São oferecidas 50 vagas para provimento efetivo de cargos com escolaridade de nível superior, técnico e médio na Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (SEMEF). O edital prevê duas etapas para o processo seletivo. As provas estão previstas para o mês de maio, junho e agosto. A remuneração para quem iniciar nessa prefeitura pode chegar a R$ 17 mil. Confira mais informações do certame de Manaus a seguir.

O prazo de inscrição terminará em abril

Os interessados em participar do processo seletivo devem entrar no site da FCC – Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br/concursos/semef118/index.html), banca contratada pela gestão municipal para organizar a seleção. Lá você deve preencher a ficha de cadastro, imprimir e, em seguida, pagar o boleto bancário.

As inscrições tiveram início em 25 de fevereiro (segunda-feira). Você tem até o dia 5 de abril (sexta-feira) para se cadastrar. Confira os valores das taxas de inscrição que varia conforme a escolaridade exigida para ocupar o cargo: R$ 125 – médio, R$ 200 – técnico e R$ 265 – superior. Mas se você tiver inscrito no Cad Único – Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – pode solicitar isenção do pagamento.

Apenas serão aceitas inscrições realizadas online, conforme afirma o edital.

Informações sobre as vagas disponíveis na SEMEF de Manaus

O edital prevê que sejam contratados 50 profissionais a fim de preencher postos de trabalho para:

Técnico de tecnologia da informação – 8 vagas;

Assistente técnico fazendário – 5 vagas;

Auditor fiscal de tributos – 10 vagas;

Assistente técnico de suporte – 12 vagas;

Técnico de web design – 1 vaga;

Assistente técnico de programação – 12 vagas e

Técnico fazendário – 2 vagas.

Há oportunidades reservadas para pessoas com deficiência (PCD). Se for concorrer nessa condição, lembre-se de anexar o laudo médico que comprova a sua deficiência. Lembre-se de que se for aprovado, você será avaliado em perícia médica.

A remuneração inicial pode variar entre R$ 8.211,81 e R$ R$ 17.436,29, conforme o cargo pretendido.

A carga horária de trabalho máxima é de 30 horas semanais.

Sobre os requisitos para ingressar na Prefeitura de Manaus

Para se tornar servidor público do município você deve, primeiramente, ser aprovado no certame. Além disso, é necessário apresentar comprovante de escolaridade do mesmo nível do cargo para o qual você se candidatou. Veja quais são as outras exigências: estar em dia com as obrigações militares, se for homem, e eleitorais, ser brasileiro, ter aptidão mental e física, ter idade mínima de 18 anos, não ter antecedentes criminais, entre outras.

O concurso público da SEMEF terá 2 fases

Na primeira fase, os candidatos serão examinados em prova objetiva de conhecimentos específicos e básicos. Já na segunda etapa, prova discursiva, os concorrentes devem responder 2 questões subjetivas e uma peça técnica.

As datas previstas para realização dessas avaliações são: 19 de maio, 26 de maio, 02 de junho e 04 de agosto.

Outros detalhes do concurso público da Secretaria de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno do Município de Manaus

Para se inscrever no certame e conferir outras informações do edital do processo seletivo da prefeitura de Manaus, acesse o portal da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursos/semef118/index.html).

O concurso será válido por 2 anos e poderá ser prorrogado por mais 2 anos, a contar de sua homologação e caso a prefeitura julgue oportuno e conveniente.

Por Melisse V.

Concurso


Concurso da Prefeitura de Curitiba, no Paraná, visa preencher vagas de emprego na Procuradoria Geral do Município.

Se você é graduado em Ciências Jurídicas e pretende fazer carreira na área pública, confira aqui uma ótima oportunidade. A Prefeitura de Curitiba anuncia que as inscrições para o certame que visa prover vagas efetivas na Procuradoria Geral do Município (PGM) seguem abertas até o dia 24 de março (sábado). O edital foi publicado no diário oficial da sexta-feira, 8 de fevereiro. Os candidatos serão avaliados em quatro etapas e a primeira prova está prevista para maio.

A PGM de Curitiba tem 5 vagas disponíveis e a remuneração pode chegar a R$ 20 ainda no início da carreira de procurador.

Saiba mais sobre o edital desse concurso público na matéria que segue abaixo.

As inscrições no certame da PGM Curitiba são realizadas somente via internet

Os interessados em participar do processo seletivo devem acessar o portal do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – portal.nc.ufpr.br/PortalNC/Concurso?concurso=PMC2019-7, que foi contratado para ser responsável pela seleção, a fim de se cadastrar.

Você deve preencher o formulário de inscrição, cadastrar seu CPF e criar uma senha para acesso, imprimir e pagar o boleto bancário no valor de R$ 200 até a segunda-feira, dia 25 de março.

Aqueles que são doadores de sangue com regularidade em alguma instituição de saúde pública puderam solicitar isenção do pagamento.

O prazo de inscrição teve início no dia 22 de fevereiro (sexta-feira) e terminará no sábado, 24 de março.

Sobre as chances previstas no edital do certame da PGM de Curitiba

O cargo disponível na PGM é o de procurador. Quem iniciar na carreira receberá ganhos de R$ 6.502,34 e, além disso, terá direito a gratificação de R$ 1.950,70, referente à responsabilidade técnica e ainda premiação por atividade jurídica, no valor de R$ 12.298,67. A jornada de trabalho é de 40 horas por semana.

Para concorrer na condição de pessoa com deficiência (PCD) você deve enviar laudo médico e, caso aprovado, será avaliado em perícia médica.

Além das vagas anunciadas, será formado cadastro reserva para ocupar possíveis vagas que possam surgir no futuro.

Quais são os requisitos exigidos para ser procurador em Curitiba?

Para ocupar o cargo é necessário ter diploma de graduação em Direito. Esse documento deve ser emitido por instituição de ensino superior (IES) regulamentada corretamente pelo Ministério da Educação (MEC). Além de ser aprovado no concurso, você deve atender aos seguintes requisitos: ter idade entre 18 e 74 anos, possuir aptidão mental e física, ter nacionalidade brasileira, estar em dia com o serviço militar e com a justiça eleitoral, possuir registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), especificamente no estado do Paraná, entre outras exigências.

O processo seletivo da PGM Curitiba é composto de 4 etapas

A primeira fase constitui-se de prova objetiva e contará com 100 questões. A data programada para essa prova de múltipla escolha é no domingo, 5 de maio. Os concorrentes devem responder aos quesitos e marcar o cartão de resposta em até 5 horas.

Na segunda etapa os candidatos devem fazer duas provas discursivas, previstas para os domingos, 9 de junho e 16 de junho. É necessário elaborar um parecer, uma peça processual e responder a questões dissertativas.

Em seguida, haverá a prova de títulos, para a qual você deve enviar certificados e diplomas de cursos de pós-graduação que tenha realizado.

A última etapa é uma avaliação psicológica de caráter eliminatório.

Todas as fases ocorrerão na capital do estado do Paraná, na cidade de Curitiba.

Outros detalhes do edital do certame podem ser conferidos na página eletrônica do Núcleo de Concursos da UFPR.

O certame da PGM de Curitiba será válido por 2 anos e pode haver prorrogação por mesmo período, a partir de sua homologação.

Por Melisse V.

Concurso


Concurso dos Cartórios de Santa Catarina oferece 192 vagas.

O TJ-SC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) abriu no dia 11 de março de 2019 as inscrições para novo edital de concurso público que visa a Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado. O Concurso TJ SC Cartórios 2019 visa ao preenchimento total de 192 vagas, sendo que 128 vagas para provimento e 64 para remoção.

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas pela internet no site www.cartorio.tjsc.ieses.org entre os dias 11 de março e 12 de abril de 2019. O valor de taxa de inscrição é de R$ 350,00 e deve ser paga até 15 de abril.

Requisitos para as vagas

Entre os requisitos para as vagas, o candidato interessado em concorrer às vagas deve ter curso superior de graduação em Direito completo, até a data da outorga, em uma instituição de ensino que seja reconhecida pelo MEC. Além disso, é requisito que o candidato tenha experiência na função de serviço notarial ou de registro pelo período de dez anos completos até a data da primeira publicação deste Edital no Diário da Justiça Eletrônico do Estado.

Comprovação exercício da função

A comprovação do exercício de função será analisada com a entrega do extrato contendo a informação previdenciária, como também as anotações trabalhistas do candidato. Além disso, o candidato deve apresentar cópia autenticada da Carteira de Trabalho e certidão comprobatória do exercício do cargo.

Requisito vaga remoção

Entre os requisitos para vaga de remoção, podem se inscrever para concorrer a vagas os titulares de serventias extrajudiciais do Estado de Santa Catarina, em qualquer entrância. É requisito ainda que o mesmo detenha a delegação pelo período de mais de dois anos, que serão calculados desde a data que exerce a atividade até quando foi realizada a primeira publicação deste referente a este edital no Diário da Justiça Eletrônico do Estado de Santa Catarina.

Provas

Os candidatos serão avaliados por provas objetivas, prova prática, prova escrita, prova oral e prova de títulos. As avaliações devem atestar os conhecimentos ou habilidades técnicas dos candidatos referentes às matérias relacionadas à função Notarial e Registral.

Serão aplicadas prova única para os candidatos a vagas para ingresso por provimento e ingresso por remoção nas avaliações de prova oral, provas escrita, prova prática e prova de títulos.

Prova objetiva

A prova objetiva, que será realizada no dia 09 de junho de 2019, terá o total de 100 questões, sendo 4 alternativas para assinalar apenas uma correta. Do total, 30 questões serão de direito notarial e registral, 25 questões de Direito Processual Civil, Direito Civil e Direito Empresarial, 25 questões de Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direito Tributário, 10 questões de Direito Processual Penal e Direito Penal, 5 questões de Direito Judiciário e 5 questões de Conhecimentos Gerais.

Prova escrita

Já a prova escrita e prática terá quatro questões teóricas, que deverão ser respondidas como dissertação com máximo 15 linhas e mínimo 10 linhas. E também a questão prática que deverá ser feita com no máximo 60 linhas e no mínimo 30 linhas e a dissertação que deve ser respondida com no máximo 60 linhas e mínimo 30 linhas. Caso as respostas não atenderem o limite máximo de linhas será desconsiderada a parte da resposta que passar ao limite máximo. E se as respostas não atingirem o limite mínimo será atribuída nota zero à questão.

Remuneração

As remunerações serão pagas pelo recolhimento de taxas pagas pelos que usam serviços de cartórios e pelo motivo os aprovados não tem remuneração direta do Estado.

O concurso será realizado pelo IESES (Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul) e o edital poderá ser acessado no http://www.cartorio.tjsc.ieses.org/documentos/documentos.htm.

Por Adoniran Peres

Concurso


SEMEF oferta 39 vagas de emprego em diversos cargos.

A Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno – SEMEF está com concurso aberto para provimento de vagas nos cargos de Auditor Fiscal de Tributos Municipais, Técnico Fazendário, Técnico em Web Design da Fazenda Municipal, Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal, Assistente Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal (Programador) e Assistente Técnico Fazendário.

O certame está sendo organizado pela Fundação Carlos Chagas e selecionará candidatos para o provimento de cargos efetivos e de cadastro reserva. As vagas destinam-se a pessoas com diferentes níveis de estudo e os salários vão de R$ 8.211,81 a R$ 17.436,29. No total, há 39 vagas destinadas à ampla concorrência (AC) e pessoas com deficiência (PcD). Confira abaixo mais informações sobre o concurso:

  • Sobre as vagas disponíveis:

Assistente Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal (Programador) – Para concorrer à vaga é necessário que o candidato possua Ensino Médio Técnico em Tecnologia da Informação ou Ensino Médio regular mais curso técnico em Programação de Jogos Digitais, Informática ou Informática para Internet. A remuneração para o cargo é de R$ 8.211,81. Há 12 vagas disponíveis, das quais 1 é destinada a candidatos PcD.

Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal – Para concorrer à vaga é necessário que o candidato possua Nível Superior em Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação ou cursos relacionados. A remuneração para o cargo é de R$ 13.193,77. Há 8 vagas para AC.

Técnico em Web Design da Fazenda Municipal – Para concorrer à vaga é necessário que o candidato possua Nível Superior em Design Gráfico, Desenho Industrial, Design ou cursos relacionados. A remuneração para o cargo é de R$ 13.193,77. Há 1 vaga para AC.

Auditor Fiscal de Tributos Municipais – Para concorrer à vaga é necessário que o candidato possua Nível Superior. A remuneração para o cargo é de R$ 17.436,29. Há 10 vagas para AC, das quais 1 é destinada a candidatos PcD.

  • O destaque desse concurso vai para a seguinte vaga, reservada a candidatos com Ensino Médio e com salário de R$ 8.211,81:

Assistente Técnico Fazendário – Para concorrer à vaga é necessário que o candidato possua Ensino Médio. A remuneração para o cargo é de R$ 8.211,81. Há 5 vagas para AC.

  • Sobre data e valores de inscrição:

O prazo para inscrição no concurso é das 10hs do dia 25 de fevereiro às 14hs do dia 5 de abril de 2019. Para as vagas reservadas a candidatos com Nível Superior, a taxa de inscrição é de R$ 265,00 e para as vagas a candidatos com Ensino Médio, o valor da taxa é de R$ 125,00.

  • Sobre as provas:

No dia 19/05/2019 (manhã) será realizada a Prova Objetiva para os candidatos à vaga de Assistente Técnico Fazendário.

No dia 26/05/2019 (manhã) será realizada a Prova Objetiva para os candidatos à vaga de Assistente Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal (Programador) e Assistente Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal.

No dia 26/05/2019 (tarde) será realizada a Prova Objetiva e Prova Discursiva (Estudo de Caso) para os candidatos à vaga de Técnico de Tecnologia da Informação da Fazenda Municipal e para Técnico em Web Design da Fazenda Municipal.

No dia 19/05/2019 (tarde) será realizada a Prova Objetiva e no dia 04/08/2019 (manhã) será realizada a Prova Discursiva para os candidatos à vaga de Cargo de Auditor Fiscal de Tributos Municipais.

No dia 02/06/2019 (manhã) será realizada a Prova Objetiva e a Prova Discursiva (Estudo de Caso) para os candidatos à vaga de Técnico Fazendário.

Todas as provas serão realizadas na cidade de Manaus – AM.

Para se inscrever e concorrer às vagas, acesse o site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br/concursos/semef118/index.html).

Boa sorte!

Por Barbara S.

Concurso


Concurso oferta 60 vagas para o cargo de Auditor Fiscal.

Se você tem interesse em ingressar na carreira pública fiscal para obter estabilidade financeira e laboral, confira aqui uma ótima oportunidade na região Nordeste do país. O Governo do Estado da Bahia publicou o edital do seu novo certame no diário oficial do dia 26 de fevereiro (terça-feira). O documento que regulamenta o concurso público anuncia 60 vagas para Auditor Fiscal. Para concorrer é necessário ter escolaridade de nível superior. O processo seletivo da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (SEFAZ BA) é composto por 4 etapas. As inscrições já estão abertas. Uma oportunidade como essa certamente atrairá muitos candidatos. Mas você pode se planejar e se preparar para obter a tão sonhada aprovação. Veja mais detalhes sobre o concurso e dicas de estudo a seguir.

Somente serão aceitas inscrições online no certame da SEFAZ BA

Para se cadastrar no processo seletivo, acesse o portal da FCC – Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br/concursos/govba118/index.html), que foi contratada pelo governo estadual da Bahia para organizar esse concurso. Você deve preencher o formulário eletrônico e pagar o boleto bancário. A taxa custa R$ 170 e a data final para você realizar o pagamento é na sexta-feira, 5 de abril.

Quem faz parte de família com baixa renda ou é registrado no CadÚnico – Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal pode fazer solicitação para ficar isento dos custos com a inscrição.

O prazo de cadastro no certame da SEFAZ Bahia começou em 11 de março (segunda-feira) e terminará em 5 de abril (sexta-feira). O horário limite para você se inscrever é até as 14 horas, tendo Brasília como referência de horário.

Sobre as chances previstas no edital da SEFAZ da Bahia

O edital prevê quê sejam providos 60 cargos efetivos. O cargo é de Auditor Fiscal e 3 são as áreas de atuação: Tecnologia da Informação (17), Administração Tributária (19) e Administração, Finanças e Controle Interno (24).

Há oportunidades exclusivas para quem é pessoa com necessidade especial (PNE). Caso você vá concorrer como cotista nessa condição, não se esqueça de enviar o laudo médico que comprova a sua deficiência para a banca examinadora. Após a sua aprovação, será necessário ser avaliado em perícia médica.

Outras vagas são exclusivas para quem é afrodescendente.

O vencimento básico da função de auditor é de R$ 1.970,72, mas ainda há gratificação referente ao exercício da atividade fiscal cujo valor pode variar entre R$ 1.970,72 e R$ 9.459,45 e o prêmio de desempenho fazendário no montante de R$ 4.389,18.

As vagas são para profissionais formados nas seguintes especialidades: Ciência da Computação, Administração, Sistemas de Informação, Ciências Contábeis, Processamento de Dados, Direito, Informática, Ciências Econômicas ou Engenharias.

A jornada de trabalho máxima é de 40 horas semanais.

Sobre os requisitos para ingresso na SEFAZ da Bahia

Para tomar posse como auditor você deve ser aprovado no concurso, apresentar diploma de graduação emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), possuir 18 anos de idade, no mínimo, possuir aptidão física e mental, estar quite com as obrigações eleitorais e militares, possuir idoneidade moral, ser brasileiro, entre outros.

Os candidatos serão avaliados em 4 fases

A primeira etapa constitui-se de prova objetiva sobre conhecimentos básicos – com 60 questões e agendada para a manhã do dia 26 de maio (domingo). Já a segunda, é uma prova de múltipla escolha sobre conhecimentos específicos de cada cargo. Ela conterá 55 questões e será aplicada junto da prova discursiva, que é a terceira fase, na tarde do dia 26 de maio.

A quarta etapa de seleção trata-se de prova de títulos, na qual os candidatos que tiverem diploma de doutorado ou mestrado ou ainda certificado de especialização podem marcar pontos.

A principal dica de estudo é fazer muitas questões da banca de provas anteriores que ela realizou. Você pode, assim, habituar-se com o padrão da FCC e ver em quais assuntos precisa reforçar o estudo ou revisar.

A validade do concurso da SEFAZ BA será de 1 ano, mas pode haver prorrogação.

Saiba mais detalhes do processo seletivo no site da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursos/govba118/index.html).

Por Melisse V.

Concurso


Certame tem 40 vagas abertas e recebe inscrições dos interessados até o dia 15 de março.

Quem pretende ingressar na esfera pública para seguir carreira profissional com estabilidade financeira pode conferir aqui uma boa chance. A Defensoria Pública do Estado de São Paulo (DPE SP) anuncia que as inscrições para seu concurso 2019 seguem abertas até o dia 15 de março (sexta-feira). O edital foi publicado no diário oficial de 16 de fevereiro (sábado). São oferecidas 40 vagas para o cargo de defensor público. Os vencimentos iniciais são de R$ 25 mil. As provas estão programadas para o mês de abril. Saiba mais sobre o concurso da DPE SP a seguir.

As inscrições no certame da DPE SP só podem ser feitas via internet

Se você ainda não se inscreveu no concurso para Defensor Público do Estado de São Paulo ainda há tempo. O prazo teve início em 18 de fevereiro (segunda-feira) e você pode se cadastrar até a sexta-feira, 15 de março. O valor da taxa de inscrição é de R$ 260.

Acesse o site da Fundação Carlos Chagas (FCC) – www.concursosfcc.com.br/concursos/dpesp118/index.html, que é a organizadora do certame, preencha a ficha de inscrição e pague o boleto bancário.

Quem pertence à família de renda baixa, doa sangue com regularidade, é estudante ou está desempregado pode solicitar isenção dos custos com inscrição do concurso.

As vagas disponíveis na DPE SP são exclusivamente para quem tem formação de nível superior.

O cargo anunciado no edital é para Defensor Público. Para concorrer a uma das 40 vagas você deve ter graduação em Ciências Jurídicas.

O salário para quem iniciar na carreira da DPE de São Paulo é de R$ 25,6 mil.

Há chances reservadas para pessoas com deficiência (PCD). Lembre-se de enviar o laudo médico que especifique qual a sua deficiência, no ato da inscrição. Se você for cotista nessa condição, saiba que também será avaliado em perícia médica.

Candidatos negros ou indígenas também devem informar tal condição quando realizarem sua inscrição no certame da DPE SP.

Confira outros requisitos exigidos para ingressar na DPE SP

Além de apresentar diploma do curso da graduação que você realizou na universidade ou faculdade registrada junto ao Ministério da Educação, e de ser aprovado no concurso, você deve apresentar comprovante de vivência profissional por 3 anos, no mínimo, no ramo jurídico. Também é necessário ser brasileiro, estar quite com o serviço militar e com as obrigações da justiça eleitoral, não ter antecedentes criminais, entre outros requisitos.

Quais são as fases do concurso da DPE SP?

O certame será composto por 4 fases:

1) prova objetiva – com 88 questões que devem ser respondidas em 4h30, cuja data está prevista para a manhã do domingo, 14 de abril;

2) prova discursiva – com 16 quesitos dissertativos e 2 peças judiciais e data programada para aplicação no sábado e domingo, 08/06 e 09/06, respectivamente;

3) prova oral – cuja data de aplicação ainda será divulgada pela banca organizadora;

4) avaliação de títulos –que terá caráter classificatório e para a qual será necessário apresentar comprovante de mestrado, doutorado, especialização, publicação de obra jurídica, estágio enquanto estudante de Direito, publicação de artigos, exercício da advocacia, entre outros.

Todas as fases do concurso ocorrerão na cidade de São Paulo.

Mais informações sobre o certame da DPE SP

O concurso público da Defensoria de São Paulo terá validade de 2 anos, conforme é previsto no edital. Caso a instituição julgue oportuno, poderá prorrogar esse prazo por mais uma vez, contando de quando houver a homologação desse processo seletivo.

Você pode obter mais detalhes no edital do concurso, solicitar atendimento especial e realizar sua inscrição ao acessar o portal eletrônico da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursos/dpesp118/index.html).

Inicie o quanto antes a sua preparação para se tornar Defensor Público em São Paulo.

Por Melisse V.

Concurso


Concurso tem 100 vagas abertas para o cargo de Juiz Leigo.

O Poder Judiciário do Estado do Ceará publicou, no diário oficial do dia 08 de março (sexta-feira), o edital do novo concurso do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ CE) para o posto de trabalho de Juiz Leigo. São oferecidas 100 vagas com salário inicial de R$ 6 mil. O prazo de inscrição já está aberto desde a segunda-feira, 11 de março, e será concluído na quinta-feira, 11 de abril. Inicie o quanto antes a sua preparação, pois as provas já estão previstas para maio. Saiba mais detalhes do concurso público do TJ CE na matéria a seguir.

As inscrições do processo seletivo do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará são realizadas exclusivamente pela internet

Para se inscrever no certame do TJ CE você deve entrar no portal eletrônico institutoconsulplan.org.br/getConc.aspx?key=G/4JUtJaMAISr0=, preencher o formulário de cadastro, imprimir o boleto e efetuar o pagamento no valor de R$ 60, até o dia 12 de abril (sexta-feira).

Até a quarta-feira, dia 13 de março, quem estudou em escola pública, é doador de sangue com regularidade ou fizer parte de família de renda baixa pode solicitar isenção do pagamento com os custos com inscrição.

O TJ do Ceará contratou o Instituto Consulplan para ser a banca responsável pela organização do seu concurso público 2019.

Sobre as vagas disponíveis no TJ CE

O edital prevê que sejam contratados 100 profissionais de nível superior para ocuparem o cargo de juízes leigos. A remuneração ofertada para esse posto de trabalho é de R$ 6.420,80 e R$ 26 por ato homologado.

Há chances reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

Sobre os requisitos para ingressar no TJ CE como Juiz Leigo

Além de ser aprovado no certame e apresentar diploma de graduação em Direito emitido por escola de nível superior regularizada junto ao Ministério da Educação (MEC), os candidatos devem ter nacionalidade brasileira, estar em dia com as obrigações do serviço militar, não possuir antecedentes criminais, possuir registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), não ser filiado a partido político, comprovar experiência profissional de no mínimo 2 anos, estar quite com a justiça eleitoral, entre outros requisitos.

Quais são as etapas do concurso público do TJ CE?

O processo seletivo será composto por 4 fases: 1) prova de múltipla escolha – com 40 questões; 2) prova dissertativa – a qual deve ser respondida entre 20 e 30 linhas; 3) avaliação de títulos e 4) curso de capacitação – de caráter eliminatório.

A data programada para aplicação da prova objetiva e dissertativa é no domingo, 12 de maio. Os candidatos terão 4 horas para responderem aos 40 quesitos, fazerem a redação sobre um tema jurídico da atualidade e ainda marcarem o cartão de resposta, pois não haverá tempo adicional.

Na fase de avaliação de títulos você precisa preencher o formulário e enviá-lo juntamente com o comprovante dos seguintes títulos, caso os tenha: diploma de mestrado, certificado de especialização, diploma de doutorado, certificado de curso de mediação ou conciliação, documento comprobatório de exercício de atividade como juiz leigo. O endereço para que você envie o envelope por carta registrada com aviso de recebimento ou por SEDEX é o seguinte: Rua José Augusto de Abreu, número 1.000, Safira – Muriaé, Minas Gerais.

Os aprovados nas 3 etapas, farão parte do curso de capacitação, no total de 40 horas.

Mais detalhes sobre o concurso público para juiz leigo do TJ do Estado do Ceará

O certame terá validade de 2 anos. Se o órgão quiser, poderá prorrogar tal prazo por igual tempo, uma única vez, a contar a partir da homologação.

Confira mais informações do edital no site do Instituto Consulplan (institutoconsulplan.org.br/getConc.aspx?key=G/4JUtJaMAISr0=).

Por Melisse V.

Concurso


Certame recebe inscrições dos interessados até o dia 5 de abril de 2019.

A Prefeitura de Manaus lançou, no diário oficial do Município do dia 20 de fevereiro (quarta-feira), o edital do seu próximo certame, o qual oferece vagas para diversos cargos de nível superior, técnico e médio para a Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (SEMEF). As inscrições já iniciaram e seguem abertas até o mês de abril. A remuneração pode chegar a R$ 17 mil. As provas estão agendadas para o mês de maio. Saiba mais detalhes sobre o concurso público.

Informações sobre as inscrições no processo seletivo da Prefeitura de Manaus

A banca responsável por ser a organizadora do concurso da SEMEF é a Fundação Carlos Chagas (FCC). Para se inscrever na seleção, acesse o seu portal eletrônico (www.concursosfcc.com.br/concursos/semef118/index.html), preencha a ficha de cadastro e realize o pagamento do boleto.

O prazo de inscrição já está aberto desde o dia 25 de fevereiro (segunda-feira) e será encerrado em 5 de abril (sexta-feira). Os valores das taxas variam entre R$ 125, R$ 200 e R$ 265.

De acordo com o edital, as inscrições são realizadas exclusivamente via internet.

Quem é registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) e faz parte de família de baixa renda pode solicitar isenção do pagamento dos custos com inscrição.

Detalhes sobre as vagas disponíveis na Prefeitura de Manaus

O edital anuncia 50 vagas para os seguintes cargos: auditor fiscal de tributos (10), técnico de tecnologia da informação (8), técnico de web design (1), técnico fazendário (2), assistente técnico – suporte (12), assistente técnico fazendário (5), assistente técnico – programador (12).

A remuneração inicial para os cargos de nível médio é de R$ 8.211,81. Já quem tem nível superior pode perceber ganhos entre R$ 13.193,77 e R$ R$ 17.436,29.

Há chances que são exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE). Se você for concorrer como cotista nessa condição, saiba que deverá enviar laudo médico que ateste a sua deficiência no ato da inscrição.

A jornada de trabalho na Prefeitura de Manaus é de 30 horas por semana.

Quais são os requisitos exigidos para tomar posse na SEMEF?

Além de você ser aprovado para um cargo com o qual sua escolaridade seja compatível, é necessário que você seja brasileiro, maior de 18 anos, tenha aptidão mental e física, não tenha antecedentes criminais, esteja em dia com as exigências do serviço militar, esteja em pleno gozo dos seus direitos políticos e civis, não possua pendências junto à justiça eleitoral, entre outros requisitos.

O diploma de graduação a ser apresentado como comprovante de escolaridade para quem tiver graduação deve ser emitido por instituição de ensino superior credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC).

Informações sobre as etapas do concurso

O concurso da Prefeitura de Manaus é composto pelas seguintes fases:

1) prova objetiva – sobre conhecimentos básicos e específicos – aplicável para todos os cargos;

2) prova discursiva – sendo uma peça técnica e 2 questões subjetivas para quem concorrer ao cargo de auditor e um estudo de caso para os demais concorrentes aos postos de trabalho que exigem nível superior.

As provas estão previstas para as seguintes datas:

19 de maio (domingo) – no turno da tarde, prova de múltipla escolha para o cargo de auditor;

26 de maio (domingo) – pela manhã, prova objetiva para as funções de assistente técnico; e à tarde provas discursivas para técnico de TI e web design;

02 de junho (domingo) – pela manhã, prova objetiva e estudo de caso para candidatos a técnico fazendário;

04 de agosto (domingo) – no turno da manhã, prova discursiva para auditor fiscal.

Mais informações sobre o concurso

O edital prevê que o certame seja válido por 2 anos e que pode haver prorrogação dessa validade, uma única vez por igual período, a contar de quando houver sua ho

Por Melisse V.

Concurso


IFAM oferta 49 vagas de emprego em novo Concurso Público 2019.

Estamos no início de mais um ano e agora, passadas as festividades do carnaval 2019 muitas pessoas estão interessadas em conseguir uma nova oportunidade de trabalho para principalmente poderem contar com segurança e estabilidade financeira. Dessa forma, os concursos públicos em geral têm atraído cada vez mais os brasileiros que buscam essa segurança, já que em decorrência de uma forte crise econômica milhares de empresas brasileiras tiveram que encerrar suas atividades ou diminuir o número de colaboradores, fazendo com que o número de vagas em aberto diminuísse ainda mais. O que leva a um nível de concorrência elevado entre os candidatos.

Dessa forma, para quem reside no estado do Amazonas e deseja uma colocação como servidor público, acaba de surgir uma excelente oportunidade. Estamos falando do novo concurso público do Instituto Federal do Amazonas, o conhecido IFAM.

De acordo com as primeiras informações sobre o certame, as vagas disponibilizadas serão para a função de Técnico-Administrativo em Educação, sendo diversas áreas de atuação.

Assim, serão disponibilizadas para a concorrência 49 vagas a serem distribuídas nos cargos de Assistente em Administração; Assistente de Alunos; Técnico de Laboratório de Informática; Técnico em Agropecuária; Técnico de Tecnologia da Informação; Técnico em Eletrotécnica; Técnico em Audiovisual; Auditor; Bibliotecário Documentalista; Técnico em Edificações; Pedagogo; Técnico em Enfermagem; Analista de Tecnologia a Informação; Administrador; Relações Públicas, Contador; Médico Clínico Geral; Nutricionista; Médico Psiquiatria; Produtor Cultural; Médico Veterinário e Psicólogo.

Em relação às remunerações os aprovados poderão contar com um salário com valor em torno de R$ 1.945,07 para os aprovados em funções consideradas com classificação de nível C. Já os aprovados em cargos cuja classificação seja de nível D, o salário previsto é no valor de R$2.446,96. Quem for aprovado em um cargo de classificação nível D é no valor de R$4.180,66. E por último os aprovados em cargos de classificação nível E poderão contar com um salário cujo valor é a partir de R$ 4 mil.

Vale ressaltar que independente do cargo os contratados terão que cumprir uma jornada de trabalho no total de 40 horas por semana.

Está interessado? Conheça abaixo os requisitos para concorrer a uma das vagas anunciadas no certame do IFAM.

Primeiramente, os interessados só poderão realizar suas inscrições por meio da internet. As inscrições tiveram início no dia 25 do mês de janeiro e se encerram no dia 17 do mês de março. Para se inscrever acesse www.idecan.org.br.

Para que a inscrição seja realizada com sucesso os candidatos terão que pagar uma taxa de participação cujo valor é de R$104,00 para cargos de TAE com exigência de curso superior. Para TAE com exigência de curso de nível técnico o valor é de R$61. E quem for concorrer a uma vaga em TAE que exige formação de nível médio o valor da inscrição é de R$48.

Dessa forma, os inscritos no concurso terão que realizar um processo seletivo que se dará por meio da realização de provas objetivas. A data marcada para a realização da prova é o dia 21 do mês de abril.

Ainda não foram definidos o horário e os locais onde haverá a aplicação das provas. Para ter acesso a essas informações, os inscritos devem acessar o endereço da empresa organizadora do certame, o Instituto IDECAN, a partir do dia 15 do mês de abril.

Quem realizar a prova poderá contar com o gabarito oficial preliminar a partir do dia 22 do mês de abril, por meio do site da banca organizadora.

Assim, o resultado final do certame será homologado pelo Instituto Federal do Amazonas e publicado no Diário Oficial da União, além de ser divulgado no www.idecan.org.br.

Para ter acesso a essas e outras oportunidades, acesse o site do IFAM.

Não perca essa oportunidade. Inscreva-se.

Por Sirlene Montes

Concurso


Concurso do Corpo de Bombeiros de Tocantins irá ofertar vagas destinadas aos concorrentes com certificado de nível médio.

Segue em fase trâmite o próximo processo seletivo de grande vulto. Trata-se do novo concurso público para o provimento de cargos no órgão do Corpo de Bombeiros do Estado de Tocantins.

Deste modo, o Ministério Público do estado de Tocantins, ou MPE/TO, atuando em conjunto com o chamado Grupo Especial para Controle Externo de Atividade Policial, ou Gecep, deu entrada em uma Ação Civil Pública, oficial, contra o próprio Estado do Tocantins, no sentido de fazer valer a solicitação para realização de um novo certame público.

O número de postos a ser disponibilizado não foi, até o presente momento, divulgado. Entretanto, a corporação está em grave situação de déficit de 1.228 a menos, no contingente de servidores, segundo o levantamento promovido pela Gecep.

Assim, as vagas a serem abertas serão destinadas aos concorrentes com certificado de nível médio. O valor da remuneração inicial pode chegar a 3,2 mil reais.

Sobre a previsão de data de publicação definitiva deste edital, seguem as informações:

De acordo com o que foi ajuizado por meio de ação Civil Pública, que faz solicitação para realização de um novo processo de seleção, está justificada a abertura do certame, dado o urgente déficit de 1.228 servidores bombeiros, sendo necessário fazer lembrar que, pela Lei são previstos, no mínimo, 1.772 servidores nessa função.

O levantamento efetuado pela Gecep demonstrou, também, um histórico de centenas de vistorias sobre o departamento dos Bombeiros, que estão há um bom tempo em situação de atraso, além disso, a ausência de maior número de efetivo resultou no seguinte: entre o mês de maio de 2017 e o mês de maio de 2018, cerca de 2.169 ocorrência não foram efetivamente atendidas, o que é um estatística assustadora.

Portanto, o órgão do Ministério Público do Estado de Tocantins, junto ao Gecep, fez solicitar abertura de nova liminar que imponha o dever ao Estado de contratar uma banca organizadora, dentro do prazo de 30 dias, conforme a data da fonte deste artigo, ou seja, dezembro de 2018, como também da efetiva publicação de novo edital, que deverá ocorrer ao longo dos próximos 180 dias, portanto, estendendo-se, no máximo, até o mês de junho deste ano, 2019.

Assim, a expectativa se torna mais concreta, sendo que, diante da situação avaliada pelos órgãos competentes deixa claro que deverá haver uma farta oferta de postos, ou uma disponibilização de postos em número suficiente, no sentido de esta corporação voltar à situação de legalidade, imposta na Lei Estadual número 3.038/2015 e no Decreto número 5.352/2015.

Sobre os requisitos básicos, seguem as informações:

Todas as pessoas interessadas em participar necessitam estar em idade máxima de 30 anos, possuir altura de no mínimo 1,63 m, no caso de candidato do sexo masculino, e altura mínima de 1,60 m, no caso de candidata do sexo feminino; possuir certificado de nível médio completo; possuir a CNH (a qual deve ser, no mínimo, da categoria “B”) ou uma permissão legal para conduzir veículo, que seja e esteja válida.

O histórico do último concurso registra o seguinte:

Realizado no ano de 2013, no qual foram disponibilizados em torno de 100 postos, destinados ao cargo de Soldado. A banca organizadora esteve na responsabilidade do instituto Pontua Concursos.

Todos os concorrentes foram submetidos aos seguintes testes:

As provas objetivas; o exame sobre a capacidade física; a avaliação psicológica; os necessários exames médicos e também odontológicos; a imprescindível investigação social e a participação no curso para formação de soldados.

O conteúdo programático foi o seguinte: matéria de língua portuguesa; de raciocínio lógico; de conhecimentos regionais e sobre as atualidades; questões em informática básica e sobre as Normas do CBMTO. O caderno de provas consistiu em um bloco contendo 60 questões.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Certame oferta 960 vagas para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais.

Estão abertas as inscrições para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN) da Marinha do Brasil a partir desta quarta-feira, 27 de fevereiro, até 28 de março de 2019.

Estão reservadas 960 vagas, que poderão ser disputadas por candidatos que tenham, no mínimo, ensino médio completo.

As inscrições deverão ser feitas no site do CGCFN (www.marinha.mil.br/cgcfn), no link Concursos para CFN, ou, nas cidades de Aracaju (SE), Belém (PA), Brasília (DF), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), João Pessoa (PB), Ladário (Ms), Maceió (AL), Manaus (AM), Marataízes (ES), Natal (RN), Paranaguá (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande (RS), Rio Novo (MG), Salvador (BA), São Luis (MA), São Paulo (SP), Uruguaiana (RS) e Vitória (ES) entre os dias 19 e 21 de março. O valor da taxa de inscrição é de R$ 42,00.

É necessário que os candidatos tenham em mãos os documentos de identificação como CNH, carteira de trabalho, passaporte ou certificado de reservista, por exemplo, além do CPF. O candidato que ainda não tiver CPF, deverá solicitá-lo nos postos de atendimento em agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios.

Além disso, os candidatos deverão cumprir alguns pré-requisitos como ser brasileiro e do sexo masculino, ter 18 anos, estar em dias com as obrigações militares e eleitorais, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m, não possuir qualquer tipo de deficiência, estar em boas condições de saúde e não possuir antecedentes criminais. Ainda, é preciso ter idneidade moral e bons antecedentes para poder ingressar no Corpo de Praças de Fuzileiros Navais.

O concurso será feito em seis etapas: exame de escolaridade, verificação de dados pessoais, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica e avaliação documental. A primeira fase, a qual é composta pela prova escrita, será dividida em duas partes: português e matemática, e terá duração de três horas. Cada parte será composta por 25 questões de múltipla escolha. A prova poderá ser realizada na cidade que o candidato escolher no ato da inscrição e será no dia 28 de maio de 2019, às 10h.

Após esta fase classificatória e eliminatória, os aprovados passarão pelas outras etapas e, os classificados serão matriculados no curso para Soldado Fuzileiro Naval, o qual terá duração de até dezessete semanas e, após, serão conduzidos para o Rio de Janeiro e Brasília. Além de estadia, os selecionados ganharão alimentação, assistência médica e odontológica, uniforme e uma remuneração de acordo com o nível de instrução.

Vagas

No total, são 960 vagas distribuídas nas unidades de organização militar da Marinha.

• 490 vagas para candidatos que quiserem servir, após a conclusão do curso, nas unidades da MB do Rio de Janeiro – RJ;

• 126 vagas para candidatos que optarem servir no MB de Brasília, após a conclusão do curso;

• 61 vagas aos candidatos que quiserem servir, após o curso, no Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS;

• 45 vagas aos candidatos que optarem servir, no 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Belém – PA, após a conclusão do curso;

• 15 vagas para os candidatos que quiserem servir, após a conclusão do curso, no Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário – MS;

• 119 vagas aos candidatos que optarem servir no 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Manaus – AM,após a conclusão do curso;

• 30 vagas para os candidatos que optarem servir, após a conclusão do curso, no Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – RN;

• 59 vagas aos candidatos que quiserem servir no Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador – BA, após a conclusão do curso;

• 15 vagas para os candidatos que optarem servir, após a conclusão do curso, no Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar – SP.

Por Andréa Corneli Ortis

Concurso


Certame tem 19 vagas abertas e receberá as inscrições dos interessados entre os dias 11 de março e 1º de abril de 2019.

Estarão abertas a partir do dia 11 de março as inscrições para o mais novo concurso público que contratará profissionais para atuarem no Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU-DF). São 19 cargos disponíveis, todos com remuneração de R$ 5.070,00 para uma carga horária semanal de 30 horas.

Todos os cargos são para Analista De Gestão De Resíduos Sólidos, entretanto eles se distinguem em diversas especialidades. São elas: Administração, Arquitetura, Biologia, Ciências Sociais, Comunicação Social – jornalismo, Comunicação Social – Relações Públicas, Direito e Legislação, Economia , Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia de Segurança do Trabalho, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Geografia, Informática, Modernização da Gestão das Atividades de Resíduos Sólidos e Serviço Social.

Requisitos

Para concorrer a todos os cargos é preciso possuir diploma de nível superior, obtido em instituição reconhecida pelo MEC, para a área do cargo desejado. Alguns deles também exigem registro no conselho de classe. O cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos na especialidade de Modernização da Gestão das Atividades de Resíduos Sólidos é uma caso especial, onde o candidato pode ter graduação em qualquer área do conhecimento.

Poderão concorrer aqueles que têm nacionalidades brasileira ou portuguesa, sendo que no segundo caso é preciso conferir as condições do edital. Além disso, também são exigidos os requisitos básicos de um concurso público, tais como estar quite com as obrigações militares e eleitorais, ter idade mínima de 18 anos no ato da posse e ter aptidão física e mental para as atribuições do cargo.

Seleção

A banca aplicadora do concurso será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e a seleção a ser realizada será feita por meio da aplicação de prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório.

O exame terá a duração de 3 horas e meia e contará com 50 questões de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. O valor total da prova será de 120 pontos, sendo que o tipo de questão adotado seguirá o modelo clássico da Cespe, onde os itens deverão ser julgados como certo ou errado.

É preciso se atentar, porque serão eliminados do concurso os candidatos que tirarem nota menor que 10 pontos na prova de conhecimentos básicos, 21 pontos na prova de conhecimentos específicos ou menos que 36 pontos em todas as questões somadas.

A data programada para a aplicação é o dia 19 de maio de 2019, no período da tarde. Os locais e horários e locais específicos serão divulgados na data provável de 9 de maio no Diário Oficial do Distrito Federal e na página do concurso.

As questões de conhecimentos básicos para todos os cargos abordarão conteúdos de língua portuguesa, conhecimentos sobre o distrito federal e legislação. Os conteúdos de conhecimento específico irão variar de acordo com o cargo pretendido.

Os gabaritos das provas serão liberados na provável data de 21 de maio, apartir das 19 horas, na página do concurso. O candidato poderá interpor recurso entre as 9 horas do dia 22 de maio e as 18 horas do dia 4 de junho.

Inscrições

As inscrições ocorrerão do dia 11 de março de 2019 até as 18 horas do dia 1º de abril. Para se inscrever a qualquer um dos cargos, será necessário pagar uma taxa de inscrição R$ 65,00. O valor deve ser pago até o dia 5 de abril.

O quadro com o número de vagas para cada cargo, o edital e o link para se inscrever podem ser encontrados na página do concurso (http://www.cespe.unb.br/concursos/SLU_DF_19).

Sobre a banca

A Cespe é uma das bancas mais conhecidas e com certeza a mais temida pelos concurseiros. Isso acontece por conta do seu modelo de resolução das questões: enquanto respostas corretas acrescentam pontos, aquelas incorretas tiram pontos do candidato. Questões que não são marcadas não ganham e nem perdem pontos. Ao candidato é recomendado que realize provas de concursos anteriores não só para testar os seus conhecimentos, como também para se acostumar com o modelo de prova.

Por Bruno Esteves

Concurso


Edital do Concurso do Corpo de Bombeiros de Alagoas tem previsão de ser lançado no primeiro semestre deste ano.

O Governo do Estado de Alagoas tem previsão de abertura de Concurso Público para provimento de vagas de Soldado Combatente do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Alagoas ainda no ano de 2019. A expectativa de abertura desse Concurso Público vem desde o ano passado, quando foi anunciado. Até o momento, já foi selecionada a instituição que realizará o certame: O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – CEBRASPE – foi selecionado. Os interessados nesse Concurso Público podem ficar atentos, pois há previsão de lançamento do edital ainda no primeiro semestre deste ano.

O último Concurso Público para provimento de vagas no Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Alagoas foi realizado no ano de 2017. Na ocasião, foram abertas vagas para os cargos de Oficial Combatente e Soldado Combatente. Os interessados em prestar o certame previsto para 2019 podem se preparar a partir de informações do último edital, já que a expectativa é de que o novo edital possa ser parecido com o de 2017. Confira abaixo alguns detalhes sobre o certame de 2017.

Sobre o último Concurso Público do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Alagoas:

  • Para o cargo de Oficial Combatente: O requisito foi, possuir Ensino Médio completo ou equivalente, comprovado por diploma ou certificado de conclusão de curso. Dentre algumas das atribuições do cargo estão: realizar o Curso de Formação de Oficiais Combatentes – CFO, realizar atividade estudantil em condição de internato ou semi-internato, respeitar restrições, regulamentos e instruções previstos em lei, comandar e planejar ações de Bombeiro Militar, realizar serviços de extinção e prevenção de incêndios, realizar buscas e salvamentos, socorros de urgência e atendimentos pré-hospitalares, executar perícias de incêndio, operar viaturas, realizar atividades de desefa civil e de segurança pública. A remuneração estabelecida para o cargo foi de R$ 2.249,54 para o período de realização do Curso de Formação de Oficiais Combatentes – CFO e de R$ 6.714,06 após o CFO, para trabalho em dedicação exclusiva. Foram ofertadas 10 vagas para esta função no ano de 2017.

  • Para o cargo de Soldado Combatente: É necessário ter Ensino Médio completo ou equivalente, comprovado por diploma ou certificado de conclusão de curso. Dentre algumas das atribuições do cargo estão: realizar o Curso de Formação de Oficiais Combatentes – CFO, de acordo com as diretrizes de ensino da Superintendência de Ensino e Pesquisa do CBMA realizar serviços de salvamento e busca (aérea, terrestre, aquática e em altura), participar de ações educativas, executar ações de segurança pública, realizar atendimento de socorro pré-hospitalar, realizar prevenção e salvamento em situações de incêndio, realizar atividades de segurança em ocasiões de pânico e incêndio, operar viaturas, realizar ações administrativas, cumprir leis, normas, decretos e regulamentos aplicados ao CBMAL. A remuneração estabelecida para o cargo foi de R$ 1.410.22 para o período de realização do Curso de Formação de Oficiais Combatentes – CFO e de R$ 3.633,85 após o CFO, para trabalho em dedicação exclusiva. Foram ofertadas 140 vagas para esta função no ano de 2017.

O certame foi composto por Prova Objetiva de Conhecimentos Básicos com 50 questões (de caráter eliminatório e classificatório), Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos de 70 questões (de caráter eliminatório e classificatório), Prova Discursiva de Redação (de caráter eliminatório e classificatório), Avaliação Médica de condições de saúde mental e física (de caráter eliminatório), Teste Físico (de caráter eliminatório) e Comprovação investigativa e documental (de caráter eliminatório).

Se você pretende prestar o concurso que será aberto neste ano, confira com mais detalhes o Conteúdo Programático do Edital Nº 1/2017 do Concurso Público de Oficial Combatente e de Soldado Combatente do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Alagoas e comece a se preparar para a abertura do edital previsto para este semestre.

Boa sorte!

Por Barbara S.

Concurso


Certame abre 14 vagas para Procurador em Boa Vista, Roraima.

Segundo informações do Cebraspe, banca organizadora do certame, as inscrições começaram no dia 18 de fevereiro e terminam no dia 7 de março. O valor da inscrição é R$ 230,00, e pode ser feita no site do Cebraspe (www.cebraspe.org.br).

Para concorrer à vaga, o candidato deverá possuir diploma de bacharelado em Direito.

Deverá possuir inscrição regular junto a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pelo menos 2 anos de experiência forense.

A prova objetiva e a discursiva serão realizadas no dia 5 de maio.

A prova objetiva será composta por 120 questões, com duração de 3h30.

Serão avaliados os conhecimentos básicos e específicos.

A parte discursiva será dividida em 2 partes, com 5 horas de duração.

Na primeira parte correspondente a peça prática, o valor máximo de pontuação será de 15 pontos.

Na segunda parte referente às 3 questões discursivas, o valor máximo de pontuação será de 5 pontos para cada questão.

Os candidatos que forem aprovados na prova objetiva e discursiva passarão para a próxima fase.

Na fase final, os candidatos realizarão provas de avaliação de títulos e oral.

O último concurso para o preenchimento de vagas no PGM de Boa Vista – RR ocorreu em 2010, e foi organizado pela mesma banca Cebraspe.

Nesse período foram ofertadas 15 vagas e a remuneração inicial era de R$ 1.500,00, com carga horária de 40 horas semanais.

As atividades do procurador no município de Boa Vista – RR serão as seguintes:


  • Assessorar a Prefeitura Municipal;

  • Prestar consultoria administrativa;

  • Prestar assessoramento jurídico;

  • Representar a Administração Municipal em juízo ou fora dele;

  • Prestar assessoramento jurídico à Administração Pública Municipal;

  • Representar e defender os interesses da Fazenda Pública;

  • Exercer a chefia do procuratório em todos os órgãos da Administração Direta entre outros.

Candidatos que obtiverem notas iguais ou inferiores a 6 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos serão eliminados.

Candidatos que obtiverem notas inferiores a 27 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos serão eliminados.

Candidatos que obtiverem notas inferiores a 36 pontos no conjunto das provas objetivas serão eliminados.

Aqueles que forem aprovados serão listados de acordo com os valores decrescentes da nota final nas provas objetivas.

A prova discursiva será avaliada quanto ao domínio do conteúdo dos temas abordados.

O candidato deverá demonstrar conhecimento técnico aplicado, bem como quanto ao domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa.

Em caso de fuga do tema abordado, o candidato receberá no igual a zero.

A prova oral terá a duração de 20 minutos, durante esse tempo, o candidato deverá ler e responder as questões formuladas pela banca examinadora.

A prova oral, também será realizada em sessão pública na presença dos integrantes da banca examinadora, do representante da (OAB/RR) e dos fiscais de sala e do cinegrafista.

A avaliação levará em conta o domínio dos conhecimentos jurídicos, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo.

Candidatos que obtiverem nota inferior a 6 pontos na prova oral serão automaticamente eliminados.

Os candidatos que passarem no exame oral serão convocados para a avaliação de título.

A avaliação de títulos valerá 10 pontos.

Em caso de empate na nota final do concurso, terá preferência o candidato que obedecer a seguinte ordem listada abaixo:


  • Ter idade igual ou superior a 60 anos;

  • Maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos específicos;

  • Conseguir a maior nota na prova objetiva de conhecimentos básicos;

  • Maior nota final na prova discursiva;

  • Tiver exercido função de jurado.

As matérias cobradas serão as seguintes:


  • Língua Portuguesa na sua totalidade;

  • Ética no Serviço Público;

  • Conhecimentos Específicos;

  • Direito Administrativo;

  • Direito Civil;

  • Direito Processual Civil;

  • Direito Constitucional;

  • Direito do Trabalho;

  • Direito Financeiro;

  • Direito Penal;

  • Direito Processual Penal;

  • Direito Previdenciário;

  • Direito Tributário;

  • Direito Ambiental;

  • Direito Urbanístico.

Para esse tipo de concurso é necessário um preparo antecipado, já que o prazo para a realização da prova é curto.

Boa Sorte!

Por defilho

Concurso


Concurso oferta 142 vagas para o cargo de Guarda Municipal.

A Prefeitura Municipal da cidade de Niterói está com concurso aberto. A instituição realizadora é o Instituto Nacional de Seleções e Concursos – INSTITUTO SELECON. O certame visa selecionar 142 candidatos para o cargo de Guarda Municipal além de consolidar Cadastro Reserva para o cargo. Dentre as 142 vagas disponíveis, 127 são destinadas à Ampla Concorrência e 15 são reservadas a Candidatos com Deficiência. Dentre suas funções, a Guarda Municipal de Niterói tem como finalidade prover a segurança de órgãos e patrimônios do município, organização e orientação no trânsito.

Sobre a carga horária e remuneração:


  • A carga horária do Guarda Municipal será escalada em 12h x 36h, 24h x 72h ou em 40h semanais com 8h de trabalho diárias, com possibilidade de convocação em regime de plantão

  • A remuneração para o cargo é de R$ 2.881,27, acrescido de gratificação por regime especial de trabalho, gratificação de risco de vida, auxílio alimentação e auxílio transporte

Dentre os requisitos para assumir o cargo estão:


  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa

  • Estar quite com suas obrigações militares e eleitorais

  • Ter Ensino Médio completo

  • Ter a idade mínima de 18 anos

Sobre o Concurso:

A Prova de Conhecimentos da 1º Etapa será realizada no dia 28 de abril de 2019 na cidade de Niterói – RJ ou, caso haja necessidade, nas cidades de São Gonçalo – RJ ou Rio de Janeiro – RJ. O certame será composto por 5 Etapas:


  • Na 1º Etapa, ocorrerá a Prova de Conhecimentos (de caráter eliminatório e classificatório). A prova terá duração de 5hs e será composta por questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa, Conhecimentos Básicos de Informática, Conhecimentos Básicos de Direito e Conhecimentos do Município de Niterói

  • Na 2º Etapa, ocorrerá a Prova de Capacidade Física e Exame Antropométrico (de caráter eliminatório)

  • Na 3º Etapa, ocorrerá o Exame Psicotécnico (de caráter eliminatório)

  • 4º Etapa, ocorrerá o Exame Médico (de caráter eliminatório)

  • 5º Etapa, ocorrerá a etapa de Investigação Social e Documental (de caráter eliminatório)

O local e horário da prova serão confirmados pelo Cartão de Confirmação de Inscrição- CCI, que será disponibilizado no site a partir do dia 23 de abril de 2019. Todos os candidatos deverão ter consigo documento de identidade, comprovante de pagamento de inscrição e o Cartão de Confirmação de Inscrição – CCI no dia de realização da prova. Os candidatos devem se apresentar ao local de realização da prova com 1 hora de antecedência ao horário de início.

Sobre prazos e valor da inscrição:


  • O período de inscrição para concorrer às vagas é de 1º de fevereiro a 31 de março de 2019

  • As inscrições devem ser realizadas no site do Instituto Nacional de Seleções e Concursos – INSTITUTO SELECON (selecon.org.br/novo/guardanit/#1548986103859-f1647f86-1988)

  • A inscrição tem taxa de R$ 80,00. O candidato deve gerar o boleto de pagamento no ato da inscrição e realizar o pagamento do boleto dentro do prazo previsto

  • O prazo final para pagamento da taxa de inscrição é o dia 1º de abril de 2019

  • Os pedidos de isenção da taxa de inscrição devem ser realizados dentro no site do Instituto Nacional de Seleções e Concursos- INSTITUTO SELECON (selecon.org.br/novo/guardanit/#1548986103859-f1647f86-1988)

  • Os candidatos sem acesso à internet terão a oportunidade de realizar a inscrição no Posto de Atendimento Presencial do Instituto Nacional de Seleções e Concursos – INSTITUTO SELECON, dentro do período de 28 de fevereiro a 29 de março (das 9h às 12h e das 13h às 17h)

Para concorrer às vagas PcD, os candidatos devem enviar, no ato da inscrição, cópia do CPF, atestado de espécie, grau e nível da deficiência com referência correspondente à Classificação Internacional de Doenças – CID-10. O envio deve ser feito dentro do período de 00h do dia 1º de fevereiro até as 23hs59 do dia 31 de março de 2019. Os candidatos que concorrerem às vagas reservadas a PcD também passarão por etapa de Avaliação Biopsicossocial.

Boa sorte!

Por Barbara S.

Concurso


A banca organizadora do concurso já foi definida e será o Instituto do Desenvolvimento Institucional Brasileiro.

O ano de 2019 iniciou com uma boa perspectiva, que se abre em grande leque de concursos, estágios, programas de trainee e empregos. Entretanto, algumas oportunidades ainda estão em fase de oficialização, passando por trâmites e aguardando a autorização do governo para se tornarem públicas.

Assim, a partir de um novo anuncio extraído de Contrato com número 027, de 2018, já publicado em edição do DOE-GO, no Estado do Goiás, já está confirmado o contrato, por meio de aval concedido pela SEGPLAN, do Instituto do Desenvolvimento Institucional Brasileiro, ou IDIB, como responsável pela realização do próximo Certame Público destinado ao provimento de cargos na AGETOP (GO), ou a Agência Goiana em Transportes e em Obras.

Este será o processo de seleção, de caráter público, para o provimento de cargos no departamento estatal da AGETOP, Estado de Goiás, cujo objetivo principal, dentro do funcionamento da administração pública da região goiana, está na contratação de mais oito servidores para atuação na função de Gestores de Engenharia.

Os gestores do departamento do Instituto do Desenvolvimento Institucional Brasileiro confirmaram o novo contrato estipulado em um valor total, de cerca de 137.700, junto de sua vigência a partir de uma assinatura, com validade até a devida publicação da necessária homologação de seu resultado definitivo, levando em conta o período que envolve as inevitáveis pendências administrativas ou mesmo judiciárias que se exercem sobre os concorrentes.

Sobre o histórico do anterior certame realizado para disposição dos mesos cargos, seguem as informações:

O último processo de seleção promovido pela mesma Agência Goiana de Transportes e de Obras, naquela ocasião, estava voltado de modo exclusivo ao provimento de vagas de caráter temporário, a partir do que prescreveu o edital número 008 de 2016. Portanto, naquele evento a quantidade oficial de vagas se limitou a 36 postos destinados ao cargo de Gestor em Engenharia, com formação específica em Engenharia Civil; na área de Arquitetura; na área de Engenharia Elétrica; na área de Engenharia Ambiental; na de Geografia; na área de Engenharia Mecânica e na de Agronomia.

A remuneração inicial prevista, naquele processo seletivo, estava estipulada, oficialmente, no valor de 4.100 reais, dentro de um regime laboral a ser exercido em 40 horas por semana.

A definitiva homologação daquele processo de seleção foi editada por meio do Portal do Servidor, no dia 30 de janeiro do ano de 2017, prevendo, a partir daquela data, um prazo de validade de um ano, abrangendo a possibilidade de prorrogação por até mais um ano.

Informações sobre o departamento da AGETOP:

Trata-se da Agência Goiana no setor de Transportes e de Obras, que consiste em uma oficial autarquia fundada dentro do processo de Reforma Administrativa, que foi efetuada durante o governo então em exercício. Este departamento tornou um verdadeiro substituto, de modo a poder suprir algumas importantes atividades, já anteriormente desenvolvidas por meio do setor do DERGO e do setor CRISA, os quais estão atualmente desativados.

O departamento AGETOP está munido de personalidade jurídica em direito público interno, coo também munido de autonomia administrativa; de autonomia financeira e também patrimonial. Ele está subordinado diretamente ao órgão da Secretaria do Meio Ambiente, de Recursos Hídricos, de Infraestrutura, das Cidades e de Assuntos Metropolitanos, ou SECIMA.

Este é um dos processos seletivos mais aguardados durante dois anos. Portanto, a expectativa é a de que o mesmo seja agraciado com um edital definitivo, divulgado ao público, nas próximas semanas. Vale a pena manter-se atento. Este é um concurso de alta categoria.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Certame deverá contemplar um total de mil vagas, distribuídas entre os cargos de delegado, agente e perito.

Deverá ser divulgado em breve um novo concurso para a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. A expectativa sobre esse certame está alta desde o ano passado, quando foram autorizadas 96 vagas pelo então chefe do executivo. Porém, a situação deverá ser ainda mais favorável aos concurseiros. No dia 30 de janeiro de 2019, durante um evento, o atual governador fluminense, Wilson Witzel (PSC), anunciou que o edital para a PC RJ deverá contemplar um total de mil vagas, distribuídas entre os cargos de delegado, agente e perito. Witzel afirmou que seu governo tem como prioridade a segurança pública e que o combate à criminalidade deverá contar com uma Polícia Civil devidamente aparelhada e com reforço de pessoal.

O concurso

A autorização para o concurso da Polícia Civil ocorreu no dia 05 de julho de 2018, em publicação no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro. Na ocasião, o então governador Luiz Fernando Pezão (MDB) autorizou a abertura de 96 vagas para provimento de pessoal na Polícia Civil. As vagas foram distribuídas da seguinte forma: delegado (16), inspetor (50), auxiliar em necropsia (06), técnico em necropsia (04) e perito legista (20). A autorização foi o primeiro trâmite do processo de análise e elaboração do concurso. O período eleitoral, no segundo semestre de 2018, além da prisão do ex-governador Pezão, em novembro daquele ano, contribuíram para não ocorrerem avanços na situação.

Com a mudança de governo, foi realizada uma reunião em 29 de janeiro de 2019, na qual a comissão responsável pelo concurso iniciou o estudo para a elaboração do edital. No dia seguinte, no evento em que o governador Wilson Witzel reafirmou o compromisso com a realização do concurso, o secretário da Casa Civil e Governança do Estado, José Luís Zamith, declarou que o Conselho de Regime de Recuperação Fiscal irá analisar o edital. Dessa maneira, haverá uma garantia de que o concurso atenderá a situação financeira delicada na qual se encontra o estado fluminense.

As vagas

O cargo mais bem remunerado do concurso é o de delegado. Atualmente, o vencimento inicial da carreira é de R$ 18.747,95. Para ingressar, é exigido curso superior de bacharel em Direito.

O cargo de inspetor tem remuneração inicial de R$ 6.280,31. Para ingressar no cargo é necessário ter concluído curso de graduação em qualquer área de atuação. Também é requerido ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida na categoria B.

Para ingressar na carreira de perito é exigido curso superior em área a ser especificada no edital. Há peritos médicos, bioquímicos, engenheiros, dentre outras opções. O salário inicial é de R$ 8.469,34.

Candidatos com nível fundamental completo poderão se inscrever para as vagas de auxiliar de necropsia. Já os candidatos com nível médio completo podem concorrer pelas vagas de técnico em necropsia. Enquanto o primeiro cargo tem remuneração prevista em 2019 de R$ 4.506,27, o segundo será remunerado em R$ 5.277,59.

Dicas para passar no concurso

1) Preparação física: alguns dos cargos do concurso para a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro possuem teste de condicionamento físico. A avaliação, geralmente, consiste em corrida de cerca de 12 minutos, flexões abdominais e na barra. Convém aos candidatos iniciar a preparação física com antecedência. Não espere ser aprovado na avaliação escrita para se preparar. Conciliar os estudos com os exercícios físicos é a melhor opção. Assim, além de ter uma prática saudável, você irá ter ganhos durante o estudo, já que a atividade esportiva libera endorfina no organismo, o hormônio do bem estar.

2) Foco em uma área: a maneira mais produtiva para se dedicar aos concursos é escolher uma área de concursos. Por exemplo: concursos para bancos, tribunais de justiça, polícias… Assim, mesmo que não passe nos primeiros concursos, você estará acumulando conhecimento para os próximos editais, ficando mais familiarizado com a matéria, que será em boa parte comum.

3) Comece a estudar antes: um grande erro é esperar a publicação do edital para iniciar os estudos. Se fizer isso, você perderá um tempo precioso de estudo. Comece a se preparar utilizando como base editais anteriores. A matéria cobrada na prova provavelmente será muito semelhante a de concursos passados.

Por Luís Fernando Santos

Concurso


Certame tem 40 vagas abertas para o cargo de Defensor Público.

No estado de São Paulo, a Defensoria Pública (DPE SP) divulgou no diário oficial do dia 16 de fevereiro (sábado), o edital do seu novo concurso público, o qual visa prover 40 vagas para o posto de Defensor Público. A remuneração para aqueles que iniciarem na carreira na DPE SP é de R$ 25 mil. O certame conterá quatro fases e as primeiras provas ocorrerão no mês de abril. As inscrições já tiveram início no mês de fevereiro e seguem até março. Para aqueles que querem seguir carreira pública e conquistar estabilidade laboral é uma ótima chance. Prepare-se para ser aprovado e veja outras informações do processo seletivo a seguir.

As inscrições do concurso da DPE SP serão realizadas exclusivamente pela internet

O prazo para os candidatos realizarem suas inscrições está aberto desde a segunda-feira, dia 18 de fevereiro, e será encerrado em 15 de março (sexta-feira). Essa também é a data final para realização do pagamento da inscrição, que custa R$ 260.

Para efetuar seu cadastro, acesse o site www.concursosfcc.com.br/concursos/dpesp118/index.html, informe seus dados no sistema, imprima e pague o boleto bancário.

Aqueles concorrentes que são doadores de sangue, forem estudantes, estejam desempregados ou recebam até 2 salários mínimos podem solicitar isenção do pagamento.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi contratada pela DPE SP a fim de organizar o certame.

Sobre as vagas oferecidas no edital do concurso da DPE SP

O edital anuncia 40 vagas para Defensor Público. O vencimento básico para essa carreira é de R$ 25,6 mil. Para concorrer ao posto você deve ter diploma de graduação, emitido por faculdade credenciada junto ao Ministério a Educação (MEC). Além disso, deverá comprovar exercício da atividade jurídica por, no mínimo, 3 anos.

Confira outros requisitos exigidos para tomar posse: ser brasileiro, ser aprovado no concurso, estar em dia com os direitos políticos e civis, estar em dia com as obrigações do serviço militar e da justiça eleitoral, não possuir antecedentes criminais, entre outros.

Para concorrer na condição de pessoa com deficiência (PCD) você deve enviar laudo médico, o qual ateste a deficiência e ainda será avaliado em perícia médica. Quer se autodeclarar afrodescendente ou índio deve preencher essa informação no ato da inscrição.

Sobre as etapas do certame da DPE SP

Os concorrentes serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva, 2) provas escritas, 3) prova oral e 4) avaliação de títulos. Todas as etapas ocorrerão na cidade de São Paulo.

A prova de múltipla escolha está prevista para o turno da manhã do domingo, dia 14 de abril. Os candidatos terão 4h30 para responderem aos 88 quesitos e marcarem o cartão de resposta. Já a segunda etapa ocorrerá nos dias 8 e 9 de junho, sábado e domingo.

As disciplinas cobradas são: direito constitucional, processual penal, administrativo, penal, civil, empresaria, processual civil, direitos humanos, difusos e coletivo, direito da criança e do adolescente, filosofia do direito e sociologia jurídica, entre outras.

No total, são 16 questões dissertativas e 2 peças judiciais.

Ainda não há data prevista para a prova oral. Você pode acompanhar o cronograma, bem como detalhes sobre a avaliação de títulos e mais informações do edital certame no site da FCC (www.concursosfcc.com.br/concursos/dpesp118/index.html).

O concurso público da Defensoria Pública do Estado de São Paulo será válido por 2 anos e poderá ser prorrogado, caso seja do interesse dessa instituição pública, uma única vez e a contar da data em que o concurso for homologado.

Sobre o último concurso da DPE SP

O concurso anterior da DPE SP foi realizado em 2015 e ofereceu 60 vagas. Na ocasião, a banca responsável pelo processo seletivo também foi a Fundação Carlos Chagas.

Por Melisse V.

Concurso


A expectativa é que o edital da PC CE oferte 1.496 vagas em cargos de Inspetor, Escrivão e Delegado.

Para os concurseiros que estão se preparando para o concurso da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC CE), é provável que em breve haja novidades. O certame foi confirmado no ano passado pelo governador cearense, Camilo Santana (PT), em uma transmissão por rede social. O ano virou e em 15 de janeiro houve o reforço do Gabinete do Governador de que deverá ser divulgado neste ano o edital do certame.

Durante a transmissão feita em 2018, Camilo Santana disse ter assumido o compromisso de reforçar a Polícia Civil cearense, que possuía um dos efetivos mais baixos do país na proporção com sua população. De acordo com o chefe do executivo estadual, em seu governo foram nomeados cerca de 1.300 profissionais, entre delegados, inspetores e escrivães.

A expectativa é que o edital da PC CE oferte 1.496 vagas no total, necessidade apontada após o governo contratar uma consultoria. Não há informações sobre qual será o quantitativo de vagas para cada posto.

Vagas

Especula-se que o concurso trará, em seu edital, vagas para Inspetor, Escrivão e Delegado.

Inspetor da Polícia Civil

A função requer diploma de curso superior, no nível bacharelado, em qualquer área de conhecimento. É também necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior, com validade vigente.

É função do inspetor promover serviços de polícia judiciária, administrativa e investigativa, com supervisão de autoridade policial; deter e apresentar à autoridade policial quem for flagrado em delito; elaborar relatórios circunstanciados no decorrer de investigações; atuar pela ordem pública; dirigir viatura, em algumas circunstâncias a favor da polícia judiciária; executar o transporte de presos sob custódia da Polícia Civil, entre outras atividades.

No último edital da PC CE, o salário de inspetor era de R$ 2.946,19.

Escrivão da Polícia Civil

A função requer diploma de curso superior, no nível bacharelado, em qualquer área de conhecimento. É também necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior, com validade vigente.

São funções de um escrivão cumprir atribuições referentes a formalidades de polícia judiciária, que serão implementadas nos inquéritos, serviços cartorários e processos administrativos, dando suporte à autoridade policial; providenciar certidão, quando for solicitado; escrever boletim de ocorrência; fazer a guarda dos objetos apreendidos em ação polícia; escrever termo de fiança, dentre outras atividades.

O último edital da PC CE divulgou o salário para o cargo de escrivão no valor de R$ 2.946,19.

Delegado da Polícia Civil

Para ingressar na carreira de delegado, é necessário ao candidato possuir curso superior de bacharel em Direito. Como nos outros dois cargos, é necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior, com validade vigente.

A função do delegado é de promover e presidir os procedimentos de investigação policial; orientar as ações de repressão e prevenção de atos ilícitos; participar na supervisão de ações sigilosas; atuar em atividades de polícia judiciária, conforme requisições e compatibilidade do cargo.

No último edital da PC CE, o salário inicial de um delegado era de R$ 15.522,60.

O último concurso

A Polícia Civil Estadual do Ceará teve seu último concurso divulgado em 2014. Na ocasião, foi um total de 763 vagas, distribuídas nos cargos de inspetor (259), escrivão (336) e delegado (168). Houve reserva de 39 vagas para candidatos com deficiência e também foi formado um cadastro reserva com os candidatos não contemplados dentro das vagas previstas. Deste concurso, só no fim de 2017 foram convocados 730 candidatos aprovados.

Onda de violência no Ceará

A necessidade de possuir uma Polícia Civil bem aparelhada e com quantitativo elevado ganhou os noticiários nacionais no início de 2019. Em janeiro, uma onda de violência, comandada de presídios por grupos de criminosos, assustou a população cearense. Com ataques ao comércio e a ônibus, o saldo trágico foi de dezenas de mortos e a preocupação de que a queda de braço entre o poder público e o narcotráfico no estado do Ceará pode estar mais acirrado do que deveria. Assim, mais do que nunca, é possível imaginar que o provimento de mais profissionais para a polícia cearense seja urgente.

Por Luís Fernando Santos

Concurso


O concurso para a Polícia Civil de Goiás está para abrir e promete oferecer cerca de 90 vagas que serão distribuídas para diversos cargos.

O concurso público para a Polícia Civil é um certame que sempre chama muita atenção e acaba por atrair diversos concurseiros de plantão, tendo em vista os variados cargos, os ótimos salários e, principalmente, a estabilidade oferecida.

A Polícia Civil é uma instituição que atua em todos os diversos estados do Brasil e trabalha de forma a exercer a segurança pública do território nacional, com a principal função de punir quando ocorrem as infrações penais, exceto quando essas infrações ocorrem por conta de militares.

Apesar do edital ainda não ter sido confirmado, o concurso para a Polícia Civil de Goiás está para abrir e promete oferecer cerca de 90 vagas que serão distribuídas para diversos cargos. O concurso disponibilizará essas 90 vagas oferecendo, ainda, diversos benefícios, estabilidade financeira e ainda, a chance de crescimento e desenvolvimento profissional.

Os valores da inscrição referente ao concurso público da Polícia Civil de Goiás também ainda não foram divulgados, mas, estima-se que o valor para esse concurso fique em torno de R$ 100,00 e R$ 180,00.

Esse concurso será bem exigido e diferenciado, sendo cobrado um alto nível, cobrando também um alto nível dos candidatos, que terão de ter muita dedicação, muito esforço e muito estudo caso queiram concorrer a uma das vagas, cabendo lembrar que a concorrência para o concurso da Polícia Civil sempre é muito grande.

A inscrição do concurso público da Polícia Civil de Goiás deverá ser feita através do site da suposta organizadora, que no último concurso foi a UEG (Universidade Estadual de Goiás).

Na página da UEG, o candidato deverá clicar em inscrições, preencher o formulário com todas as informações exigidas e clicar agora no campo enviar, logo após será gerado um boleto de pagamento referente a taxa de inscrição, que é o que garante de fato a inscrição do candidato.

Para que o candidato realize a sua inscrição, ele deverá estar dentro de alguns pré-requisitos estipulados pelo concurso:

• Ser brasileiro

• Para o cargo de delegado, onde há a exigência de nível superior, existe a necessidade do diploma de bacharel no curso de Direito

• Para o cargo de Escrivão, existe a necessidade do diploma de nível superior em qualquer área

• Para o cargo de Investigador, existe a necessidade do diploma de nível superior em qualquer área

• Estar em dia com as suas obrigações eleitorais e militares (no caso de homens)

• Não possui antecedentes criminais ou policias

• Ter no mínimo 21 anos

• Possuir o ensino médio completo, e os demais requisitos que serão exigidos no edital

Vale lembrar que caso o candidato não apresente no dia da posse, os documentos comprobatórios relacionados aos requisitos exigidos, não existirá a possibilidade do mesmo tomar posse do cargo.

O concurso público será dividido em 7 etapas, sendo elas: avaliação, provas de conhecimento, avaliação médica, avaliação de aptidão física, exame psicotécnico, avaliação da vida pregressa e investigação social, curso de formação profissional:

• Primeira etapa – Avaliação feita através de uma equipe multiprofissional. Possui caráter eliminatório (exclusivo aos candidatos portadores de deficiência)

• Segunda etapa – Provas de conhecimento possuindo caráter eliminatório e classificatório (língua portuguesa, atualidades, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e outros, noções de criminologia, noções de lógica e noções de informática)

• Terceira etapa – Avaliação médica possuindo caráter eliminatório

• Quarta etapa – Avaliação de aptidão física possuindo caráter eliminatório

• Quinta etapa – Exame psicotécnico possuindo caráter eliminatório

• Sexta etapa – Avaliação da vida pregressa e investigação social, possuindo caráter eliminatório

• Sétima etapa – Curso de formação profissional possuindo caráter eliminatório e classificatório

As vagas serão para os cargos de:

• Escrivão

• Perito

• Atendente de Necrotério

• Auxiliar de Necropsia

• Delegado de Polícia

• Investigador

Por Carol Wurlitzer

Concurso


Certame recebe inscrições dos interessados até o dia 29 de março.

O Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (CRN 3) publicou no diário oficial da União, dia 7 de fevereiro, quinta-feira, o edital do seu próximo certame. Quem tem interesse em ingressar no serviço público pode conferir essa boa oportunidade. As inscrições já começaram e as provas estão previstas para o mês de maio. Para saber mais informações sobre o concurso público do CRN 3, que corresponde aos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, veja a matéria a seguir.

Como posso me inscrever no certame do CRN 3?

Quem quer concorrer a uma vaga no Conselho Regional de Nutricionistas de SP e MS deve acessar o site www.iades.com.br/inscricao/ProcessoSeletivo.aspx?id=f76eeb4e, até o dia 29 de março (sexta-feira). O prazo de inscrição já começou desde o dia 15 de fevereiro (sexta-feira). Você deve preencher a ficha de cadastro, imprimir e pagar o boleto bancário até o dia 2 de abril (terça-feira). O valor das inscrições varia conforme o nível de escolaridade do cargo de interesse, sendo R$ 42 para nível médio e R$ 48 para superior.

Aqueles candidatos que se autodeclararam de família de baixa renda ou que possuem inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) puderam ficar isentos dos custos com inscrição.

O CRN 3 contratou o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) para ser a banca responsável pela organização do certame.

Sobre as vagas anunciadas no edital do concurso do CRN 3

Se você tem diploma de graduação emitido por instituição de ensino superior, que esteja regular junto ao Ministério da Educação (MEC), pode concorrer aos seguintes cargos: advogado, nutricionista assistente e nutricionista fiscal I. Já quem tem ensino médio completo pode se candidatar ao posto de trabalho de assistente técnico I, assistente administrativo I, secretário, auxiliar administrativo I e operador de call center.

A remuneração varia entre R$ 1.775,77 e R$ 2.498,51 para os cargos de nível médio. Já para quem tem nível superior, os ganhos vão de R$ 4.684,25 a R$ 4.918,47. Os convocados também terão direito aos seguintes benefícios: vale-alimentação, assistência médica, vale-refeição, assistência odontológica e vale-transporte.

A jornada de trabalho corresponde a 40 horas por semana para todos os cargos, exceto para operador, que é de 30 horas semanais. Além das vagas anunciadas, haverá formação de cadastro de reserva, a fim de ocupar vagas que venham surgir no prazo de validade do certame, que é de 2 anos. É possível que haja prorrogação por mais 2 anos, a contar da data em que o concurso público do CRN 3 for homologado e a critério do órgão.

As vagas são para as seguintes cidades: São Paulo, Campinas, Bauru, Campo Grande, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba e São José dos Campos.

Sobre os requisitos para ingressar no Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª região

Além de apresentar comprovante de escolaridade compatível com o cargo e ser aprovado no processo seletivo, para tomar posse no CRN da 3ª Região é necessário atender às seguintes exigências: ter registro ativo no respectivo conselho de classe, para quem for de nível superior, experiência comprovada de no mínimo 6 meses, ser brasileiro, estar quite com as obrigações militares e eleitorais, entre outros.

Sobre as provas do concurso do CRN 3

Os candidatos serão avaliados em 3 etapas: 1) prova objetiva – com 50 quesitos sobre conhecimentos básicos e específicos, 2) prova discursiva e 3) prova de títulos – apenas para quem tem nível superior.

Veja quais são as disciplinas cobradas para concorrentes aos cargos de nível médio: português, legislação, informática e conhecimentos específicos.

A data prevista para realização da prova de múltipla escolha é no domingo, 5 de maio.

Saiba mais informações do edital no site do Iades www.iades.com.br/inscricao/ProcessoSeletivo.aspx?id=f76eeb4e.

Por Melisse V.

Concurso


Certame tem previsão de ofertar 1.200 vagas para os cargos de Investigador e Escrivão.

Está em fase de preparação o concurso para preencher vagas para a Polícia Civil do Estado do Mato Grosso (PC / MT). Estima-se que serão, no total, 1.200 vagas, divididas da seguinte forma: 900 vagas para o cargo de investigador e as 300 vagas recentes para o cargo de escrivão. O concurso já foi autorizado pelo governo estadual do Mato Grosso, o que ocorreu em 2018.

O concurso segue em análise para verificar se ele está de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. O processo também já foi encaminhado para o setor de Planejamento de Pessoal da Secretaria do Estado de Gestão.

As expectativas em torno deste concurso tomaram todo o ano de 2018. Mais especificamente desde o dia 22 de janeiro, quando Gustavo Garcia, então secretário de Segurança Pública, anunciou que o concurso seria divulgado em 90 dias. Esse cronograma não foi seguido e, sem concurso desde 2012, a cada dia aumentam as expectativas para a realização desse certame.

As vagas

Ambos os cargos, investigador e escrivão, têm os seguintes requisitos:

– o candidato deverá ter ensino superior completo em qualquer área de conhecimento;

– é necessário ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

Remuneração

Não houve divulgação oficial a respeito da remuneração inicial dos cargos. Veículos da imprensa, entretanto, apuraram que o vencimento deverá girar em torno de R$ 4.741,59.

Função

O investigador deve fazer coleta e análise de informações na investigação policial, com a assessoria de autoridade responsável; dá, se não houver a devida autoridade, encaminhamento nas tarefas policiais que não forem exclusivas; assina documentos; dá encaminhamento a diligências e investigações, coletando provas que venham a esclarecer infrações penais; procede notificações e intimações; dá assessoria a estudos e projetos na área policial; promove prisões em flagrante; cumpre mandados judiciais de busca e apreensão, sequestro de vens e de prisão.

O escrivão, por sua vez, promove análise e coleta de dados na investigação policial, sob designação e assessoria de autoridade responsável; dá encaminhamento a procedimentos em tarefas que não sejam exclusivas de autoridade policial; assina documentos, por ordem; cumpre despachos; expede intimações, notificações e atos cartorários; lavra termos circunstanciados; controla prazos, conforme são estabelecidos no Código de Processo Penal.

O último concurso

A Polícia Civil do Mato Grosso realizou seu último processo seletivo em 2012. Na ocasião, houve prova objetiva com o total de 70 questões. Elas foram distribuídas nos seguintes conteúdos: 45 questões de Conhecimentos Específicos (Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal, Organização e Estatuto da Polícia Judiciária Civil do Mato Grosso, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo e Noções de Informática), 10 questões de Conhecimentos Gerais (História e Geografia de Mato Grosso, Atualidades e Ética e Filosofia) e 15 questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa). Além da avaliação objetiva, o concurso contou com prova de títulos, avaliação de saúde, teste do condicionamento físico do candidato, avaliação psicológica e, por fim, investigação social. O concurso teve validade de dois anos, sendo prorrogado por mais dois.

Dicas para se preparar para o concurso

Concursos muito aguardados, como o da Polícia Civil do Mato Grosso, merecem uma preparação adequada. Seguem algumas dicas para sua preparação:

1) Comece a estudar antes: aproveite que o edital ainda não foi publicado e inicie sua preparação. Para orientar seus estudos, leia editais anteriores e tome como exemplo o conteúdo solicitado neles.

2) Preparação física: os cargos que serão objeto de concurso pela PC-MT pedem preparação física. Por isso, não tente virar atleta em uma semana. Vá condicionando seu corpo aos poucos, conciliando estudos com a prática regular de exercícios. Além de se preparar para o concurso, você vai desenvolver uma prática saudável. A atividade física poderá ser útil, inclusive, para você render melhor nos estudos. A prática de exercícios esportivos libera endorfina no organismo, hormônio que dá sensação de bem-estar.

Por Luís Fernando Santos

Concurso


Concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro está autorizado e deverá ofertar 1 mil vagas nos cargos de Perito, Agente e Delegado.

Aumentam as expectativas em relação ao concurso para provimento de vagas na Polícia Civil do Rio de Janeiro. Em evento no dia 30 de janeiro, o governador do estado, Wilson Witzel, informou que será um total de mil vagas direcionadas aos cargos de perito, agente e delegado. No evento, Witzel reafirmou que a segurança pública é uma das prioridades de seu governo, conforme declarado durante a campanha eleitoral. Para combater a criminalidade, será fundamental que a Polícia Civil esteja provida de pessoal e equipamentos.

O concurso

Atualmente, o concurso para a Polícia Civil do Rio de Janeiro já está autorizado, o que ocorreu durante o governo de Luiz Fernando Pezão, em 05 de julho de 2018. Na ocasião, foram autorizadas 96 vagas, distribuídas da seguinte maneira: perito legista (20), técnico em necropsia (04), auxiliar em necropsia (06), inspetor (50) e delegado (16).

Com a autorização para realização do certame, houve uma reunião da comissão responsável no dia 29 de janeiro, na qual foi iniciado o estudo para concepção do edital. Também presente no evento do dia 30 de janeiro, José Luís Zamith, secretário da Casa Civil e Governança do Estado, declarou que o edital será submetido ao Conselho de Regime de Recuperação Fiscal. A razão é garantir que o concurso esteja de acordo com a situação de restrição financeira pela qual passa o Rio de Janeiro.

Também deve ser definida em breve a banca organizadora responsável pelo concurso. O processo é de responsabilidade do setor de licitações doa Polícia Civil. Com essa definição, que será publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, os candidatos terão informações importantes para guiar seus estudos.

Os cargos

Para se candidatar ao cargo de auxiliar de necropsia, é exigido ao candidato ter o nível fundamental completo. O cargo de técnico de necropsia, por seu lado, exige o nível médio completo. A remuneração dos cargos em 2019 é, respectivamente, R$ 4.506,27 e R$ 5.277,59.

O cargo de inspetor exige nível superior em qualquer área de atuação. É necessário também ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior. A remuneração do cargo, em 2019, será de R$ 6.280,31. O cargo de delegado exige formação superior em Direito. O salário de cargo é o mais alto do concurso, no valor de R$ 18.747,95. O posto de perito legista exige formação superior em Medicina, Farmácia, Odontologia ou Bioquímica. O edital deverá informar quais especialidades são demandadas. O salário do perito em 2019 é de R$ 8.469,34.

Dicas para se preparar para o concurso

Concursos muito aguardados, como o da Polícia Civil do Rio de Janeiro, atraem muitos candidatos. Por isso, é importante se preparar de forma adequada para ter um bom resultado. Seguem algumas dicas para ajudá-lo nos estudos:

1) Comece a estudar antes: nunca deixe para começar a preparação quando o edital for publicado. Geralmente, entre o edital e a aplicação da prova se passam poucos meses. Não é o tempo ideal para se preparar. Para isso, estude pelos editais passados, pois o conteúdo exigido de um concurso para outro costuma sofrer poucas alterações.

2) Foco em uma área: tempo é fundamental para ter sucesso em um concurso. Por isso, otimize sua preparação. Uma forma de fazer isso é concentrar seus estudos em uma modalidade de concurso. Por exemplo: concursos para polícias, para tribunais, assembleias legislativas, bancos… Assim, entre um edital e outro, você terá uma base de conteúdo em comum. Ou seja, os estudos que fizer para um edital no início do ano contribuirão para um edital do meio do ano, por exemplo.

3) Preparação física: alguns dos cargos do concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro terão, dentre suas etapas, teste de aptidão física. Por isso, inicie sua preparação atlética com antecedência. Você não terá o condicionamento físico exigido se começar a treinar na semana anterior. Conciliando o treinamento esportivo com as leituras teóricas, você ainda terá boa disposição para os estudos, já que a atividade física libera endorfina, hormônio que gera bem-estar.

Por Luís Fernando Santos

Concurso


São ofertadas 5 vagas para o cargo de Procurador.

A capital do estado do Paraná, Curitiba, anuncia novo concurso para a Procuradoria Geral do Município (PGM). São oferecidas 5 vagas para quem tem formação de nível superior em Ciências Jurídicas. As inscrições terão início ainda no mês de fevereiro e as provas ocorrerão a partir do mês de maio. O salário para quem iniciar na carreira é de R$ 20 mil. Se você tem interesse em se tornar servidor e garantir estabilidade laboral, aproveite esta oportunidade. Veja mais informações a seguir.

Sobre as inscrições no concurso da PGM de Curitiba

O edital prevê o início das inscrições para a sexta-feira, dia 22 de fevereiro, até o dia 23 de março (sábado). O valor da taxa é de R$ 200 e deve ser quitado até o dia 25 de março (segunda-feira).

Para efetuar seu cadastro no certame, acesse o site portal.nc.ufpr.br/PortalNC/Home, preencha o formulário e, por fim, imprima e pague a taxa de inscrição em qualquer agência bancária.

Quem é doador de sangue pode solicitar isenção do pagamento da inscrição do concurso público da PGM.

A instituição pública contratou o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) para ser o responsável pela organização deste processo seletivo.

Sobre as vagas oferecidas na PGM de Curitiba

De acordo com o edital nº 05/2019, há 5 vagas para provimento efetivo para o cargo de Procurador. A jornada de trabalho semanal é de 40 horas. O salário para quem ingressar na carreira é de R$ 6.502,34. Além disso, quem for aprovado terá direito a receber benefícios como gratificação de responsabilidade técnica no valor de R$ 1.950,70 e, inclusive, premiação por atividade jurídica, no montante de R$ 12.298,67.

Devido à quantidade de vagas dispostas em edital, não são reservadas oportunidades exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). Porém, os candidatos que forem aprovados nesta condição formarão cadastro a fim de preencherem futuras vagas que possam surgir.

Sobre os requisitos exigidos para ser procurador no município de Curitiba

Para concorrer a uma das vagas é necessário ter diploma de graduação em Direito e possuir registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na seção do estado do Paraná.

Além disso, há outras exigências estabelecidas no edital. Confira quais são: ser brasileiro, possuir idade mínima de 18 anos e máxima de 74, estar em pleno gozo dos direitos políticos, não possuir pendências junto ao serviço militar e à justiça eleitoral, entre outros requisitos.

Sobre as etapas do concurso público da PGM de Curitiba

O processo seletivo possui quatro fases: 1) prova objetiva – prevista para o dia 5 de maio (domingo); 2) provas discursivas – previstas para os dias 9 de junho (domingo) e 16 de junho (domingo); 3) prova de títulos e 4) avaliação psicológica – de caráter eliminatório.

O exame de múltipla escolha possuirá 100 quesitos e os candidatos devem respondê-los e realizar a marcação do cartão de resposta em até 5 horas.

Nas provas subjetivas, os candidatos devem elaborar um parecer, fazer uma peça processual e responder a 6 questões discursivas.

As provas serão realizadas na cidade de Curitiba.

Na avaliação de títulos serão considerados tempo de exercício da advocacia, doutorado, mestrado e especialização a fim de contagem de pontos.

Confira as disciplinas cobradas na prova objetiva: direito administrativo, constitucional, ambiental, processual civil, urbanístico, financeiro, tributário, processo do trabalho, processo tributário, direito do trabalho, civil e previdenciário.

Mais informações sobre o certame da PGM de Curitiba

O edital prevê que o concurso da Procuradoria Geral do Município de Curitiba seja válido por 2 anos e pode ainda ser prorrogado por igual tempo, contando da data de homologação.

Para conferir outras informações acesse o site da banca portal.nc.ufpr.br/PortalNC/Home.

Por Melisse V.

Concursos


Certame oferta 27 vagas de emprego para cargos de Nível Médio e Superior de ensino.

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE RJ) lançou o edital do seu mais novo certame no diário oficial de 21 de dezembro de 2018 (sexta-feira). Quem almeja conquistar uma vaga como servidor, com estabilidade financeira e laboral pode conferir aqui informações sobre este processo seletivo que oferece 27 chances para quem tem escolaridade de nível médio e superior. As inscrições já começaram e serão encerradas no mês de março. Não perca tempo. Organize a sua preparação, pois a data prevista para realização das provas é no mês de abril. Saiba outros detalhes do concurso na matéria que segue abaixo.

As inscrições no certame da DE RJ serão realizadas apenas pela internet.

Se você tem interesse em concorrer a uma das vagas, acesse o portal eletrônico fgvprojetos.fgv.br/concursos/dpgerj2018, realize o preenchimento do formulário de cadastro, imprima e pague o boleto bancário.

As inscrições no concurso público da DPE do Rio de Janeiro começaram na quinta-feira, 10 de janeiro. O último dia para você se inscrever é na quarta-feira, dia 6 de março. O pagamento da inscrição pode ser efetuado até o dia 7 de março (quinta-feira). Confira os valores por nível escolar dos cargos: R$ 65 para postos de trabalho de nível médio e R$ 85 para os cargos que exigem diploma de graduação emitido por instituição de ensino superior credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC).

A banca contratada pela defensoria do Rio de Janeiro é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Quem pertence à família que recebe baixa renda pode solicitar isenção do pagamento.

Mais informações sobre as chances disponíveis na DPE RJ

No edital consta a disponibilidade para contratar 27 profissionais, sendo 12 que tenha escolaridade de nível médio e 15 para quem tem nível superior. Os cargos ofertados são de técnico médio, técnico superior jurídico e técnico superior especializado. Os salários variam entre R$ 3.206,47 e R$ 3.949,47. Além disso, a defensoria concede benefícios para seus servidores, dentre eles: vale-alimentação e auxílio transporte.

Para todas as carreiras a jornada de trabalho é de 40 horas por semana.

Veja quais são as áreas disponíveis de acordo com o edital: direito, engenharia elétrica, ciências econômicas, engenharia civil, tecnologia da informação, estatística, serviço social, psicologia, administração, ciências contábeis e biblioteconomia.

Há chances reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e também há cotas para índios, pretos e pardos.

O edital afirma que ainda haverá formação de cadastro reserva.

Quais são os requisitos exigidos para tomar posse na DPE RJ?

Quem for aprovado no concurso, para tomar posse deve atender a alguns requisitos, dentre eles: apresentar comprovante de escolaridade compatível com o cargo para o qual obteve aprovação, ter nacionalidade brasileira, possuir no mínimo 18 anos de idade, estar em dia com as exigências da justiça eleitoral e do serviço militar, não ter antecedentes criminais, estar em pleno gozo com os direitos políticos e civis, entre outros.

Sobre o concurso da DPE do Rio de Janeiro

O certame da defensoria será composto de única fase, a qual se refere à prova de múltipla escolha com número de questões variando de acordo com o cargo, entre 70, 80 e 90.

A data programada para realização da prova objetiva é no domingo, 14 de abril. Os candidatos terão 4 horas no total para responderem aos quesitos e ainda marcarem ao cartão de respostas.

Outras informações sobre o concurso da DPE RJ.

Após a homologação, o certame será válido por 2 anos. É possível haver extensão desse prazo, desde que a instituição pública julgue conveniente e oportuno.

Para saber mais detalhes do edital do concurso da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro visite o endereço eletrônico da FGV fgvprojetos.fgv.br/concursos/dpgerj2018.

Por Melisse V.

Concurso


Certames ofertam vagas para a Marinha, Aeronáutica e Exército Brasileiro.

As Forças Armadas do Brasil, responsáveis por defender a soberania nacional, a lei e a ordem, estão com concursos abertos na Marinha e na Aeronáutica. Também há a previsão de abertura de concurso no Exército Brasileiro. O número de vagas para candidatos de nível médio e superior chega a 2.965, se somadas todas as seleções.

Vagas na Marinha

A Marinha do Brasil tem inscrições abertas para o preenchimento de 1.000 vagas nas turmas do curso de formação de Aprendiz-Marinheiros, sendo 20% reservadas aos candidatos negros. Serão selecionados aprendizes do sexo masculino. Para participar também é preciso, entre outras coisas, ter completado o ensino médio, não ser casado e ter entre 18 e 21 anos até janeiro de 2020.

As turmas iniciarão seus estudos no ano de 2020, sendo que durante a formação o estudante receberá uma remuneração de R$ 981,00. Depois de formado, no cargo de marinheiro o soldo pode chegar a até R$ 1.856,00. As inscrições podem ser feitas de 23 de janeiro a 13 de fevereiro de 2019 pelo site da marinha (www.ingressonamarinha.mar.mil.br) mediante o pagamento da taxa de inscrição de 42 reais. As provas serão realizadas em cidades de diversos estados, em data a ser posteriormente definida.

Vagas na Força Aérea

Também está aberta entre os dias 14 de janeiro e 12 de fevereiro de 2019 a inscrição para o concurso da Força Aérea Brasileira para o preenchimento de 183 vagas no Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS). Poderão concorrer aqueles que tenham ao menos nível de formação médio/técnico e que tenham de 17 a 25 anos até o dia da matrícula.

As vagas disponíveis se distribuem entre as áreas de Enfermagem (45 vagas), Eletrônica (30 vagas), Informática (20 vagas), Pavimentação (08 vagas), Obras (08 vagas), Topografia (08 vagas), Administração (40 vagas), Eletricidade (14 vagas), Laboratório (05 vagas), Eletrônica (30 vagas) e Radiologia (05 vagas).

As inscrições poderão ser realizadas no site da Aeronáutica (http://ingresso.eear.aer.mil.br), mediante ao pagamento da taxa de R$60,00. As provas serão realizadas no dia 28 de abril em local a ser posteriormente informado na página do concurso.

Além do EAGS, também está aberto na Aeronáutica o concurso para selecionar alunos para o Curso de Formação de Sargentos (CFS). Estão disponíveis 227 vagas para candidatos que possuem, no mínimo, ensino médio completo. As vagas se distribuem entre as especialidades de Aeronavegantes (masculino), com 63 vagas; Não-Aeronavegantes (masculino), com 30 vagas; Não-Aeronavegantes(ambos os sexos), com 6 vagas; e Controle de Tráfego Aéreo (ambos os sexos), com 128 vagas.

Para participar é preciso ter de 17 a 25 anos. Ao se matricular, o soldo recebido será de R$1.066,00, entretanto, depois de se formar, ele poderá chegar a R$3.825,00. A banca organizadora será a própria FAB e as inscrições poderão ser feitas de 18 de fevereiro a 19 de março pelo site http://ingresso.eear.aer.mil.br. A taxa de inscrição é de 60 reais.

A Aeronáutica também tem aberto o edital para o Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR), onde serão selecionados 20 profissionais para atuarem em diversas áreas da Engenharia, sendo elas Engenharia de Computação (3 vagas), vagas Engenharia Metalúrgica (1 vaga), Engenharia de Telecomunicações (3 vagas), Engenharia Eletrônica (3 vagas), Engenharia Civil (3 vagas), Engenharia Química (1 vaga), Engenharia Elétrica (3 vagas) e Engenharia Mecânica (3 vagas).

Para participar é preciso ter formação superior na área de atuação e ter menos que 36 anos até a data da matrícula. Os salários podem chegar até R$ 8.245,00. Aquele que quiser se candidatar terá que preencher o formulário de solicitação de inscrição do dia 25 de janeiro ao dia 20 de fevereiro e seguir as instruções do edital. Você pode encontrá-los no site http://www2.fab.mil.br/ciaar/index.php/admissao-e-selecao/2-uncategorised/342-ea-eaoear-2020. O valor da inscrição é R$ 130,00 e as provas acontecerão no dia 5 de maio de 2019.

A Aeronáutica também tem abertos outros quatro editais. O primeiro selecionará para os cursos de Adaptação de Farmacêuticos, Oficiais de Apoio, Dentistas e Capelães. São 36 vagas de nível superior, sendo que para preenchê-las os Dentistas e Farmacêuticos podem ter até 36 anos e os Capelães até 32.

O segundo edital conta com 17 vagas para o Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio (EAOAP), o terceiro tem 5 vagas para a formação de Farmacêuticos (CAFAR) e, o último, 11 vagas para o CADAR, o Curso de Adaptação de Dentistas. Os quatro editais contam com um total de 35 vagas, com remuneração de até R$ 8.245,00. Os editais com maiores informações podem ser encontrados no link http://www2.fab.mil.br/ciaar/index.php/cursos. A taxa de inscrição é de 130 reais.

Expectativa de vagas no exército

Existe atualmente a expectativa de que uma nova seleção seja aberta também no Exército Brasileiro. São esperadas 1.500 vagas que tem como pré-requisito a conclusão do ensino médio. São esperadas mais oportunidades, já que geralmente são 1.100 vagas ofertadas. Como de costume, se selecionado, o candidato deverá ter entre 17 e 24 anos, possuir CPF, ser brasileiro nato e ter ao menos 1,60 m de altura (para os homens) e 1,55 m para as mulheres. A seleção conta sempre com duas fases: a primeira de seleção intelectual (que possui redação) e a segunda fase de inspeção de saúde, Exame de Aptidão Física e avaliação psicológica.

Por Bruno Esteves

Forças Armadas


O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Pirapora, em Minas Gerais, oferta 17 vagas de emprego em seu novo Concurso Público.

Foi publicado o edital de concurso público para preencher vagas no SAAE, Serviço Autônomo de Água e Esgoto. As oportunidades são para o município de Pirapora no Estado de Minas Gerais. Ao todo, serão 17 vagas contando com cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior. O edital também prevê a formação de cadastro reserva, as contratações nessa modalidade devem se dar conforme a necessidade do município.

Sobre as vagas

Segundo o edital, as vagas são para os seguintes cargos:

AGENTE ADMINISTRATIVO. Vagas: 02. Requisito: Curso de 2º grau ou Pós-médio profissionalizante (Administração, Processamento de Dados, Contabilidade e outros correlatos). Remuneração: R$ 1.790,56.

ANALISTA DE SISTEMA I. Vagas: 01. Requisito: Curso Superior completo em: Análise de Sistemas, Engenharia da Computação, Engenharia de sistemas, Sistemas de Informação, Ciências da Computação, Processamento de Dados, Ciências da Informação ou outro curso inerente à área de atuação. Remuneração: R$ 4.021.

AUXILIAR DE OFÍCIOS I. Vagas: 01. Requisito: Ensino Fundamental. Remuneração: R$ 1.790,56.

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I. Vagas: 01. Requisito: Ensino Fundamental. Remuneração: R$ 997,41.

CONTADOR. Vagas: 01. Requisito: Graduação Superior em Ciências Contábeis, com registro profissional no órgão da classe. Remuneração: R$ 4.021,74.

FISCAL I. Vagas: 03. Requisito: 2º grau de ensino e Carteira de habilitação para condução de veículos categorias “A” e “B” ou superior. Remuneração: R$ 2.238,14.

LEITURISTA I. Cadastro Reserva 2ª grau de ensino. Requisito: Carteira de motorista expedida pelo DETRAN na categoria A. Remuneração: R$ 1.556,20.

OFICIAL ESPECIALIZADO I (ELETRICISTA). Vagas: 01. Requisito: Curso Técnico de Eletrotécnica ou Eletromecânica, CNH categoria ‘B ou superior. Remuneração: R$ 2.573.

MECÂNICO DE AUTOMÓVEIS I. Vagas: 01. Requisito: 2º grau de ensino ou Curso Técnico em Mecânica, CNH categoria “D”, curso de formação específica na área de Mecânica de Veículos. Remuneração: R$ 2.573,84.

OFICIAL ESPECIALIZADO I (OPERADOR DE ETA/ETE). Vagas: 03. Requisito: 2º grau de ensino ou Curso Técnico em Química. Remuneração: R$ 2.573,84.

OFICIAL ESPECIALIZADO I (OPERADOR DE MÁQUINA PESADA). Vagas: 01. Requisito: 2º grau de ensino. Carteira de Habilitação para operar equipamento rodoviário e comprovação de experiência mínima de 1 ano. Remuneração: R$ 2.573,84.

TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO I. Vagas: 01. Requisito: Ensino Médio Profissionalizante em Técnico de Segurança do Trabalho, com registro profissional. Remuneração: R$ 2.573,84.

TÉCNICO QUÍMICO I. Vagas: 01. Requisito: Curso Técnico em Química com registro profissional. Remuneração: R$ 4.021,74

Em todos os cargos as jornadas são de 40 horas semanais.

Sobre as Inscrições

Os interessados em disputar uma das vagas desse concurso devem se inscrever no site oficial da banca organizadora, que é a JMS (www.jmsbhz.com.br/concurso). As inscrições ficam abertas do dia 04 de fevereiro até às 23h59 do dia 07 de março de 2019. O valor das inscrições pode ser de R$ 25,00, R$ 40,00, R$65,00, e R$ 100,00.

Sobre as provas

A seleção dos candidatos nesse concurso será através de provas objetivas, para todos os cargos, sendo elas de múltipla escolha. O certame também inclui prova de títulos para alguns cargos.

As avaliações objetivas de múltipla escolha devem ocorrer no dia 14 de abril de 2019 às 9h, em locais a serem informados no site da banca organizadora e no quadro de avisos do SAAE em Pirapora-MG.

Sobre o SAAE

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Pirapora é uma autarquia municipal que existe desde 1954. A missão da companhia é garantir a universalização dos serviços de abastecimento transporte, coleta e tratamento do esgoto sanitário e de água de Pirapora, colaborando com o desenvolvimento sustentável do município, assegurando bem-estar social, com postura ecologicamente corretam e socialmente responsável.

Os objetivos do SAAE é ser uma Autarquia comprometida e integrada com a sociedade, investindo sempre no empreendedorismo, na inovação e na superação de desafios, buscando a excelência no setor de saneamento, tornando-se referência no desenvolvimento de pesquisas e sendo competitiva.

Por Gabriel Bem

Concurso


A Secretaria Municipal da Saúde do Estado do Rio de Janeiro oferta 112 vagas de emprego para a área de Enfermagem.

Novo edital de processo de seleção público está oficialmente aberto neste início de 2019. Trata-se do novo Concurso SMS (RJ), cujo edital foi publicado e registra a disponibilização de 112 postos de trabalho, destinados ao setor de Enfermagem. Este é o Edital do novo concurso público SMS-RJ, que abre grande número de vagas para a área de Enfermeiro; de Técnico e em Auxiliar de Enfermagem.

Este novo edital oficializa o concurso promovido pelo órgão da Secretaria Municipal da Saúde, do Estado do Rio de Janeiro, dispondo das já citadas 112 vagas destinadas aos cargos de Enfermeiro; de Técnico de Enfermagem e de Auxiliar de Enfermagem.

Este é um dos primeiros concursos de alta categoria anunciados neste início de 2019.

A distribuição das vagas para os cargos, de acordo com as funções específicas, será a seguinte:

Estão reservados 27 postos para o cargo de Enfermeiro, com exigência de Nível Superior; são 80 postos para o cargo de Técnico de Enfermagem, com exigência de Nível Médio ou Técnico e 5 postos reservados ao cargo de Auxiliar de Enfermagem, com exigência de Nível Fundamental.

Todas as pessoas interessados poderão cadastrar inscrições ao longo de um período que compreende os dias 11 e 21 do mês de março de 2019, sendo que esse cadastro será efetuado, exclusivamente, via internet, acessando o Portal de Concursos da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro.

Os valores das taxas da inscrição estão divididos em conformidade com o cargo pretendido, seguem as informações:

Para o cargo de Enfermeiro o valor é de R$ 100; para o cargo de Técnico de Enfermagem, o valor é de R$ 80 e para o cargo de Auxiliar de Enfermagem o valor é de R$ 60.

O itinerário é o seguinte:

A realização da prova objetiva deste certame se dará, para todos os cargos elencados, no dia 14 do mês de abril de 2019, no município do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro.

Portanto, os futuros candidatos não podem esquecer as seguintes informações:

O período de inscrições se dará entre os dias 11 a 21 de março de 2019; o pagamento da taxa do curso optado deverá ser efetivado até o dia 22 de março de 2019 e a prova objetiva será ministrada no dia 14 do mês de abril de 2019.

Sobre os requisitos e remuneração, seguem as informações:

Para o cargo de Enfermeiro, é exigido diploma de nível superior na área e o devido registro no órgão fiscalizador que regulamenta esta profissão. A remuneração inicial está em R$ 2.148,00.

Para o cargo de Técnico de Enfermagem, é exigido diploma de nível médio e o devido registro no órgão fiscalizador desta profissão. A remuneração inicial está no valor de R$ 1.560,01.

Para o cargo de Auxiliar de Enfermagem, é exigido certificado de nível fundamental e o devido registro no órgão fiscalizador desta profissão. O valor da remuneração inicial está em R$ 1.229,92.

Os demais benefícios abrangem a gratificação de Insalubridade, no valor de R$ 459,59 e o Auxílio-transporte no valor mensal de R$ 173,80.

Este certame consistirá na realização de provas objetivas destinadas a todos os cargos, e todas as provas terão duração oficial máxima de 4 horas, constituindo um bloco contendo 60 questões, com quatro alternativas cada.

Sumarizando as informações do próximo concurso SMS, no RJ:

A data de realização da prova objetiva é 14/04/2019; são 112 vagas disponibilizadas a serem lotadas na cidade do Rio de Janeiro; os valores das remunerações iniciais estão entre 1,2 e 2,1 mil; os requisitos são: Nível Fundamental; Nível Médio ou Técnico e Nível Superior de formação acadêmica.

Para mais informações e atualizações, acesse o site: https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/concurso-sms-rj-2019.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Prefeitura deve lançar Edital de Abertura nos próximos dias.

Novo processo seletivo, de alta categoria, está próximo de ter edital completo definitivamente publicado.

Deste modo, a Prefeitura do município de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul, será responsável pela realização de novo certame público, para este mesmo ano de 2019. A meta o concurso está no preenchimento de postos de trabalho na área fiscal.

Entretanto, a abertura destas vagas não foi definida até o momento. O que está estabelecido é que o novo processo de seleção se destina à ocupação de cargos na função de auditor fiscal da fazenda municipal e na função auditor em controle interno, sendo ambos departamentos cuja exigência é de nível superior de formação acadêmica.

Portanto, existe grande expectativa de que os próximos passos, decisivos para a conclusão da pauta sobre o concurso, sejam anunciados nas próximas semanas, levando em conta que, no último dia 23 deste mês de janeiro, nova prublicação no diário oficial anunciou a determinação das respectivas bancas responsáveis pelos dois processos seletivos.

O valor das remunerações iniciais, referentes a cada um dos cargos, deverão ser confirmadas, também, nos próximos dias. Ainda assim, a expectativa é a de que os dois editais estejam devidamente publicados neste primeiro semestre.

Com relação ao cargo de auditor fiscal, a comissão organizadora está formada por um grupo distinto de servidores, que se tornam, então, membros da mesa.

Com relação ao cargo de auditor de controle interno, outro grupo de servidores está compondo a mesa.

Sobre as atribuições dos dois cargos, seguem as informações:

A função de auditor fiscal está em executar privativamente a fiscalização; o planejamento; a programação; a supervisão; a coordenação; a orientação e o controle de diversas atividades dentro do âmbito de competências tributárias em escala municipal, em conformidade com legislação em vigor.

Com relação à função de auditor, as atividades se destinam à supervisão; à organização e à coordenação dos serviços contábeis dentro do município; em elaborar análises contábeis sobre a situação financeira; situação econômica e a patrimonial; na elaboração dos planos de contas e no preparo para as normas de trabalho em contabilidade.

O histórico do último concurso registra o seguinte:

O último certame público realizado para o provimento de cargos na área fiscal, no mesmo município, se deu no ano de 2012, no qual estavam disponíveis apenas 12 postos para cargos na função de agente fiscal da receita municipal e mais três postos na função de contador. A banca organizadora, naquela ocasião, esteve nas mãos da Fundação Escola Superior do Ministério do Rio Grande do Sul, ou FMP.

Após aquele período, a partir do ano de 2015, a carreira na função de contador se tornou, por meio de nova denominação, a de auditor de controle interno, ao passo que o agente fiscal se tornou auditor fiscal.

Sobre a estrutura das provas, seguem as informações:

Na função de agente fiscal, a prova consistiu em um caderno com 160 questões, das quais 80 sobre conhecimentos gerais e mais 80 versando sobre conhecimentos específicos. Na parte de conhecimentos gerais: 20 questões em língua portuguesa; 20 em informática; dez em matemática e dez em estatística. Sobre conhecimentos específicos: 20 questões em direito constitucional e em administrativo; 20 em direito tributário; 20 em legislação municipal e em tributária municipal e mais 20 em contabilidade.

Para a função de contador: 90 questões, das quais 20 em conhecimentos gerais e mais 70 em conhecimentos específicos. Sobre conhecimentos gerais: dez em língua portuguesa e mais dez em direito e legislação municipal. A parte de conhecimentos específicos: 25 questões em contabilidade pública; 20 em contabilidade geral; dez em matemática financeira e mais cinco em informática.

Paulo Henrique dos Santos


Concurso deverá ser realizado a partir do mês de maio deste ano.

Todo brasileiro que procura uma nova colocação no mercado de trabalho já sabe o quanto está difícil conseguir uma vaga em um trabalho que ofereça estabilidade e segurança financeira. Essa situação se deve ao fato de o país desde o ano de 2016 vir passando por uma crise econômica que acabou afetando diversos setores. Desse modo, muitas pessoas passaram a ver os concursos públicos como novas alternativas para alcançarem o objetivo de uma nova colocação.

No Espírito Santo muitas pessoas têm esperado pela abertura do novo concurso público do Detran. Este concurso foi anunciado no mês de agosto do ano passado, mas como não aconteceu a expectativa de sua realização foi transferida para este ano de 2019. Contudo, as novas informações dão conta de que os interessados no certame deverão aguardar um pouco mais.

Isso ocorre pelo fato de que no último dia 02 do mês de janeiro, o governador do estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, assinou um decreto em que é determinado que nenhum processo seletivo pode ser realizado até o mês de maio deste ano.

O motivo da formação deste decreto ainda não foi explicado, mas isso deve acontecer nos próximos dias.

Dessa forma, o novo concurso público do Departamento de Trâsnisto do estado do Espírito Santo não poderá ser realizado neste primeiro trimestre de 2019, como já era esperado por muitos concurseiros.

Porém, ao que tudo indica a partir do mês de maio os preparativos poderão ser retomados e enfim o certame realizado.

Este novo concurso do Detran-ES foi anunciado no ano passado, mais precisamente no mês de agosto, quando o governador concedeu autorização para a sua realização.

De acordo com o documento que recebeu autorização do governo do estado, o concurso irá disponibilizar um total de 94 vagas, com oportunidades para pessoas com formação de nível médio e de nível superior. Desse total de vagas, 80 seriam para o posto de assistente de trânsito, enquanto que as restantes 14 seriam para o posto de analista de trânsito.

Desse modo, quem possui formação de ensino médio poderá entrar na concorrência por uma das vagas no cargo de assistente. O salário inicial para um profissional neste cargo é no valor de R$ 2.409,75.

Já quem possui formação completa de curso superior, sendo aceitas diversas áreas, poderá concorrer a uma das vagas no cargo de analista, sendo o salário inicial previsto para este cargo no valor de R$ 5.179,94.

Para auxiliar na elaboração do concurso, uma comissão multidisciplinar foi formada para assim se encarregar da preparação do certame, além de definir a empresa organizadora. A escolha dos membros da comissão aconteceu no mês de novembro do ano passado. A comissão geral é constituída por 19 servidores do órgão.

Geralmente podem concorrer as vagas de analista pessoas com formação nas áreas de ciências da computação, serviço social, administração, arquitetura, análise de sistemas e psicologia.

O último concurso realizado pelo Detran do Espírito Santo aconteceu em 2010. Na época foram disponibilizadas 50 oportunidades, também para os cargos de técnico de trânsito e técnico superior. A banca organizadora foi o conhecido Cespe/UnB.

Na ocasião do concurso os candidatos tiveram que realizar uma prova objetiva composta por 120 questões sobre conteúdos como língua portuguesa, raciocínio lógico, informática, além de conteúdos sobre conhecimentos gerais e específicos.

Dessa forma, quem deseja se inscrever e concorrer a uma das vagas deste concurso que teve sua realização adiada, porém é garantido que será realizado, a recomendação é de que os estudos preparatórios já sejam iniciados. Para isso basta verificar editais de concursos passados e os conteúdos geralmente cobrados.

Resta agora de fato aos interessados aguardar até o dia 30 do mês de abril, para assim terem mais informações sobre o Concurso do Detran-ES.

Ana Paula


Seleção oferece 97 vagas de trabalho temporário.

O ano de 2019 iniciou de modo positivo para muitos catarinenses. Recentemente foi divulgada por meio da secretaria da Prefeitura Municipal de Joinville, que se localiza no Estado de Santa Catarina, a abertura oficial do período de inscrições para o novo concurso público, cuja meta está no preenchimento de 97 postos de trabalho temporários, no quadro de servidores da administração direta e indireta daquele município e no Hospital Municipal São José.

Além das vagas de imediata ocupação, está a formação de cadastro reserva de pessoas, para eventuais vagas disponíveis ao longo da validade do processo seletivo. São cargos para as três classes de estudantes e profissionais, em nível fundamental, médio e superior.

Para o cargo na função de agente de combate às endemias, está sendo disponibilizada uma vaga, mais o cadastro reserva. Este cargo se destina aos candidatos com ensino fundamental e remuneração inicial no valor de 1.619,48 reais.

Para os candidatos com ensino médio, estão sendo disponibilizadas vagas para a função de auxiliar de educador, com 30 postos, mais o cadastro reserva, e na função de técnico em enfermagem, com cinco vagas, mais o cadastro reserva, cujas remunerações são, respectivamente, de R$ 2.046,36 e de R$ 3.098,49. O último cargo citado exige curso técnico na área.

Para os candidatos que possuam formação em nível superior, os cargos são os seguintes:

Posto de analista clínico, com uma vaga mais o cadastro reserva; posto de enfermeiro, com cinco vagas mais o cadastro reserva; posto de professor educação infantil, com 21 vagas mais o cadastro reserva; posto de professor de 1º ao 5º ano de ensino fundamental, nas séries iniciais, com 16 vagas mais o cadastro reserva; posto de professor de educação infantil e de ensino fundamental, especializado em educação física, com cinco vagas mais o cadastro reserva e posto de professor do 6º ao 9º ano do ensino fundamental para as disciplinas de ciências, com três vagas mais o cadastro reserva; professor de ciência da religião, com uma vaga mais o cadastro reserva; professor de geografia, com uma vaga mais o cadastro reserva; professor de história, com duas vagas mais o cadastro reserva; professor de língua portuguesa, com duas vagas mais o cadastro reserva; professor de matemática, com uma vaga mais o cadastro reserva; professor de arte, com uma vaga mais o cadastro reserva; professor inglês, com duas vagas mais o cadastro reserva. O valor das remunerações varia entre R$ 1.650,15 e R$ 4.659,12.

Este certame da Prefeitura de Joinville-SC conta com o seguinte itinerário:

O período de cadastro de inscrição se estenderá até às 16 horas do dia 13 de fevereiro de 2019, devendo ser efetuado por meio do site oficial da prefeitura: www.joinville.sc.gov.br. A vantagem é que não será cobrado qualquer tipo de taxa de participação.

Este processo de seleção consistirá em uma única fase: a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Será distribuído um caderno composto de 35 questões de múltipla escolha, das quais dez questões versando sobre língua portuguesa, cinco questões versando sobre matemática, cinco questões versando sobre legislação municipal e mais 15 questões versando sobre conhecimentos específicos.

O processo de resolução dos cadernos de provas obedecerá ao seguinte critério:

Com duração máxima de três horas, esta avaliação será ministrada na própria cidade de Joinville, Estado de Santa Catarina, em data previamente agendada para o dia 24 de março de 2019, cujos locais e horários de realização serão divulgados em breve para todos os inscritos.

Este é um dos melhores concursos para o início do ano, naquela região. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Certame conta com vagas para todos os níveis de escolaridade.

Novo concurso público está sendo oficialmente aberto na região Centro-Oeste do Brasil. Trata-se do Coress – MT, ou o departamento de Consórcio Regional de Saúde Sul do Estado do Mato Grosso. Já está publicado o edital de certame público para o provimento de 12 postos de trabalho efetivos, destinados ao seu quadro de servidores. O período de inscrições iniciará a partir do dia 23 de janeiro de 2019.

Serão distribuídos cargos para todas as classes de concorrentes, ou seja: para candidatos com nível fundamental, nível médio e superior de formação acadêmica.

Para o cargo de auxiliar em serviços gerais, com três vagas, será exigido que o candidato possua ao menos o nível fundamental. A remuneração inicial está em 1.013,32 reais.

Os candidatos que possuam diploma de ensino médio poderão concorrer às seguintes funções: de assistente administrativo, com quatro vagas e na função de técnico em enfermagem, com duas vagas. Os salários são respectivamente os seguintes: no valor de R$ 1.282,60 e de R$ 1.230,50. O último posto citado exige formação técnica na área de enfermagem.

Para os candidatos com graduação em nível superior, estão sendo disponibilizadas vagas nas seguintes funções: de analista de recursos humanos, com uma vaga, e na função de auxiliar de contabilidade, com uma vaga. Ambas as vagas com vencimento no valor de 2.500 reais. Para a função de assistente administrativo de regulação, com uma vaga e remuneração no valor de 2.800 reais.

O cadastro de inscrição deverá ser efetuado até o dia 21 do mês de fevereiro de 2019, por meio do site da banca organizadora deste certame, função que cabe à organização W2 Auditores e Consultores: www.w2consultores.com.br. A taxa de inscrição está dividida em três valores, conforme a classe de candidatos:

São 35 reais para concorrentes de nível alfabetizado; 40 reais para concorrentes com ensino médio completo e mais 70 reais para candidatos com graduação em nível superior.

O itinerário das provas do concurso do Coress-MT é o seguinte:

Todos os concorrentes serão submetidos a uma avaliação que se dará por meio da prova objetiva, sendo esta de caráter classificatório e eliminatório. Esta mesma prova consistirá em um caderno com 40 questões em múltipla escolha, das quais dez versarão sobre conteúdos de língua portuguesa; cinco versarão sobre conteúdos de matemática; dez questões versando sobre conteúdos de conhecimentos gerais e as demais 15 sobre conteúdos de conhecimentos específicos.

A resolução da prova se dará em um período de tempo máximo de três horas, sendo que o exame será ministrado na cidade de Rondonópolis, Estado do Mato Grosso, cuja data está previamente agendada para o dia 10 do mês de março de 2019. Os locais e os horários precisos ainda não foram divulgados, porém, esta informação será publicada em breve, no edital de convocação.

Será ministrada a necessária prova discursiva, ou de redação, e a prova prática, de caráter apenas classificatório, na mesma data de realização da prova objetiva. E esta prova se destina aos concorrentes dos seguintes cargos: na função de analista de recursos humanos; na função de assistente administrativo de regulação; na função de auxiliar de contabilidade e na função de assistente administrativo. Todos os concorrentes com nível superior deverão estar atentos, já que a prova discursiva se destina aos mesmos.

Todos os concorrentes que disputarão cargos para funções em nível superior deverão, ainda, ser submetidos à necessária análise dos títulos, unicamente de caráter classificatório.

Esta é um dos melhores processos seletivos abertos nesse início de ano. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção oferta vagas de nível médio e superior.

A Prefeitura de Salvador, no estado da Bahia, abre processo seletivo REDA – Regime Especial de Direito Administrativo, oferecendo 338 vagas para os níveis Médio e Superior. As contratações são temporárias e os servidores irão atuar durante o Carnaval de Salvador 2019.

As atividades desenvolvidas serão para Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo – SEDR, Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude – SPMJ e Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza – SEMPS. Veja abaixo mais detalhes.

Inscrições

As inscrições estão abertas até o dia 22 de janeiro de 2019, às 23h59 do horário local. Os interessado deverão se inscrever apenas pela internet, no endereço eletrônico www.selecaocarnavaledital012019.salvador.ba.gov.br. A taxa de inscrição é R$ 10,00 para as vagas de Nível Médio e R$ 15,00 para as vagas que exigem Ensino Superior.

Sobre as vagas

As 338 vagas temporárias serão distribuídas entre as funções de Educador Social( 280 vagas), Engenheiro Civil (12 vagas), Coordenador de Unidade (8), Pedagogo (10), Psicólogo(14) e Supervisor de Unidade – Assistente Social (14).

O Edital para Engenheiro Civil está no edital 01/2019 e as demais funções se encontram no edital 02/2019.

Etapas do processo seletivo e validade do concurso REDA

Não serão aplicadas provas neste processo seletivo, o mesmo consiste apenas de uma etapa referente à avaliação de títulos de forma classificatória. Também se levará em conta a experiência dos interessados no seu campo de atuação.

O concurso é válido por 15 dias contando a partir da data de homologação publicada no Diário Oficial do Município, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez.

Atribuições do cargo

Engenheiro Civil

  • Fazer vistorias em camarotes, praticáveis ou balcões na região poligonal do Carnaval em todos os seus circuitos, se estendendo também aos bairros que realizam o festejo momesco promovido pelo Município de Salvador

  • Autuar, notificar, interditar, embargar e orientar a demolição de qualquer obra, atividade ou evento irregular que coloque risco a segurança de foliões durante a festa ou que não esteja com licença para funcionar durante o Carnaval.

Educador Social ( Ensino Médio)

  • Sob orientação de um supervisor, o Educador social deve cadastrar crianças, adolescentes e também adultos que estejam em situações de risco ou que tenham seus direitos violados. Essa ação de abordagem deve ser feita no percurso da festa e em suas adjacências em locais previamente identificados por incidências em casos que expõem pessoas a situações de risco.

  • Também é da função do Educador Social realizar ações educativas e conduzir outros procedimentos caso seja necessário, como encaminhar para o Conselho Tutelar ou redes sócio assistenciais assim como demais serviços similares prestados pelo município.

  • Fazer atividades lúdicas,recreação, jogos, brincadeiras e pinturas,com as crianças e adolescentes que foram acolhidos nos centros de convivência;

  • Observar os cuidados de higiene pessoal das crianças e adolescentes, como, troca de fraldas e banhos controlar e administrar medicações se for necessário; cuidar da alimentação;

  • Dar suporte a coordenação para o bem estar das crianças atendidas no Centro de Convivência de acordo com a demanda.

Coordenador de Unidade ( Psicólogo, Pedagogo e Assistente Social)

  • Coordenar a equipe de educadores e supervisores da unidade;

  • Elaborar planos para atividades diárias;

  • Fazer relatórios diários

  • Lançar dados no sistema para controle e melhor monitorar o carnaval 2019

  • Articular com a rede de serviços que envolvem o carnaval.

Supervisor de Unidade- Supervisionar a equipe composta pelos educadores sociais;

  • Controlar os formulários e os registros;

  • Supervisionar a execução das atividade planejadas diariamente;

  • Conhecer os procedimentos e normas de Assistência Social.

  • Orientar e atender o público alvo relacionado a festa.

Inscrições: www.selecaocarnavaledital012019.salvador.ba.gov.br

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Edital do Concurso deverá ser publicado até março deste ano.

Quem reside no Distrito Federal e busca por uma oportunidade de prestar um concurso público cujo cargo ofereça um bom salário e estabilidade, pode começar a se preparar, pois em breve será publicado o edital de abertura do novo concurso público da Defensoria Pública. Leia este artigo na íntegra e fique por dentro de todas as informações.

Na realidade, desde o ano de 2018 este concurso foi anunciado, porém, por motivos não revelados, não chegou a ser realizado. Agora, de acordo com informações recentes cedidas pela assessoria de imprensa do órgão, falta muito pouco para ele se tornar uma realidade.

Segundo informações recentes, o edital de abertura do novo concurso público da DP-DF deverá ter sua publicação realizada no máximo até o mês de março deste ano de 2019.

A princípio havia a informação de que seriam disponibilizadas o total de 18 vagas para lotação imediata, informação esta divulgada pela Câmera Legislativa do Distrito Federal, contudo, esta informação não pode ser confirmada, uma vez que de acordo com o documento recentemente publicado no diário oficial, o quantitativo de vagas a serem disponibilizadas no certame será de 7 vagas imediatas, sendo que todas elas são para o cargo de Defensor Público do Distrito Federal. Também haverá formação do Cadastro de Reservas.

Como mencionado anteriormente, a organização do certame está praticamente pronta, faltando apenas a assinatura entre a comissão responsável e a empresa organizadora do certame, para então o edital ser publicado.

A empresa a se responsabilizar pela organização e execução deste concurso já foi definida, sendo ela o Cebraspe. A assinatura do contrato deve acontecer nos próximos dias.

De qualquer forma, a confirmação do número de vagas disponíveis poderá ser feita a partir da publicação do edital. Porém, outras informações já são definitivas como o cargo em que haverá disponibilidade de vagas e seus pré-requisitos.

Desse modo, para concorrer a uma das vagas do concurso da DP o candidato precisa possuir formação de nível superior na área de Direito, com registro na OAB, que é a Órdem dos Advogados do Brasil. Além disso, também é necessário possuir dois anos de experiência de atividades na área forense, o que significa prestar exercício em órgão público, seja ele municipal, estadual ou federal.

Um profissional que atua como Defensor Público possui um salário que parte do valor inicial de R$ 22.589,00.

Quando o concurso recebeu autorização do MP para ser realizado, uma comissão foi formada para se responsabilizar pela sua organização. Esta comissão é presidida por Rita de Castro Hermes Lima, servidora do órgão e contando com os membros Rodrigo B. Doin e Evenin Eustáquio de Ávila, também servidores do órgão. Foi a comissão que definiu o Cebraspe como banca organizadora do certame.

O último concurso público que a Defensoria Pública do DF realizou aconteceu no ano de 2011. Foram disponibilizadas na ocasião três vagas para lotação imediata. Na época, a empresa contratada para organização foi o Cespe/UnB, que tem na atualidade o nome de Cebraspe.

Neste último concurso, os candidatos tiveram que realizar provas objetivas de múltipla escolha, composta por 200 questões, além de prova discursiva, avaliação oral e por último análise de títulos.

Sendo assim, se você atende aos requisitos e pretende realizar este concurso público, esteja atento à publicação do edital de abertura, que tem como prazo máximo de publicação o mês de março.

Como é um concurso bastante aguardado e com uma remuneração muito boa, é provável que a concorrência pelas vagas seja grande. Dessa forma, os interessados já devem começar a se preparar para a realização das provas. Para isso, basta verificar o edital do último concurso e verificar os contéudos geralmente cobrados nas provas para este cargo.

Sirlene Montes


Seleção deverá contar com 2.000 vagas.

Uma nova oportunidade de processo seletivo de grande porte está próxima de ser oficialmente lançada, por meio de edital.

Trata-se do novo certame público que em breve será promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais, o qual segue em fase de elaboração e tramitação para definitiva publicação de edital.

Este novo concurso público tem por meta o preenchimento de vagas no cargo de guarda municipal. Existe a expectativa de que este documento de edital seja definitivamente publicado nas próximas semanas, na medida em que estejam concluídas as últimas informações que completam o texto, as quais estão sendo providenciadas em conjunto com a banca organizadora do processo, que está na responsabilidade da Fundação Guimarães Rosa.

Informações essenciais sobre este novo processo de seleção para cargos de Guarda Municipal, em Belo Horizonte:

Este certame estará disponibilizando em torno de 2.000 postos de trabalho, dos quais 500 se destinam ao preenchimento imediato e os demais 1.500 postos estão destinados à formação do cadastro reserva de pessoas.

O requisito básico para garantir a participação é o seguinte:

Toda pessoa interessada em concorrer ao cargo deverá apresentar diploma de ensino médio. O valor inicial da remuneração está em 2.801,29 reais, no qual já está incluída a gratificação paga pela disponibilidade de tempo integral, no valor de 271,09 reais e mais um adicional devido ao exercício de atividades de risco, no valor de 722,91 reais.

Sobre os benefícios, seguem as informações:

Todos os candidatos que forem selecionados e nomeados terão direito a outros benefícios adicionais, tais como o direito ao vale-refeição/ direito ao vale-alimentação; direito ao vale-lanche e à bonificação pelo correto cumprimento das metas, com resultados e indicadores.

Conforme os dados angariados que compõem o projeto básico deste concurso público, que foi definido para a determinação da banca organizadora, o processo seletivo abrangerá cinco etapas distintas, que incluem as provas objetivas na primeira fase; a análise de títulos realizada na segunda fase; a prova de aferição de capacidade física na terceira fase; a abertura de sindicância social na quarta fase e a necessária avaliação psicológica na fase final.

A prova objetiva consistirá em um caderno com 50 questões, entre as quais dez versarão sobre matéria de língua portuguesa; 20 questões versando sobre matéria de legislação; cinco questões versando sobre matéria de noções de informática; oito questões versando sobre matéria de geografia urbana e mais sete questões versando sobre a história da cidade de Belo Horizonte.

A prova de aferição de capacidade física consistirá em submeter todos os candidatos aos necessários exercícios, que incluem a flexão abdominal; a corrida num percurso de 400 metros; o exercício de barra horizontal para os candidatos homens e exercício de barra horizontal estática para as candidatas mulheres.

Sobre o anterior certame público, realizado de modo a promover vagas no mesmo cargo, seguem as informações:

O processo seletivo em questão foi realizado no ano de 2009, sendo uma ocasião em que foram disponibilizados cerca de 600 postos de trabalho, dos quais 570 se destinaram aos candidatos homens e 30 postos destinados às candidatas mulheres. A função de banca organizadora, naquela ocasião, ficou nas mãos da Fundação Guimarães Rosa.

Naquele evento a prova objetiva também consistiu em um caderno contendo 50 questões, das quais 15 versando sobre matéria de língua portuguesa; 15 questões versando sobre matéria de legislação; dez questões versando sobre matéria de noções de geografia urbana e mais dez questões sobre a história de Belo Horizonte. Ou seja, foi exatamente a mesma prova, e provavelmente serão os mesmos testes complementares.

Vale a pena conferir!

Paulo Henrique dos Santos


Seleção envolve 1.123 oportunidades de trabalho.

Na Região Norte do Brasil, está sendo promovida nova seleção de caráter público, com período de inscrição oficialmente aberto, já neste início de 2019.

Trata-se de evento promovido no Estado do Pará, no município de Belém, Capital do mesmo Estado, cujo período de inscrições iniciou a partir de dois editais para o novo certame simplificado, com meta de preencher, somando os dois documentos, em torno de 1.123 postos de trabalho temporários, destinados às funções públicas em todos os níveis de formação escolar. As remunerações atingem o valor de 6.953,87 reais.

O edital I apresenta um número de 1.002 vagas disponíveis no órgão da Secretaria Municipal de Educação, SEMEC, das quais 827 são de imediato preenchimento e mais 175 vagas para a formação do cadastro reserva de pessoas. O edital II apresenta um número de 121 oportunidades de vagas para o departamento da Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental, Escola Bosque Professor Eidorfe Moreira.

Todas as pessoas interessadas em participar deste certame deverão cadastrar-se no próprio site da Prefeitura de Belém: www.belem.pa.gov.br. Para este processo de seleção não será cobrado qualquer tipo de taxa de participação. O período para inscrições inicia a partir do dia 20 de janeiro, SEMEC, e se estenderá até o dia 21 de janeiro, Escola Bosque.

Este processo seletivo abrange as seguintes etapas: inicia por meio da análise curricular, que será de caráter eliminatório e classificatório; seguida da comprovação dos dados registrados na inscrição, de caráter apenas eliminatório; finaliza com a entrevista, destinada somente para candidatos com nível superior, de caráter eliminatório e classificatório.

A distribuição das vagas, conforme a classe dos candidatos, segue o seguinte critério:

Os candidatos com ensino fundamental poderão concorrer ao cargo de agente de portaria, com 150 vagas; cargo de agente de serviços gerais, com 233 vagas; cargo de merendeiro, com 160 vagas e para o cargo de motorista, com 42.

Os candidatos com ensino médio poderão concorrer ao cargo de assistente administrativo, com 12 vagas e ao cargo de assistente escolar, com 10 vagas, mais 90 de cadastro reserva.

Os candidatos com nível superior poderão concorrer aos seguintes cargos:

De administrador, 4 vagas; de analista de comunicação social em relações públicas, uma vaga; de analista de sistema da informação, 4 vagas; de analista de tecnologia da informação, 4 vagas; de arquiteto, duas vagas; de bibliotecário, 3 vagas; de contador, 6 vagas; de estatístico, duas vagas; de engenheiro civil, 5 vagas; de engenheiro elétrico, duas vagas; de fisioterapeuta, duas vagas; de jornalista, 3 vagas; de psicólogo, 3 vagas; de tecnólogo em gestão de recursos humanos, 3 vagas; de terapeuta ocupacional, uma vaga; de técnico pedagógico, 15 vagas mais 15 de CR e de professor nas disciplinas de ciências, 20 vagas; de artes, 14 vagas; de educação física, 25 vagas; de ensino religioso, 5 vagas; de filosofia uma vaga; de geografia, 10 vagas; de história 7 vagas; de inglês, 17 vagas; de matemática, 17 vagas; de português, 19 vagas; de sociologia, 4 vagas; de educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental, 21 vagas mais de 70 CR.

As remunerações iniciais, pagas pela SEMEC, estão entre 1.398,62 e 3.931,43 reais.

Na Escola Bosque estão sendo disponibilizadas vagas para candidatos com ensino fundamental, destinadas às funções de agente de portaria, 23 vagas; de eletricista, uma vaga; de soldador, uma vaga; de pedreiro, uma vaga; de agente de serviços gerais, 3 vagas; de merendeira, duas vagas; de auxiliar administrativo, 36 vagas e de motorista, 4 vagas.

Para candidatos com ensino médio, no cargo de assistente administrativo, com uma vaga. Para os candidatos com nível superior são vagas nos seguintes cargos:

De assistente social, uma vaga; de engenheiro agrônomo, uma vaga; de pedagogo, 5 vagas e de professor nas áreas de educação física, 4 vagas; de educação especial, uma vaga; de engenheiro de pesca, uma vaga; de história, duas vagas; de inglês, duas vagas; de letras, duas vagas; de matemática, duas vagas e nas séries iniciais, 28 vagas.

Os salários por meio da instituição da Escola Bosque estão entre 1.723,31 e 6.953,87 reais.

Paulo Henrique dos Santos


Edital de Abertura deverá ser publicado ainda este ano.

Se você reside no estado de Goiás e busca pela oportunidade de realizar um concurso público que lhe ofereça segurança e estabilidade finanaceira, as últimas notícias apontam que um novo concurso público está muito perto de ser realizado. Estamos falando do novo concurso público do Tribunal de Contas do Estado de Goiás. Confira todas as novidades na sequência deste artigo.

O Tribunal de Contas do Estado – GO acaba de dar início aos preparativos para um novo concurso ser realizado. A novidade veio a público no dia 16 do mês de janeiro, última quarta-feira, quando Celmar Rech, que é conselheiro e presidente do TCE, assinou uma portaria cujo número é 25/2019, que institui uma comissão responsável pela organização do processo de seleção.

Dessa forma, agora que a publicação foi oficializada este grupo de membros que foram nomeados como comissão organizadora se encarregará de dar seguimento aos preparativos do concurso.

O primeiro passo desta organização que deve ser realizada pela comissão é nada mais que a realização de levantamentos de tudo o que o órgão necessita no momento. Dessa forma, após estas informações forem coletadas e concluídas ficará possível a definição dos cargos e do quantitativo de vagas a serem disponibilizados neste certame.

Outras informações como datas para publicação do edital de abertura e período para os candidatos se inscreverem também só poderão ser divulgadas após a conclusão destes levantamentos.

Segundo informações mais recentes, existe a previsão de que estes estudos sobre a situação atual do órgão tenham o resultado divulgado em um prazo médio de 45 dias, contudo, caso haja necessidade este período pode ser prorrogado.

Assim, como membros da comissão organizadora do certame temos Bruno Batista Cravalho Luz, Vitor Gobato, Ana Tereza E. Siqueira, Claúdia M. Melo Queiroz e Flávio Rodrigues, que foi nomeado presidente. Todos os demais membros também são servidores do TCE-GO.

O último concurso público realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de Goiás aconteceu no ano de 2014 e na época foram disponibilizadas 55 oportunidades para os cargos de analista de controle externo, que exigia dos candidatos formação de nível superior. A remuneração inicial prevista neste edital era no valor de R$ 7.018,03. A empresa contratada para organizar este concurso foi a Fundação Carlos Chagas.

Dessa forma, quem estiver interessado em prestar este concurso já pode começar a se preparar, pois mesmo que ainda não exista uma data definida para a sua realização, nem um número definido de vagas a serem disponibilizados, ele será de fato realizado. De modo que, se tudo ocorrer conforme o planejado, em poucos meses o edital de abertura já estará disponível com todas as informações necessárias aos interessados.

Este concurso público do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, desde o ano passado tem sido aguardado pelos “concurseiros” e pessoas que desejam fugir da crise. Geralmente os concursos nas áreas de tribunais são muito concorridos, batendo recordes de inscrições. A realização de concursos públicos se tornou uma nova alternativa para muitos brasileiros que buscam por novas colocações no mercado. Afinal, pelo fato de o país ter passado por uma forte crise em sua economia, milhares de pessoas ficaram em situação de desemprego e as vagas que o mercado de trabalho oferece são muito poucas, o que torna a concorrência por elas muito grande.

Nesse sentido, se você possui interesse em ser um servidor do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, fique sempre atualizado em relação ao processo de organização do concurso. Para isso, acesse o site do TCE-GO.

Para já ir se preparando para as provas é aconselhável que os interessados verifiquem os editais de concursos passados para o cargo em questão e vejam os conteúdos geralmente cobrados.

Ana Paula


Seleção deve ofertar cerca de 1.900 vagas.

O ano de 2018 terminou e muitos concursos públicos que estavam sendo bastante aguardados acabaram que, por diversas razões, não sendo realizados. Dessa forma, toda essa expectativa acabou ficando para este ano de 2019. E um destes, cuja expectativa de realização é muito grande, é o concurso público do Ibama. Desse modo, se você também possui interesse neste concurso, continue lendo este artigo e saiba todas as novidades sobre o tão esperado certame.

Muitas pessoas têm aguardado pela publicação do edital de abertura do novo concurso público do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. O edital, que não saiu em 2018 como todos esperavam, pode finalmente ser publicado este ano.

De acordo com informações recentes divulgadas pela assessoria de imprensa do órgão, o último documento enviado ao MPDG, que é o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, sob a forma de pedido de autorização, acabou por receber uma negativa. Contudo, o órgão já está se planejando para enviar um novo pedido já nas próximas semanas deste mês de janeiro. Só que desta vez o pedido será enviado para o novo Ministério da Economia.

Ao que se apurou até o momento, o texto do pedido permanecerá o mesmo, com o mesmo quantitativo de vagas.

Dessa forma, as quase 1.900 vagas solicitadas serão mantidas no documento. Sendo que 759 destinam-se ao cargo de técnico administrativo, outras 832 destinam-se ao cargo de analista ambiental e 297 são para o cargo de analista administrativo.

Como se pode ver, o número de vagas solicitadas faz com que esse concurso seja uma promessa de um número alto de inscrições. Pois além de serem muitas vagas, os salários também são bastante atraivos e haverá oportunidades para pessoas com formação de nível médio e de nível superior.

Desse modo, as vagas para os cargos de analista administrativo e analista ambiental poderão ser concorridas por pessoas que possuam formação de nível superior completa. Já quem possui formação de nível médio completa poderá concorrer a vagas no cargo de técnico administrativo.

Um técnico administrativo recebe atualmente uma remuneração inicial no valor de R$ 3.712,72. Já um analista do Ibama possui como salário inicial o valor de R$ 7.760,45 para analista. Vale observar que nesses valores já se inclui o auxílio-alimentação no valor de R$ 458.

Foi realizado no mês de agosto do ano passado um levantamento em que foi constatado que o Ibama conta com um déficit de servidores em seu quadro de pessoal de exatamente 3.604 vagas.

Se um concurso com esse número de vagas fosse autorizado, 1.762 seriam para cargo com exigência de ensino médio. Já as outras 1.878 vagas seriam para cargos que exigem formação completa de nível superior.

O último concurso realizado pelo Ibama foi para o cargo de analista ambiental e aconteceu no ano de 2012, quando disponibilizou o total de 108 oportunidades. Também aconteceu um processo seletivo no ano de 2013, desta vez com vagas para o cargo de analista e que disponibilizou 180 vagas. Ambos processos foram organizados pelo Cespe/UnB, hoje atuando com o nome de Instituto Cebraspe.

Desse modo, diante das informações sobre defasagem no órgão, tudo indica que a realização deste concurso não deve passar deste ano de 2019, porém, como o concurso ainda não recebeu autorização por parte do novo Ministério, não se pode precisar o quantitativo das vagas a serem disponibilizadas, mas há grandes chances de que o número do primeiro texto seja mantido.

Sendo assim, se você gostaria de realizar este concurso do Ibama, fique atento ao site do órgão para assim estar por dentro de todas as informações sobre esse possível novo certame, que tem grandes chances de ser realizado neste ano de 2019.

Sirlene Montes


Seleção oferece 27 vagas temporárias. Inscrições podem ser feitas até o dia 4 de fevereiro de 2019.

A Prefeitura Municipal de Goiás (GO) lançou recentemente o edital do seu mais novo processo seletivo, que visa preencher 27 vagas temporárias. Os profissionais selecionados atuarão na Equipe Volante do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), na Equipe do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), Programa Acessuas Trabalho, Programa Bolsa Família (PBF) e Programa Primeira Infância do SUAS.

O processo é realizado para o atendimento a uma situação de “excepcional interesse público” e visa contratar três profissionais para o cargo de Operador de Sistemas, três para o de Assistente Social, três Psicólogos, três Técnicos de Apoio, um Técnico de Referência, cinco Orientadores Sociais, um Advogado, um Coordenador, um Supervisor e cinco Visitadores.

Requisitos mínimos e remuneração

O requisito mínimo de escolaridade para concorrer às funções de Operador de Sistemas, Orientador Social, Técnico de Apoio e Visitador é ter concluído o Ensino Médio. Para o de Assistente Social é preciso ter diploma de nível superior em Serviço Social. Para o cargo de psicólogo, é necessária formação superior na área. Os candidatos a Técnicos de Referência precisarão ter escolaridade de nível superior, preferencialmente com formação em serviço social, psicologia e pedagogia. Para concorrer ao cargo de Advogado,o candidato precisa ter nível superior, com formação em Direito, bem como estar regularmente inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil.

Para o Cargo de Coordenador, é possível que aqueles graduados em diversos cursos concorram. São eles: Serviço Social, Psicologia, Pedagogia, Antropologia, Administração, Economia Doméstica, Sociologia ou Terapia Ocupacional. Já para o cargo de Supervisor, o edital estabelece que algumas formações de nível superior são preferenciais, sendo elas as de Serviço Social, Psicologia e Pedagogia.

Os cargos de nível médio tem remuneração que vai de R$ 1,3 mil até R$ 1,5 mil, enquanto que aqueles que exigem curso de superior tem remuneração entre R$2 mil e R$2,5 mil.

Inscrição e seleção

A seleção será feita em duas etapas que valem dez pontos cada, sendo a primeira de análise curricular e de títulos e a segunda de entrevistas. A primeira fase terá caráter classificatório e será cumulativa para a segunda, para qual somente aqueles aprovados na primeira fase serão convocados. Além disso, a pontuação final será a média de pontos obtidos na primeira e segunda etapas, sendo que a pontuação mínima exigida para a aprovação é de cinco pontos.

Para passar para a segunda fase é preciso ter feito ao menos cinco pontos na primeira. A lista dos aprovados para a segunda fase será publicada no site do concurso no dia 11 de fevereiro por meio do website da prefeitura municipal (http://www.prefeituradegoias.go.gov.br). Já o resultado da seleção será publicado no dia 25 de fevereiro de 2019 no mesmo site.

Um ponto importante é o de que o edital estabelece que esse Processo Seletivo não gera o direito à contratação. Dessa forma, o Município decidirá quem será contratado de acordo com as suas necessidades, mas sempre observando a ordem de classificação. A validade do processo é de um ano, podendo ser prorrogado por até dois, e em qualquer momento dentro desse prazo os selecionados podem ser contratados.

A inscrição acontece entre os dias 14 de janeiro e 04 de fevereiro, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação, que está localizada na Rua Dr. Neto, s/nº, Centro, Goiás-GO. Para efetuá-la é preciso que o candidato leve a ficha de inscrição (presente no anexo I do edital) preenchida, além da cópia dos documentos comprobatórios de Títulos e escolaridade, além dos outros documentos solicitados. O edital de seleção e outros comunicados estão disponíveis no link http://www.prefeituradegoias.go.gov.br/2019/01/14/edital-n-001-2019-processo-seletivo-simplificado/.

Bruno Esteves


Concurso oferta 30 vagas para o cargo de Defensor Público de Classe Inicial.

Aqueles profissionais com graduação completa em Ciências Jurídicas que estudam para concurso podem aproveitar mais uma boa oportunidade de ingressar na esfera pública. No estado de Minas Gerais, a Defensoria Pública (DPE MG) publicou o documento que regulamenta o seu próximo certame. São oferecidas 30 vagas para o posto de Defensor Público de Classe Inicial. O salário inicial é de R$ 22 mil para quem ingressar nessa carreira. As inscrições serão realizadas apenas via internet e terão início no mês de março. A seleção será composta de 6 etapas. Saiba mais informações sobre o processo seletivo da DPE MG a seguir.

Sobre as vagas previstas no edital da DPE de Minas Gerais

O edital prevê que sejam contratados 30 novos defensores, sendo 3 chances exclusivas para pessoa com deficiência (PCD), 6 para negros e pardos e 21 para ampla concorrência.

O vencimento ofertado para o cargo de Defensor Público no estado de Minas Gerais é de R$ 22.158,82.

Sobre os requisitos exigidos para ingressar na DPE MG

Para você atuar na Defensoria de Minas Gerais é necessário ser aprovado no certame, apresentar diploma de formação de nível superior em Direito, possuir atividade jurídica de no mínimo 3 anos, não possuir registro de antecedente criminal, estar quite com as exigências da justiça eleitoral e do serviço militar, ser brasileiro, estar em dia com os direitos políticos e civis, entre outros requisitos.

Sobre as atribuições do Defensor Público

Quem for aprovado no concurso público para defensor deverá ser responsável por promover os direitos humanos, defender judicial e extrajudicialmente, os direitos coletivos e individuais, prestar orientação jurídica de modo gratuito a quem tiver necessidade, entre outras atividades.

Sobre as inscrições no certame da DPE MG

Os interessados em participar do concurso devem acessar o endereço eletrônico www.gestaodeconcursos.com.br/site/site/DetalheConcurso.aspx?CodigoConcurso=1280, a partir do dia 25 de março (segunda-feira) até o dia 25 de abril (quinta-feira), preencher a ficha de cadastro, gerar e imprimir o boleto e realizar o pagamento da taxa no valor de R$ 260.

Aqueles que estiverem desempregados ou forem registrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar isenção do pagamento.

A banca selecionada para ser a organizadora do certame é a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – Fundep.

Sobre as etapas do concurso público da Defensoria do Estado de Minas Gerais

O concurso será composto pelas seguintes fases: 1) prova objetiva – prevista para ocorrer no dia 26 de maio (domingo), composta por 100 quesitos sobre as seguintes disciplinas: direito administrativo, constitucional, penal, processual civil, financeiro, tributário, civil, empresarial, processual penal, direitos humanos, execução penal, legislação especial, princípios da defensoria e legislação específica; 2) provas discursivas – no total de 4 avaliações, valendo 1,5 pontos cada uma delas, a serem realizadas na capital do estado, Belo Horizonte; 3) avaliação médica – na qual o candidato deve apresentar os seguintes exames: urina de rotina, hemograma completo, eletrocardiograma, atestado de aptidão mental, entre outros; 4) sindicância da vida pregressa e investigação social; 5) prova oral; 6) avaliação de títulos – na qual serão computados pontos para quem tiver curso de especialização, mestrado, doutorado, comprovar exercício de emprego ou cargo público, de magistério de nível superior, aprovação em concurso público, publicação de obras jurídicas, exercício de advocacia, entre outros.

Mais detalhes do concurso da DPE MG

Para saber mais informações do edital do processo seletivo da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, acesse o portal da Fundep www.gestaodeconcursos.com.br/site/site/DetalheConcurso.aspx?CodigoConcurso=1280.

O edital prevê que esse concurso seja válido por 2 anos, e que pode haver prorrogação desse prazo, pelo mesmo período de tempo, contando de quando houver a homologação.

Não fique de fora dessa chance.

Por Melisse V.

Concurso


Certame oferta vagas para o cargo de Juiz de Direito. Inscrições podem ser feitas até o dia 18 de fevereiro.

Aqueles que sonham em se tornarem servidores públicos do Poder Judiciário podem conferir aqui mais uma grande oportunidade. No estado de Santa Catarina, o Tribunal de Justiça (TJ SC) publicou edital para seu próximo certame de Juiz de Direito.

Há oferta de 5 vagas, incluídas as chances para pessoa com deficiência (PCD) e também para afrodescendentes. Os ganhos iniciais são de R$ 28 mil.

O processo seletivo será composto por 7 etapas. O prazo de inscrição começou em 18 de janeiro (sexta-feira). Não perca mais tempo. Realize sua inscrição e comece o quanto antes a sua preparação para ser aprovado no concurso público do TJ SC.

Confira mais informações na matéria a seguir.

Sobre as inscrições no certame do TJ SC

Os interessados podem se cadastrar no processo seletivo desde a sexta-feira, 18 de janeiro. Para efetuar sua inscrição, acesse o site www.cespe.unb.br/concursos/tj_sc_19_juiz, preencha o formulário eletrônico, faça o upload de foto recente e nítida e realize o pagamento do boleto.

A data final para você se inscrever é na segunda-feira, 18 de fevereiro. O valor da inscrição custa R$ 280 e o boleto deve ser quitado até o dia 7 de março (quinta-feira).

Para ser isento do pagamento da taxa é necessário que você esteja registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), ou seja doador de sangue ou de medula óssea, ou pertença à família de baixa renda, ou ainda, no caso de PCD, que receba renda de até dois salários mínimos.

O Cebraspe – Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – foi contratado para ser o responsável por organizar o concurso do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina.

Quem concorrer na condição de PCD deverá enviar laudo médico o qual ateste a sua deficiência.

Sobre as vagas anunciadas no edital do concurso do TJ SC

O edital prevê que sejam contratados 5 profissionais para o posto de trabalho de juiz substituto e oferece 3 vagas para ampla concorrência, uma para PCD e uma para cotista negro ou pardo.

A remuneração para aqueles que iniciarem na carreira é de R$ 28.883,98.

Sobre os requisitos exigidos no edital para assumir o cargo de juiz no TJ SC

Além de ser aprovado e apresentar diploma de graduação no curso de Ciências Jurídicas emitido por instituição de ensino superior devidamente regulamentada junto ao Ministério de Educação (MEC), é necessário atender aos seguintes requisitos: ser brasileiro, possuir idade mínima de 21 anos e máxima de 65 anos, estar quite com as obrigações militares e eleitorais, não ter antecedentes criminais, estar em gozo dos direitos civis e políticos, comprovar 3 anos de atividade jurídica, no mínimo, possuir aptidão física e mental, entre outros.

Sobre as fases do processo seletivo do TJ SC

O concurso será composto de 7 etapas:

1) prova objetiva, com 100 quesitos divididos em 3 blocos de disciplinas e prevista para ocorrer no dia 28 de abril (domingo);

2) prova escrita, composta de prova discursiva e prova prática de sentença criminal e cível e com data prevista de aplicação entre os dias 28 e 30 de junho;

3) sindicância da vida pregressa;

4) exames de sanidade mental e física;

5) exame psicotécnico;

6) prova oral;

7) avaliação de títulos, na qual serão consideradas as experiências como juiz, defensor público, magistério superior, além de aprovação em concurso, certificado de especialização, diploma de mestrado e doutorado, publicação de obras jurídicas, entre outros.

Mais informações sobre o concurso do TJ SC

O concurso será válido por 2 anos, mas pode haver prorrogação por igual tempo, a contar de quando for homologado e se for do interesse do órgão do Poder Judiciário.

Acesse mais detalhes do edital do certame no site do Cebraspe www.cespe.unb.br/concursos/tj_sc_19_juiz.

Por Melisse V.

Concursos


Oportunidades devem exigir nível médio e superior dos candidatos.

O mês de janeiro já chegou ao meio e muitas pessoas aguardam pela abertura de concursos públicos que foram anunciados ainda em 2018. Um concurso que está sendo muito aguardado no Distrito Federal é o Concurso DER. Se você se encontra na expectativa por novas informações sobre este certame, continue lendo este artigo e fique por dentro das últimas novidades.

Pois bem, Ibanes Rocha, que é o governador do DF, neste último dia 10 do mês de janeiro, sancionou uma lei que serve para estimar a receita e fixar a defesa do Distrito Federal no exercício deste ano de 2019. Desse modo, com o orçamento deste ano sancionado, aumenta a expectativa das pessoas interessadas sobre um novo concurso do DER, que é o Departameto de Estradas e Rodagem do Distrito Federal, que vem sendo aguardado desde 2018, quando foi incluído na Lei de Diretrizes Orçamentário do DF, mas que acabou não sendo realizado .

Assim, a expectativa para a realizaçã deste processo de seleção passou para este ano. A estimativa é de que neste concurso sejam disponibilizadas um total de 289 vagas. Porém, esta quantitade de oportunidades somente poderá ser confirmada quando o concurso receber autorização. A informação sobre este quantitativo veio do documento enviado ao MP como pedido de autorização.

De acordo com o texto original, deste total de vagas 54 serão para cargos que exigem formação de nível médio e as restantes 235 vagas serão para cargos que exigem formação de nível superior. Em relação aos salários, a informação é de que inicialmente eles partem do valor de R$ 3.166,72.

Agora que a lei orçamentária de 2019 foi sancionada, a expectativa é de que o concurso possa ser liberado e realizado no segundo semestre deste ano, quando o edital de abertura com todas as informações deve ser publicado.

O DER-DF vem passando por uma fase de reestruturação de sua área administrativa, pelo motivo da publicação de uma lei no dia 21 do mês de novembro de 2018, que está relacionada à carreira das atividades rodoviárias do DF.

Os interessados no concurso que possuem formação de nível médio poderão concorrer a vagas no cargo de agente rodoviário de gestão e de fiscalização rodoviária, que é a nova forma dada ao nome de quem atua com atividades rodoviárias. Para este cargo o salário inicial é no valor de R$ 1.704,17.

Já os interessados em realizar este concurso e que possuem formação de nível superior, poderão concorrer a vagas nos cargos de Especialista de Gestão e de Fiscalização, nova nomenclatura do cargo de analista de atividades rodoviárias, que prevê uma remuneração inicial no valor de R$ 3.166,72, havendo ainda o cargo de Analista de gestão e de fiscalização rodoviária, nomenclatura que substitui o nome do cargo de técnico de atividades rodoviárias, que prevê uma remuneração inicial no valor de de R$ 2.348. E por último, vagas no cargo de Agente de trânsito rodoviário, que continuou com a mesma nomenclatura, cujo salário inicial é no valor de R$ 2.348,19.

Segundo o que determina a nova legislação, os próximos concursos públicos a serem realizados devem contar com provas escritas, exames de órdem psicológica como psicotécnico, testes de capacitação física e investigação da vida pregressa.

O Último concurso público realizado pelo DER aconteceu há exatos 10 anos, quando na oportunidade foram disponibilizadas um total de 221 oportunidades e ainda realizou formação do cadastro de reservas. A empresa contratada para organizar o certame foi o Instituto Cetro.

Nesse sentido, se você deseja encontrar estabilidade e segurança financeira e pretende conseguir isso por meio da realização de um concurso público, fique atento às novas informações sobre este novo certame e não perca essa oportunidade.

Ana Paula


Prazo de inscrições termina no dia 3 de fevereiro de 2019.

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, capital do estado do Ceará, está com inscrições abertas para o preenchimento de 92 vagas temporárias para professores. São, no total, 14 vagas para preenchimento imediato, além de 78 vagas destinadas a cadastro reserva.

As vagas

São sete (07) vagas disponíveis para professores dos anos iniciais do ensino fundamental, além de quarenta e oito (48) vagas para o cadastro reserva. Para a educação infantil também são sete (07) vagas disponíveis para o preenchimento imediato, além de trinta (30) vagas para o cadastro reserva.

Os postulantes ao cargo de professor da educação infantil deverão ter formação em pedagogia e/ ou letras. Também é necessário ter comprovada experiência profissional de no mínimo dois anos como formador de educação infantil.

Os candidatos ao cargo de professor dos anos iniciais do Ensino Fundamental também deverão ter formação em letras/ e ou pedagogia. A experiência exigida é de dois anos de atuação comprovada como formador nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Remuneração

O candidato selecionado para as vagas de professor da rede municipal de ensino de Fortaleza iniciará a carreira recebendo R$ 4.534,64. A Prefeitura de Fortaleza oferece os benefícios de auxílio-transporte e auxílio-refeição. A carga horária de dedicação é de 40 horas semanais.

O candidato selecionado terá a contratação no regime de contrato administrativo, que se rege pela Lei Complementar Municipal nº0158/2013.

Inscrições

As inscrições estão abertas até o dia 03 de fevereiro de 2019. O interessado deverá acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura de Fortaleza, no site http://concursos.fortaleza.ce.br, preencher formulário e gerar o boleto de pagamento. A inscrição tem o valor de R$ 110,00, podendo ser pago até o fim do prazo para inscrições.

Seleção

O processo seletivo para professor da Prefeitura Municipal de Fortaleza ocorrerá em duas etapas. Na primeira, haverá análise de títulos e de experiência na profissão. Esta etapa possui caráter classificatório e eliminatório. A segunda etapa, para os candidatos aprovados na primeira fase, é a realização de prova didática, também eliminatória e classificatória.

Os documentos que serão analisados na prova de experiência profissional e de títulos deverão ser entregues pelos candidatos entre os dias 12 e 13 de fevereiro. A segunda etapa será realizada no dia 23 de fevereiro. Nela, os candidatos terão que dar uma aula expositiva sobre um tema escolhido por sorteio, com no máximo 15 minutos. Os temas estão elencados no anexo II do edital do concurso.

Dicas para ser aprovado em concurso público

O momento de instabilidade econômica, além das vantagens de seguir uma carreira como servidor público, tem tornado os concursos cada vez mais concorridos. Por isso, é importante tomar as escolhas certas quando está se preparando para as provas. Seguem algumas dicas para que seus estudos sejam mais produtivos:

1) Concentração. De nada adianta ficar horas diante dos livros se o estudo não for de qualidade. Por isso, é importante ter o máximo de concentração quando estiver estudando. Evite distrações, como aplicativos de celular, televisão ou barulhos. Escolha um lugar silencioso e, sobretudo, livre de amigos ou familiares que possam demandar sua atenção. A hora do estudo é sagrada e cada minuto pode fazer a diferença na sua aprovação. Um bom lugar para estudar são bibliotecas públicas.

2) Foco. Se você é concurseiro, sabe como é difícil estudar toda a matéria da prova entre o momento em que o edital é publicado e a realização da prova. Além disso, em função da concorrência, não é fácil ser aprovado no primeiro concurso que se tenta. Para ter um bom desempenho nas provas, é importante focar num determinado tipo de concurso. Por exemplo, tribunais de justiça, tribunais eleitorais, policias, legislativos, universidades… Assim, você lidará com concursos que apresentarão matérias similares e não vai começar do zero quando um edital for publicado.

3) Procure um bom material. Há apostilas e livros didáticos para todos os bolsos e gostos. Porém, é importante que você encontre um material de qualidade, que contemple o conteúdo exigido no edital, mas que possua uma linguagem que você compreenda.

4) Busque conhecimento. Não fique restrito aos conteúdos das apostilas ou livros que estiver utilizando. O Youtube, por exemplo, possui videoaulas gratuitas que podem ajudar com dúvidas que você tem.

5) Faça exercícios e simulados. Só estudar pode ser cansativo. Para “descansar”, tenha apostilas de exercícios e simulados. Assim, você testa seus conhecimentos, aprende e se prepara para o dia da prova.

Por Luís Fernando Santos


Inscrições podem ser feitas até o dia 18 de fevereiro de 2019.

Foi publicado o edital do concurso do Tribunal de Justiça de Santa Catarina para Juiz. São cinco vagas para início imediato e formação de cadastro reserva, com salário de R$ 28. 883, 98. As inscrições ocorrem entre 18 de janeiro de 2019 e 18 de fevereiro de 2019, pela banca organizadora CESPE em seu site www.cespe.unb.br/concursos. A taxa de inscrição é no valor de R$ 280,00.

O processo seletivo terá validade de dois anos, contando a partir da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado apenas uma vez, por período equivalente, a critério do Tribunal de Justiça de SC, conforme estabelecido no edital do concurso. Veja os requisitos e outros detalhes.

Pré- requisitos

Para ingressar na carreira de Juiz do TJSC é preciso atender aos seguintes requisitos:

  • Ser brasileiro ou português desde que esteja amparado pelo Estatuto de Igualdade entre brasileiros e portugueses com reconhecimento dos direitos políticos;

  • Idade entre 21 e 65 anos na data da posse

  • Ter 3 anos, no mínimo, como bacharel em Direito;

  • Ter se graduado em uma unidade de ensino superior reconhecida oficialmente com diploma registrado pelo MEC.

  • Em caso de candidatos do sexo masculino, precisa estar quite com as obrigações militares

  • Ser moralmente idôneo;

  • Não ter antecedentes criminais registrados;

Etapas do processo seletivo

As provas objetivas serão aplicadas em 28 de abril de 2019 e contará com 100 questões de múltipla escolha, com 5 opções de respostas, havendo apenas uma opção correta. O processo se divide nas etapas a seguir:

1- Prova objetiva,

  • Conteúdos:
  • Direito Processual Civil,
  • Direito Civil,
  • Direito da Criança e do Adolescente
  • Direito do Consumidor,
  • Direito Penal,
  • Direito Empresarial,
  • Direito Processual Penal,
  • Direito Ambiental e Direito Administrativo
  • Direito Constitucional e Direito Eleitoral
  • Direito Tributário,

2 – Prova Escrita

Abrangerá questões discursiva referentes a noções gerais de Direito e formação humanística. Prática de sentença civil e criminal.

3- Sindicância sobre a vida pregressa e investigação social e exames médicos , exames físicos e psicotécnico;

4- Prova Oral

Sobre qualquer área de conhecimento citada no edital (Anexo I)

5- Análise de títulos em datas que serão definidas.

A participação em cada etapa ocorrerá pela habilitação do candidato na etapa anterior

Resultados

A Cespe divulgará dois dias após a primeira etapa, no dia 30 de abril de 2019, o gabarito preliminar da prova. Assim, os candidatos poderão ter uma noção prévia sobre seu desempenho na prova objetiva antes de ser divulgado o resultado oficial.

Sobre a CESPE

Conhecer a banca organizadora e como ela aplica sua provas é um dos principais fatores de sucesso em um concurso. Cada banca tem sua própria metodologia, seja na forma de exigir as respostas das questões, textos usados, ou forma de pontuação. A Cespe/Cebraspe, nos últimos 21 meses, foi responsável por elaborar e aplicar provas a mais de um milhão de candidatos e é conhecida como uma das bancas examinadoras mais temidas pelos concurseiro, mas na verdade ela requer candidatos mais atenciosos.

A formulação das questões favorece aqueles que têm real domínio da matéria, com boa interpretação de texto e não apenas quem estuda no estilo decoreba.

Sendo um banca tradicional, que organiza vários concursos importantes no Brasil inteiro, é possível adquirir provas de concurso anteriores. Os candidatos podem fazer questões de concursos que tenham o mesmo grau de escolaridade exigido do processo seletivo em que pretendem passar.

Informações Gerais

  • Concurso Tribunal de Justiça de Santa Catarina 2019

  • Cargo Juiz

  • Banca Examinadora: CESPE www.cespe.unb.br/concursos

  • Inscrições: 18 de janeiro a 18 de fevereiro de 2019

  • Taxa de inscrição: R$ 280,00

  • Número de vagas 5

  • Nível de escolaridade: Superior: Bacharel em Direito

  • Área de atuação Judiciária

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Confira aqui as vagas de emprego abertas no MP-SP 2019.

Edital do concurso de nível fundamental para Auxiliar de Promotoria I (Administrativo) do Ministério Público de São Paulo tem previsão para sair ainda em janeiro de 2019.

Esse é um dos muitos concursos previstos para este ano no Estado. Agora, com um aumento significativo de vagas: de 28 previstas em 2017, passou para 52. Salário inicial é superior a R$ 3 mil.

Segundo informações repassadas pelo setor de RH do órgão, o concurso de Auxiliar da Promotoria será organizado novamente pela Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Fundação Vunesp), que está nos ajustes finais do certame.

Em dezembro de 2018, o MP/SP divulgou a previsão para o início de 2019, e conforme informado esta semana, a probabilidade do edital sair até dia 31 deste mês é grande.

Concurso MP/SP 2019 – Áreas de atuação e localidade das vagas

Ao todo, serão ofertadas 52 vagas. Destas, 24 para auxiliar administrativo e 28 para outras áreas de atuação.

Ainda não foram divulgadas as cidades do Estado em que as vagas administrativas vão estar disponíveis. O que foi informado é que para a capital paulista será apenas para formar cadastros reservas. Já nos outros municípios, para preenchimento imediato.

Das 28 oportunidades restantes, 20 serão encaminhadas para áreas de marceneiro, pedreiro, encanador, eletricista, serralheiro e pintor, sendo destinadas para São Paulo capital, Santos, Vale do Ribeira e Grande São Paulo. Além destas, mais 8 oportunidades de encanador e pintor serão ofertadas e distribuídas entre os municípios de Campinas, Taubaté, Sorocaba, Piracicaba, Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente, Franca, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto.

Vale lembrar que essas vagas são para preencher necessidades imediatas. E que como informado pelo MP/SP, durante o prazo vigente do certame, poderá ser nomeado muitos remanescentes, conforme for necessário.

Concurso MP/SP 2019 – Salário ofertado e jornada de trabalho

Para as áreas de atuação, o salário inicial ofertado será de R$ 3765,13, já incluso o auxílio-alimentação de R$ 910. A jornada de trabalho é de 40 horas/semana.

Concurso MP/SP 2019 – Escolaridade exigida

Este concurso é sem duvida um dos mais aguardados.Trata-se de uma oportunidade para nível fundamental, que é o exigido para se inscrever. O que atrai no concurso de auxiliar do MP/SP 2019 com certeza é o nível de úescolaridade baixo e os ganhos iniciais.

Concurso MP/SP 2019 – O que faz um auxiliar de Promotoria

O auxiliar tem funções distintas, depende da área em que teve aprovação no concurso. Na administrativa, dentre outras funções, cabe várias atribuições como: dar suporte, atender e informar e encaminhar as pessoas que chegar ao Ministério Público. Receber, enviar e arquivar documentos e processos. Atendimento ao telefone e transmitir recados. Acatar ordens vindas de superiores. Cuidar dos equipamentos de trabalho. Manter o ambiente limpo e organizado. Além dessa área, encontra-se outras funções específicas para os auxiliares, como encanador, pintor, entre outros. E esses realizam as tarefas ligadas exclusivamente a profissão.

Concurso MP/SP 2019 – Concursos anteriores

O candidato que se interessar pelo concurso é recomendado iniciar os estudos imediatamente, porque conseguir uma vaga no Ministério Público de São Paulo é uma disputa muito acirrada. Em 2014, houve 54.793 inscritos para 37 vagas ofertadas. Ou seja, em torno de 1400 candidatos para 1 vaga

Concurso MP/SP 2019 – O que estudar e modelo de avaliação

Enquanto o certame não é publicado com o conteúdo programático de 2019, o ideal é que os interessados pesquisem o conteúdo da prova do último concurso de auxiliar do MP/SP de 2014. Na ocasião, os candidatos receberam uma avaliação com 60 questões, sendo 25 de Português, 15 de Matemática e 20 de Conhecimentos Gerais (História, Geografia, Atualidades, e Legislação).

Se interessou?

Fique atento aos próximos dias para fazer sua inscrição.

Por Priscila Garcia


Seleção deverá contar com 141 vagas.

Para corroborar sua equipe, a EMATER visa a promoção de concurso público para convocação e efetivação de pessoal. Porém o Concurso da EMATER-GO anunciado em 2018, está atrelado ao parecer do novo Governador Ronaldo Caiado. Doravante previsto em março de 2018, através do Programa de Demissão Voluntaria (PDV), propiciando a promoção de 141 novas vagas.

O Governador Ronaldo Caiado visa maior estruturação da assistência rural por meio da EMATER, na perspectiva de atribuir maior organização junto aos pequenos produtores.

A EMATER é uma empresa federal que possui autonomia administrativa e financeira na área agrícola. Independente, fomenta a agricultura, oferecendo subsídios e apoio à produtores e trabalhadores rurais.

Segundo Caiado, o estado precisa oferecer apoio e segurança aos produtores rurais para aquisição e venda de seus produtos. Ficando explícito a necessidade de criação de associações capazes de fomentar a comercialização dos produtos mediante arranjos produtivos que possam promover mudanças e novos investimentos na área.

Para o Governador é fundamental estabelecer assistência rural e para isto é necessário a busca por profissionais capacitados para a atuação na EMATER viabilizando o auxílio aos produtores.

No Tocante, o concurso público oferecerá vagas em diversas áreas a níveis médio, técnico e superior, obedecendo a realização de um novo concurso após análise e aprovação do Conselho Estadual de Políticas Salariais e Recursos Humanos – CONSIND.

Porém, a previsão do concurso ainda depende do parecer do Governador Caiado para ser liberado.

A seleção, sancionada por Pedro Arraes (presidente do órgão), através da lei 29.100, se validaria a partir de 29 de maio de 2018. O concurso seria pleiteado em até 30 meses, podendo ser diantado.

Embora o anúncio do concurso tenha sido oficializado em 21 de março de 2018 pelo ex Governador, a prova e seleção do concurso somente seria realizado após o PDV. Na data em questão, o concurso visaria reduzir ate 363 empregos mediante ao PDV, favorecendo renovação da equipe EMATER e promover uma economia de R$ 29 milhões ao estado em 2019.

Também, compreendendo a busca por novas tecnologias e maior desempenho profissional, o concurso da EMATER-GO visa fomentar o desenvolvimento e a qualidade de pessoal, considerando que sua última efetivação contratual está desatualizada.

Assim, o PDV é um programa que prevê a demissão voluntária do quadro efetivo de funcionários com mais de 60 anos aposentados ou com 36 anos de carreira profissional, disponibilizando novas vagas. Portanto, após o desligamento do PDV, então serão apurados as necessidades efetivas do órgão para efetivação e promoção do concurso. Através do PDV a EMATER visa a promoção dos profissionais remanescentes favorecendo-lhes novas oportunidades. Também garante os direitos legais dos funcionários voluntários às demissões todos os direitos previstos por Leis.

A perspectiva é que até meados de 2019 seja oficializada o parecer do Governador Ronaldo Caiado para a publicação e liberação do concurso.

Mediante esta prerrogativa, compete aos concursantes preparação e estudo para fins de participar do concurso e pleitear uma vaga junto à EMATER.

Doravante compreendendo a eventual sanção do PDV, é muito importante compreender a busca por profissionais atualizados e engajados à nova tecnologia para poder prover e estabelecer os objetivos e metas pautadas e almejadas pelo Governador na perspectiva de promover maior auxílio e inovações junto aos produtores rurais.

Portanto, a expectativa sobre o parecer de Ronaldo Caiado visa promover novas percepções sobre o desenvolvimento agrícola capaz de gerar apoio, segurança e produtividade ao processo agrícola, estabelecendo metodologias e práticas que possam favorecer o setor agrícola bem como o produtor rural.

Mediante esta compreensão, deve-se esperar que o concurso público da EMATER-GO possa ser liberado pelos meados de 2019, observando as necessidades oriundas e a capacidade das vagas para a efetivação e o desenvolvimento de programas voltados para a agricultura embasado nos pequenos, médios e grandes produtores.

Fernanda Aparecida de Andrade Merlim





CONTINUE NAVEGANDO: